1. Spirit Fanfics >
  2. Para o meu querido papai >
  3. Prazer

História Para o meu querido papai - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, tudo bem?
Esse é o primeiro capítulo; que como já informado, já havia sido feito porém com algumas modificações de acordo com o site.
Espero que gostem; fiz com todo o amor e carinho.
Obs:. Conteúdo incestuoso, caso você for muito sensível para certos temas, e não está disposto a ver tal temática, sugiro que apenas respeite quem está aqui porque tem algum interesse na história. Afinal, nada aqui possui relação alguma com a realidade.
Informo também que, não venho denegrir a imagem de nenhum dos citados;
Essa estória está sendo reescrita;
Desejo uma excelente leitura para vocês💖

Foto do Pinterest [♡]
Capítulo revisado!
01- capítulo.

Capítulo 2 - Prazer


Fanfic / Fanfiction Para o meu querido papai - Capítulo 2 - Prazer

Casa da S/n


05:30 am;



Acordo  ouvindo  um  som  costumeiro  de  alarme,  noutro  momento  não  acordaria  nesse horário  mas,  minha  mãe  não  está  mais  me  acordando,  e  já  faz  uma  semana  que  está  acontecendo  isso.   Não  posso  mais  depender dela  nisso,  e  nem  muito  menos  perder  mais  um  dia  de  aula.


Apenas  abro  um  de  meus  olhos;  que  em  segundos  volta  a  fechar  por  causa  da  luz.   Desci  vagarosamente  meus  pés  da  cama,  que  foram  de  encontro  ao  chão  frio.  Volto a  abrir  os  olhos  e  dessa vez,  faço  força  para  levantar  sem  cambalear.   Levanto de  vez  e  estico  meus  braços  preguiçosamente,  acompanhado  de  um  longo  bocejo.


Fui  ao  banheiro,  lavei  o  rosto,  escovei  os  dentes  e  fiz  um  coque  ligeiro  nada  atrativo;   tomei  banho,  esfregando  o  possível  cada  parte  do  meu  corpo,  não  é  porquê  está cedo  que  tenho  que  andar  fedendo,  diferente  dos  meus  colegas  de  faculdade.   Volto  para  o  quarto,  e  separo  uma  nova  roupa.   Um  moletom  branco  fofinho,  e  uma  saia rosa  curta.  Um  tênis  branco,  e  burrifei  perfume  de  lavanda  por  toda  parte.   Peguei  minha  mochila  e  caminhei  para  a  cozinha,  pegando  um  pão  que  a  minha  mãe  havia  preparado mais  cedo;  levei  algum  café  e  peguei  a  ' estrada.


Como  fui  irresponsável,  gastando  todo  o dinheiro  do  transporte  da  semana;  apenas  em  comida,  e  ainda  estamos  na  terça- feira. Gastei  tudo;  e  no final  das  contas,  terei  que  ir  a pé.


ㅡ  Essas  merdas,  só  acontecem  comigo!  Tudo  eu,  tudo  eu!  ㅡ  Bufei  brava,  chutando  poeira.  ㅡ  Eu  só  queria  ter  um  carro...  E  para  isso,  precisava  ter  uma  carteira  de  motorista.   E  para  isso,  e  precisava  de  dinheiro...  E  eu  não  tenho  dinheiro.  E  mesmo  que  eu  tivesse,  eu  não iria  usar  meu  dinheiro  pra  isso.   ㅡ   Refleti enquanto  caminhava  feito  boba.  ㅡ  Eu  só  queria  ter  dinheiro  para  curtir!  ㅡ  Ri  feito  idiota;  vendo  alguns  carros  passarem.


A  vida  é  uma  droga, mesmo... 




Empresa  de  Kim  Taehyung;

Povs. Kim  Taehyung 


Ligação On;


Como  assim  Derek?   Já  combinamos de você  falar  com  o  Jung  primeiro,  certo?   Resolva- se  com  ele!   Eu  tenho  mais  com  que  me  preocupar.  ㅡ  Ditei bravo, e  desliguei.


