1. Spirit Fanfics >
  2. Para o único que já amei (Imagine Hwang HyunJin - SKZ) >
  3. Capítulo 4

História Para o único que já amei (Imagine Hwang HyunJin - SKZ) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


🍦- AVISO💞

🍭 - Gente eu não postei no outro domingo por falta de inspiração mesmo. Então se você for uma pessoa que começar a acompanhar o Imagine, não espere exatamente todos os domingos. Eu ainda estou vendo os dias das postagens.


🍭 - É isso tenha uma boa leitura📕

Capítulo 4 - Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Para o único que já amei (Imagine Hwang HyunJin - SKZ) - Capítulo 4 - Capítulo 4

                                   Flash on



– Selena, você acha que o hyunjin gosta de mim? – Perguntou bobinha e sorridente pra ruiva a sua direita na cama.

– Claro que gosta sn, o moleque vive no seu pé naquela escola. Porque você tá me perguntando isso? Você são amigos né não? – A garotinha de cabelos curtos e ondulados, Perguntou a sua amiga que a olhava de cara feia.

– Não não Salena, eu não perguntei nesse sentido! Eu te perguntei se ele gosta de mim, mais do que amigos sabe! – Sn colocou a mão na cabeça e balançou negativamente por que sua amiga Selena ainda não tinha entendido.

– É brincadeira boba, lógico que eu entendi! Então, eu acho que ele gosta sim. Como eu disse, ele vive atrás de você, e ele é super fofo. – Sn sorriu com o que selena disse, era tudo que ela queria ouvir.

– Mais porque você está perguntando isso? Você por acaso tem dúvida disso?

– Eu não sei, ontem ele ficou sem falar comigo o dia inteiro na escola. Ele passava por mim de cara fechada, e ele nem me explicou porque. – A mesma entristeceu um pouco ao lembrar do passado. Mais a outra jovem lhe tirou esses pensamentos.

– Calma não precisa ficar assim desse jeito. Olha eu acho que ele ficou daquele jeito por que pode ter acontecido alguma coisa, ou, ele pode está se preparando pra te PERDIR EM NAMORO! –Na última palavra selana deu um grito alto pondo as mãos no rosto imaginando a possibilidade.

– Para de ser besta sel, você não acha que nós somos criança de mais pra namorar não? Talvez só tenha acontecido alguma coisa mesmo, ou talvez ele tenha cansado de ser meu amigo. – Ficou novamente tristonha. Sn se jogou na cama e pôs o travesseiro sobre o barriga abraçando.

– Que bobeira sn, me dê um motivo pra ele parar de falar com você? Onde foi que você aprendeu a ser tão pessimista? – A ruiva puxou a amiga, fazendo com que ela ficasse novamente sentada.

  – Com vida Selena, nada da certo, eu tenho mais é que ser pessimista mesmo oras essa. Você já viu uma pessoa que não tem sucesso na vida sem ser otimista? Eu acho que não. – Se jogou novamente na cama emburrada, na mesma posição de segundos atrás.

Eu não sei o que acontece na sua vida de tão ruim pra você ser assim, mais já que você tá falando que da tudo errado. 

– Sim. Vamos logo fazer esse trabalho antes que eu fique com mais preguiça dele.


[...]


Eu estava ficando nervosa já! Eu acabei de chegar e eu vi o hyunjin conversando com o amigo dele e ele não tava com uma cara muito boa, e quando me viu abaixou a cabeça meio trsite.

Eu estava me perguntando a todo segundo se ele estava passando por algum problema, se ele tinha se cansado de mim, ou se o que selana disse pode ter algum nexo! Bom cansado de mim ele pode estar, mais eu não acho que ele vá me pedir em namoro com aquela cara. Ele está triste e preocupado, prefiro acreditar que ele está passando por um momento ruim e muito difícil.

– Oh sn porque você tá com essa cara de bumda olhando pro hyunjin? Era mais fácil tu ir lá falar com ele né não.

– Não sel deixa ele ficar melhor, eu acredito que depois ele vai me explicar o que tá acontecendo.

– Então bora pra sala mana!


[...]


Tinha acabado todas as aulas e eu decide não ficar cantando pela biblioteca hoje, primeiro porque eu estou morrendo de fome, segundo a selana vai dormi lá em casa e eu quero aproveitar cada segundo com ela, não é sempre que os pais dela deixam ela dormi fora. Terceiro e último, eu não quero encontrar o hyunjin, ele não falou comigo por mais um dia e sempre que me olhava era friamente. Isso me deixou chateada e a minha preocupação sumiu, parece que ele voltou a ser o mesmo menino de antes.

Estava passando pelo pátio que estava cheio de gente ainda. Geralmente assim que acabam as aulas o povo some. Eu já estava perto da porta de sainda quando fui surpreendida por alguém me rumando algo.

