História Parabéns, você será papai ! - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Kushina Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikaku Nara, Shikamaru Nara, Shion, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yahiko
Tags Gaalee, Gravidez, Gravidez Masculina, Inohina, Kibaneji, Mpreg, Naruto, Naruto Grávido, Romance, Romance Yaoi, Romance Yuri, Sasunaru, Srtamanda-onee, Yaoi
Visualizações 682
Palavras 4.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus amores !
Espero que gostem do cap 😍
Leiam o anterior primeiro ! EU VOU ME REFERIR AO NARUTO COMO MENINAAAA !!!

BOA LEITURA MEUS AMORES !!

Capítulo 2 - Oi mamãe eu estou grávida !


Fanfic / Fanfiction Parabéns, você será papai ! - Capítulo 2 - Oi mamãe eu estou grávida !

Os raios de sol adentraram o quarto pela sacada e brincaram tímidos com os fios loiros de Naruto que dormia agarrada a uma pelúcia, mais precisamente um urso de tamanho grande que se encontrava entre os seus seios. A loira se remexeu desconfortável pela claridade em seu quarto e virou seu rosto para o lado oposto o da claridade, numa falha tentativa de voltar a dormir, já que logo sentiu uma mão lhe afagar os cabelos de modo carinhoso e uma suave voz lhe chamar.


- Naru, Naru, meu amor...Amorzinho... - Kushina lhe chamou doce, e riu baixinho quando Naruto escondeu seu rosto no seu urso de pelúcia enquanto murmurava algo incompreensível. - Anjinho, você precisa acordar... - Kushina insistiu e Naruto gemeu dengosa. - Querida você irá se atrasar para a sua consulta meu amor ! - Kushina disse e Naruto bufou inconformada, a loira podia afirmar com convicção que odiava acordar cedo e odiava ainda mais ter que acordar cedo para ir ao médico, ah odiava os médicos também. - Naruto Uzumaki Namizake se levante agora ou eu vou cortar o lamén da sua dieta. - Kushina ameaçou e Naruto se levantou rapidamente.


- Eu já acordei Kaa-chan ! Eu estava só brincando, por favor não me deixe sem meu precioso lamén ! - Naruto dizia desesperada e Kushina riu, fazendo Naruto ficar emburrada. Sua mãe jogava muito baixo as vezes. 


- Boa dia filhinha ! - Kushina saudou e depositou um suave beijo sobre a testa de Naruto que sorriu.


- Bom dia Kaa-chan ! - Naruto disse doce e sua mãe passou a mão por sua franja a colocando atrás de sua orelha.


- Eu vou terminar de me arrumar, enquanto isso tome o seu banho, arrume-se e desça para tomar o seu café da manhã. - Kushina disse se levantando da cama de sua filha.


- Hai ! - Naruto respondeu e Kushina saiu de seu quarto. - É Takahashi-chan parece que eu terei uma manhã bem divertida. - Naruto disse irônica para o seu ursinho de pelúcia, a loira riu de sua atitude infantil e se levantou de sua cama, se espreguiçou e rumou até seu banheiro. A loira tirou sua camisola rosa e a colocou dentro do cesto de roupa suja, e ficou em dúvida entre tomar banho de banheira ou tomar uma ducha, por fim decidiu tomar uma ducha mesmo. Sua mãe com muita insistência havia a convencido de ir a um médico, já que a um mês a mesma andava tendo muitos enjôos, tonturas e até mesmo desmaios e isso preocupou muito a seus pais, que praticamente a forçaram a agendar uma consulta com sua vó Tsunade. Ah e também fazia um mês desde que acordará nua na cama com Sasuke e esse fato andou a preocupando, afinal...Não era possível que estivesse grávida do mesmo, não é ? A loirinha fez sua higiene e voltou para o seu quarto. Foi até seu guarda roupas e tirou de lá uma ligerie branca rendada, um vestido curto rosa clarinho de alça com um laço na cintura meio justo em cima realçando seus fartos seios e a cintura fina e solto em baixo chamando atenção para as suas coxas e um salto também da cor rosa. Penteou os longos e encaracolados cabelos loiros e os deixou soltos, colocou um brinco de pérolas mediano, um colar de ouro com um pingente de coração e desceu para tomar seu café da manhã. Tomou seu café da manhã sozinha e estranhou o fato de não ter visto o seu pai na mesa. Deixou esse fato de lado, decidida que depois se informaria com sua mãe e voltou para o seu quarto rumando para o seu banheiro, escovou seus dentes e voltou para o seu quarto. Passou um glos de cereja, rimel, lápis de olho, blush, base e uma sombra leve. Pegou uma bolsa de mão na cor branca e colocou seu celular, fone, documentos e um pequeno quite de maquiagem caso ela fosse precisar retocar a make. Rolou os olhos por todo o seu quarto vendo se não havia esquecido nada e miou chorosa ao fitar seus perfumes sobre sua penteadeira. - Eu bem que passaria vocês, se eu não fosse vomitar minhas tripas depois. - Ela lamentou, já que por alguma razão havia enjoado todos os seus perfumes, cremes, hidratantes, shamposs...É a vida não era nada justa consigo, ela pensou inconformada e saiu de seu quarto. - Kaa-chan eu já estou pronta ! - Naruto gritou no corredor dos quartos. 


