História Para todos aqueles que se cortam - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 691
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - E se...


Alice olhava para a lâmina de sua faca, e pensava: vai melhorar? 

Com todas suas memórias ruins vindo a tona, com lágrimas nos olhos, pensou em todas as pessoas que te fizeram feliz, pelo menos por um instante, e agradeceu. Sua última força, foi algo cortante perfurando seu pulso, pescoço, e coração. Ao cair no chão, em uma poça de sangue, com o rosto quase totalmente pálido, sorriu e pensou: finalmente teve fim. 

////////////////////////////////////////////////////////////

Nina estava fazendo os deveres de casa, Quando, sentiu algo terrível, um aperto em seu coração tão forte, que pegou seu celular pra ver se tinha algo, e viu um texto de 1 hora atrás de sua amiga. 

"Obrigada por tudo. Espero que quando leia, eu ja tenha partido. Tudo irá melhorar. Adeus!"

Ela não aguentou e caiu em lágrimas, desmaiando logo em seguida.

///////////////////////////////////////////

Chegou na escola com uma cara péssima, tinha passado a noite no hospital. Suas amigas tinham recebido a notícia, e o clima estava péssimo. 

Uma delas, vendo que Nina era a pior do quart...trio, a abraçou, mas a menina a empurrou, ainda chorando, e falou num sussurro: "fica longe. Eu tenho uma maldição, não quero que aconteça pela terceira vez. "

- Não é sua culpa - tentavam acalma-la de longe. 

- Eu poderia ter feito mais! Qualquer coisa que teria ajudado e impedido. Eu não quero mais viver sendo uma inútil, me deram uma segunda chance pra evitar tudo isso - se referia a tentativa anterior de Alice, a qual não deu certo- e eu falhei, de novo. 

- E o que vai fazer?

- Estudar em casa. Não quero mais ter amigos se tiver que passar por isso, e fazer a família sofrer também. POR QUE O MUNDO É ASSIM? POR QUE É TÃO INJUSTO, POR QUE JUSTO COM A GENTE?

Sua crise teve fim com a entrada do professor. 

Quando passei por sua casa para ir pra minha, sua cachorrinha veio chorando até mim. 

 - Eu te entendo - e a peguei no colo 

- Ela não come, anda ou dorme desde que o incidente aconteceu - contou a mãe dela. - é a primeira vez que dorme 

A cadela estava nos meus braços, e respirava profundamente. Por andar muito com sua dona, e cuidar dela desde pequena, ela pode ter confundido, mas não irá durar por muito tempo. A entreguei e fui embora, pois já tinha notado a diferença. 

/////////////// 3 meses depois 

Já faz 2 meses e 3 semanas que minha outra amiga se suicidou. Aconteceu pela terceira vez, e a outra está com tendências a fazer o mesmo. Agora, estudando em casa, tenho mais tempo pra pensar que minha vida nunca mais será a mesma. 

Eu sentia como se tudo fosse quente e eu gelada, meu coração tinha se transformado em gelo, para impedir que vire cacos

Estava sozinha e chorando no quarto, por mais tempo que passasse, as memórias dela se divertindo vinham a tona, e pode reparar o quão inútil fui. 

Seria hipocrisia eu me matar por não aguentar, mas eu quero dar um fim nas sofrência que irei fazer nos próximos que conhecer. Esse é meu destino? A cada amigo novo, ou brigamos e nos separamos ou ele morre?

Enquanto pensava nisso, cortava o queijo com uma faca de cerâmica, que, por desvio de atenção, cortou meu pulso sem querer. Olhei pra ele sem sentir nada, é só pensei: somos tão amigas, que iremos morrer da mesma forma. 

O sangue pulsava e jorrava, e eu não conseguia me mover para lavar ou fazer um curativo, apenas estava assistindo, esperando pelo momento em que ia acabar.

Nisso, me lembrei de uma conversa

Você tem vontade de se matar?
Não, mas tenho medo 
De que?
De um caminhão desgovernado vir em minha direção e eu não querer sair 

Descobri que não seria um veículo, e sim a mesma forma de minha amiga. Olhei para o queijo, que estava com sangue e falei:

Até morrendo dou trabalho.... Mamãe tinha comprado ontem.

Só tinha se passado segundos desde que o corte abriu, mas pra mim, eram horas. A vida é engraçada, só quer te fazer sofrer, e a única felicidade que irá encontrar, vai ser se você buscar....

 E dormi pra sempre 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...