História Para que um, se posso ter todos - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Dabi, Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Fumikage Tokoyami, Hitoshi Shinsou, Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou, Kyoka Jiro, Mashirao Ojiro, Mei Hatsume, Mina Ashido, Momo Yaoyorozu, Neito Monoma, Ochako Uraraka (Uravity), Personagens Originais, Shouto Todoroki, Tenya Iida, Tomura Shigaraki, Toru Hagakure, Tsuyu Asui
Tags Deku, Dekux1a, Dekux1b, Dekuxviloes
Visualizações 162
Palavras 2.167
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi desculpa a demora hoje tem lemon 😈😈 deixen Sue's comentários

Capítulo 3 - 3-2 a festa(parte 2)


Fanfic / Fanfiction Para que um, se posso ter todos - Capítulo 3 - 3-2 a festa(parte 2)

22:00 horas


Entramos na área que iria ser a festa estava com um som estridente da banda dark of the hell, uma banda gótica que canta rock pesado, mas não tive tempo para prestar a atenção pôs minha mente se prendeu a o lugar mais maravilhoso daquele lugar, O BAR peguei minha Piranhas e fui encher a cara eu já estava meio bêbado mas eu sabia me controlar e minhas amigas não estava diferente de mim


Uraraka: ela usava um short curto e justo,uma blusa regata preta e uma jaqueta que passava o short a cor já jaqueta era um rosa mais escuro com detalhes brancos tipo sue nova mais seu da coisa é uma mini bota preta e o cabelos solto


Tsuyu: ele vestia uma camisa branca e uma jaqueta jeans verde escuro e uma calça justa com vários rasgos tipo pareço criança mas sei ser sensual com o cabelo liso que no final ficava meio encaracolado


Jiro:  ele usava uma camiseta de rock comuna jaqueta de coro preta com detalhes roxos escuro que caia em uma dos ombros e um short jeans claro, curto e justo e cabelo curto com duas mechas falsas uma rosa e outra roxa


Momo: ela usava uma blusa corpete vermelha e uma saia justa vermelha também que ficava uma duas mãos acima do joelho e uma sapato preto tipo seu sua perdição sua cabelos estavam soltos e encaracolados


Mina: ela usava um vestido justo azul com uma fita rosa na cintura  que realçava seus seios e que no final abria e com sapatos azulados sua cabelo continuava a mesma coisa ela tava tipo as aparências enganam


Toru: ela vestia um top alaranjado e uma saia mas solta também alaranjada e seus sapatos era um tênis all star preto e branco tipo sou decente e bem molecona mas sei com te fazer pirar


Então a música mudou e para minha sorte ou azar era minha música então puxei as meninas para dançar pois um tinha ensinado a minha coreografia a ela então fomos até o meio da pista e começamos a dançar chamando a atenção de todos que estava em Fortaleza até que uma roda se forma em nossa volta e as luzes do local apontam para gente então começamos a dançar mais ainda a coreografia se resultava a muitas reboladas e jogadas de raba para cá e para lá e jogadas de cabelos não queria reparar em volta mais vi vários olhos de desejo em cima de mim e de minhas amigas eu rebolava com se não tivesse o amanhã, eu, Uraraka e momo começamos a fazer a última parte da coreografia mas as meninas nunca conseguirão fazer então nas três fizemos sozinhos pois era a mais difícil é muito sensual bunda pra cá e bunda pra lá e mãos deslizando por nossos corpos até que a música acabou e todos nós olhavam uns tipo nossa como eles fizeram isso e outros tipo queria eles na minha cama, deixamos a pista e fomos para o bar nossa amigas estavam lá bebendo já que a música ficou difícil elas não conseguem dançar nesse ritmo então saíram dela e foram encher a cara eu Uraraka e Momo estávamos esgotados e fomos beber até que uns caras chegaram lá e trocamos um papa todas já estavam com seus bofes e saíram para fazer você sabe o que 😈😈 depois senti uma mão quanto envolver minha cintura


Deku: ora olha quem resolveu aparecer estava te esperando


Dabi: tava te olhando dançar não sabia que dançava assim


Deku: a muitas coisas que você não sabe sobre mim mas agora eu quero saber umas coisas sobre você


Dabi: tipo o que


Deku: tipo o que você esconde debaixo desse pano que você chama de cueca


Dabi: ele vestia uma camiseta branca com desenhos tribais colada ao corpo mostrando seu tanquinho e uma jaqueta de couro preta mostrando os músculos do braço e uma calça justa e rasgada no joelho e sapatos pretos ele estava um pedaço de mal caminho


