1. Spirit Fanfics >
  2. Para Sempre Irmãs >
  3. Trabalhando até tarde

História Para Sempre Irmãs - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Leia o próximo capítulo

Capítulo 2 - Trabalhando até tarde


Renata ficou observando Beatriz.

- Claro que você pode trabalhar aqui. Disse Renata.

- Muito obrigado dona Renata:

- Você pode trabalhar de empregada:

- Vou fazer de tudo para merecer esse emprego:

- Eu vou de mostrar o resto da casa:

- Certo.

Renata mostra o resto da casa para Beatriz, que fica impressionada com tanto luxo, por último Renata mostra o quarto de empregada para Beatriz.

- É aqui que você vai dormir:

- Muito obrigado, dona Renata, eu não sei te agradecer por tudo isso:

- Eu faria por qualquer outra pessoa:

Renata desce para continuar o jantar de noivado de Júlia e Rodrigo:

- Dona Renata e Seu Henrique eu prentendo fazer sua filha muito felizes:

- Eu te amo meu amor, a gente vai ser muito:

- Eu torcer para vocês ser muito felizes. Diz Renata.

- Eu quero que vocês se case, e faça a milha filha felizes Rodrigo. Diz Henrique.

- Eu vou cuidar muito bem dela. Diz Rodrigo.

No final do noivado Júlia leva um pedaço de bolo para beatriz.

- Eu trouxe um pedaço de bolo para você:

- Obrigado eu estava morrendo de fome:

- Eu quero que você seja muito feliz com seu noivo:

- Eu vou ser muito feliz com ele, o Rodrigo é uma boa pessoa, eu dar muito valor amor dele:

- Eu nunca tinha mim apaixonado por ninguém:

- Porquê:

- Porquê eu fui criada por uma madre, e ela não deixar sair do orfanato:

- Mas você vai encontrar um novo amor, assim como eu encontrei o Rodrigo:

- Tomara:

- Boa noite Beatriz:

- Boa noite dona Júlia, a senhora é muito boa:

- Não precisa mim chama de dona e senhora, nós duas tem quase a mesma idade:

No dia seguinte o Henrique saiu mais cedo para trabalhar na sua empressa, ele foi pra sua sala, no corredor ele encontra Verônica sua secretária.

- Dona Verônica quero que você vai até minha sala:

- Sim patrão:

Verônica segue o Henrique até a sala dele.

- Dona Verônica, cadê os papeis que mandei você assinar:

- Está aqui chefe:

- Dona Verônica você tá saindo uma secrétaria muita exemplar:

- Obrigado chefe:

- Sabe dona Verônica, quero aumentar a minha empressa, eu quero que essa empressa faça sucesso aqui em outro paises também, eu quero que você contrate mais funcionário, e que eles trabalhe nos exterior, essa empressa de perfume vai fazer muito sucesso, a senhora está mim entendo:

- Sim senhor:

- Agora sai daqui que eu tenho muito trabalho:

- Sim senhor:

Já é de tarde quando Beatriz e Júlia conversa.

- A sua casa é muito luxuosa:

- É, minha mãe e meu pai trabalho foi muito para mim dar esse conforto:

 - É sonho de qualquer menina viver aqui:

- Não o meu:

- Porquê não:

- Eu não queria viver no meio desse luxo todo, pra mim esses luxos e dinheiros todo que meus pais tem não vale nada, o que importa é o amor que a gente sente um pelo outro:

- Você falo bonito, eu morava no orfanato, eu sentia muito orgulho em morar lá, eu amava as pessoas que vinha lá, as crianças que eu cuidava e as madres:

- Nós vamos ser grandes amigas:

- Eu vou ali na cozinha:

- Certo:

Enquanto Júlia vai na cozinha, Teresa mãe de Henrique se aproxima de Beatriz:

- Eu não vou com a tua cara. Diz Teresa

- Eu que eu fiz pra você me trata assim:

- Você com essa sua cara de engena não mim engana, você procurou a Renata por um emprego, para dar um golpe nela:

- Olha aqui dona Teresa, eu não vou deixar que a senhora mim trate assim, eu vou contar tudo para sua neta:

- Pode contar, em que a Júlia vai acreditar ou em mim ou em você que passa de uma empregada mulabenta:

Teresa sair dali, enquanto Júlia chegar.

- O que foi Beatriz:

- A sua avó mim chamou de golpista.

- Não liga para mim avó não, ela é assim mesmo, amanhã eu falou com ela:

Já era de noite, quando Henrique chegou em casa:

- Meu amor porquê você chegou em casa a essa hora:

- Eu trabelhei até de noite, porquê eu tive de fazer muitas coisas na empressa:

- Certo, porquê a gente não namora um pouco:

- Meu amor agora não porquê eu tô muito cansado:

- Sou um porquinho, mim dar um beijo:

- Não, qual a parte que você não entendo que estou cansado:

- Você não mim ama mais:


Notas Finais


Espero que goste do capítulo de hoje.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...