História Para Sempre - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Castiel, ChiNoMimi, Dakota, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Nina, Peggy, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Tags Amor Doce, Castiel, Poderes
Visualizações 110
Palavras 1.215
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Este capítulo ficou longo, pois tem uma música que praticamente resumiu a vida da Liv.
Espero que vocês gostem deste capítulo e boa leitura!

Capítulo 4 - Titanium


Fanfic / Fanfiction Para Sempre - Capítulo 4 - Titanium

                                                                                    P.o.v Lívia

No dia seguinte, acordei atrasada.

-Droga! Esqueci de colocar para despertar!Ah não, se eu perder a primeira aula, minha tia vai me matar! - Exclamei dando um pulo da cama, me arrumei rapidamente e corri em direção a escola. 

-Madrugou hein - Falou Castiel, que estava no pátio, faltava 5 minutos para tocar o sinal para a primeira aula.

-Bom dia para você também - Respondi de forma sarcástica.

Fui em direção ao grêmio, cumprimentar Nathaniel.

-Nathaniel - Falei abrindo a porta e entrando dentro da sala - Como vai?

-Bem... - Falou, ele estava organizando sua pasta e guardando alguns papéis.

-Deixe-me te ajudar, você parece cansado - Ajudei ele a guardar os papéis - Ah... Nath, você tomou café? - Perguntei observando a palidez da pele do loiro.

-Na verdade... Não - Ele me olhou com um olhar exausto - Acordei muito tarde e acabei não tendo tempo.

-Por que você não me falou antes?! - Peguei um sanduíche e entreguei meu copo com café que havia pegado em uma lanchonete aqui perto da escola - Aqui, come .

-Mas Liv, é o seu lanche! - Protestou Nathaniel.

-Não precisa se preocupar, eu tenho dinheiro, posso comprar alguma coisa na cantina - Ele me deu um sorriso gentil e começou a comer o sanduíche.

-Muito obrigado Liv... -Agradeceu Nathaniel.

-Não precisa agradecer - O sinal começou a tocar - Preciso ir para a aula, até depois Nath - Acenei para ele e fui até a minha sala.

                                                                             

                                                                               P.o.v Nathaniel

A Liv foi muito gentil comigo me dando o lanche dela, ninguém se importa desse jeito comigo, já vi que ela é uma garota doce, extrovertida e interessante. Terminei de comer, sai da sala do grêmio e a tranquei, estava indo até a minha sala.

-Uh... Nathaniel, posso conversar com você? - Perguntou Melody que estava ao meu lado.

-Claro! Mas seja rápida, o sinal já tocou e eu tenho que ir para a sala - Falei um pouco apressado.

-Eu percebi que a novata estava se atirando em cima de você na sala do grêmio, se você quiser, eu posso falar com ela.

-Melody! Ela não estava se atirando em cima de mim, ela estava me ajudando, e você nem é a minha namorada para ficar me vigiando e falando sobre as pessoas que eu posso e não posso conversar! - Exclamei um pouco irritado, não fiquei ali para escutar a resposta dela, fui em direção a minha sala e entrei.

A aula toda foi normal, tinha horas que eu me pegava pensando na Liv, mas não deve ser nada de mais, certo? 

O sinal tocou, anunciando a segunda aula, matemática, a minha aula foi a mesma de Liv, no meio das explicações do professor, a diretora entrou na sala.

-Bom dia alunos! Eu vim aqui para anunciar que vai haver um passeio para a floresta onde vamos acampar, será preciso que vocês paguem a taxa de inscrição e formem duplas - Ela passou seus olhos em todos os alunos presentes na sala- Senhorita Adams!- Ela exclamou se referindo a Liv, a coitada estava tão distraída conversando com Kim, que tomou um baita susto - Já que está tão tagarela hoje, poderia nos dizer quem é a sua dupla?

-Ham...Uh...

-Sou eu diretora - Me pronunciei.

-Muito bem, já que está que o sinal está prestes a tocar, a primeira dupla pode sair para o intervalo - Ela apontou para a porta.

Eu e Liv saímos da sala e fomos até o pátio.

-Aquele sanduíche estava muito bom! - Exclamei para quebrar aquele silêncio.

