1. Spirit Fanfics >
  2. Parallel Line (Tzukook) (Bangtwice) >
  3. Capítulo 5 - The Amusement Park

História Parallel Line (Tzukook) (Bangtwice) - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus pandas! Mais uma vez quero agradecer por todo o amor e carinho que tenho estado a receber com esta fanfic! Muito obrigada mesmo! O que estão achando até agora?

Capítulo 7 - Capítulo 5 - The Amusement Park


Fanfic / Fanfiction Parallel Line (Tzukook) (Bangtwice) - Capítulo 7 - Capítulo 5 - The Amusement Park

Tzuyu POV

No dia seguinte acordo lentamente devido aos leves mas escusados raios de sol que entravam pela janela de meu quarto. Eram aproximadamente 07:30, definitivamente não eram horas de acordar a um sábado, de maneira nenhuma. Durante a semana, acordar cedo é uma tortura e quase era preciso um tanque de guerra para me tirar da cama mas felizmente (ou infelizmente) no fim de semana posso escolher o horário a que quero acordar, pensava eu. Eu sou daquelas pessoas que quando acorda não volta a adormecer tão fácil assim, por isso me rendo e começo a pensar onde levar meu príncipe. SIM, ele passou de príncipe de Tristain para príncipe da Tzuyu, eu mando!

(Autora: Tenho a certeza que o Kookie não se importa! Jungkook: Quem disse?! Autora: Eu disse. Agora esteja caladinho e volte a dormir! Jungkook: Sim senhora, com certeza! *dormindo*)

Continuando…. Começo a pensar que locais devo mostrar para o Jungkook. O dia estava bem quente, por isso não teríamos problema em andar ao ar livre! Hum…. Talvez um parque de diversões, ou restaurantes deliciosos, ou ainda…..o salão de jogos e o karaoke! Tinha bastantes opções por isso não teria de me preocupar! Apenas….. descobrir o que fazer para passar o tempo até que a pedra do meu lado acordasse. Talvez pudesse começar o pequeno almoço! Tenho a certeza que a comida daqui é bem diferente do que ele está habituado, ele não pode comer hamburgers e nuggets de frango todos os dias enquanto está aqui! Embora pensasse que com o grau de infantilidade daquele coelho, não seria difícil de acreditar.

Tento me levantar da cama sem fazer barulho quando me apercebo do braço de Jungkook me abraçando a cintura. Não o podia acordar, mas também não podia morrer de fome! Tomo o máximo de cuidado possível , pegando no braço do mais velho delicadamente e o retirando de minha cintura.

‘’Chewy….’’ – fala com uma voz sonolenta e baixa que fez com que derretesse completamente. Ele é fofo até dormindo! Mas quem raio é a Chewy?! Parece o nome de uma marca de doces.

Após a minha missão impossível comecei a intitular-me de espia ninja, Chou Tzuyu, nome bastante convincente.

Me ia dirigir ao banheiro para tomar um banho e tratar de minhas higiene quando me lembrei que não poderia fazer barulho por isso me dirijo à cozinha de pijama mesmo, já que era o que estava usando no momento.

‘’Por onde começar, por onde começar?’’ – falo para mim mesma enquanto penso o que poderia cozinhar para o pequeno almoço especial.

 

Enquanto isso em Tristain….

Autora ON

Jeon Min Jun (pai de Jungkook e rei de Tristain) andava apressadamente de um lado para o outro no seu escritório situado no palácio real. Que tipo de pai não estaria preocupado com o desaparecimento repentino do filho? Podia ter sido raptado ou estar em péssimas condições! Bom… pais como o de Jungkook não se preocupariam. O rei não estava preocupado com o desaparecimento do seu filho, mas sim com a situação do reino e quem iria substituir o príncipe naquele cargo tão importante. Era com esse tipo de atitude que a rainha de Tristain, mãe de Jungkook e mulher de Jeon Min Jun (de nome Jeon Ah Rin), não se conseguia conformar. Mantinha pensado inúmeras vezes em contar toda a védade para o seu marido mas o medo sempre a vencia na altura da verdade.

