História Para Sempre - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Grey's Anatomy
Personagens Addison Montgomery-Shepherd, Alexander "Alex" Karev, Alexandra "Lexie" Grey, Amelia Shepherd, April Kepner, Arizona Robbins, Calliope "Callie" Torres, Cristina Yang, Derek Shepherd, George O'Malley, Isobel "Izzie" Stevens, Jackson Avery, Jo Wilson, Mark Sloan, Meredith Grey, Miranda Bailey, Personagens Originais, Preston Burke, Richard Webber
Tags Arizona Robbins, Calzona, Campirez
Visualizações 62
Palavras 3.857
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Quatorze


4 anos depois

A gente nunca sabe como vai ser nosso futuro, nós fazemos planos, imaginamos momentos mais no fundo não sabemos ao certo o que acontecerá. eu sempre pensei isso, sempre fiz planos e mais planos, mais o destino me surpreendeu. eu eu posso dizer que nem nos meus melhores planos eu sonhei que estaria aqui.

minha vida nos últimos anos não foi fácil, mais nunca imaginei algo melhor. eu e Calliope ainda estamos namorando. Callie se formou e agora ela é residente chefe do hospital escola da Harvard. ela se especializou em Cirurgia ortopédica. e posso dizer que é uma das melhores que existe em Boston. com apenas 25 anos ela se tornou uma das cirurgiã mais renomada da sua área, após seu estudo de cartilagem ela se tornou conhecida no meio cirúrgico, ela publica varias artigos em revista de medicina. eu sou a namorada mais orgulhosa do mundo. Eu estou no primeiro ano do Internado aqui em Boston. e tenho vivido uma correria. meus amigos foram aceitos no Seattle grace e estão fazendo seu internado lá. eu também fui aceita mais eu não posso deixar minha filha aqui. Sim Sophia hoje é minha filha ela é tudo ao ouvir pela primeira vez alguém me chamar de mamãe.

flashback on

Depois daquela noite incrível que passei com Callie no chalé, o que mais amei foi o momento que ela me permitiu ser mãe da Sophia. É claro que os outros momentos foram perfeitos mais aquele era algo pelo qual eu não esperava. depois da nossa primeira noite acabamos passando mais tempo juntas e eu amava aquilo. estávamos preparando toda festa de aniversário da Sofi que seria das Bailarinas. tudo tinha que ficar no mínimo detalhe pois minha menina merecia. eu decidir fazer a festa na casa dos meus pais eles super aceitaram, e já estavam amando ter um bebê na vida deles, no dia da festa estava um loucura Addie Callie e Mark corriam de um lado para outro, Sofi não queria sair do meu colo. Callie diz que ela tinha medo que eu não voltasse. toda fez que tenho que passar mais tempo na faculdade ela fica chorando. eu queria muito ter mais tempo pra ela, e sempre que possível eu passo um tempo com ela. quando Callie começou o internato decidimos juntas que seria melhor deixa a Sofi com uma baba e nada melhor do que Nena pra cuidar dela. então todos os dias antes de ir pra faculdade eu passava no apartamento da Callie pra pegar Sofi e levar pra mansão. depois Callie buscava, foi assim durante muito tempo, mais as vezes as coisas ficavam difíceis entre nos duas, mais depois falo disso. O dia da festa da Sofi tinha chegado e pra minha surpresa minha mãe estava lá também. depois do meu aniversário ela prometeu que passaria mais tempo conosco e ela vem cumprindo isso perfeitamente. Papai já havia embarcado. mais mandou um presente que Sofia amou. uma bicicleta com corridinhas que brilha. Minha menina não queria se separar de mim e foi assim durante a festa toda. nós brincamos corremos tiramos fotos, foi um sonho passar esse primeiro aniversário com elas. Callie estava linda no seu macacão florido. eu e Sofia estávamos vestidas com as roupas que callie me presenteou. Na hora do Parabéns estávamos todos envolta da mesa toda decorada no jardim. os nossos amigos estavam presentes também. Sophia foi para o colo da Callie e eu estava ao lado das duas quando calleope perguntou pra quer Sophia iria entrega o primeiro pedaço de bolo ela olhou pra mim e disse "Pra minha Mamãe" e Sorriu e não consegui me controla e comecei a chorar feito criança, não era lagrima de tristeza e sim de felicidade ela nunca havia me chamado assim. e eu não imagina que isso iria acontecer tao cedo. eu olhei pra Callie e a mesma estava chorando. nossos olhos se encontram e nós duas sorrimos eu beijei Sofi e agradecimento pelo bolo. o próximo foi para Callie. depois fomos para a mesa de guloseimas, a festa seguiu perfeita.

