História Para seu amor (versao calzona) - Capítulo 75


Escrita por:

Postado
Categorias Grey's Anatomy
Personagens Alexander "Alex" Karev, Alexandra "Lexie" Grey, Amelia Shepherd, Arizona Robbins, Calliope "Callie" Torres, Derek Shepherd, George O'Malley, Mark Sloan, Richard Webber
Tags Arizonarobbins, Callietorres, Calzona, Grey'anatomy
Visualizações 65
Palavras 1.437
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 75 - Callie e Arizona


No ap de Arizona..

Depois de algumas horas de ter pensado bastante, no que lucia havia falado,e no que iria falar com Callie, do jeito q estava saiu de casa e foi direto pra casa de Callie, não via a hora de abraça-la, sentir o calor dos beijos e do teu corpo

Arizona ( Chegou na casa de Callie afobada): Maria posso falar com Callie ?

MARIA: Não sei se devo

Arizona : Por favor

MARIA: Só vou deixa porque a lexie pediu, mas ela ta dormindo

Arizona: Não importa eu tenho q falar com ela hoje

MARIA: Porque?

Arizona: Porque se naum for hoje, eu piro de vez

MARIA: vai la então

Subiu as escadas desesperada

Callie se encontrava de bruço e muito agitada

Arizona sentou-se e ficou a olhando e depois pego o mp3 pra ver o que Calliope escutava, no momento q ela pego tocava:

Desde hace tanto tiempo
guardo este sentimiento
me siento unido a ti
te veo y siento morir
se lo que debo sentir
y no lo puedo decir
amor ya no quiero fingir
tonto soy si te me vas
Desde hace tanto tiempo
guardo este sentimiento
me siento unida a ti
te veo y siento morir
se lo que debo sentir
porque no lo puedes decir
me harias tan feliz
si pudieras compartir
Juntos en silencio
cuando hay tanto que decir
Siempre juntos
Juntos y distantes
cuando hay tanto por vivir
Juntos
Juntos soñado los dos
un momento magico
Juntos somos tu y yo y el amor
Tu, yo y el amor
Juntos los dos
Desde hace tanto tiempo
guardo este sentimiento
me siento unido a ti
te veo y siento morir
se lo que debo sentir
y no lo puedo decir
amor ya no quiero fingir
tonto soy si te me vas

Se assustando com Callie mais agitada ainda

Callie: Por favor nao vai, naum me deixa assim

Callie sonhava que Arizona estava indo embora

Arizona encucada com o que callie poderia estar sonhando ate que:

Callie : arizona meu amor não, não me abandone por favor, eu te amo, te quero

Arizona deu um sorriso de orelha a orelha e segurou na mão de Callie, que a segurou muito forte
Pois no sonho ela segurava na mão de Arizona que aos poucos ia se separando, Callie vira aos poucos Arizona a solta, Callie então se levanta assustada dando um grito

Callie : NAO

Arizona aproveita o momento e a abraça, callie então desperta de vez e solta Arizona, deitando-se novamente e virando pro canto.

Callie: O que ta fazendo aqui?

Arizona: Falar com vc, amor

Callie : Não me chama assim, acho melhor vc ir, sua namorada pode ficar brava

Arizona: Eu nao tenho namorada, minha unica namorada é vc

Callie: Não é o que eu vi na noite do baile (deixando uma lagrima escorrer pela face)

Arizona: Aquilo foi burrice minha, eu só queria que vc me esquecesse

Callie: vc pergunto pra mim alguma vez se eu queria te esquecer? não, vc agiu sozinha só penso em vc

Arizona: Desculpa, deixa-me tentar outra vez sei q tenho tropeçado e é justo, já não sei.
Olha-me nos olhos aqui estou, tenho muito medo de te perder e não existe razão. 
Porque sem vc já não respiro, nas noites tenho frio, necessito da outra parte do meu ser
A melhor do meu passado, meu presente e meu futuro, minha razão pra sobreviver
Deixa-me tentar uma vez mais, para q não viva essa cruel realidade, deixa-me mostrar a minha dor, sei q tenho muito q aprender, porque ninguém é perfeito ate que agente se apaixone por alguem

Callie: não da

Arizona: porque?

Callie: Minha mãe

Arizona: Calliope vc ta mentindo

Callie : Não estou e vc sabe mto bem

Arizona: callie eu sei q vc ta metindo, sua mãe pra vc neste momento naum existe

Callie: E como vc sabe?

Arizona: Eu tbm sei q vc brigo com ela, por minha causa

Callie (virando): como, quem te falou?