*knock knock* - bate uma das empregadas do palácio nas grandes portas de madeira brilhante e requintada madeira do escritório onde se encontrava o rei pensando na solução do seu reino.

‘’Desculpe interromper Sr.Jeon, ma-…”

‘’Não lhe dei permissão para falar.” – diz ele, interrompendo a pobre garota que apenas estava tentando fazer o seu trabalho, num tom frio e severo.

‘’S-sim eu compreendo. Mas tem alguém que gostaria de falar com o senhor.”

‘’Não vê que estou ocupado? E você aí, desperdiçando meu precioso tempo em assuntos sem interesse algum para o meu reino!”

‘’Peço perdão, meu senhor.” – fala em um tom baixo e assustado.

‘’Saia daqui ago-...” – é interrompido por uma voz suave mas levemente irritada que vinha por detrás da empregada.

‘’Já chega Min Jun! Minha querida, você pode ir.” – muda o tom de sua voz para um doce com um sorriso leve no rosto.

A empregada apenas faz reverência ao rei e à rainha e sai do escritório.

‘’Isso já está sendo demais Min Jun! Você pensa que pode tratar assim os outros apenas porque é rei?! As pessoas, mesmo que mais pobres o que o servem, elas merecem seu respeito!” – fala Jean Ah Rin, mãe de Jungkook e também rainha de Tristain. Na verdade antes de subir de estatuto como rainha, a mulher era tal como muitas outras, uma simples camponesa que miraculosamente acabou por se casar com o rei, não por dinheiro, mas sim por amor. Nesse momento, amor é uma das palavras que não usaria para descrever seu marido.

‘’Você não está preocupada com o nosso reino?! O Jungkook desapareceu! Não temos sucessor ao trono!”- fala já começando a ficar irritado com toda aquela situação.

‘’Eu não estou preocupada com o reino! Estou preocupada com você! Não é apenas falta de respeito para com os mais necessitados, é também uma falta de respeito para com o nosso filho! A prioridade seria encontrá-lo!”

‘’E onde quer que eu procure mais?! Os soldados estão em todos os cantos o procurando e nem rasto!”

‘’Eles não o vão encontrar nem hoje, nem amanhã, nem nunca! Eu sei onde o Jungkook está, e eu fiz isso não só pelo bem de meu filho, mas também pelo bem da família real.”

‘’O que você está dizendo?” -fala o rei espantado com as palavras da mulher.

‘’Eu estou dizendo que sei onde está o Jungkook.”

‘’E você está esperando o quê para me contar?!’’

‘’Estou esperando que você me escute, me dê valor e acima de tudo se preocupe com os desejos e bem-estar do nosso filho. Mesmo depois de conversarmos em família, mesmo depois de ele continuamente negar, você continuou com os planos do casamento com a Ji Eun. Continuava o pressionando para casar, para aprender a governar um reino que ainda não tem idade nem capacidade para gerir! Ele tem 18 anos! Ele precisa viver e aprender com seus erros! Aprenda Min Jun! Não podemos fazer nosso filho viver a vida que nós queremos!” -a este ponto Ah Rin já estava chorando e, devido à discussão, a irmã mais nova de Jungkook, Ha-Neul também já se encontrava do outro lado das enormes portas do escritório.

‘’Por favor, pare com as buscas, pare de pensar que o Jungkook tem que ser perfeito e aprecie o valor e respeito que recebe das pessoas que o amam. Eu estou fazendo isso pelo Jungkook e por nós, pela nossa família. Quando se aperceber que o seu comportamento não é o correto, por favor venha falar comigo, aí talvez consiga perceber o lado do nosso filho.” – e após isso sai do escritório, onde se depara com a filha mais nova (de 16 anos).

