1. Spirit Fanfics >
  2. "Parabéns a você!" >
  3. "Muitos anos de vida!!!"

História "Parabéns a você!" - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Howdy pessoal!! :D


Esta é minha primeira fic do mundo de Harry Potter (Leia-se Pottah kkkkk), até por que eu ainda não terminei de ler os livros ( ̄ー ̄;


Por favor não me matem ;-;


MAIS!! Eu decidi fazer uma fic bem fofinha de drarry pra comemorar o aniversário de senhor Pottah hoje UwU

Só por força de hábito ;-;


Então, espero que gostem! :33

Aceito criticas (De todos os tipos :'>)



Boa leitura suas/seus fujoshis/fundashis do caralho ╰( ͡° ͜ʖ ͡° )つ──☆*:・゚

(Ignorem o fato de eu falar muito palavrão ノಠ_ಠノ)



(AVISO IMPORTANTE: TODAS AS PALAVRAS EM ITÁLICO TEM QUE SER LIDAS NO RITMO DA MÚSICA "PARABÉNS PARA VOCÊ". Agora podem ir ler caralho :>)

Capítulo 1 - "Muitos anos de vida!!!"


Fanfic / Fanfiction "Parabéns a você!" - Capítulo 1 - "Muitos anos de vida!!!"

 

Na Mansão dos Malfoys, dia 31 de Julho, Harry e Draco comemoravam o aniversário do menino que sobreviveu. Confetes, doces e animação, os dois cantavam finalmente os parabéns pois – Pelo o que Draco disse – Estava com muita fome para ficarem enrolando.





 

— Parabéns pra você! 

 

Nesta data tão linda!

 

Tenhas felicidade!

 

E muitos anos de vida!



 

*Palmas*



 

Tenha muita paz!

 

E felicidades!

 

Com muito amor!

 

E sua bondade…



 

*Palmas fracas*

 

*Riso fraco*



 

Muitos anos de vida!

 

Muitos anos de vida!

 

Você nunca terá!

 

Por que estás morto…!!

 

E nunca voltarás…



 

*Suspiro*

 

*Soluços*



 

Sabe a pior parte…

 

Desta linda canção?...

 

A culpa é toda… Minha…

 

Eu deveria morrer…



 


 

Deus, como eu te amo…

 

Céus, como eu te amo…

 

Santos, como eu te amo…

 

Por favor… Volte pra.. Mim….



 

*Respira fundo*

 

*Soluços mais altos*




 

Seus olhos brilham tão… Lindamente…

 

Sua voz transmite empatia…

 

Idiota coragem grifinória...

 

Sua vida valia mais que… A… Minha…



 

*Rosto levado em mágoa*


 

Por favor, por favor…

 

A culpa não é minha…

 

Não pode ser minha…

 

Não pode ser minha…


 

*Sanidade se esvaindo*

 

*Felicidade inexistente*


 



 

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

*Sanidade inexistente*

             *Erro*                   

             *Erro*                   

             *Erro*                   

             *Erro*                   

             *Erro*                   

 

 

 

 

...



 


 

— Draco, está na hora, o carro está te esperando – Lucios batia na porta do quarto, seus olhos ainda fechados para dar privacidade ao filho – E lembre-se: Hoje é um dia importante. Toda a reputação dos Malfoys está nesse casamento, precisa se concentrar. – Dizia com seriedade, quase como uma ameaça. – Se você não fazer tudo corretamente… – Parou por um momento. Porém, em vez de terminar a frase, apenas suspirou novamente - A van chega em 10 minutos, esteja pronto. – Draco ouviu seu pai se distanciar da porta rapidamente.


 

— Minha vida está acabada…

 

Obrigado a me casar…

 

Mas por que com ela…

 

Se você é mais legal… :)






 

— Heheh… Hahahah...







 

….

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.


 

No final de tudo… 

 

Minhas mãos tem seu sangue…

 

Cuidarei de seu corpo… 

 


 

Então…



 

Ele abraçava o corpo do amado fortemente: Seus olhos esmeralda estavam arregalados, sua pele começava a ter cheiro de mofo – O que o loiro cuidaria mais tarde – Mas para Draco, seu amor estava lindo daquele jeito, mesmo estando começando a entrar em decomposição: Estava perfeito. O sangue do outro estava nele, e isso era… 













 

eu serei só seu….

 


Notas Finais


(Dane-se a revisão da história (╯ಠ_ಠ)╯︵ ┳━┳)


HÁ!!!!!! TROLLEI VOCÊS!!!!!!!!! >:333333333

(...Ou não :>)


Na verdade, eu tava pensando em fazer uma história fofa e emocionante como todo mundo, mas aí minha mente disse: "Nananinanão sua filha da puta!" aí eu fiz uma história quase que yandere pra falar a verdade ಥ_ಥ


Minha mente tacou o foda-se bem bunitinho assim man:

┳━┳ノ( OωOノ)
┬───┬ ノ༼ຈل͜ຈノ༽
┬━┬ノ(▀̿̿Ĺ̯̿̿▀̿ ̿ノ)
(ノ-_-)ノ~┻━┻
ヽ༼ ツ ༽ノ ︵┻━┻


Ehhhh ಠ_ಠ


Desculpa, mas eu sou a rainha da porra da tristeza toda: Tem que ter uma história psicopata aqui cacete ;-;


Não me culpe, você leu por que quis ノಠ_ಠノ


Sorry kkkkkkkkk



Sério, desculpa ._.


Mas... Eu espero que tenham gostado!

Eu amo fazer histórias assim! :333

E desculpe mais uma vez ;-;


Me aceitem na fandom, por favor man, nunca pedi nada não pra vosmecês (╥_╥)


E até a próxima!! :D (Talvez cacete, meu deus kkkkk)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...