Arizona: Não interessa agora, eu só quero saber se vc ta disposta a me perdoar e ficar comigo, enfrentando tudo e todos sem importar como q vi acontecer ou o q vão falar (Arizona queria ouvir a resposta de Callie pra depois contar a novidade)

Callie (se aproxima de Arizona): eu achei q vc........ (olhando fixamente pra Arizona)

Arizona: fala Calliope.

Callie (se aproxima ainda mais de Arizona): achei q.......(agora deixando uma lagrima rolar pela face)

Arizona: Ta se sentindo bem (limpando o rosto de Callie)

Callie fecha os olhos e se aproxima ao ponto de encostar o seu nariz no nariz de Arizona , Arizona respira profundamente fechando os olhos tambem, Callie encosta seus lábios nos lábios de Arizona, o coração das 2 dispara, Arizona abre a boca e callie leva a lingua lentamente, então começaram um beijo lentíssimo sentindo cada movimento da boca e da língua q se entrelaçavam suavemente, da face delas escorriam lagrimas que se misturavam com o bjo, deixando o bjo mais romântico, terminaram o bjo com varios selinhos barulhentos, e se olharam seriamente

Callie: Achei q vc nunca ia dizer isso

Arizona: Isso o que?

Callie: de ficar comigo acima de tudo e de todos sem importar com o q vai acontecer e o q vão dizer, eu esperava por isso a mto tempo

Arizona : tenho q te contar um coisa

Callie: Não é nada de ruim não né?

Arizona: Não, só que sua mãe aceitou

Callie: Aceitou o que?

Arizona: O nosso relacionamento, por isso eu sabia que vc tinha brigado com ela

Callie: a é,então é por isso q vc me propôs isso tudo? (virando o rosto)

Arizona: Meu amor num é nada disso, mesmo que ela num tivesse aceitado eu iria vir aqui falar com vc, já num tava agüentado viver sem vc

Callie: Serio?

Arizona: Serio, eu te amo demais pra te deixar assim, eu ia vindo pra cá mais sua mãe tinha ligado pra mima dizendo q qria falar comigo

Callie: Eu acredito, naum precisa se explicar, nesse bjo eu pude sentir todo esse amor, agora me abraça, quero te senti bem perto de mim

Arizona (a abraça bem forte): eu tbm esperei tanto por esse momento, achaei que nunca aconteceria.

Callie: Assim vc me quebra (sorrindo)

Arizona: Foi mal é q eu naum consegui controlar

Callie: Sua boba to brincando (se afastando um poquinho, voltando a olhar nos olhos de Arizona) me promete uma coisa?

Arizona: depende, se for pra me ir embora pode esquecer

Callie: Não é nada disso minha palhacinha(rindo)

Arizona: O q é então, porque eu fiquei sabendo q vc tava mandando todo mundo embora

Callie: Não quero ver vc longe de mim nunca mais,agora q estamos juntas outra vez, vc me promete q aconteça, o q acontecer nós nunca vamos nos separar mais, vc promete (com voz de bb)

Arizona: Porque isso? Não já falamos q agora vai ser acima de tudo e de todos

Callie: Sim, mas eu tenho medo, porque falaram tanto. Nos distanciaram uma da outra, sem nem um pudor . Tanta gente insinuou q tudo tinha acabado. Que conseguiram dar fim ao nosso amor. E descansaram qndo não nos viram. Nos falaram q ia ser melhor assim
Desfrutaram qndo nos viram partir. Não fomos verdadeiras. Nos separamos como tontas sem saber,Que ninguém nunca poderia nos separar. Nossos defeitos já o conhecemos mto bem. Temos confiado mais nos outros do q em nos .E não soubemos defender o nosso amor. Agora olha o resultado: fiquei só
Alguém falo... e eu te perdi
As pessoas falam demais, não somos iguais
E nada nos poderá destruir

Somos vc e eu...um so ser
Vc ja naum vive sem mim, e eu com vc volto a renascer
É por isso eu naum qro morrer nunca mais por amor

Arizona (levantando a mão): eu Arizona Robbins prometo, q nunca mais vou abandonar vc nem sobre tortura (rindo) e o q vc disse é mto lindo e verdadeiro

Callie: Bobinha, q bom ficar assim com vc outra vez

Arizona : Nós fomos tontas msm como pudemos agir q conseguiríamos

Callie: Não sei

Callie se aproximou de Arizona dando beijinho de esquimó então a língua de Callie foi ao encontro da língua de Arizona, começaram um beijo ardente, apaixonado, cheio de saudade e muito longo as deixando quase sem fôlego, terminando com Callie dando uma pequena mordida nos lábios de Arizona.

Arizona: Nossa vou brigar com vc todos os dias só pra ganhar bjos assim

Callie: Não fala isso nem bricando, porque mais um dia sem vc eu morro

Arizona: E se vc morrer eu morro junto (se abraçam)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...