‘’Vamos para o jardim filha, a mãe explica tudo para você.”

 

Após algum tempo de conversa entre as duas meninas, Ha-Neul percebia a Situação do irmão e esperava que o pai também pudesse perceber.

‘’E o que fazemos em relação ao pai?’’

‘’O pai tem que perceber por ele mesmo aquilo que é correto e melhor para o filho.”

 

Voltando ao mundo real….

 

Tzuyu POV

 

Já se tinham passado 2 horas (Sim, porque eu fiz pausas para televisão e para redes sociais, e para além de quase ter queimado a cozinha. Pode dizer-se que não sou a melhor cozinheira), ou seja eram 09:30.

‘’Talvez seja hora de acordar a bela adormecida…”

Vou em direção a meu quarto e vejo o garoto totalmente estendido em minha cama, parecendo Cristo ou algo do género, de boca aberta. Obviamente decidi tirar uma fotografia do momento! Pego em meu celular que estava em minha mesinha de cabeceira e tiro uma foto tão incrível e maravilhosa que poderia ganhar o prêmio ‘’Fotografia do ano” ou até mesmo o “Prémio Novel da Paz”, porque aquela foto aclamada guerras.

Agitou levemente o corpo do mais velho numa tentativa falhada de o acordar.

‘’Oppa, está na hora de acordar!’’

‘’Sómais cinco minutos omma…” – ele parecia um zombie falando.

‘’Já é tarde oppa!”

‘’Não te preocupes, hoje não há escola Tzuyu-ah…”

‘’Eu sei que não há escola pabo!’’

‘’Não mandas em mim…”

‘’Parece que vou ter que comer aquela comida deliciosa que eu prepare sozinha”

‘’Estou indo”

Ele se levanta da cama na velocidade da luz e se dirige para a cozinha com os olhos brilhando.

‘’Wow, isso até parece que é a comida do palácio,…. Tirando a parte que não tem nada a ver.

Bem… acho que vou tomar aquilo como um elogio.

‘’Aqui temos kimchi de legumes, arroz, e diferentes banchan (são pequenos pratos de acompanhamento)! Coma o que quiser!’’

‘’Obrigado pela comida Tzuyu-ah! Bom proveito!!” – fala de uma maneira extremamente fofa antes de literalmente atacar a comida que estava na mesa. Eu apenas rio e provo a minha obra culinária que, para que conste estava fantástica para alguém como eu que nem sabe distinguir a clara da gema (brincadeira, eu sei).

 

Terminamos a refeição mas estranhamente os olhos que brilhavam de entusiasmo de Jungkook ainda estavam presentes. Parecia animado!

 

Jungkook POV

‘’Tzuyu-ah, Tzuyu-ah! Onde que nós vamos?!” – pergunto entusiasmado por conhecer o novo mundo.

‘’Eu estive pensando e achei que você gostaria de ir em um parque de diversões! Tem um no centro de Seul por isso eu poderia mostrar um pouco a cidade pelo caminho! Você é bem energético por isso tenho certeza que vai amar! Para além disso quero mostrar-lhe um local especial!’’ – fala Tzuyu com o mesmo tom de animação que eu.

‘’Estou ansioso!’’ – concordo com a mais nova, ainda que a verdade seja que não percebi nem metade das palavras que ela disse naquela frase. O que é Seul?! Parece o nome de uma comida mexicana ou assim.

‘’Ah, me lembrei agora Jungkook-ah!’’ – ela pega no celular e me mostra uma versão pequenina de mim dormindo, parecendo uma estrela maravilhosa.

‘’Por que é que eu estou dentro do aparelho pequenino? Eu tenho um irmão gémeo e não sabia?”- falo totalmente confuso por aquilo eu estava vendo.