-Fico feliz que tenha gostado - Ela deu um sorriso gentil.

Continuamos conversando sobre assuntos aleatórios, até o Castiel e Lysandre virem em nossa direção.

-Hoje a tarde Nathaniel? - Pergunto Lysandre se referindo a banda.

-Combinado! - Exclamei

-Vocês tem uma banda? - Perguntou Liv curiosa.

-Sim, Castiel é o guitarrista, Lysandre o vocalista e eu sou o baterista- Falei 

-Estamos precisando de uma voz feminina na banda, se você quiser, pode aparecer na casa minha casa - Falou Castiel - Aqui o endereço - Ele entregou um papel para a Liv - Meu telefone também está aí se precisar.

-Ok, obrigada - Agradeceu Liv.

O sinal tocou para a próxima aula, fiquei acompanhando as últimas aulas e fui para casa.

 

                                                                                    P.o.v Lívia

Estava quase na hora de ir para a casa de castiel, tomei um banho rápido. Vesti uma calça azul-escuro, uma blusa cinza e um casaco de estampa militar. Coloquei minha bota marrom de cano baixo, meu colar e deixei meu cabelo em um coque bagunçado.

Fui em direção ao endereço e cheguei em frente a uma casa, como não tinha campainha, tive que bater palmas.

-OH DE CASAAAAA, TEM ALGUÉM AÍ? EU TÔ INDO EMBORA! OH VIZINHOOOOOOOOO - Comecei a gritar até que o Castiel apareceu na porta da frente, ele veio e abriu o portão para mim.

-Precisa gritar? - Perguntou.

-Sim - Falei.

-Vem, era só você que faltava, o ensaio vai ser no meu porão - Falou Castiel me guiando até o lugar onde seria o ensaio.

-Finalmente - Falou Nath em um tom brincalhão.

-Olá Liv, fico feliz que veio, então... Vamos começar? - Perguntou Lysandre.

-Opa opa opa, calminha aí Lysandre antes... A Livizinha precisa fazer um teste antes de entrar na banda - Falou Castiel dando um sorriso cínico.

-Se você insiste - Falei sarcástica, peguei o microfone que havia em cima do balcão e subi no mini palco- Essa é uma música minha, o nome dela é Titanium. (Finge que é dela, gente)

                                                                                       Titanium

You shout it loud (Você grita alto)

But I can't hear a word you say (Mas não consigo ouvir uma palavra que você diz)

I'm talking loud not saying much (Estou falando alto, sem dizer muito)

I'm criticized but all your bullets ricochet (Sou criticada, mas as suas balas ricocheteiam)

You shoot me down, but I get up (Você me derruba, mas eu me levanto)

I'm bulletproof, nothing to lose (Sou à prova de balas, nada a perder)

Fire away, fire away (Dispare, dispare)

Ricochets, you take your aim (Ricochetes, você fez a sua crítica) 

Fire away, fire away (Dispare, dispare) 

You shoot me down but I won't fall (Você me derrubou, mas não vou cair)

I am titanium (Sou de titânio) 

 

Cut me down (Me corte)

But it's you who'll have further to fall (Mas é você quem estará mais próximo de cair)

Ghost town, haunted love (Cidade fantasma, amor sobrenatural)

Raise your voice (Levante sua voz) 

Sticks and stones may break my bones (Paus e pedras podem quebrar meus ossos)

I'm talking loud not saying much (Estou falando alto, sem dizer muito)

 

Stone hard, machine gun (Pedra dura, arma automática)

Firing at the ones who run (Atirando naqueles que correm)

Stone hard, as bulletproof glass (Pedra dura, como vidro blindado)

 

You shoot me down but I won't fall (Você me derrubou, mas não vou cair)

I am titanium (Sou de titânio)

You shoot me down but I won't fall (Você me derrubou, mas não vou cair)

I am titanium (Sou de titânio)

You shoot me down but I won't fall (Você me derrubou, mas não vou cair)

I am titanium (Sou de titânio)

I am titanium (Sou de titânio)

 

Continua....

 

 

 


Notas Finais


Obrigada por lerem!
Sugestões para o próximo capítulo? Deixe aqui nos comentários!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...