História Parading Of Love - Camren - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, One Direction
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Harry Styles, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Zayn Malik
Tags Allybrooke, Camilacabello, Camren, Demilovato, Dinahjane, Fifthharmony, Harry Styles, Laurenjauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Lucyvives, Moda, Niall Horan, Normanikordei, Romance, Troyesivan, Veroiglesias, Zayn Malik
Visualizações 376
Palavras 2.043
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Who said I was an angel?

Quem ai já escutou o hino das meninas? Eu estou fiquei chocada em NY com a musica e princialmente o clipe, o que esse clipe gentee? Nem vou começar a falar sobre o clipe porque quando eu começo eu não paro kkk, esse capitulo está um arco iris de tão fofinho, gente eu queria pedir pra vocês escutarem duas músicas que dão um tchan no cap, a primeira é do harrison storm - change it all e a outra é do James Bay - need the sun to break e eu vou avisar quando é para tocar a música, espero que vocês escutem e que gostem desse cap. BOA LEITURA MEUS AMORES.

Capítulo 30 - A Perfect Day


Fanfic / Fanfiction Parading Of Love - Camren - Capítulo 30 - A Perfect Day

Anteriormente em Parading Of Love:

Eu me aproximei dela e a beijei, quando o beijo acabou, eu não me aguentei e a beijei novamente quando o beijo acabou ela suspirou e nós colamos nossas testas.

- Se você continuar me beijando vai ser difícil parar. – Ela disse e eu sorri.

- E porque temos que parar mesmo? – Eu disse e ela sorriu.

Pov Camila

- Porque você tem que me levar no parque, lembra? – Eu disse e Lauren suspirou.

- Acho que eu não me lembro disso. – Lauren disse com um cara pensativa e eu ri.

-Então pode tratando de se lembrar Senhorita Jauregui. – Eu disse e me afastei dela pegando minhas coisas para tomar banho, quando eu ia saindo do quarto, Lauren me puxou e me beijou, ela encerrou o beijou e eu neguei com a cabeça sorrindo.

- Esteja pronta quando eu voltar tem toalhas no armário do banheiro, qualquer coisa chama a Mani. – Eu disse e ela assentiu com um sorriso maravilhoso no rosto, eu sai do quarto e avisei a Normani que iria tomar banho no quarto dela, ela só mexeu a mão pedindo que eu fosse logo, eu dei uma risada e fui pro quarto de Normani.

Tirei minha roupa e entrei no chuveiro, a agua quente entrei em contato com minha pele e eu fechei os olhos lembrando do meu dia, lembrava das conversas com Lauren,  seu sorriso, suas risadas, seu jeito de falar quando estava envergonhada, logo sai do banho e fui escolher minha roupa, depois de alguns minutos decidindo minha roupa, eu optei por colocar minha calça jeans resgada na coxa, uma blusa da banda  1975 e sapato branco. Acabei de me arrumar e fui para o meu quarto, dei duas batidas e ouvi um pode entrar, Lauren estava com uma calça rasgada na coxa também e uma blusa da banda 1975, um sorriso se abriu no meus lábios.

- Esta me imitando dona Lauren? – Eu disse e nós rimos, até não sobrar mais folego.

- Eu acho que a senhorita que está me imitando dona Cabello. – Lauren disse se aproximando de mim.

- Como pode ter certeza disso? – Eu disse e sorri.

- Eu não tenho dona Cabello. – Lauren disse e nós rimos novamente.

- Estamos igual um par de jarras. – Eu disse entre risos.

- Um par de jarras muito lindo. – Ela disse e eu dei uma risada.

- Isso eu tenho que concordar. – Eu disse sorrindo.

- Vamos então? – Lauren disse me oferecendo o braço.

- Eu estava pensando em trocar de roupa. – Eu disse meia sugestiva.

- E perder a oportunidade de ser meu par de jarras? – Lauren disse brincalhona.

- É realmente, essa é uma oportunidade única. – Eu disse e Lauren me ofereceu o braço novamente, eu pensei por um segundo e coloquei meu braço junto ao dela, saímos do quarto e as meninas estavam conversando alguma coisa mas logo pararam quando nos viram e começaram a rir, eu e Lauren ficamos paradas olhando pra cara delas com tedio.

-Aonde vai ser o show? – Dinah disse e as duas caíram na gargalhada novamente.

- Viraram gêmeas para andar igual agora? – Normani disse entre risos com Dinah.

- Vamos embora porque quando as duas começam acho que jesus dá jeito.- Eu disse rolando os olhos.