‘’Não Kookie! Isso é uma fotografia que eu tirei quando você estava dormindo!”
‘’Como que você foi capaz de fazer tal ato?!”- ela apenas me sorri, e eu também. Tinha ganho um novo apelido ‘’Kookie”, me soava bem, gostei!

‘’Vamos tirar uma selfie juntos!”

‘’Sel quê?”

‘’Selfie!”

Ela estende o celular com seu braço e fala ‘’sorria’’ logo tirando uma fotografias de nós dois.

‘’Wow, você ficou mil vezes melhor que eu. Minha carinha deve ser estragada quando se trata de selfies! Já a sua parece que saiu de uma revista de modelos!”

‘’Obrigado?’’

Rimos os dois e subimos novamente para o quarto para nos prepararmos para a super visita guiada para a tal de Seul, que eu ainda não sei quem é.

 

Tzuyu POV
 

Eram por volta das 10:00 quando saímos de casa com destino ao parque de diversões. À medida que passávamos por algum edifício importante ou chamativo, parava, os e assim eu explicava o que era para o príncipe. Estávamos quase chegando no parque quando…

‘’Tzuyu!” – escuto alguém me chamar e o dono dessa voz era nem mais nem menos que o presidente dos alunos do primeiro ano, Kim Taehyung. Durante esta primeira semana de aulas nós dois ficamos bem próximos, ele realmente é um bom amigo, e até me apresentou para alguns dos seus colegas!

‘’Taehyung oppa! Que bom o ver!” – aí me apercebo que tinha uma menina do lado dele que não parecia muito mais velha, talvez até a mesma idade que ele se aproximou e se introduziu.

‘’Annyeong! Eu sou a Minatozaki Sana! Prazer em vos conhecer Tzuyu e….’’ – espera que o príncipe se introduza.

‘’Ah sim, eu me chamo Jungkook!” – dá um sorriso amigável.

‘’A Sana se vai transferir para a nossa escola semana que vem! Com muita pena ficamos em turmas diferentes mas mesmo assim nos podemos falar! E você Jungkook? Desculpe a pergunta mas eu nunca o vi lá na escola.” – pergunta Taehyung se direcionando a Jungkook.

‘’Ah…..a verdade é que eu…. Eu também me vou transferir para a semana!”

‘’Wow, sério?! Que coincidência! Sua audição deve ter ido bem! E de onde você é Jungkook? – pergunta Taehyung sorrindo.

‘’Eu sou…. De….Busan! Sim de Busan!” – fala ele para minha surpresa já qe ele nem deve saber o que é Busan. Será este mais um dos seus talentos?

‘’Wow, aqui a Saninha é do Japão!’’

‘’Sim eu sou! Minha prima, Momo estuda nessa escola por isso decidi vir para cá também. Ainda não comecei as aulas já que tive que preencher alguns formulários por causa da mudança de país, o que atrasou o processo todo.”

‘’Espere…Hirai Momo?’’ – pergunto confusa. Será mesmo a Momoring?

‘’Sim isso mesmo, Hirai Momo! Ela é minha prima!”

‘’Não acredito! E sou da turma de sua primame ela é uma das minhas melhores amigas!”

‘’Que coincidência! Acho que nos daremos bem Tzuyu-ah!’’ – assunto com a cabeça.

Eu e Sana continuamos falando e Jungkook e Taehyung também pareciam estar a dar-se bastante bem!

‘’Eu e o Jungkook estávamos indo para o parque de diversões mesmo ali! O que me dizem? Vamos todos juntos?” – proponho.

‘’Eu não quero incomodar…” – fala Sana.

‘’Não incomoda nada, pois não Kookie?”

‘’De maneira nenhuma! Vamos todos!’’ – responde ele animado. Eu estava feliz por ele se dado tão bem com eles mas ainda tinha uma pergunta… como é que ele se lembrou de Busan?! E como assim ele vai se transferir para a minha escola para a semana que vem?! Ele ainda nem fez audição! Ele nem sabe o que é uma audição!