Dabi: não me provoque


Deku: senão o que você vai fazer


Dabi: quer ver


Deku: tem uma cachoeira aqui perto seria um ótimo local para você me mostrar


Dabi: vai se arrepender ( ele me olhava com desejo e malícia)


Então saímos da festa e fomos para a cachoeira que não ficava muito longe, não sei tempo para ele falar alguma coisa o agarrei e o beijei ele me deitou no gramado não queríamos que o beijo parasse mas a falta de ar veio no fazendo separar ele mordia meus lábios então ele desceu os beijos para meu pescoço deixando chupões que iria ficar aos menos 2 dias, então com um relâmpago ele tirou minha blusa e mordeu meu mamilo de leve, meu mamilo já estava vermelho de tanto que ele morder e deixando chupões por todo meu corpo,minha ereção já estava doendo naquele tecido apertado ele foi descendo até o cós da minha calça e mordeu zíper e foi tirando minha calça eu só estava de box ele arrancou minha cueca


Deku: isto está injusto( empurrei ele é o deitei no gramado ) minha vez de te torturar


Então tirei sua blusa e fui lambendo e beijando seu abdômen definido, cheguei no cós da calça e a tirei mas fiz questão de tirar a cueca com a boca ele estava tão duro que ao tirar seus cueca o membro dele bateu na minha cara ao reparar tive um susto o que era aquilo era um monstro no chute diria que tinha mais ou menos 28 cm então comecei a lamber sua glande, aos poucos pondo tudo na boca claro que não tudo pois era grande demais comecei a chupar o que valida e o que não valia martubava com minha mão minha saliva escorria pelo aquele monstro como eu nunca tinha reparado que era tão grande como aquilo cabia naquela calça apertada depois de uns minutos chupando ele segurou meu cabelo e me fez por quase tudo na boca e gozou dentro eu engoli com certa dificuldade mas ele ainda estava duro então eu lambia meus dedos e lubrifiquei minha entrada segurei seu membro posicionei na minha entrada, segurou minha cintura e começou a me puxar para baixo ele estava entrando devagar mas eu estava sentido uma dor pois fazia bastante tempo que eu não transava quando ele estava todo dentro de mim a dor estava intensa( autor: não era você que disse que dava para o primeiro que aparecer/Deku: e tenta ter um monstro de 28 cm dentro de você e aí a gente conversa/ autor: a culpa não é minha não me irrita porque doce seu cu ser um buraco negro😈😈 /Deku: parei/dabi: até quando isso vai continuar quarto transar aqui/autor: continuem) ele esperou eu me acostumar com o monstro que estava dentro de mim depois de longos minutos rebolei pra que ele comece a estocar ele foi mexendo devagar a dor transformou em prazer ele começou a ir mais fundo e mais rápido até que ele atingiu o ponto do meu prazer após fazer isso ele continuou a estocar no mesmo lição várias vezes eu ainda sentia uma pequena dor mas se misturava com prazer ele começou a distribuir vários outros chupões em meu pescoço e abdômen e morder meu mamilo


Deku: aaaahhhaaaahh oohh dabi que de…...delícia mais. .forte aahhhh dabi


Dabi: aaaahh deku você quer mais…..ooohhh meu neko-chan


Deku: aaaaaaaahhhhhhhhoooo sim dabi….. a mais…...que gostoso


Dabi: aooooohh Deku você tá tão apertadinho ….. que entrada deliciosa


Eu estava gemendo sem me preocupar se alguém iria ouvir eu está delirando eu estava chegando no meu limite, sentia meu clímax chegando


Deku: aaaoooh dabi eu….eu vou…


Dabi: ooohhh isso neko-chan goza para mim me deixe sentir que você está gostando


Deku: aaaaaaaahhhhhhhhoooo dabi não aguento mais …… está ... delicioso


Dabi: aaah neko-chan


Então gozei como nunca havia gozado que fez minha entrada se apertar espremendo o pau do dabi


Dabi: aaaoooh neko-chan


Ele começou a ir mais rápido até que ele gozou dentro de mim senti seu líquido quente me preencher cai no peito dele tentando recuperar o fôlego então ele começou a sair de mim senti seu líquido escorrer por minha pernas depois de recuperar o ar que tinha perdido eu e ele entramos debaixo da cachoeira que estava quentinha ao contrário do que pensei pois tinha quase certeza que estaria gelada mais me enganei depois de nós lavarmos voltamos para a festa é a situação que encontrei minha amigas era deplorável momo está só de lingerie Uraraka está caída no chão pela cara tinha vomitado todas Turo estava no balcão do bar Tsuyu está escorada na cadeira e estava vomitando e Mina e Jiro estava no balcão só que estavam fazendo um striptease estavam quase nuas então pedi para que dabi me ajudassem levei elas para o carro de dabi que me ofereceu carona eu estava saindo da festa quando bakugou baixou meu braço


Deku: o que foi Kacchan?