Flashback off

Meus olhos enchem de água sempre que lembro desse dia. eu era completa com elas. Eu e Calliope ainda não moramos juntas, e não me perguntem o porque eu não saberei responder. Callie ja pediu para que eu se mudasse pra sua casa mais eu nunca fiz isso. eu não estava pronta pra dar um passo tao grande assim. eu passava mais tempo no seu apartamento do que no meu. mais eu sabia que depois que passemos a morar juntas as coisas seria completamente diferente.

hoje é domingo meu primeiro dia de folga depois do incio do internado. eu quase não via Callie no trabalho mesmo estando trabalhando no mesmo hospital ela era a Chefe dos residentes e passava a maior parte do tempo em cirurgia e eu era só uma interna. Hoje planejei ir busca-las para um dia no Parque. o tempo estava maravilhoso para um piquenique e Sophia estava começando a andar de patins eu estava adorando ensina-la. me troquei peguei meu carro que nessa altura do campeonato ja não era mais um conversível e sim um SUV preto eu precisava de um carro grande pra cadeirinha da Sofi e seus brinquedos. Fui para o Apto da Callie e apertei a Campainha.

- Mamãe você esta aqui. Sophia grita ao meu ver parada na porta

- Oi meu Bebê a Mamãe veio buscar você e a Mama para passar o dia no parque. falo pegando minha filha e abraçando bem forte. - A mamãe esta morrendo de saudade meu amor cadê sua mama? falo assim que percebo que Callie não esta em casa.

- Ela esta no hospital Mamãe eu estou com a tia Annie. Annie era a nova baba da Sophia ela cuidava da pequena quando ela não estava na escola e quando Callie estava de plantão e eu também.

- Tudo bem filha o que você acha de ir para o banho enquanto a mamãe libera a tia Annie.

- Iuuupp. Sofi sai gritando e pulando para seu quarto eu vou para a cozinha e libero a babá. vou ate o quarto da pequena e separo suas roupas numa bolsa. pego seus brinquedos e roupas pra levar pra minha casa já que Callie esqueceu do nosso encontro.

sim eu estava muito chateada, eu não vejo ela maia de 20 dias. ela vive em cirurgia eu pego a Sophia quase todos os dias na escola deixo ela com a Nena quando to de plantão. Emy adora cuidar da Sofi elas passam muito tempo juntas já que Addison e Sloan se mudaram pra NY. eles acabaram se casando demorou mais enfim eles se assumiram. vivem brigando mais estão muitos felizes. eu vou para o banheiro terminar de banhar Sofi depois de tudo pronto eu levo ela pra Sala e vou ate a cozinha preparar sua vitamina. aproveito que minha filha esta distraída com o desenho e pego meu telefone pra ligar pra Callie. depois de 3 tentativas ela atende.

ligação on

- Nossa até que fim atendeu. Caramba Calliope aonde você estava? pergunto com uma voz de raiva

- Eu estava em cirurgia Arizona. e você tem 3 minutos pra falar o que quer porque eu tenho outra cirurgia. ela fala e eu fico mais chateada ainda.