Antes de entrarmos no parque e comprarmos nossos bilhetes de entrada decido perguntar baixo para ele.

‘’Oppa, o que foi aquilo? Onde que você foi buscar Busan? E como assim você vem para a escola para a semana que vem?’’

‘’Primeiramente, sobre Busan, eu vi um anúncio ali naquela loja dizendo ‘’Venha visitar! Temos muito para ofrecer aqui em Busan!” -tenta imitar a voz feminina do anúncio da loja de turismo.- Sobre a escola, eu já percebi que é obrigatório ir na escola por isso se eu quero ficar também tenho que ir! Apesar de não fazer a mínima ideia do que é a tal de audição que vocês tanto falam”

‘’Como eu já falei para você Kookie, minha escola é diferente das outras. Essa aqui está diretamente ligada à dança e à música com o objetivo de cada um dos seus alunos melhorar as suas competências e talvez um dia mais tarde poder trabalhar no ramo dessa industria. Já que é uma escola diferente, as regras também são diferentes e para você se candidatar tem que fazer uma audição e mais tarde pode saber se passou ou não. Entendeu?”

‘’Sim eu acho que sim! Isso significa que eu tenho que fazer uma audição para entrar certo? Eu quero entrar! Assim posso passar mais tempo com você e com o Hyung e a Saninha!”

‘’Mas você tem alguma experiência em música ou dança?” – falo já pagando pelos ingressos e seguindo Taehyung e Sana que estavam comprando sorvetes para todos enquanto nos falávamos.

‘’Eu… não sei? Mas eu quero muito Tzuyu-ah! Por favor princesa me deixe fazer a audição!’’ – faz biquinho o que me fez rir muito já que ele parecia uma criança que estava pedindo doce para a mãe.

‘’Por mim pode fazer, seria muito bom ter você por perto! O único mal é que as meninas não vão deixar de olhar pra você…” – falo a última parte meio baixo pois estava envergonhada.

‘’quê? Se falar para dentro eu não escutou! Sou príncipe não sou vidente!”

‘’Eu não falei nada Kookie! Anda, vamos ter com o Tae opta e com a Sana unnie!” -pego na mão dele por razões desconhecidas e o levo até eles.

‘’Este dia vai ser bestial!” – fala Sana animada.

‘’Estamos esperando o quê? Que o arque feche? Vamos nos divertir!” – começamos a correr feitos maluquinhos pelo parque em busca do primeiro divertimento.

‘’Pessoal, se lembrem! Temos que tirar muitas fotos para mostramos mais tarde no Instagram!” – fala Sana, já pegando no celular.

‘’Tzuyu-ah…o que é o instagram?” – sussurra Jungkook no meu ouvido.

‘’Em casa eu lhe explico oppa!” – rio e sorrio para a foto.

‘’Tae oppa, me tire uma com carinha boba!” -Sana entrega o celular para Taehyung e faz carrinha boba.

‘’Ahhhh também quero!” – faço o mesmo com Sana e mais tarde os meninos se juntam a nós.

‘’Pessoal, tive uma ideia!” – fala Taehyung entusiasmado.- ‘’Vamos fazer desafios de equipa! Eu e a Saninha contra o Jungkook e a Tzu! Alinham?”

‘’Podem contar comigo!” – fala Jungkook animado.

‘’Primeiro na casa assombrada! Quem conseguir assustar a outra equipa vence!” – proponho apontando para o divertimento.

‘’Vocês nunca irão vencer!’’ – fala Taehyung literalmente pulando para a entrada.

‘’Isso é o que vamos ver!” – respondemos ao mesmo tempo.

E assim entramos na mansão dos sustos.


Notas Finais


Gostaram do novo capítulo? Alguma sugestão é só deixar nos comentários! Desculpem por algum erro ortográfico. Obrigada e até breve!! Kissus meus pandas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...