Ligação Off;


É  para  isso  que  eu  pago  esse  idiota?!  Só  pode  ser  brincadeira... Vários  contratos  para  fechar,  outros  em  reorganização  e  esse  me  vem  com  diversos  problemas,  e  quer  que  eu  os  resolva,  estando  numa  situação delicada  como  essa?!   


ㅡ  Maldita hora  que  eu  resolvi  vim  para  Nova York!  ㅡ  Digo  dando  algumas  batidas  na  mesa,  e  ouço  alguém  do  outro  lado  da  porta.


Que  diabos!  Quem  está  querendo  me  infernizar  tão  cedo hoje?!


ㅡ  Bom  dia, senhor  Kim. ㅡ  Mariana,  minha  secretária  gostosa,  disse  tímida  entrando  na  sala.


ㅡ   Bom  dia,  senhora  Mariana.  ㅡ Sorrio ladino,  e  ela  me  corresponde.


ㅡ  Desculpe- me  pela  última  vez...  Cheguei  atrasada  naquele  dia,  já  que  achava  que  não  ia  precisar  de  mim.    Eu  ia  deixar  minha  filha  na  aula...  ㅡ  Ditou  sem  jeito,  e  eu  a  encarei  compreensivo.


ㅡ   Não  deveria  se  preocupar  com  isso, Mari...  Era  o  primeiro  dia  de  aula  dela,  certo? É  totalmente  compreensível!   Cuide  bem  da  sua  garota.  ㅡ  Sorri  meigo,  e  vejo  ela  automaticamente  corar.


ㅡ  Muito  obrigado  por  sua  compreensão, Kim... 


ㅡ  Por  nada.


Observo  atentamente  minha  secretária, até  que  uma  vibração  me  faz  sair  de  meus  devaneios.    Vou  em  direção  ao  meu  notebook,  e  a  mesma  me  encara  quieta.


ㅡ  Mariana,  poderia revisar  esses  papéis  para  mim?   Eu  preciso  conversar  com  esse  sócio,  agora.  ㅡ  Perguntei,  e  ela  apenas  assentiu,  recolhendo- os  e  saindo  da  sala.


Chamada  de  vídeo  On;


Oi  Lisa,  o  que  quer?  ㅡ  Ditei  seco;


Nossa  Tae,  que  forma  de  demonstrar entusiasmo  hein!  ㅡ  Me  fitou  com  raiva.


O  que  você  queria?!  Estou  no  trabalho,  puto  com  toda  essa  merda!  ㅡ  Falei  exaltado.


Tá  Taetae...  Eu  sei  que  sua  vida  como  diretor  de  uma  grande  empresa  não  é  fácil. Mas,  poxa...  Custa  me  dar  um  pouquinho da  sua  atenção,  hum?  ㅡ  Fez  um  bico  nos  lábios  rosados,  ela  obviamente  está  carente.


Ah, ok  Lisa.  Vá  a minha casa,  às  22h ok? Só  estarei  disponível nesse horário. ㅡ  Pus  meu  pescoço  para  trás  na  cadeira,  estou  exausto.


Sério?!  Finalmente!  Você  não  vai  se  arrepender!  ㅡ  Festejou  do  outro  lado.


Espero  que  não.   Até  mais  tarde! ㅡ Despedi- me.


Até,  gostoso!  ㅡ  Lalisa  disse  rindo,  mandando  vários  beijos.


Chamada de vídeo Off;


Dei  uma  risada  maliciosa  por  alguns  segundos,  pensando  em  possíveis  posições  e  formas  agradáveis  de  transar  com  ela  mais  tarde;   relembrando  rapidamente  das  outras  vezes.   Mas,  o  riso  se  desfez  ao  lembrar  do  longo  dia  que  terei  de  lidar.


