História Para sempre em meu coração. - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Aventura, Larry, Lgbt, Mistério, Romance, Yaoi
Visualizações 258
Palavras 1.613
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Louis pode ter uma irmã, uma irmã com uma família que quer conhece-lo e que deseja fazer parte de sua vida. Boa leitura.

Capítulo 14 - Sobre coincidências demais.


Fanfic / Fanfiction Para sempre em meu coração. - Capítulo 14 - Sobre coincidências demais.

Assim que eles se separaram ouve uma pequena agitação dentro de ambos, o beijo terminou, mas Harry mantinha as mãos na cintura do menor e sorria para ele de modo encantador.

-Louis? Porque me beijou?

O menor corou e tentou esconder o rosto no peito largo, impressionado como esse gesto lhe parecia ser tão natural, como se seu corpo se sentisse seguro ao estar colado ao outro.

-Boo...Sussurrou Harry mansamente, acariciando os cabelos castanhos com as pontas dos dedos.

-Eu acho que eu quis te beijar, foi isso.

-Que bom que você quis fazer isso, eu realmente gostei, caso queira saber.

Louis sorriu minimamente e o outro percebeu, então como percebeu que aquilo era o máximo que conseguiria dele o apertou mais nos braços e beijou o topo de sua cabeça.

-Sabe, tudo pode ter começado de um jeito torto e errado, e eu posso ter te mostrado meu pior lado, mas realmente quando começamos a fingir que erámos namorados eu não pude deixar de imaginar como seria se realmente fossemos...Por isso eu quero ir devagar, mas quero te conhecer melhor se você permitir, o que me diz Boo?

Louis se soltou e encarou o dono dos olhos verdes, meio receoso e meio alegre respondeu com um tímido...Sim.

-Ok, agora vamos continuar nosso passeio pelas dependencias de minha empresa e depois vamos para casa, mais tarde teremos uma entrevista para uma rede de televisão e depois ficaremos livres, sobre isso se não estou enganado parece que sua amiga de infância vem te visitar neste final de semana, estou certo?

-Hum, sim...Candy vem este final de semana, junto com sua amiga, possivelmente namorada e eu estou muito feliz, ela é minha melhor “amiga” no mundo todo.

Harry riu.

-Deixa Liam e Zayn saber disso...

-Mas Li e Z são meus melhores “amigos” no mundo todo! Tem uma diferença de gênero nisso aí, sabia?

Novamente Harry riu e continuou a impressionar Louis enquanto lhe mostrava boa parte daquele imenso lugar, somente por volta das duas da tarde subiram ao apartamento e após um descanso e um lanche foram se arrumar para a entrevista, que aconteceu tranquilamente, muito embora tenha sido complicado entrar na emissora e sair dela, tamanho o numero de pessoas que se aglomeravam ali, umas apoiando o casal e outras desaprovando, mas isso já era de se esperar.

-Não fique chateado com isso Boo, ninguém agrada todo mundo, sabe disso não é?

-Sei, mas é estranho que as pessoas façam cartazes contra a violência sexual, quando já explicamos que o vídeo se tratava somente de uma brincadeira nossa, embora logicamente não tenha sido isso...Disse Louis tentando se fazer entender.

-Eu sei, mas é assim que as coisas são.

Depois voltaram para a casa e de tão cansado Louis dormiu no carro, foi com cuidado que Harry o levou para cima e o colocou na cama.

Liam chegou logo mais, trazendo uma garrafa de vinho em cada mão, seguido de Zayn que sorria satisfeito.

-Hey, vi as postagens do beijo no corredor da empresa, foi uma encenação bem bolada. Disse Liam abrindo o vinho.

-Não foi encenação. Explicou Harry.

-Hum, tomando a iniciativa né? Gostei de ver chefinho! Brincou Zayn.

-Não, foi Louis quem me beijou...Respondeu Harry se sentando e pegando sua taça provando calmamente do vinho.

-E onde está nosso amiguinho? Perguntou Zayn olhando em volta.

-Dormiu no carro antes de chegarmos em casa, ele se saiu muito bem na entrevista, aliás após isso acredito que vão pipocar fãs clubes de Louis pela cidade, ele realmente foi bem.

-E qual são suas intenções com ele? Posso saber??

Harry riu de Liam, mas respondeu seriamente.

-As melhores, mas estamos indo com calma, quero conhece-lo melhor e quero que ele me conheça. Fazem apenas alguns dias, é tudo muito novo para ele e para mim, mas confesso uma coisa aos dois, estou apaixonado.

Os dois amigos de Harry sorriram, era de se esperar, mas não tão rápido, porém quem controla os sentimentos?

-Bom, então vamos indo, amanhã Candy chega logo pela manhã e preciso arrumar o quarto de hóspedes para ela e a menina que vem com ela, conversamos ontem e senti uma certa ansiedade da parte de Candy, ela quer falar comigo antes de ver Louis e isso é estranho. Disse Zayn.

-Sobre o que acha que é? Perguntou Harry meio nervoso, talvez essa moça tenha decidido que Louis estava fazendo algo errado em ficar com Harry, ele precisava saber.

-Algo a ver com o passado de Louis, acho que ela descobriu uma pista sobre a família dele...

