1. Spirit Fanfics >
  2. Para todos os idiotas que já crushei. >
  3. Me esquecer foi melhor?

História Para todos os idiotas que já crushei. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


bom dia, suaver? espero que sim, caso não esteja espero que melhore logo.

Então, a fanfic é inspirada em um dos meus romances favoritos, pra todos garotos que já amei, muito bom.

Durante os 8 primeiros capítulos serão as cartas que o Jisung escreveu para cada um, só depois deles que vem realmente o começo a fanfic.
Ah e caso não tenha percebido, ela (a fanfic) vai ser centric Jisung.

Capítulo 1 - Me esquecer foi melhor?


Fanfic / Fanfiction Para todos os idiotas que já crushei. - Capítulo 1 - Me esquecer foi melhor?

Caro Kim Woojin,

Lembro de quando nos conhecemos naquela festa de aniversário da sua prima, Kim Heejin se não me engano. Assim que penso naquele dia a primeira coisa que me vem à cabeça era você e sua incrível voz fazendo um espetáculo em homenagem a ela.

Não vou admitir em voz alta, mas assim que começou a música foi inevitável não ficar hipnotizado por você, fora sua beleza, realmente parecia que você estava entregue aquela música. Foi algo contagiante, os seus sorrisos fez todos ali sorrirem também.

Eu deveria por volta dos 7 e você dos 9, sabe já nessa idade eu me perguntava do que realmente eu gostava, porque você foi a primeira pessoa que me fez sentir especial no meio daquela gente. Você lembra do que aconteceu?.

Quero muito acreditar que sim, mas caso não eu vou lhe contar agora, depois do parabéns, eu acabei me lembrando da meu aniversário do ano anterior quando meu pai ainda era vivo, então eu sai daquele lugar e e me sentei em um canto qualquer daquela casa e comecei a chorar.

Deveria ter ficado uns minutos lá, até que você sentou do meu lado com dois pratos de bolo e com um sorriso nos lábios.


- Eu vi que você saiu de lá meio pra baixo então vim ver se estava bem, e caso não estivesse te trouxe o que anima qualquer um. Uma bela fatia de bolo.

Se eu dissesse que meu coração não acelerou quando eu levantei a cabeça e vi que era você, estaria falando uma grande mentira. 

Pode até ser meio infantil e melancólico eu dizer isso mas foi esse momento que percebi que eu não era tão invisível quanto pensava.

Depois de você falar isso, a gente começou a conversar sobre coisas aleatorias, tipo sobre como a Emma com o Killian formam o melhor casal da série e sobre como sua vizinha tem um péssimo gosto musical, ela em pleno século vinte e um, ouvia a sexta sinfonata como se fosse um hino da nação.


E lá ficamos, só nós dois naquele canto durante horas. Por um momento eu cheguei a pensar que sei lá, a gente poderia ter algo, talvez só amizade mesmo ou talvez não. Estava muito confuso na época mas não é o foco.

Dias depois, achei que era uma incrível sorte ao saber que você ia se mudar para mesma escola que eu estudava, me enganei feio.

No seu primeiro dia, eu acordei mais cedo e fiz um bolo, como se fosse uma retribuição do que você fez comigo no aniversário da Heejin.

Cheguei até a ir mais cedo pra escola pra te encontrar, acredita?. Assim que você chegou eu fui te comprimentar e te entregar o bolo, mas assim que você me viu simplesmente fingiu que não me conhecia, isso me machucou bastante.

Te perguntei se tinha feito algo, ou se aconteceu algo mas você simplesmente me ignorou. Quando eu finalmente tinha desistido, você pegou o bolo da vasilha, jogou ele em mim e começou a rir.

Vale lembrar que nós dois estávamos no pátio da escola CHEIO DE GENTE, obrigado por me fazer passar uma das maiores humilhações da minha vida.

Eu simplesmente sai chorando dali e me tranquei em um dos banheiros, só sai de lá quando a direto chamou minha mãe para me buscar.

Acho que foi uma das coisas que mais me arrependo, achar que eu era seu “amigo”, no dia seguinte eu pedi transferência para outra escola. Na verdade, minha mãe que achou melhor e agradeço a ela. #Sanateamo

Acho que você nem notou que eu parei de ir para lá, talvez eu devesse ter ido perguntar o porque daquilo mas não tive coragem para olhar nos seus olhos e você falar que não me conhecia.

Se algum dia eu te encontrar, quer dizer, se eu te reconhecer, quem sabe eu crie atitude e te pergunte o por que.

Até lá, eu vou continuar com a minha teoria, você era, ou talvez até hoje, um escroto do caralho.


Atenciosamente a pessoa que ficou um trauma de bolos depois do que você fez.




Notas Finais


🚨🚨não revisado. 🚨🚨

E é isso, espero que tenha gostado e perdoe qualquer erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...