ㅡ  Que  dia,  hein...  Vou  tomar  um  café  aqui  perto.  


ㅡ  Senhor  Kim,  onde  o  senhor  está  indo? ㅡ  A  secretária  mais  nova  pergunta  já  se  levantando.


E  é  da  sua  conta?! Garota  chata...


ㅡ Vou  tomar  um  café. ㅡ Digo  me  desviando;


ㅡ  Eu  posso  buscar  um  para  o  senhor.


ㅡ  Não  obrigada!   Irei  eu  mesmo,  com  licença.  ㅡ  Me  retirei  fazendo   a  mesma  ficar  falando  sozinha.


Peguei  o  elevador,  e  caminhei  para  fora  do  prédio  em  direção  à  uma  cafeteria  próxima.


Povs.  S/n


Após  quase  meia  hora,  já  havia  devorado  o  meu  lanche  e  sei  que  vai  me  dar  uma  dor  de  barriga  tremenda...  Passo  em frente  ao  trabalho  da  minha  mãe,  e  sigo  cantarolando  algo  que  não  saí  da  minha  cabeça  há dias.   Sigo  ouvindo  minha  música  favorita  com  o  fone  nas  'alturas.  Paro  para  olhar  as  horas  e ...


Tô  atrasada!   Ah,  adoro.  ㅡ  Sorrio traiçoeira,  quando  de  repente.


B   A   S   H  !!! 


Um ,  dois,  três...  Chão!


ㅡ  Me  desculpa  moço,  me  desculpa. ㅡ Comecei  a  me  desculpar  estando  ainda  no  chão, tentei me recompor devagarzinho. 


ㅡ  AH, MEU  CA.. ㅡ  O  homem em  questão  me  encarou,  e  o  fitei  fixamente.

 

Não  obtivemos  muita  reação,  apenas  ficamos  nos  encarando  intensamente.



ㅡ  T- Tudo  bem!  Vem,  eu  te  ajudo. ㅡ  O  estranho  me  deu  com  a  mão,  e  me  levantei.


Ele  apanhou  minha  mochila, e  me  ajudou  a  colocar- la.


ㅡ  Me  desculpa  pelo  seu  café,  moço.  É  que  eu  tenho  que  ir  para  aula,  e  estou  atrasada...  E  eu  não  te  vi.  ㅡ  Baixei  a  cabeça  envergonhada.  Poxa,  isso  poderia  ter  começado  com  um "Prazer né,  eu  sou a  S/n" mas, não, eu  sou  uma  idiota mesmo.


ㅡ  Tudo  bem,  menina.  Eu  já  te  disse.  Vai  pra  sua  aula,  e  tome  bastante  cuidado por  aqui.  


ㅡ  T- Tá  bom.  Tchauzinho.  ㅡ  Virei- me para ele  uma  última  vez,  e  puxei  a  borda  da  saia  sorrindo  de  lado.


ㅡ  Tchau...  ㅡ  Sorriu,  e  logo  deu  as costas.


Que  homem  hein?!   Um  pecado ... Uau. 


Voltei  a  escutar  Say  so,  e  andar  dançando  pelas  ruas.


Povs.  Kim  Taehyung 


Por  que  estou  com  vergonha?!  Ela  é  apenas  uma  menina.   Ah,  esquece!   ㅡ  Saí  da  avenida,  de  volta  para  o  trabalho.


Por S/n 


Na  aula  de  hoje,  iremos   aprender  um  pouco   sobre  temáticas  de  todos  os  tipos. Abrirei  um  espaço  para  conhecer  vocês um pouco  mais,  e  descobrir  novas  formas  de  interação  por ...  


ㅡ  Professora  chata,  vida  chata,  coisas  chatas...   Aquele  cara...


ㅡ  S/n?  Ei,  S/n?  ㅡ  Bryan,  meu  colega  me  cutuca  insistentemente.