Bakugou: porque já está indo a festa mal começou


Deku: eu tenho que ir dabi está me esperando


Bakugou: porque está indo com ele


Deku: e que isso te interessa ( eu estava irritado e com pressa porque ele estava assim)


Bakugou: claro que interessa esqueceu da promessa que eu fiz a sua mãe ( isso foi a dez anos quando ele jurou me proteger para sempre mas ele mesmo foi o que mais me fez sofre com isso cheguei no meu limite)


Deku: maldito depois de tudo o que você fez, você vem com essa me deixa em paz pois você disse que iria me proteger mas foi você que mais me fez sofrer eu te odeio não quero você na minha vida adeus preciso ir( me soltei dele e fui até o carro de dabi )


Entrei no carro e fui para o colégio mas como bakugou anda na minha mente pensei em dormir e amanhã ir para a festa pois ele duraria uma semana ao chegar lá dabi me ajudou a levar eles para a cama descemos e me despedi com um beijo quente ele se separou de mim


Dabi: melhor eu ir se não vou querer ficar aqui


Deku: e porque não fica já está tarde e a gente pode se divertir antes de dormir


Dabi: tem certeza que quer isso?


Deku: isso oque? ( Perguntei desafiador)


Dabi: ficar sem andar


Deku: du-vi-do você conseguir


Então o levei até meu quarto e transamos duas vezes até cair no sono exausto, no dia seguinte acordei ao lado do moreno mais lindo que eu já vi após eu acordar decidi tomar um banho assim que me pus de pé rumei ao chão gemendo de dor aquele maldito realmente cumpriu a sua palavra eu não tinha forças para me manter um pé pois meu quadril está latejando até que ouvi uma risadinha olhei para o moreno ele está rindo


Dabi: o que eu te falei


Deku: quero ver você tem sua cu arrombado por um monstro três vezes na mesma noite


Dabi: calma nervosinho vem cá que eu te ajudo( ele me segurou estilo noiva e me levou até o banheiro, quando a banheira estava cheia ele me pôs dentro e me deu banho até que ele era um cara legal mesmo me arrombando depois ele me ajudou a me vestir depois que a força das minha pernas voltaram eu o acompanhei até a saída e alguns garotos estava na sala e todos olharam para dabi como se quisessem arrancar a cabeça dele e pendurar numa estaca eu apenas ignorei e me despedi com um beijo quente e desejoso depois que ele sai fui para meu quarto e contei até 10


Deku: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10 e agora


As minha vadias quase quebraram a porta mesmo com ressaca ficar loucas para saber o que tinha rolado entre eu e um moreno gostoso


Mina: vai abrindo a boca e não esqueça de falar nada


Deku: 1° como descobriram que o Dabi estava comigo


Jiro: levantamos cedo e viemos te ver mas você estava abraçadinho  com o moreno gostoso


Deku: te eu conto ( todas sentirão em uma roda ) eu e ele transamos( elas só não gritaram porque estavam com uma baita ressaca )


Momo: quantas vezes


Deku: três vezes


Jiro: nossa que tudo mas o detalhe mais importante qual o tamanho do malaquias  dele


Deku: sério isso?


Tsuyu: claro e o mais importante, gero


Deku: 28 cm( todas ficaram em silêncio )


Uraraka: COMO VOCÊ AGUENTOU ( ela gritou recebendo um cascudo de cada uma das meninas pois estava de ressaca brava)


Toru: quando a Jiro falou que você era guloso não achei que você tanto e ainda três vezes como ainda consegue andar


Deku: quando acordei não consegui mas agora estou melhor


Mina: nossa que inveja a gente pegou um bofe tudo faido


Jiro: verdade não é justo você ter todos os bofes mais lindos ao seu pés


Deku: para de graça e vão tomar banho quero rebolar muito hoje


Todas: sim chefe( falaram com um tom de deboche)


Então estava saindo do quarto quando me deparo com Kacchan em frente minha porta


Bakugou: preciso falar com você é urgente


Deku: entra ( falei meio relutante pois não sabia o motivo daquela conversa)


Notas Finais


Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...