- Eu estou aqui na sala  Naru ! - Kushina gritou do andar de baixo e Naruto se pôs a descer a escada em espiral até chegar em sua sala, encontrando sua mãe na porta da sala organizando alguma coisa em sua bolsa.


- Vamos ? - Naruto perguntou parando ao seu lado.


- Está com pressa para ir ao médico ? - Kushina disse irônica e Naruto rolou os olhos.


- Não eu estou com pressa para ver a minha Baa-chan ! - Naruto respondeu bicuda e Kushina riu, sua filha nunca deixaria de ser mimada, disso ela tinha certeza.


- Ok, ok, mas de qualquer jeito vamos logo ou nós perdemos o horário. - Kushina disse e as duas saíram de casa, a ruiva trancou a porta e foi até a garagem, as duas foram até a Ferrari  vermelha de sua mãe e Kushina rumou até o hospital.


- Kaa-chan, por que o papai saiu mais cedo de casa ? - Naruto perguntou curiosa.


- Ele teve uma reunião de última hora com os Uchiha"s. - Kushina disse e Naruto sentiu seu estômago gelar ao ouvir o nome Uchiha. - Como sou a esposa do seu pai e presidente da Uzumaki's Co, era para eu o ter acompanhado, mas de jeito nenhum que eu iria perder essa consulta. - Ela disse e Naruto sorriu minimamente. - Ah, e por falar nisso querida, hoje a noite teremos um jantar com os Uchiha's lá em casa, seu pai não gosta de discutir negócios em lugares lotados prefere em casa. E você precisará comparecer como herdeira da presidência. - Kushina disse e Naruto ficou branca. Participar do jantar siguinificava ter que ver Sasuke e ver Sasuke siguinificava ter que interagir com ele normalmente sem deixar que o ocorrido entre eles transparece-se aos demais, algo que ela duvidava que conseguisse fazer. Suspirou derrotada, essa seria sem sombra de dúvidas uma longa noite. - Querida você está bem ? Esta pálida, está enjoada ? - Kushina perguntou preocupada e Naruto balançou a cabeça negativamente.


- Foi só uma fraqueza temporária eu já estou bem Kaa-chan. - Naruto mentiu e Kushina assentiu mesmo que não estivesse 100 % satisfeita com a resposta de sua filha. O resto da caminho se seguiu silencioso com Kushina prestando atenção na estrada e Naruto perdida em pensamentos.


- Chegamos. - Kushina disse  despertando Naruto de seu transe já que a loira ainda não havia percebido que o carro havia parado.


- Ah ? - Ela perguntou no mundo da lua.


- Eu disse que chegamos querida. - Kushina respondeu achando estranho o comportamento de sua filha.


- Ah, sim. Então vamos logo. - Naruto disse saindo do carro e Kushina deu de ombros, se fosse algo importante sua filha viria lhe contar.


As duas foram até a recepção, se identificaram e agora se dirigiam até a sala de sua Avó paterna Tsunade.


- Bom dia Baa-chan ! - A loira disse animada e correu para abraçar sua Avó que sorriu e apertou ainda mais o abraço.