-Traga ela para cá, tenho bastante espaço, Louis pode ficar comigo em meu quarto, e elas ficam no quarto de hóspedes.

Liam ergueu uma sobrancelha divertido.

-E isso não tem nada a ver com o fato de que quer se aproveitar dele né??

-Li!! Eu não faria isso e sabe disso, a não ser que ele queira se aproveitar de mim, daí eu posso deixar, sabe como é né?

Liam riu e deu um tapinha no ombro do amigo.

-Você não presta Hazz, mas...Não brinque com ele, entendeu?

-Nunca. Disse Harry sério.

Os amigos se despediram e foram embora.

….....................................................................................................................................

Longe dali, Candy pensava em como contar ao melhor amigo que havia descoberto( possivelmente) que ele tinha uma irmã gêmea que era muito parecida com ele, o mesmo jeitinho, o mesmo sorriso tímido e os mesmos olhos azuis lindos...

Mas que diferente dele ela foi adotada e tinha uma família, um irmão chamado Niall que era terrível, o ser mais divertido e tagarela que ela conhecia e pais que se amavam e eram legais, adoráveis e amorosos, e que estavam loucos para conhecer Louis.

-Não sei se será uma boa ideia contar isso a ele agora, não temos provas, só suposições querida.

-Candy...Quais são as chances de termos sido deixados no mesmo orfanato no mesmo dia? Usando roupas parecidas, e tendo bilhetes com nossos nomes?

-Mas essa informação pode estar errada, você mesma disse que não conseguiu o arquivo do orfanato onde Louis cresceu, somente o de onde você ficou, por muito pouco tempo na verdade.

Lottie se sentou na cama, ao lado da mala arrumada com capricho, e pegou na mão da namorada a fazendo encara-la.

-Eu sempre soube que era adotada, sempre, a minha vida toda e isso sempre me deu perguntas que eu nunca consegui responder, quando começei a procurar por informações meus pais me apoiaram, eles tinham confiança no amor incondicional que me deram a vida toda, mas sabiam que minha história estava incompleta, ter colocado aquele detetive particular no caso foi incrível e agora descobrir isso é ainda mais, só que o fato de isso ter nos unido tornou tudo mais sensacional.

Candy sorriu, ela conheceu Lottie num dia de chuva, quando a moça apareceu em seu apartamento de surpresa, molhada e gelada com uma pasta onde tinha informações do antigo orfanato. Ela tinha descoberto pelo detetive que o primeiro local onde foi deixada era o antigo orfanato de uma cidadezinha, mas que por serem dois bebês a terem sido deixados lá e porque a estrutura do local não comportava, eles foram separados, sendo ela a ser enviada para uma instituição maior em Londres,enquanto o outro bebê chamado Louis ficou lá.

Porém ao ser encaminha até lá descobriu que Louis se mudou e que ninguém tinha o endereço dele, mas uma das irmãs do local deu o endereço de Candice, a amiga inseparavel do rapaz que ela procurava, e mesmo sem confirmação de que eram irmãos, pois essa informação se perdeu, as coincidências eram muitas para negar a possibilidade, e ela baixou na casa de Candice.

O encontro inesperado rendeu um namoro e agora meses depois ali estavam elas, pensando em se deveriam contar isso a Louis ou não.

-Você me pediu um tempo para tentar descobrir mais e eu concordei, mas não descobri nada de novo, só me resta ver ele e sei lá...Ver no que dá.

-Amor, sabe que ele está sensível, ele sofreu um abuso ou quase isso e eu estou preocupada, promete que vai devagar com esse assunto?

Lottie concordou e a namorada a beijou.

-Certo, vamos então, estamos combinadas, e eu estou morrendo de saudades de Boo.

Lottie riu.

-Adoro o jeito carinhoso que fala dele, quase como se ele fosse seu irmão de verdade, um irmão caçula.

Cady riu e puxou a outra pela mão, pegando suas malas.

-Sempre defendi Louis, ele é delicado como você, mas enquanto você tem uma forte auto estima desenvolvida pelo amor que sempre teve, ele nunca teve isso, e sua auto estima é muito precária, quando ele descobriu que gostava de garotos lá pelos seus doze anos chegou a ficar doente por uma semana, foi complicado fazer ele entender que isso era algo natural, que não era errado ou sujo, e agora eu gostaria de quebrar os dentes do cara que machucou ele, mas pelo que Liam e Zayne me falaram a culpa disso não foi do tal cara, não totalmente, mas sim do Stanley...

Elas já estavam no carro e o assunto continuou.

-E esse tal de Stanley é o ex namorado de Louis?

-Esse Stanley é um babaca que namorou Louis, foi seu primeiro e único namorado, mas não durou muito, graças a Deus, nem quero pensar em como teria sido se ele tivesse continuado, veja só o que ele fez agora? Eu devia ter socado ele quando tive chance...

Lottie riu, sua namorada era mesmo uma coisa!

-É fazer boxe e artes marciais de defesa e ataque te ajudam muito...Me sinto segura.

Elas riram e se focaram na estrada, pela manhã estariam na casa de Liam e Zayn e poderiam ver como tudo isso se desenrolaria.

 


Notas Finais


Niall é irmão adotivo de Lottie, imagina? Isso vai ser engraçado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...