ㅡ  Qual  é, cara?


ㅡ  Quero  te  perguntar  uma  coisa... No  que  tanto  pensa? Você  não  é  assim.   Desde  que  chegou  está  pensativa.


ㅡ  Eu  pensativa?!   Eu  não... Só  tô  cansada,  oras.  ㅡ  Dei  com  os  ombros,  e  ele  se  calou.


16: 00  pm;

         

                   [...]



Saí  da  aula,  e  no  portão  tenho  a  visão  do  paraíso.  Minha  mãe  me  esperando  do  outro  lado,  no  carro.  Despedi- me  de  alguns,  e  bati  o  pé  na  bunda;  indo  em  direção  da  mamãe  e  a  enchendo  de  beijos.


ㅡ  Mamãe, você  veio!


ㅡ  Claro  que  sim,  meu  amor.  Apesar  dos  horários estarem  uma  confusão  no  trabalho,  não  podia  deixar  de  vim  te  buscar.


ㅡ  Eu  te  amo, mãe.


ㅡ  Eu  também  te  amo, anjinho.


Fomos  para  casa,  e  a  mesma  deixou  claro  que  eu  me  comportasse  bem  até  sua  volta.  

Deite- me  na  cama,  e  em  meus  pensamentos  estava  aquele  cara  alto,  lindo, de  olhos  puxados  e  de  extrema  elegância.


ㅡ  Ah,  eu  quero  vê- lo  de  novo! ㅡ Me  apoiei  na  janela,  suspirando.


         

                       [...]



Povs.  Kim  Taehyung 



Ah,  estou  desnubrado...  E  aquela garota que  não  saí  da  minha  cabeça!    Parece  que  estou  enfeitiçado.  ㅡ  Sorri  ao  me  ver  pensando  nisso,  acabo  soltando  dois  botões  da  camisa  social.


ㅡ  Boa  noite  senhor  Kim,  mandou  me  chamar?  ㅡ  Mari  se  dirige  até  mim  na  mesa.


ㅡ  Precisa  de  uma  carona?   Já  está  muito  tarde.   Só  estamos  nós  dois  trabalhando  agora.  


ㅡ  Não  quero  te  incomodar... 


ㅡ  Incômodo?!  Claro que  não!  Eu  faço  questão.   O  horário  é  bem  tardio,  e  eu  não  quero  te  deixar  sozinha  esperando  um  táxi. 


ㅡ  Já  que  o  senhor  insiste!  Eu  aceito, sim.



                         [...]


Casa   da  S/n



ㅡ  Bom,  acho  que  essa  é  a  minha  deixa...  Está  entregue! ㅡ   Sorri  bobo,  e  vejo  Mariana  totalmente agradecida.


ㅡ  Obrigado  Senhor  Kim.  Muito  obrigado  mesmo.   Te  vejo  amanhã.  ㅡ  Ela  afirmou  se  despedindo,  retirou- se  do  carro  e  entrou  em  casa.


Falando  em  casa,  tenho  que  ir  pra  minha...



Povs.  S/n


Quase  uma  da  manhã,  minha  mãe  chegou   e  eu  levei  uma  dura  por  estar  acordada.   Ela  foi  jantar  e  eu  permaneci no  sofá.   Estou  entediada  e  sem  sono,  pensando  no  dia  difícil  que  será  amanhã.


Ouço  a  campainha  tocar;  minha  mãe  e  eu  nos  encaramos.   Quem  será  uma  hora  dessas?!



ㅡ  Eu  atendo, mamãe.  ㅡ  Disse  alto e  corri  até  a  porta.  ㅡ  Espera,  você?



























































Notas Finais


Curiosidades:
• Sim, a S/n chama a mãe dela de mamãe;
• Ela é maior de idade;
• Capítulo desproporcional, desculpa vou tentar fazer um menor. Muita informação né?
Beijinho,e bye.🌌🌨


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...