- É sempre assim né Dra° Torres. tudo bem não vou atrapalhar mais sua cirurgia. só estou ligando pra avisar que levarei Sophia ao parque e depois ela vai pra minha casa.

- Arizona você sabe que hoje é meu dia de ficar com a Sophia? ela fala e eu dou uma risada irônica.

- claro que é Calliope. mais parece que você mesmo esqueceu disso porque você deixou minha filha com a Baba e foi para o trabalho.

- Para de falar minha filha. ela é nossa filha eu tive uma cirurgia de emergência eu não tenho culpa de ser a única ortopedista desse hospital.

- Eu não preciso das suas desculpas Callie eu já conheço todas elas só quero que saiba que a "NOSSA" filha esta comigo. tchau aproveita sua cirurgia.

ligação off

Isso já estava ficando impossível, Eu quase não vejo minha namorada e quando eu penso que poderíamos passar um dia em família ela faz isso. poxa nem é o plantão dela, custa tirar um tempo pra mim. Pra nossa filha tudo agora é o trabalho. bom eu preciso esquecer isso. não vou estragar meu dia por causa disso. minha filhota não merecer me ver chateada.

- Filha toma sua vitamina. nós vamos para o parque fazer piquenique e andar de patins. falo entregando sua mamadeira

- iiiupiii ela grita. e eu sorrio com a cena.

-Vejo que esta feliz Baby. falo e ela pula nos meus braços.

- Muito mamãe. a Mama vai ir com a gente? Ela pergunta e eu olho pra ela.

- Não filha sua Mama esta trabalhando. falo e ela abaixa a cabeça.

- Sinto saudade da Mama ela nunca ta em casa. e passo mais tempo com a Annie e a Nena do que com vocês mamãe porquê? vocês não me ama mais?

- meus olhos se enchem de agua ao ouvir minha filha falar aquilo.

- Filha eu e sua mama amamos muito você. você é a coisa mais importante da nossa vida. mais nós também somos medicas filha e precisamos salvar vidas. eu sei que logo as coisas se acheita e iremos passar mais tempo juntas nós 3 seremos uma linda família.

Ela me abraça forte e eu a aperto com força. até não conseguir respirar mais. depois disso seguimos para o parque o dia foi perfeito ao lado da minha pequena ela levou alguns tombos e ralou o queixo. na hora ficamos desesperadas mais depois eu passei um remédio que tinha na bolsa e colei uma esparadrapo de florezinhas. dei alguns beijos ate ela parar de chorar. depois fomos para a sorveteria e de lá fomos para meu apartamento depois que April e Alex se mudaram eu comprei um Apto próximo ao hospital. assim não perdia muito tempo á caminho do trabalho. Esse apto era mais simples que o outro havia dois quartos um que mandei decorar pra minha filha e o outro era o meu. eu não tinha muito tempo pra fazer supermercado então Nena cuidava disso uma vez por semana. era tudo muito bem organizado porque eu tinha problemas de organização. depois de dar um banho na pequena que estava parecendo um porquinho. ela acabou dormindo e eu fui pra Sala estudar um pouco. até que escuto a porta abrir. e vejo Callie entrando.

- Cadê a Sophia? ela pergunta sentando na poltrona á minha frente.

- Ela esta dormindo. respondo digitando ao no notebook.

- Você não vai falar comigo né. ela diz levantando só sofá. - Eu vou pegar Sophia e ir pra casa porque não estou afim de brigar.

- Não você não vai acorda-la. ela acabou de dormi e esta muito cansada. falo colocando o notebook na mesa de centro

- quem você pensa que é pra falar o que vou ou não fazer com minha filha Arizona? ela fala se virando de costa pra mim. eu abro minha boca em um perfeito (0)

- O que você disse Callie? Não é melhor que você nem repita. quer saber faz o que quiser eu estou cansada desse assunto. falo indo para meu quarto fechando a porta na cara dela.