- Bom dia Naru ! - Ela disse doce e Naruto sorriu. - Sua neta desnaturada passa as férias toda sem me visitar e quando vem me ver é porque está doente ! - Tsunade disse ofendida e Naruto rolou os olhos diante do drama de sua vovó.


- Gomen Baa-chan, eu queria ter ido passar alguns dias com a senhora e com o vovô mas não tive a chance. - Ela explicou brevemente a situação e Tsunade sorriu acenando positivamente.


- Ok, vou deixar passar. - Ela disse e fitou Kushina atrás de sua neta. - Bom dia Kushina-chan ! - Tsunade disse doce como sempre e Kushina sorriu.


- Bom dia Tsunade-san ! Como vão as coisas ? - Kushina perguntou meiga.


- Vão bem querida, e com você e o meu filho ? - Tsunade disse e indicou as duas poltronas de couro de frente para a sua mesa, para que Naruto e Kushina se sentassem.


- Estão ótimas, estamos um pouco atolados com algumas coisas da empresa, mas nada com que a senhora deva se preocupar. - Kushina disse e Tsunade assentiu e voltou seu olhar para Naruto.


- Bem, vamos dar início a nossa consulta então. - Ela disse séria e Naruto a fitou. - Então Naru, me diga os sintomas que você vem sentindo. - Ela disse e Naruto suspirou orando para que no fim dessa consulta, o resultado não fosse o que ela achava que era.


- Bom, eu venho sentindo enjôos constantes, tonturas com frequência e até mesmo alguns desmaios. - Ela disse e sua vovó se pôs a digitar em seu computador e ela se pôs a brincar com seus polegares em seu colo de modo nervoso, fato que Kushina e Tsunade perceberam.


- Querida, quando os seus enjôos começaram ? - Tsunade perguntou fitando a tela de seu computador.


- Há um mês. - Adimitiu com as mãos suando frio. Tsunade olhou para sua neta e suspirou, voltou seu olhar para Kushina e sorriu simpática para a mesma, o problema de Naruto era mais sério do que pensava...Afinal, todos os sintomas só indicavam uma única coisa.


- Kushina-chan, você poderia ir solicitar esse exame de sangue para a Naruto fazer agora ? Ela irá logo em seguida. - Tsunade disse e imprimiu o papel e o entregou a Kushina que apenas assentiu e saiu da sala sem dizer nada. - Querida seja sincera comigo...Quando foi a última vez que você se relacionou sexualmente ? - Ela perguntou seria e Naruto corou.


- Há um mês. - Ela respondeu em um fio de voz e Tsunade suspirou nervosa...Seria mesmo possível ?


- Sabe o que isso pode significar não sabe ? - Tsunade perguntou seria e Naruto assentiu sem a olhar nos olhos. - Querida, você melhor do que ninguém sabe dos riscos que um hermafrodita tem ao engravidar. Se estiver mesmo grávida você não poderá abortar porque isso seria por sua vida em risco. - Ela disse de modo sério e Naruto a fitou nos olhos com convicção.


- Se eu estiver grávida, eu irei assumir a minha responsabilidade como mãe, Baa-chan, nunca passou pela minha cabeça a possibilidade de abortar, e sim eu estou ciente das responsabilidades que terei a partir de agora se estiver mesmo grávida. - Ela disse seria e inconscientemente levou sua mão ao seu ventre. 


- Estou orgulhosa de você. - Tsunade disse sorrindo. Se Naruto estivesse mesmo grávida ela seria uma excelente mãe, disso ela não tinha dúvidas. - Bem, querida não vamos nos precipitar sim ? Faça o exame e depois volte aqui para me mostrar o resultado aí nós conversaremos. - Tsunade disse seria e Naruto assentiu.


- Hai. - Ela disse se levantando da poltrona e deixando a sala de sua baa-chan. Estava nervosa, estava muito nervosa. Ela tinha apenas 17 anos...Mas não fugiria nunca de sua responsabilidade. Naruto se pôs a andar até onde realizaria o exame e parou bruscamente no meio da caminho. E se estivesse mesmo grávida ? O pai seria Sasuke, mas sabia que ele com certeza não iria querer assumir sua responsabilidade como pai, então a mesma criaria seu bebê sozinha...Mas tinha um porém, a gravidez de um hermafrodita era super delicada e a ausência do pai do bebê acarretaria em mais riscos. E então o que faria ?

