História Para Sempre Você - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Dean Winchester, Padackles, Sam Winchester, Supernatural, Wincest
Visualizações 356
Palavras 1.830
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Capitulo 8 - Hora de seguir


Jensen tomou um banho vestiu uma calça Jeans preta uma camisa branca e uma jaqueta de couro se olhou no espelhou e pensou que Jared teria um surto vendo ele vestido assim ou iria fazer o loiro transar com ele antes de sair, escutou alguém batendo na porta esqueceu que tinha trancado.

- Minha nossa Jen você está lindo. - Tom entrou olhando Jensen se cima a baixo.

- Acho que os meninos estão esperado vamos?

- Vou tomar um banho rápido me espera.

Tom correu para o banheiro e menos de 15 minutos estava pronto, desceram para o saguão do hotel e Rob, Richard e Sebastian estavam esperando.

- Essa noite eu estou para o crime. - Falou Sebastian animado.

- Menos Sebastian não quero ficar carregando bêbado. - Richard reclamou revirando os olhos Jensen e Rob ficaram olhando rindo para os dois.

Eles foram para um barzinho que tinha uma pista e música dançante e passaram boa parte da noite conversado e bebendo Jensen estava feliz por estar bem com Jared e acabou se soltado e já estava na quarta doze de whisky. Tom levantou da mesa para pegar mais bebida e entregou outro copo para Jensen.

- Melhor ir de vagar né Dr.? - Rob falou tentando tirar o copo de Jensen.

- O que é? Jared deixou um discípulo?

- Você é fraco para bebida basta o Sebastian que vou ter que carregar. - Rob olhou para o amigo que dançava desengonçado na pista.

- Eu estou bem. - Pegou o copo de volta e tomou a dose de uma vez, Tom sorriu para ele e entregou mais um copo e levantou o dele para fazer um brinde.

Jensen tomou mais uns dois copos e já dançava sentado mesmo na mesa. Rob se distraiu com uma garota que estava dando em cima dele e Richard foi dançar também.

- Quer dançar? - Tom falou perto do ouvido de Jensen.

- Não...eu não sei dançar. - Jensen já falava enrolado.

- Vem eu te ensino. - Puxou ele para a pista e Jensen sentiu tudo rodar e se segurou em Tom.

- Eu quero o Jay. - Jensen falou se segurando em Tom.

- Ele não está aqui mas eu posso ajudar. - Tom apertou Jensen contra o seu corpo e entregou outro copo de Bebida para ele.

Rob estava trocando beijos com a menina quando olhou para pista e viu Sebastian dançado abraçado com Richard bem bêbados e Jensen apoiado no corpo de Tom que deslizava a mão pelas costas do loiro, ele revirou os olhos e virou para a garota.

- Vou levar essas crianças para cama. - Piscou para a menina e levantou da mesa puxando Jensen de Tom e chamou os outros dois para o hotel.

Passou pelo quarto de Sebastian que era carregado pelos ombros por Richard.

- Vou dar um banho nesse aqui e já vou lá no quarto com o Jensen. - Falou para Tom que estava ajudado Jensen que andava e caia.

- Deixa eu jogo ele na cama. - Levantou Jensen de novo que estava se apoiando nas paredes.

- Tá ok.

Jensen entrou no quarto e foi direto para o banheiro caindo no chão.

- Eu não devia ter bebido - coloco a cabeça em cima do vaso o celular de Jensen tocou, mas o loiro tinha desmaiado em cima do vaso, Tom pegou vendo que era Jared.

- Oi. – Tom atendeu e Jared não respondeu vendo que era uma voz estranha.

- Cadê o Jensen?

- A desculpa ele tá um pouquinho ocupado.

- Idiota passa o telefone para o meu marido.

- Acho que não tem marido nenhum seu aqui não, porque hoje eu vou ter um loiro bem gostoso na minha cama. Jen você não esta se separado? - Tom perguntou alto.

- Eu... estou me separado. - Jensen levantou respondendo meio embaraçado. Jared sentiu o coração disparar.

- Quer falar mais alguma coisa para ele? Porque eu acho que ele não tem interesse nenhum de falar com você. -  Tom falou de novo no telefone e Jensen levantou do chão e tentou tirar as roupas tropeçando algumas vezes e entrou no chuveiro.

- Ele me traiu, disse que só beijou aquela garota, mas quem só beijaria aquele homem? - Jensen falou do chuveiro. Tom virou o telefone para Jared escuta-se o que Jensen falava.

- Pode deixar Jared eu vou cuidar direitinho dele, vou comer ele tanto que vai esquecer que você existe.

Desligou o telefone e foi levantar Jensen que tinha sentado no chuveiro de novo. Levou ele para cama e o loiro desmaiou lá, Tom tirou a roupa e deitou com Jensen na cama beijou seu pescoço e se esfregou nele.

- Não Jay... Eu não quero. - Jensen falou abraçando o travesseiro e Tom deitou do lado dele.

Jared tacou o celular na cama com força Jensen tinha falado aquilo mesmo que eles estavam se separando? E tinha contado para Tom que Jared tinha traído ele? Jensen ia transar com aquele homem? Olhou o celular de novo e viu brilhar mostrando que tinha chegado uma mensagem era de Jensen.

"Jared já tá na hora de paramos com isso segue sua vida que vou seguir a minha vou ficar com o Tom"

Jared sentou no chão do quarto e chorou até amanhecer.                       

***

Jensen acordou com a cabeça latejando tentou se mexer mas tinha um peso em cima dele.