-Arizona abre essa porta e vamos conversar. Ela fala do outro lado e eu só consigo chorar. eu estou cansada disso. cansada de brigar. cansada de ficar chateada. eu estou muito cansada.

- Callie vai para seu apartamento me deixa aqui sozinha. alias você é ótima em fazer isso. as coisas da SUA filha esta no quarto dela. eu vejo que falei mais alto que deveria.

- Arizona abra essa porta antes que eu meta o pé nela. Ela fala gritando e eu sei que ela é louca o suficiente pra fazer isso. levanto e destranco a porta.

-Podemos conversa agora? ela pergunta

-O que você quer conversa Callie. quer me falar mais alguma desculpa do porque você não pode tirar um domingo pra sua namorada e filha. porquê eu tive que responder a pergunta da minha filha sobre as mãe dela não ama-la e porque ela passa mais tempo com as babas que com as mães. então callie sobre o que você quer fala. eu jogo na cara dela

- Amor eu sei que tenho falhado muito com você e com nossa menina. Mas amor por favor, me perdoa eu quero muito conserta meus erros com vocês. eu amo você Arizona eu não posso perde-la eu não quero mais ficar longe da minha filha e nem de você. eu amo vocês mais que tudo em minha vida. ela se aproxima de mim e me puxa pra um abraço.

- Calliope eu amo muito você mais eu não quero cometer os mesmo erro dos nosso pais. nós podemos ser cirurgias e mães ao mesmo tempo.

- Eu sei que podemos Amor eu prometo que vou mudar eu já estava fazendo nossas escalas hoje. e deixei alguns dias livres esse mês pra nós duas vamos fazer algo como uma família. eu prometo a você que não vou mais ficar longe de vocês. eu quero a nossa felicidade baby. ela diz e eu a puxo pela camisa fazendo a mesma cair na minha cama sobre meu corpo.

- o que você acha de começar pela parte mais simples. que é matar os desejos da sua namorada. falo dando beijos no seu pescoço.

- Eu acho isso ótimo. eu estou com muita saudades desse seu corpinho sobre mim. dos seus beijos, da sua voz rouca gemendo meu nome. ela fala me dando vários selinhos.

Eu aprofundo nosso beijo puxando Callie mais pra mim em um movimento rápido eu viro pra ficar por cima da morena. tiro sua camiseta e jogo em qualquer canto, começo beijo toda extensão do seu pescoço, ela solta alguns gemidos baixo, eu volto a beijar seus lábios com intensidade eu sentia falta daquilo. dos seus toques doa seus beijos. eu amo esse corpo, amo esse cheiro, o seu gosto cada centímetro do seu corpo. - Eu senti sua falta baby. falei no ouvido dela e voltei a beija-la Callie passa suas mãos pelo meu corpo e tira a camiseta que eu estava vestindo e deixando só de lingerie. eu desabotoou sua calça e tiro eu volto beijando do seu corpo até a sua boca, eu beijo seus lábios com delicadeza, desabotoou seu sutiã e desço meus lábios até seus seios. abocanho de uma vez fazendo Callie soltar um gemido mais alto. eu levanto a cabeça e solto um sorriso sacana, volto minha atenção para seus seios massageando um e lambendo outro eu brinco com seus mamilos e ela geme ainda mais alto - Ei Baby para de grita senão eu vou parar o que estou fazendo. ela concorda com a cabeça. eu começo beija seu abdômen descendo sentido sul. deposito um beijo na sua intimidade depois beijo entre suas coxas arrepiando seu corpo inteiro. eu assopro sua intimidade e a mesma se contorce embaixo de mim. -Ari por favor para de me tortura. callie fala e eu ataco sua intimidade. eu começo passar minha lingua quente por todo seu clitóris e callie se contorce novamente. eu penetro dois dedo nela e ela grita de prazer e subo até sua boca beijando para que ela fique quieta e sinta seu próprio gosto. eu continuo penetrando meu dedos em um vai e vem gostoso nela. ela esta completamente encharcada. sinto seu interior se contrair e sei que ela está perto. eu volto a chupar seu clitóris sem tirar os dedos de dentro dela. callie já respira descontroladamente. eu brinco com minha lingua na sua intimidade e a mesma relaxa de prazer. a morena goza loucamente na minha boca. e eu sugo todo seu liquido. eu retiro meus dedo lentamente de dentro dela e deposito um beijo de cada lado nas suas coxas que tremem involuntariamente. eu volto a beija seu lábios e vou me soltando lentamente dela. - Eu preciso ir tomar um banho. falo saindo da cama.