- Não é hora de pensar nessas coisas... - Naruto disse para si mesma. É sua Baa-chan tinha razão, primeiro deveria fazer o exame e depois dependendo do resultado, ela decidiria o que fazer. Naruto voltou a andar pelos corredores do hospital onde sua Baa-chan trabalha até que encontrou sua mãe.


- Ah, até que em fim você apareceu querida ! - Kushina disse sorrindo e puxou sua filha pelo pulso até uma sala. 

- Aqui está ela Yamanaka-san ! - Kushina disse para um homem de 30 e poucos anos,de cabelos loiros longos presos em um rabo de cavalo, olhos azuis claros, rosto delicado, pele branca, corpo esguio e que vestia um jaleco branco. 


- Oh sim, olá Naruto-chan ! - O homem loiro disse e Naruto sorriu. - Há quanto tempo não a vejo querida. Me diga quando irá lá em casa visitar Ino ? Vivo cobrando a Ino para te levar lá para comer um pedaço de torta. - Inochi disse e Naruto sorriu.


- Qualquer dia desses eu apareço lá para perturbar a porquinha e saborear um delicioso pedaço de torta. - Naruto disse meiga e Kushina o olhou com uma expressão interrogativa. 


- Vocês já se conhecem ? - Kushina perguntou fitando Naruto que riu.


- Sim, Kaa-chan esse é o pai da Ino-chan. - Naruto disse rindo baixinho da cara de surpresa de sua mãe.


- Oh faz sentindo, eu me lembro de Ino ja ter comentado algo sobre seu pai ser médico eu só não imaginei que ele trabalhasse no mesmo hospital que a sua vó. - Ela disse e se virou para Inochi. - É um prazer finalmente conhece-lo... - Ela disse e estendeu a mão que o loiro apertou em um cumprimento.

   

- Inochi. - Ele disse sorrindo. - Digo o mesmo Kushina. - Ele disse sorrindo simpático. - Sua filha é uma menina maravilhosa, mas devo admitir que já a vinha cobrando a um bom tempo para que nos conhecermos, acho uma boa idéia conhecer os pais dos amigos de minha filha. - Inochi disse e Kushina assentiu.


- Eu também acho isso. Depois veremos de marcar um almoço sim ? - Ela disse sorridente.


- Irei lhe cobrar esse almoço depois, mas agora... - Ele disse voltando seu olhar para Naruto. - Sente-se aqui Naruto-chan. - Ele disse apontando para uma poltrona de couro preta. Naruto foi se sentar e ele se virou para a mesa do lado da poltrona.

- Feche e abra a mão com força. - Ele disse e Naruto assim fez. - Naruto-chan, aqui na sua ficha não tem dizendo a sua última menstruação, devo presumir que você não tenha a capacidade de menstruar, assim como eu né ? Se fosse para você menstruar a sua menarca deveria ter sido aos 14, você tem 17 então não irá menstruar. - Ele disse e Naruto acentiu e Kushina o olhou incrédula.


- Você também é um hermafrodita ? - Kushina perguntou surpresa.


- Oh sou sim. - Ele disse sorrindo. - Mas diferente do Naruto-chan que além de poder engravidar tem o corpo de uma mulher, eu só tenho a capacidade de gerar vida. - Ele explicou doce.


- Nossa devo dizer que é incrível conhecer outro hermafrodita. Apesar de ser muito comun hoje em dia, ainda é raro encontrar hermafroditas. - ( N/T : Como assim cara ? ) Kushina disse fitando Inoshi que acentiu. - Como descobriu que minha filha era um hermafrodita ? - Ela perguntou curiosa.


- Ela estava em casa com a Ino conversando até que ela viu uma foto minha grávido e se exaltou, eu estava passando e lhe respondi todas as suas perguntas aí ela me revelou que também era um hermafrodita, apesar de que eu já desconfiava. Um hermafrodita sempre sabe quando tem outro hermafrodita por perto, por isso o Naruto-chan conquistou o meu carinho rapidamente, ela é quase uma filha para mim. - Inochi  explicou breve e se virou para o Naruto com uma agulha e um tubo para colher o sangue.