- Vocês se merecem mesmo. – Lauren disse e foi a nossa vez de rir, elas se olharam com a sobrancelhas arqueadas.

- Falou o par de jarras! – Dinah disse e elas riram novamente.

- Vamos Camila, já estou cansada de ouvir a risada delas. – Lauren disse pegando na minha mão e saindo do apartamento.

- Depois me dala como foi o show. – Dinah disse quando estávamos saindo do apartamento.

- Essas ai vão acabar casando. – Eu disse e nós rimos.

- Ah se vão. – Lauren disse e nós entramos no elevador entre risadas.

[...]

Tocar a música do Harrison Storm

Chegamos no parque e o ceu já esta totalmente escuro e cheio de estrelas dando uma maravilhosa visão, eu e Lauren andávamos de mãos dadas o tempo todo, quando nossos olhos se encontram é uma sensação maravilhosa, um sorriso sempre se formava em meus lábios ao ver Lauren, eu não sabia rotular esse sentimento por ela e nem queria mas era a melhor coisa que existia, eu parecia completa ao lado de Lauren me sentia feliz e desejada comtalvez nunca fui, esses sentimentos me mostram que o tempo não é quase nada em um relacionamento, pois eu a conhecia a pouco tempo e sentia coisas que eu não poderia explicar com palavras exatas.

O parque estava cheio, as filas para os brinquedos não estavam tão cheias, parecia a noite dos namorados, vários casais comendo, conversando e se amando. Quando avistei a roda gigante não pude me conter.

- Lauren vamos na roda gigante!! – Eu disse animada olhando pra ela.

- Serio Camila? Eu não gosto de rodas gigantes. – Lauren disse com uma cara apavorada e eu ri alto.

- Ah vamos por favor!! – Eu disse implorando.

- Mas eu tenho medo. – Ela disse e eu parei de andar.

- O único jeito de matar seus medos são encarando eles. – Eu disse e ela bufou.

- Se eu vomitar em cima de você depois não adianta falar que eu não avisei. -  Lauren disse e eu  sorri.

- Eu encaro esse risco pela roda gigante. – Eu disse e ela sorriu. – Anda vamos comprar o tickets.

- Só você mesmo pra me fazer ir em uma roda gigante. – Lauren disse enquanto nós andávamos em direção aonde comprava os tickets.

- Eu sou Camila Cabello né amor, eu consigo tudo que eu quero. – Eu disse e ela gargalhou.

Eu comprei os tickets e nós fomos para a fila da roda gigante que não estava cheia e Lauren bufou, eu olhei pra ela e percebi que estava nervosa.

- Hey se não quiser mais ir tudo bem. – Eu disse fazendo um carinho em seu rosto, ela sorriu abaixando o rosto.

- Como a senhorita me disse, o único jeito de encarar meus medos são encarando eles. – Lauren disse e eu sorri. – Só não largue minha mão por favor. – Ela disse olhando em meus olhos e eu dei o maior sorriso naquele dia ou um deles.

- Nunca. – Eu disse e dei um beijo rápido nela.

Pov Lauren

O que Camila me causava era a melhor sensação de toda minha vida, ela me alegrava, me dava uma paz imensa e me fazia sentir que não há nada que eu não conseguiria ao lado dela, eu não conseguia parar de pensar nela e no seu jeito brincalhão, era tão lindo o jeito que ela vivia, o seu jeito de pensar e falar, tudo nela me encantava, tudo que ela falava eu prestava a maior atenção do mundo, eu não sei o que esses sentimentos significam mas eu sei que não quero parar de tê-los, eu não queria mais ficar sem sua companhia, sem seu sorriso, suas risadas e seu toque. Talvez eu estive maluca porque como uma pessoa pode gostar tanto da outra sem saber o que é, talvez eu soubesse mas não queria revelar pra mim mesma nesse instante, melhor não complicar o que está tão bom.

 Tocar música do James Bay até o final do cap
 

Nós estávamos para entrar na roda gigante, eu estava me cagando de medo mas eu sentia que com Camila ali eu iria conseguir, nós entramos na roda gigante e Camila me olhou um pouco preocupada e eu sorri.

- Está tudo bem Camz, eu não ter um ataque de medo. – Eu disse e ela riu.

- Eu espero que não. – Ela disse sorrindo, e apoiou sua cabeça em meu ombro, eu sorri e senti que a roda gigante tinha começado a girar lentamente, eu respirei fundo e observei a mulher linda que estava tão serena vendo a paisagem, Camila consegui ser tão linda sem fazer nada, seus traços perfeitos que pareciam que foram desenhados com todo amor e carinho desse mundo, seus olhos castanhos, tudo naquela mulher era perfeito.