- Ei baby é a minha vez. ela fala segurando minhas mãos.

- Não calliope você não tocará em mim. esta de castigo baby. você precisa aprender que não se brinca com Arizona Robbins.

- Ei mais eu já pedir desculpa.

- E eu desculpei. mais isso não significa que eu não te deixarei de castigo. falo entrando no banheiro.

- Me deixa tomar um banho contigo então.

-Nada disso Dra° Torres.

Callie volta pra cama e eu continuo meu banho. depois de banhar eu sigo para o closet escolho um pijame soltinho pois estava calor. vejo que callie esta vestida com minha camiseta e esta dormindo eu vou ate o quarto da minha filha e vejo que continua dormindo. eu sorriso vendo aquela cena. Sofi dorme igual Calliope ela tem costume de colocar um travesseiro entre as pernas e uma das mãos embaixo da bochechas . vou para meu quarto e deito do lado da minha namorada linda, ela é tao perfeita seu rosto tem o desenho perfeito. seus lábios carnudos me deixa fascinada. eu sou completamente louca por essa mulher, eu acabo cochilando.

1 mês depois

Callie prometeu e cumpriu esse ultimo mês tem sindo maravilhoso Calliope passa mais tempo com Sophia e comigo. meus dias tem sido uma loucura no hospital. ser interno é muito difícil é preciso estar preparado 24hrs para atender os pacientes, é necessário muito tempo no laboratório estudos de pesquisas, métodos cirúrgicos, quanto mais você estuda, mais preparado você fica pra cirurgiã. eu não tenho muito tempo para minha filha. eu queria ter mais tempo que tenho mais mesmo assim entrego todo meu tempo de folga pra ela. Callie passou a conversar mais comigo, almoçar no hospital quase todos os dias isso tem nos feito bem, hoje Callie me disse que precisaríamos conversar depois do plantão, então eu estou terminando de me arrumar pra levar Sophia pra ficar com Nena ela disse que o assunto era sério então prefiro que minha filha não esteja em casa essa noite.

Volto pra casa passo na pizzaria para pegar uma pizza pois eu estou muito cansada pra cozinha, e tenho certeza que Callie também. tomo um banho e coloco um moletom, Escuto a porta da sala abrir e sorrio em ver a morena mais linda entrar por ela. ela sorri de volta ao meu ver parada na porta do quarto admirando sua beleza.

-Gosta do que vê. Ela pergunta se aproximando.

- Eu amo o que vejo. Eu deposito um beijo em seus lábios.

- você disse que queria conversa então levei Sofi pra Nena. falo vendo ela tirar seu casaco e colocar no Sofá.

- Sim Ari precisamos conversa e você fez bem em levar Sofi pra Nena. Eu não sei qual vai ser sua reação. ela fala sentando no sofá. meu coração dispara.

- Meu Deus Callie fala logo. Eu falo sentando ao seu lado.