- Nyah...- Naruto gemeu chorosa e Inochi balançou a cabeça negativamente.


- Vamos, prometo que não irá doer. - Ele disse doce e perfurou a veia de Naruto colhendo o sangue necessário,  depois se virou para pegar um pedacinho de algodão e o deu para Naruto. - Aperte ele no local em que eu furei por 5 minutos. - Ele disse e colocou o sangue de Naruto em uma maleta. - Eu vou levar o sangue da Naru para o laboratório, vocês podem esperar na sala de espera e em 10 minutos sai o resultado. - Inochi disse e Naruto assentiu.


- Hai, foi um prazer conversar com você Inochi ! - Kushina disse e Inochi sorriu. - Depois nós temos que marcar esse almoço. - Ela disse divertida e Inochi riu.


- Eu concordo.  Naruto-chan apareça na minha casa qualquer dia desses. - Ele disse.


- Hai ! - Naruto respondeu  e os três saíram da sala. Inochi seguiu por um corredor e elas foram por outro até a sala de espera.


- Querida agora que estamos a sós eu quero que me diga o que sua vó falou contigo. - Ela disse seria e Naruto engoliu em seco.


- Nada de mais. - Ela disse sem a olhar e Kushina suspirou.


- Filha, eu como sua mãe sei melhor do que ninguém quando tem algo de errado com você. - Ela disse e colocou a mão na bochecha de Naruto que a fitou. - Vamos me diga o que te aflinge querida ? - Ela perguntou e Naruto suspirou pesado, como iria contar para sua mãe que suspeitava que estava grávida ? Ela não poderia simplesmente chegar e dizer " Oi mãe eu estou grávida ! " Então o que faria ? 


- Só estou preocupada com o resultado do exame, nada de mais. - Ela disse o mais convincente que pode e Kushina suspirou derrotada.


- Se você diz. - Ela disse dando de ombros e Naruto suspirou, sabia que sua mãe não havia acreditado no que dissera, mas já era um alívio saber que ela esqueceria esse assunto por hora. Grávida...E por mais estranho que fosse na sua idade...a Idéia de ser mãe lhe agradava e muito. Sorriu ao se imaginar sendo mãe de um lindo menininho de cabelos negros ou quem sabe uma menininha toda loirinha...Sua princesinha. Fitou seu ventre  e o acariciou. Ela era um hermafrodita, e uma das vantagens de ser um é que seu corpo era mais sensível do que o de uma mulher, era só ela fechar os olhos e por a mão sobre seu ventre para sanar todas as suas dúvidas...Ela não precisava de nenhum exame para comprovar o que ela já sabia, ela estava grávida ! Ali no seu ventre estava se formando o seu bebê, e não importa que o pai seja o maldito Uchiha, ela amava aquele bebê, que nem havia se formado ainda é já era a coisa mais importante da sua vida. 

Ela não sabia como contaria para sua mãe, não sabia como seu pai reagiria, não sabia como esconderia sua gravidez de Sasuke...Só sabia que com o sem apoio ela teria o seu bebê.


Não soube quanto tempo passou, se foram anos, dias, horas minutos ou até mesmo segundos...Ela só havia se despertado de seu transe quando ouviu sua mãe lhe chamar a avisando que já havia recebido o resultado do exame. Ele estava dentro de um envelope lacrado e ele agradeceu a Kami por isso. As duas se puseram a andar até a sala de sua vó e antes que sua mãe pudesse entrar na sala Naruto segurou em seu pulso fazendo com que sua mãe parasse e o fitasse.


- Pode me deixar entrar sozinha ? - Naruto perguntou seria. Kushina suspirou. Ela já desconfiava, sabia o que sua filha estava tentando esconder dela. Enjôos, tonturas, desmaios todos que começaram a um mês. Um mês que Naruto havia ido a uma festa e voltado apenas de manhã sem falar com ninguém. Era só juntar os fatos para que o óbvio fosse revelado. Kushina sorriu doce, depositou um beijo sobre a testa de sua filha e colocou a mão sobre o ventre de Naruto que por reflexo também colocou a mão por cima da mão de sua mãe em um gesto protetor. Kushina a fitou nos olhos e quando a loira notou o que tinha feito arregalou os olhos. Seria possível que sua mãe já sabia ? Ou desconfiava de algo ? 