– Hyunjin...p-porque? – Falei num sussurro quase surdo por causa das lágrimas.

Senti que estava encharcada de tinta vermelha e verde, e logo após me rumaram ovos e algo en pó na minha cabeça. Hyunjin estava em minha frente e estava sorrindo como se isso fosse a coisa mais normal do mundo.

– Ah! Foi mal sn. Sério mil desculpas, eu juro que não queria, não era minha intenção. – Chegou mais perto da garota fingindo arrependimento, pôs a mão no peito falando ironicamente sorrindo continuamente.

– Se você não queria mais falar comigo... N-não precisava, disso! Agora eu entendi o motivo dessa aproximidade. – Com uma enorme dificuldade para falar antes de sair correndo sn desabafou. 

– Ala o japonês usou a mina e depois humilhou. Dava nada nesses pirralho da 6 série. – Disse um garoto mais  velho do terceiro. Ele tirou fotos com o cell e dava risadas assim como todas enfrente a escola.



                                Flash off 


– Por isso!...Mais por favor Hina se você for me zoar é melhor ficar calada tá? – Avisei a japonesa que me olhava e ouvia atentamente. Eu não podia negar que estou com medo de sua reação e das coisas bobas, besta que ela deve pensar sobre isso.

– Sn, você é maravilhosa mana, eu acho que eu não suportaria sozinha, apesar de que eu sou bem otimista. Isso não é besteira sn, ele foi um idiota quando fez isso. Mais você já parou pensar porque ele pode ter ficado sem falar com você? Por qual iniciativa ele pode ter feito isso? Mano pode ter várias respostas pra isso, não que eu queira defender ele sabe! Mais ele pode ter sido forçado ou ter tido um motivo importante por incrível que pareça, mesmo que fosse errado. 

– Eu confesso que se você não tivesse falado eu não teria pensado nisso. Se fosse antes, eu poderia ter enxergado vários lados da história, mais depois do que ele fez e logo depois a minhã mãe morreu. Eu só fiquei mais pessimista e deixei de acreditar nas pessoas. – abaixei minha cabeça e coloquei as mãos sobre as pernas bricando com os dedos.

– Na verdade sn eu acho que você deveria conversar com ele, ele pareceu tão gentil e legal quando falou comigo lá na direção, eu tenho certeza que o que aconteceu naquele dia. – Hina pegou em minhas mãos e com a outra levantou o meu rosto para que eu a olhasse.

– Você acha mesmo que ele pode realmente está arrependido? – Entristeci um pouco, não tinha esperança que ele fosse me pedir desculpa.

– Eu sei que está muito magoada principalmente porque estava apaixonada por ele, ou melhor ainda está. E não tente negar, vocês podiam ser criança mais foi um amor que sempre existiu no seu coração que por causa da raiva ficou pra escanteio, e é possível ver isso do jeito que fala dele. E eu acho sim que ele está verdadeiramente arrependido e tem sentimentos por você. Eu não acho que depois de 7 anos ele voltasse se não gostasse. Só não entendi o porque da demora.

– Tem uma coisa também. No mesmo dias eu tinha colocado uma carta na mochila dele. Lá dizia mais ou menos o que eu sentia, e também tinha o numero de telefone da minha casa, caso ele decidisse falar comigo pois eu não tinha celular. Eu me sinto tão trouxa de lembrar dessas coisas, eu queria saber porque ele só me ligou só ontem.

– Existe um possibilidade de ele nunca ter visto a carta, mais ele pode ter ficado com medo de te encarar. E também vocês eram só crianças, ele não podia simplesmente sair de onde estava e vir procurar você.

– Sim, eu sei. Eu só tô com medo dele me procurar, eu me lembro do jeito ridículo que ele me tratou e de como as pessoas me trataram por quase 1 ano depois daquilo.

– Não precisa se preocupar sn, você já aguentou até aqui e eu sei que você é forte. Nunca encare seus sentimentos como uma besteira lembre sempre disso.

– Obrigada Hina, você não sabe o peso que saiu das minhas costas depois que eu desabafei.

– Imagino. Mais olha, se prepara que o boy é um gato. – Demos risadas altas, mais paramos após a tia da biblioteca chamar nossa atenção. – E essa sua amiga  Selena, onde ela tá?

– Agente não é mais amiga não, mais isso já é uma outra longa história.

– Só mais uma coisa, diga tudo que sentiu e o que passou todos os dias depois do que aconteceu. Pergunte tudo do início ao fim e bem esclarecido, e principalmente não dê tanda confiança, pelo menos não tão rápido.

– Claro eu não sou boba, eu não vou ser fácil dessa vez. Ele vai ver só se acha que vai ser tão simples assim me pedir desculpas e fim da história.





 



Notas Finais


🍭 - Bom gente é isso.

🍭 - Comeback do ikon gente, dêem amor a esses bebês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...