- Você o quanto eu amo você num é, mas você também sabe o quanto amo minha carreira, claro que isso não tem comparação. Mais minha carreira sempre foi importante pra mim. eu sempre quis mostra pra todos que posso chegar em algum lugar sem ter que usar o meu Sobrenome. E isso vem acontecendo Ari. eu estou conseguindo ser reconhecida sem ser uma Avery e sem ajuda do meu pai. isso me deixa tao orgulhosa de mim mesma. eu me sinto tao feliz. e hoje eu recebi uma proposta de trabalho. mais eu não quero aceita sem conversa com você antes. ela fala e eu sinto meu coração doer, Callie mais do que ninguém sabe o quão duro é ser uma interna do primeiro ano. - Ari olha pra mim, Hoje Sua Mãe me ligou e disse que esta precisando de uma Chefe para o setor de Ortopedia do Seattle grace, Ela disse que meu nome foi o primeiro a Ser Solicitado pelo concelho. e caramba Ari quando eu poderia imaginar que aos 25 anos eu receberia o convite pra ser chefe de um departamento inteiro. chefe de ortopedia. É isso eu não sei o que pensar agora ou o que fazer.

- Callie você esta me dizendo que esta pensando em ir embora pra Seattle. é isso? Eu pergunto com lágrimas nos olhos.

- Sim Ari é isso. eu estou pensando muito nisso. Mais baby não chora eu falei pra sua Mãe que só posso aceitar o cargo se tiver uma vaga pra você fazer o internato lá. ela fala como se isso fosse mudar as coisas.

- Callie você acha que isso resolveria tudo, a minha vida é aqui em Boston. Você quer que eu largue os meus estudos pra ir com você.

- Arizona essa é uma oportunidade única pra mim. o Seattle grace é um dos poucos hospitais que não é comandado pelo meu pai, É um dos poucos que eu posso trabalhar. você intende isso?

- Callie mais você também sabe que lá é comandado pela minha Mãe. eu não quero ter minha Mãe como minha chefe. eu não quero ter privilégios por ser filha da chefe. eu falo e ela me olha

- Arizona qual é o problema de trabalhar com sua Mãe ela é incrível, você vai poder estudar com os melhores cirurgião do pais, e outra você vai ficar perto da April e do Alex você vive que dizendo que sente falta deles.

- Callie eu estou feliz aqui. eu quero que você entenda isso.

- Tudo bem Arizona eu não vou discutir com você, mais eu quero que saiba que tenho Dois dias pra pensar e que estou cogitando muito essa oportunidade.

- Tudo bem isso pode ser incrível pra você, mais não é pra mim. você pode ser chefe aqui. aliás você é chefe dow residentes o ano que vem você já pode ser a chefe do setor aqui.

- Arizona me desculpa mais eu quero muito mais do que tenho aqui. então saiba que se eu escolher ir eu levarei Sophia comigo. aquilo me doeu muito eu não posso ficar longe da minha filha. eu não quero ter que perde as duas, mas eu não tenho escolha sobre isso Callie e a responsável pela Sophia eu não tenho direito algum sobre ela. isso me deixa ainda mais triste.

- Então você esta dizendo que se eu não for com você eu perderei minha filha. Eu falo chorando

- Não é assim Arizona você não vai perde a Sophia, mais ela vai comigo. eu amo você Arizona e espero mesmo que você considere isso.

- Callie eu não posso acreditar nisso. eu preciso ficar sozinha por favor. eu não quero falar mais nada. então por favor Callie vai embora. Eu falo indo para o quarto. e ela fica me olhando eu não posso acreditar que só tenho essa escolha. eu não posso crer que as coisas aconteça assim. eu não quero ter que escolher entre a mulher da minha vida e minha filha. ou ter que escolher o meu trabalho ter uma carreira sem ajuda da minha mãe. eu não sei o que pensar eu só sei que não posso decidir nada agora. 


Notas Finais


Olha eu postando e saindo correndo. Eu tentei escrever um hot claro que não foi o melhor do mundo. Mais para o momento esta tranquilo. Outra eu quero dizer que a história não vai ser fácil. Teremos muitas brigas talvez até separação então por favor não me matem. Eu senti falta dos comentários então por favor conversam comigo e me diga o que vcs estão achando. Bjs até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...