- Vá fale com sua vó, ela vai saber explicar melhor do que eu como as coisas vão funcionar a partir de agora. Mas assim que chegarmos em casa eu e você teremos uma longa conversa. - Kushina disse seria e Naruto ficou em choque. Não importava o que fosse, sua mãe sempre sabia. A loira tratou de se recompor pegou o resultado da mão de sua mãe e entrou na sala de sua Baa-chan.


A loira sorriu ao fitar sua neta e lhe indicou a poltrona a sua frente para que a mesma se sentasse. E assim Naruto fez, se sentou em silêncio, fitando o envelope branco em suas mãos e logo depois voltou seu olhar para sua baa-chan que a fitava intensamente.


- Baa-chan, eu não preciso ler o que tem escrito nesse papel para saber que estou grávida. - Naruto disse seria e Tsunade sorriu compreensiva. - Mas leia o que tem dizendo aí. Apenas para que sane suas dúvidas. - A loirinha disse e deu o envelope para sua Baa-chan, que rapidamente abriu o envelope e correu os olhos por toda a folha, sorrindo doce logo em seguida. 


- Você está grávida de 4 semanas querida. - Tsunade disse e depois riu. - Meu Kami eu vou ser bisavó ! - Ela disse encantada fazendo Naruto rir também. - Você será mamãe meu amor ! Minha netinha será mamãe ! - Tsunade disse rindo de felicidade e Naruto não pode impedir as lágrimas de emoção. A ficha finalmente havia caído : ela seria mãe ! - Vamos meu amor não chore ou eu irei chorar também. - Tsunade disse apertando a mão de sua neta. Naruto respirou fundo e controlou suas emoções, ela precisava se conter pelo bem do seu baby. - Bem querida agora que sabemos que você está grávida, você precisará de um acompanhamento obstetra, por isso vou agendar a primeira consulta do seu pré-natal para a semana que vem, a sua obstetra será a doutora Shizune, obstetra especializada na gravidez de hermafroditas. Ela irá lhe explicar tudo o que você precisa saber sobre sua gravidez, todos os riscos, todos os cuidados, passará a dieta, remédios, recomendações e cuidará de você e do seu bebê até que ele nasça ok ? - Tsunade disse seria e Naruto assentiu. - Meu amor eu gostaria de conversar mais com você, mas tenho outra consulta agendada em três minutos. - Ela disse se levantando de sua poltrona e parando de frente para Naruto que se levantou e abraçou sua vó, escondendo o rosto nos fartos seios dela. - Meu amor, converse com sua mãe ok, tenho certeza que tanto ela como seu pai irão lhe apoiar, você é tudo para eles e eles não irão lhe julgar nunca. E lembre-se qualquer coisa você sempre terá a casa dos seus avós. - Ela disse e Naruto levantou seu rosto para fitar sua vó e sorriu.


- Obrigada Baa-chan ! - Ela disse apertando ainda mais o abraço.


- Por nada meu anjo. - A loira mais velha disse meiga. - Agora vá sim ? Depois me ligue e me conte tudo ok. - Tsunade disse e Naruto se separou de sua vó.


- Hai ! - Ela disse e saiu da sala de sua vó. Fitou sua mãe que lhe esperava sentada em um banco perto de uma janela e foi até ela. A ruiva percebeu sua aproximação e a fitou. Naruto sorriu e respirou profundamente tomando coragem. Como dizer para sua mãe que estava grávida ? Não havia jeito certo ou errado de dizer, certo ? A loira fechou os olhos, fespirou profundamente, sorriu confiante e fitou sua mãe nos olhos. - Oi mamãe eu estou grávida ! - Ela disse chorando e Kushina suspirou e logo em seguida sorriu para sua filha enquanto se levantava para abraça-la. 


É aquele seria um longo dia.




Notas Finais


Vejo vcs nos comentários !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...