A roda gigante subia cada vez mais eu meu coração parecia que iria sair pela boca, eu olhei pra baixo e quase tive 20 paradas cardíacas, como as pessoas poderiam achar isso romântico, como poderiam gostar de ficar em um negocio que subia alto pra caralho? Eu tenho que concordar que a vista era maravilhosa, Miami toda iluminada, prédios, carros em movimentos, tudo era maravilhoso.

- Está quase morrendo? – Camila disse me tirando dos meus pensamentos eu olhei pra ela que tinha saído do meu ombro.

- Ainda não, mas estou pra desmaiar. – Eu disse e Camila sorriu negando com a cabeça.

- Ah nem é tão ruim assim. – Camila disse e eu ri.

- Não é ruim, é péssimo, mas com você aqui comigo é melhor. – Eu disse e Camila corou.

- Eu sabia que você iria gostar de um jeito ou de outro. – Ela disse sorrindo.

- Eu que escolho o próximo brinquedo. – Eu disse e Camila assentiu sorrindo.

O resto da noite foi maravilhosa, nós fomos em diversos brinquedos, nos sentamos para comer e conversar sobre tudo que nos dava na teia, era bom poder conversar sobre tudo com Camila, nós nos divertimos tanto, tiramos algumas fotos por exigência de Camila me falando que tínhamos que guardar os melhores momentos de nossas vidas com fotos eu ri com essa explicação e ela revirou os olhos. Ficamos até tarde no parque, quando decidimos que era hora de ir embora já devia ser quase 00h o parque também já iria fechar então não tivemos muita escolha, Camila veio dirigindo e nós conversamos animadamente, quando chegamos na minha casa que Camila fez questão de me levar, nós nos despedimos com um beijo longo e ela disse que me ligaria amanhã, eu entrei em minha casa e subi direto para o meu quarto, me joguei na minha e a única coisa que eu consegui pensar era Camila e eu percebi que seria a noite toda assim já que agora ela é a única coisa que eu consigo pensar.

Pov Camila

Dirigi pra casa pensando em Lauren, eu cantava uma musica do James Bay que tocava no radio, meu dia foi tão perfeito e maravilhoso, eu percebi que eu amava cada minuto que passava ao lado de Lauren, se despedir dela era um sacrifico a ser feito pois eu gostava da sua companhia e tudo que envolvia ela, era como se ela fosse uma dorga e eu não consegui me manter afastada por muito tempo. Logo eu estava abrindo a porta do meu apartamento, Normani estava na cozinha sozinha comendo alguma coisa.

- Que sorriso é esse dona Camila? – Ela disse enquanto eu me dirigia para a geladeira para beber água.

- Que sorriso? – Eu disse me fazendo de sinica e bebendo um gole de água.

- Camila pode me contando tudo. – Normani disse apontando para eu me sentar na cadeira.

- Nem morta. – Eu disse e Normani ergueu as sobrancelhas.

- Não me faça ir ai dona Camila.- Normani disse e eu comecei a correr para o meu quarto e ela veio atrás de mim, eu fui mais rápida e fechei a porta.

- Talvez amanhã Mani, boa noite.

- Você vai me contar tin tin por tin tin dona Cabello.- Ela disse e eu dei uma gargalhada.

- Tabom Mani, boa noite, te amo muito.

- Boa noite Mila, também te amo muito. – Normani disse e eu ouvi seus passos se afastando.

Eu me joguei na cama e abri um sorriso enorme no meu rosto, esse efeito que ela me causava era uma merda mas também a melhor coisa, eu levantei e fui para minha janela olhar as estrelas daquela noite, enquanto eu olhava as estrelas eu só conseguia pensar em Lauren, tudo era Lauren em meus pensamentos, minha cabeça gritava seu nome, eu passei minha mão em meu cabelo e pensei comigo mesma sobre o que eu estava fazendo da minha vida, não que Lauren fosse um erro mas não era isso, ela poderia ser o meu fim e eu só conseguia pensar em como ela era perfeita, olhei para o céu que estava lindo aquela noite e conclui que essa noite meus pensamentos seriam Lauren e seria impossível arrancar ela dos meus pensamentos.


Notas Finais


Então espero que tenham gostado, comentem oq vocês acharam desse cap e favoritem a fic, já chagamooos em 100 FAVORITOS, eu queria agradecer a cada um desses favoritos e cada pessoa que lê essa fanfic, obrigada a todos do fundo do meu coração, talvez mais pra frente eu faça uma maratona, amoo vocês e até semana que vem. beijihos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...