História "Parece...que gosto de você!" (Yaoi) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Histórias Originais Yaoi
Visualizações 240
Palavras 1.015
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiiiiiiiiiii


~Sorry pelos erros~


~Clark na capa~

Capítulo 2 - Cap 2


Fanfic / Fanfiction "Parece...que gosto de você!" (Yaoi) - Capítulo 2 - Cap 2

Clark P.O.V

_Não quero saber, vc vai continuar na faculdade sim. Não quero um zé ninguém na minha casa.- Estou eu aqui novamente escutando um sermão da minha mãe. Eloise Johnson.


Me chamo Clark Johnson, tenho 20 anos e moro nos Estados Unidos em New Orleans. Estou no primeiro semestre da faculdade.

Moro com minha mãe, meu pai (Larry Johnson) e meus 3 irmãos. (Nathan, Zoe e James).

Nathan tem 17. Zoe 17. James 19. Sim, eu sou o mais velho, embora não tenho mentalidade e nem responsabilidade. As vezes, eu acho que James é o mais velho, esse sim tem responsabilidade.

Como a maioria das pessoas dizem: "Vc tem 20 anos, mas tem a mentalidade de uma pessoa de 16 anos" 

E bem, isso é verdade. Por mim eu ficava em casa, saindo com os amigos, jogando vídeo, dormindo, bebendo, transando e bebendo o dia todo. Mas, fui obrigado á fazer faculdade porque segundo minha mãe: "Vc tem obrigações como outra pessoa qualquer, vc tem que ser alguém na vida"

Uma coisa que eu odeio, é quando mandam em mim.  Dizem que eu sou bem galinha, eu não acho. Eu sou um galão isso sim. 

Já havia me esquecido, meu melhor amigo se chama Trevor Geick. Somos amigos desde de 2 anos de idade, segundo algumas pessoas ele é esquisito, nerd, solitário, bipolar, depressivo e outras coisas que não lembro. Dizem que ele é essas coisas, por causa da mãe dele. Ela era meio doida, tinha problemas mentais.

Mas, enfim ele é meu melhor amigo e meu parça. Ele sempre usa roupas largas e grandes, sempre anda de capuz, é quieto e na dele. 

_Clark Johnson.- Sou tirado de meus pensamentos por minha mãe. Olho para frente, ela estava com as mãos na cintura e as sobrancelhas arqueadas.

-Oque foi mãe?

_Oque foi mãe? Vc não ouviu nada do que disse, não é moleque??- Diz saindo da cozinha, sem ao menos esperar eu responder. 

Já vi que ela não vai falar comigo pelo resto do dia. Suspiro, afasto a cadeira para trás, levanto e saio da cozinha. Vou pro meu quarto, preciso tomar um banho para sair com a Ashlay. 

Entro dentro do meu banheiro, fecho a porta a trancando tiro minhas roupas, ligo o chuveiro e entro embaixo da água morna. Quando a água foi de encontro com minha pele, senti meus músculos relaxarem. 


~~ 

-Mãe, vou sair.- Digo descendo ás escadas, ela olha do sofá para mim e diz: 

_Oque? Só chegar a sexta feira, que vc vai sair sábado e domingo também. Porque vc não fica em casa pelo menos uma sexta ou o final de semana?

-Ah mãe, a semana inteira eu fico em casa. Sexta e o final de semana é minha folga.- Me aproximo do sofá.

_Que folga oque.- Me aproximo da senhora, deposito um selar em sua bochecha e na da Zoe..

-Tchau.

_Espera vai sair para aonde?- Pergunta minha mãe.

-Sair com uma garota.- Assim que digo isso Zoe revira os olhos. Bem, ela sabe que saio com as garotas para transar e depois descarto. Não quero um relacionamento sério, só quero curtição. 

_Use camisinha.- Minha mãe diz.

-Oque? Eu não vou transar com ela mãe.

_Huhum, me engana que eu gosto. Eu sei que vc só sai com as garotas para transar, Zoe me disse.- Olho para Zoe com um olhar mortal e a mesma manda um beijinho.

_O Trey vai?- É assim que a Zoe chama o Trevor.

-Não néh.

_Vou chamar ele para vir aqui.- Meio que a Zoe, adora o Trevor. Ela pega o celular e disca o número dele.

-Tá, tchau.- Digo e recebo só um tchau, que é da minha mãe.

Vou até a porta da frente, abro e saio a fechando. Vejo James, descer de sua moto, vou até ele e o cumprimento.


-Eai.- Bato em sua mão. Ele tira o capacete e diz:

_Oi, a mamãe está ai?- Diz apontando com a cabeça para a nossa casa.

-Sim, ela e a Zoe.

_E o Nathan?

-Tá na casa de um amigo.

_Hm e vc vai para aonde?

-Adivinha.- Digo sorrindo.

_Vai transar?

-Acertou.

_Como que alguém consegue transar todo dia?- Diz incrédulo, solto uma pequena risada pela sua cara.

-Conseguindo....Oh empresta sua moto.- Digo a pontando para a mesma.

_Não, porque não vai com o carro? 

-Estou proibido de usar.

_Os dois?

-Sim.

_Porque?

-Lembra, que eu peguei o carro da mamãe para ir numa festa?

_Lembro.

-Então, eu bati ele num poste quando estava voltando da festa. E ai, a mãe e o pai me proibiram de usar os dois carros. E eu só vou poder usar novamente, quando eu tiver responsabilidade.

_Então nunca.- Diz rindo.

-Engraçadinho, mas vai me empresta ai?.

_Não, vai que vc bate minha moto.

-Mas eu não vou beber.

_Foda-se, vc não vai usar minha moto. Pega um uber.- Diz abrindo a garagem e colocando a moto lá. Olho para ele com cara de: 'Seu pau no cú', ele manda tchau e entra em casa.

Ouço meu celular apitar, pego o mesmo e era uma mensagem de Ashlay.

Ashlay~S2

"Oi gato, já cheguei cade vc?" 

Respondo: "Já estou chegando"

Guardo meu celular no bolso, olho pro lado e vejo Trevor vindo me minha direção. Sorrio para o mesmo, ele chega e nos cumprimentamos.


-Eai anão de jardim.- Bato em sua mão.

_Oi, Clark. Vai para onde? 

-Esqueceu? Vou sair com a Ashlay.- Assim que digo isso, o sorriso que estava em seu rosto sumiu.

_A-ah é, esqueci....Bom, vou lá entrar na sua casa. Sua irmã parecia uma doidah no telefone.- Ri.

-Ela sempre foi doidah.- Rio também.

_Tchau.

-Falou.

Ele vai até a porta e toca a campainha. Em seguida Zoe abre a porta e puxa Trevor para dentro de casa.

Sorrio com a cena e vou correndo para o ponto de ônibus. 

~~

Já havia chegado no Shopping, procuro por Ashlay e encontro a mesma perto do cinema.

Ela vem em minha direção sorrindo.

-Oi Cla...-Nem deixei a mesma terminar de falar e ataco seus lábios com um beijo quente.............





 











Continua..............................................




 


Notas Finais


Bye

Até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...