História Parada Obrigatória - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Comedia, Naurto, Sasusaku
Visualizações 59
Palavras 895
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Sasuke acordou com o som do galo cantar, seu corpo doía por tanto caminharem a noite toda até chegarem a oficina, as roupas já estavam secas em seu corpo e o estômago roncando. Foi quando percebeu que era para ter sido acordado por Sakura mexendo no carro ou balde de água jogado em si pela mesma.

Subiu as escadas vendo a porta apenas encostada, ela parecia ainda dormir, conseguia ver apenas o nariz dela de fora das cobertas e se questionou como ela não estava com calor. Pegou dois copos e antes de servir o segundo resolveu conferir se ela ainda estava viva.

-Sakura... – foi se aproximando devagar – Sakura, quer um suco? – descobriu a cabeça dela a vendo encharcada como se estivesse recém saída do banho – Está bem? – ela sequer o respondeu, tocou a testa percebendo as bochechas rubras – Você está queimando! – tirou o resto da coberta ignorando os resmungos em desaprovação da rosada – Onde está seu celular?

-Guincho... – respondeu baixinho encolhendo o corpo.

-Ótimo, agora só tenho que achar o guincho. – riu olhando ao redor, não estava preparado para aquela situação, mal sabia cuidar de si mesmo, como cuidaria dela agora? – O que dona Mikoto faria...? Ah meu bebê, deixa a mamãe pegar um xaropinho... – correu molhar uma camiseta que viu largada pelo chão, colocando em seguida na testa dela – Tem algum remédio aqui? – ela tremia cada vez mais – Isso não vai ser suficiente. Está ate com os braços quentes e essa roupa molhada...

Preocupado com ela parecendo querer virar um ovo cozido conforme encolhia o corpo, olhou para o banheiro e depois para ela, suspirando certo do que tinha que fazer. A pegou no colo, ligou a água fria e tentou mantê-la ali, porem ela não tinha forças e mesma apoiada na parede seu corpo pendia.

A abraçou.

A água lhe arrepiou e a ouviu gemer contra deu corpo, os olhos verdes lhe encaram por um segundo apenas, limpou seu rosto tirando os fios rosados colados em sua testa. Aos poucos sua temperatura parecia normalizar, desligou a água e a colocou sentada no vaso sanitário, devagar secava seu rosto com a toalha atento a tudo que fazia, até descer ao pescoço e perceber que a camisa branca agora transparente denunciava a falta de um sutiã. Engoliu a seco sentindo o comichão entre as pernas, mas não poderia lhe deixar com as roupas molhadas.

Sakura respirava fundo, abraçou o travesseiro com mais força e sentiu o estômago roncar com o cheiro delicioso que vinha de perto.

-Bom dia, flor do dia. – Sasuke aproximou com a tigela de sopa – Boa tarde, na verdade.

-O que...? – viu que as roupas que usava não eram as mesmas, seus olhos arregalaram e seu rosto ficou vermelho – O que você fez comigo?

-Hey, sou um homem decente. Você estava com febre, não lembra? Cuidei de você. – piscou sentando ao lado dela que parecia triste.

-Obrigada. – pode ver uma pequena lágrima escapar que ela fez questão de limpar imediatamente – Muito tempo que ninguém faz isso... – confessou entristecendo mais.

-Não foi nada, até que tive uma boa visão como pagamento... - sorriu malicioso e ganhando um empurrão quase derramando a sopa – Brincadeira! Eu juro que tentei olhar o menos possível... E você me viu pelado na primeira noite aqui! Estamos empatados...

-Ok. - revirou os olhos querendo escapar logo desse assunto, então percebeu as roupas dele que ainda eram as mesmas - Sasuke, seu macacão está úmido. Vai acabar doente também...

-Daí você cuida de mim.

-Não correria esse risco se fosse você. Devo ter algo que sirva aqui. – tirou uma caixa de baixo da cama -Eram do meu pai, mas estão limpinhas.

-Eu não...

-Está tudo bem. – sorriu lhe entregando.

-Então... – voltou para o quarto – Tenho uma boa notícia, um pouco antes de você acordar. Um cara estranho chamado Gai passou aqui com o guincho, disse que tinha levado para casa por não saber onde iriamos parar e como você não foi atrás, ele trouxe.

-Ótimo, vou voltar ao trabalho. – sentiu as pernas fracas e sentou novamente na cama.

-Tem que ir com calma, nem melhorou 100%. Preciso que esteja bem pra arrumar o carro. – sorriu ao ver ela revirar os olhos, sentindo cada vez mais a vontade com ela. Assustou-se com o próprio pensamento e seguiu para o andar de baixo, inventando uma desculpa qualquer e avisando para lhe chamar caso precisasse.

Ao anoitecer Naruto surgiu para os fazer uma visita, sabendo como Sakura estava levou algumas frutas que Hinata lhe enviou, devorou o jantar que o moreno preparou e compartilhou histórias de quando pequenos. Estava pronto para ir embora quando deu meia volta.

-Já ia me esquecendo, Sakura acha que vai estar melhor para amanhã?

-Amanhã? -Sasuke ficou interessado na conversa.

-Acho melhor não, Naruto. Sabe como fico desconfortável...

-Ah, por favor! Hinata ia ficar tão feliz e eu também...

-Será que posso saber do que se trata?

-Amanhã é minha festa de noivado, queria muito que Sakura fosse e você também!

-É claro!

-Não. – Sakura disse encarando o moreno com o pano de prato nos ombros.

-Você nunca me leva pra lugar nenhum! Eu cozinho, lavo, passo. Cuido de você! E tudo que peço é que me leve para me divertir um pouco! – colocou a mão no peito ofendido – Será que é pedir muito?

-Pessoal, acho melhor eu ir embora. Isso está ficando muito esquisito...


Notas Finais


Relembrando que estou somente pelo celular escrevendo e postando, por isso a demora e capítulo menores, mas seguimos firme


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...