História Para salvar o mundo - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Hermione Granger
Visualizações 97
Palavras 920
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 26 - Cap. XXV


POV Violeta

- Boa tarde meus lindinhos! – exclamei e eles correram na minha direção, só faltava o meu lindo Theo aqui também, mas seria logo.

- Tia Vivi! – abracei a todos os três que começaram a falar ao mesmo tempo o que tinham feito durante o dia.

- Eu não ganho abraço também? – olhei para Sirius que fez beicinho, antes de me dar um sorriso sexy – vamos precisar conversar hoje priminha, não é?

- Mais tarde – ele se animou – a conversa, não o abraço.

Olhei para o lado e vi que Hermione estava falando algo com Narcisa e Alice...ótimo parece que teremos que ter uma reunião de atualização o mais rápido possível.

 

POV Hermione

Vi Violeta correr, correr não porque damas não correm, ela andou rapidamente até o jardim e eu ia atrás...ela se abaixou para receber um abraço e conversa animada de três meninos de quase quatro anos animados que pareciam ter passado o dia se divertindo, sortudos, eu passei o dia em uma cadeira dura lidando com pessoas hipócritas e mesquinhas. Andei até Narcisa que ria com Alice.

- Como foi o dia de vocês senhoras? – me sentei e me servi de chá e biscoitos.

- Foi bom, passamos o dia planejando o casamento da Violeta com o Nott sênior – Narcisa disse com um sorriso alegre.

- Eu ainda não acredito que ela irá casar com ele – Alice pegou um bolinho – eu não a conheço bem, mas ela parece maravilhosa.

Nos três olhamos para Violeta que parecia encantada com as crianças e as crianças com ela.

- Narcisa te contou o porquê, certo? – perguntou a Alice.

- Sim...e só que Nott sênior é um bastardo...ele é mal...desagradável...preconceituoso...- a interrompi.

- Sim, mas se você soubesse os detalhes do que ela está planejando...acho que teria pena dele – pensei um pouco – na verdade não, ele merece.

- Como foi na suprema corte? – Narcisa mordeu um biscoito com uma delicadeza invejável.

- Prefiro que conversemos mais tarde, em terreno neutro – pedi a um elfo que me trouxesse pergaminho, tinta e pena...escrevi um endereço – vá até esse chalé, amanhã depois do almoço, lá pelas 15:00, leve Lucius e Severus – me senti corar – Alice, leve Frank e talvez Augusta se ela quiser, vocês podem levar os meninos, eles estarão seguros e alguns elfos poderão olhar eles.

- Rose cottage – Narcisa leu – não é a casa da tia Cassiopeia?

- Sim, Violeta acha que seria um bom lugar para encontros em território neutro, menos chance de que nossos homens resolvam marcar território – eu ri.

 

POV Violeta

Brinquei um pouco com os meninos e depois fui me arrumar, tinha que parecer ainda mais linda para jantar com o meu noivo idiota. Tomei um banho e vesti vestes amarelo-pálido, make suave e perfume de lavanda...guardei a poção para o meu noivo no bolso secreto nas vestes e me despedi de todos fingindo não ver o olhar apreciativo no meu primo Sirius.

Quando cheguei na sala de flu na Mansão Nott; Theodore sênior estava me esperando ao invés de um elfo...seus olhos me varreram de cima a baixo como sempre e me segurei para não tremer de nojo pela lascívia evidente em seu olhar...endireitei a coluna e sorri para ele e meu sobrinho que estava tremendo ao seu lado, dava para ver uma marca roxa em sua pequena bochecha gordinha.

- Violeta minha querida – ele me cumprimentou com um beijo molhado na minha bochecha - achei que gostaria que Theo e eu a recebêssemos hoje.

- Sim, foi uma ótima ideia – ele estendeu o braço para me acompanhar a sala de jantar e aceitei, estendendo a mão ao mesmo tempo para o pequeno Theo.

Fomos para a sala de jantar onde comemos uma deliciosa refeição...conversamos sobre trivialidades; quando o jantar acabou, me despedi de Theo com um grande abraço antes de um elfo o levar para dormir...Theodore me levou a biblioteca para um chá.

Sentamos nas poltronas dispostas em frente a lareira e eu o servi chá, com a usual poção que eu estava usando para envenena-lo e a poção de obsessão.

- Conversou com Narcisa sobre o casamento, minha querida? – o vi beber e sorri de maneira doce e feliz.

- Claro, já começamos a preparar tudo, Narcisa é um furacão quando se trata de eventos – bebi um pouco do meu chá e peguei um biscoito – você resolveu as coisas no ministério e definiu uma data?

- Sim, dia 5 de agosto, daqui a quatro meses...está bom para você, minha querida? Tentei mais cedo, mas pensei melhor, não seria próprio.

- 5 de agosto é uma excelente data – baixei meus olhos, como se estivesse com vergonha – é perfeito.

- Ótimo! Aqui está o selo de um dos meus cofres, o configurei para as despesas do casamento, quero que tenha tudo do melhor para o casamento – ele se aproximou devagar e usando a mão para levantar meu rosto com cuidado na sua direção, ele me beijou...foi um beijo casto e delicado, mesmo assim o nojo que senti era imenso...me afastei deixando meu olhar baixo e disse com firmeza:

- Não estamos casados ainda Theodore, não é próprio! – ele riu e se afastou de mim.

- Tem razão minha querida, venha, vou te acompanhar até o flu, já está tarde – ele me levou até o flu e voltei para casa tremula e com vontade de vomitar...um elfo me disse que todos já tinham ido dormir...passei no quarto do Harry para um beijo de boa noite e fui para o meu, amanhã seria um dia longo de conversas chatas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...