- Jay afasta. - Abriu os olhos devagar e viu que não estava em casa, então lembrou que estava na convenção e que tinha bebido demais na noite anterior. Olhou para o braço em volta dele e quase pulou da cama.

- Tom? - Falou alto espantado e acordou o outro que estava do lado dele.

- Bom dia Jen.

- Para de me chamar assim só o Jared me chama assim.

- Você não pareceu se importa ontem. - Tom sentou na cama também é tentou beijar Jensen.

Que levantou da cama e viu que estava nu, colocou a mão no rosto.

- Eu não acredito que fiz isso. - Começou a sentir um enjoou no estômago e correu para a o banheiro e vomitou tudo o que tinha é o que não tinha no estômago. Tomou um banho e sua cabeça Ainda pesava.

Vestiu uma roupa e saiu do banheiro, Tom Ainda estava deitado na cama.

- Olha Tom não faço ideia se aconteceu alguma coisa, mas não vai rolar eu sou casado e estou com o Jared ainda.

- Não foi o que você falou ontem à noite.

- Eu tinha bebido demais, esquece qualquer coisa que eu falei.

Pegou seu casaco e saiu do quarto descendo para o restaurante onde os Sebastian e Richard estavam com uma cara arrasa sentados.

- Ainda bem que não é apenas eu que estou de ressaca. – Jensen falou sentando na mesa.

- Nunca mais eu bebo na vida. - Sebastian levantou a cabeça da mesa.

- Eu avisei, ninguém me escuta. - Rob sentou com eles na mesa.

Jensen olhou para o celular e estranhou Jared não ter ligado Ainda para ele.

- Vamos tem uma última palestra para assistir para voltamos para casa. - Rob chamou eles que levantaram desanimados e seguiram ele.

Já era 5h da tarde quando terminou a última rodadas de palestras Jensen sentia a cabeça estourando, olhou para o telefone de novo e não tinha nem mensagem nem ligação de Jared.

- o que foi? - Rob parou do lado dele, vendo Jensen olhando para o celular.

- Jared não me ligou.

- Ué o cara que veio com você disse que vocês se separaram.

- Não... Necessariamente. – Jensen respondeu rápido

- Vamos para o aeroporto em casa você vê o que aconteceu.- O loiro pegou a mala e foi para o aeroporto.

Jensen chegou em casa e abriu a porta devagar estava tudo silencioso, mas era cedo Jared deveria está esperando ele.

- Jay? - Jensen subiu as escadas e foi para o quarto deles não tinha ninguém jogou as malas em cima da cama.

- Jared? -  Foi para o quarto de hóspedes e não encontrou ninguém, Jensen começou a se desesperar abriu o guarda roupa e não tinha roupa nenhuma.

- Jared! - Gritou mais alto, desceu as escadas e foi para a cozinha onde encontrou um bilhete.

"Eu sinto muito meu amor que tenha terminado assim, tinha esperança que podia chegar de novo no seu coração mas eu errei. Guarda só as lembranças boas assim como eu vou fazer, você tem razão essa casa é sua compramos por causa de você, já assinei os papéis do divórcio e vou pedir para entregar amanhã cedo na sua advogada.

Desculpa ser fraco e não falar pessoalmente, mas dói muito. Você não consegue mais falar, talvez seja porque não sinta, mas eu te amo Jen"

Jensen terminou de ler e sua visão estava em embaçada chorava descontroladamente sentou no chão e continuou chorando.  Pegou o celular e procurou o número de Jared mas não teve coragem de ligar procurou de novo e ligou para Steve chamou algumas vezes e ele atendeu.

- Oi Jensen voltou?

- Steve.... Ele... Ele foi embora. - Jensen fala entrecortado.

- Calma amigo estou indo, espera um pouco.

Jensen levantou chão olhou para a cozinha de repente tudo pareceu tão vazio triste, derrubou tudo que estava em cima da mesa pegou uma cadeira e tacou na parede, vendo os copos se quebrarem e caindo no chão, Jensen sentiu suas pernas falharem e sentou no chão chorando de novo.                       

Steve chegou na casa de Jensen e a porta estava aberta entrou devagar escutou o barulho de alguém chorando e foi para a cozinha Jensen está sentado no canto chorando.

- Ei Jensen vem cá. - Baixou e para levantar ele.

- Steve... Ele foi embora.

- Eu vi amigo, mas você mandou ele embora não foi?

- Não, não era para ele ir. - Steve levantou Jensen e levou para o sofá. - A gente estava bem Steve, porque ele foi embora?

- Você fizeram as pazes?

- Não... Mas... Estávamos bem.

- Jensen às vezes o orgulho não ajuda muito nesse momentos.

Jensen pegou uma das almofadas e abraçou e deitou virando de costas para Steve, que sentou no outro sofá de frente para o amigo ficou olhando para ele.

Jensen e Steve acabaram dormindo no sofá mesmo e acordaram com o telefone do loiro tocando, Jensen sentou rápido e pegou o aparelho, mas não atendeu ficou olhando.

- O que foi? - Steve perguntou vendo o impasse de Jensen para não atender.

- É a Advoga. - Apertou o botão e atendeu. - Oi

- Bom dia Sr. Ackles tenho uma notícia ótima para Senhor, O Sr. Padalecki mandou deixar agora a pouco os papéis da entrada do divórcio assinados aqui no escritório parabéns.

Jensen não respondeu, soltou o celular no chão e subiu as escadas indo para o quarto.


Notas Finais


poxa Jensen


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...