História Park Jimin - Akai Ito - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine Bts, Imagine Jimin, Jimin, Park Jimin
Visualizações 19
Palavras 937
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Park Jimin - Akai Ito - Capítulo 1 - Capítulo 1


🌻 Autora-on🌻

" Akai ito, é uma lenda que diz que quando a pessoa é destinada a outra, ambas tem um laço vermelho que as ligam, no dedo mindinho. O laço pode embaraçar, emaranhar, mais ele nunca quebra. O laço não é visível a olho nú, mais está la desde o momento do nascimento. Quanto mais longo estiver o fio, mais longe estão, e mais tristes estarão. Sequer a morte o rompe, apenas o alarga para se encontrarem em outra vida".

🌻 Autora-off 🌻

🍒 S/n on🍒 (S/n tinha 9 anos )

Hoje é meu aniversário, então, estou me arrumando para ir buscar o bolo com a minha mãe.

Terminei tudo o que tinha de fazer, até que sou avisada por minha empregada, que meu amigo Hoseok, queria me dizer algo.

Então, fui até a sala, onde avistei o mesmo, de cabeça baixa.

S/n- Oie, Hoseok. O que houve?

Hs- eu vou ter que ir embora, s/n.

S/n- Por que?

Hs- meu pai acha que se eu for para outro país, vou ficar mais avançado nos estudos, e no futuro, ter um bom emprego.

S/n- Diz para o seu pai que você não quer ir, se quiser, eu posso conversar com ele.

Hs- Você não entendeu s/n, eu quero ir, porém, não quero perder minha única amiga. *me abraça*

S/n- olha, quer um conselho? Vá, eu não quero prejudicar seu futuro, e, tenho certeza, de que quando crescermos, poderemos nos ver novamente, huh?

Hs- Tudo bem, adeus, s/n. *diz saindo pela porta*

S/n- Adeus.

Eu fiquei triste, pois Hoseok era um dos amigos mais próximos que eu tinha, mas eu preciso esquecer isso, afinal, hoje é meu aniversário.

Esperei minha mãe se arrumar, e fomos em direção a uma padaria, pegar meu bolo.

Chegando lá, minha mãe diz:

Mãe- querida, eu tenho que atender uma ligação muito importante, vai demorar um pouco, vá buscar seu bolo fazendo favor.

S/n- claro *sorri*.

Vejo minha mãe se afastar, então, entro na padaria, logo avistando um garoto, de cabeça baixa, chorando, e sentado em uma mesa um pouco afastada.

Eu queria poder ir lá falar com ele, porém, não tenho coragem, então, simplesmente, fui em direção ao balconista, e peguei meu bolo.

Quando estava prestes a sair, ouço um choro, e me doeu, então, me aproximei do garoto, sentando na sua frente.

Percebo que o mesmo, não tinha reparado na minha presença; então, encosto minha mão em seu braço, chamando sua atenção.

S/n- olá...meu nome é s/n. O que houve? Por que está machucado? Disse, depois de observar bem, e perceber, que o mesmo estava  com roxos nos braços.

???- oi, meu nome é jimin. Diz, e finalmente ergue a cabeça, me fazendo olhar para o seu rosto delicado.

Por um momento, sinto meu corpo travar, simplesmente não conseguia dizer sequer uma palavra decifrável.

S/n- ent...é..

Respiro fundo, olhando para seus olhos, que estavam lacrimejando. E finalmente consegui falar normalmente.

S/n- me responda, porque está machucado?

Jm- Minha vó morreu, e por isso, minha mãe aproveitou a oportunidade, para jogar a culpa em mim, dizendo que eu a estressava demais, e por isso, sofreu um infarte, então, ela me espancou

S/n- eu sinto muito.

Jm- não sinta pena de mim, é como se eu fosse um fracassado.

S/n- não diga isso...nao falei para ofender.

Mãe- s/n, vamos querida.

S/n- olha...jimin, eu não posso te deixar aqui,  nesse estado, vem comigo, depois minha mãe fala para a sua, que você vai dormir na minha casa, tá?

Não obtive resposta, então peguei seu braço, o colocando por cima de meu pescoço, ouvindo um grunhido de dor.

S/n- me desculpa, minha mãe vai cuidar de você quando chegarmos.

Quando avisto minha mãe, vejo a mesma vindo em nossa direção.

Mãe- o que aconteceu com esse garoto? Você  tá bem?

S/n- mãe, pega o bolo, eu esqueci lá dentro, ele pode dormir na nossa casa hoje?

Mãe- eu não sei não, você o conhece?

S/n- Érrr, sim, ele é meu amigo, depois eu te explico.

Percebo minha mãe me olhar um pouco desconfiada, mais em seguida, foi pegar o bolo.

Então, entro com Jimin no carro, na parte de trás.

Jm- não deveria ter mentido pra ela.

S/n- é só fingir que me conhece. Ou prefere ficar lá, machucado e sozinho?

Jm- não.

S/n- eu sabia, *sorri*

Minha mãe volta, e fomos para a minha casa. Cuidamos de Jimin, avisamos sua mãe, e a mesma aparentou não se preocupar nem um pouco com o filho.

Jimin disse que ela o espancava frequentemente, então, minha mãe denunciou a citada, e ela foi presa, por agressão ao menor.

Jimin passou a morar com o pai, e eu fiquei aliviada, pois o mesmo, estava mais feliz, e sim, eu e ele nos tornamos amigos muito próximos, e fizemos uma promessa, "nunca iremos nos separar, e caso isso aconteça, um dia iremos nos encontrar novamente ", e oque nos queríamos dizer com essa promessa? Simples, nunca iríamos deixar a distância, separar nossa amizade, e se nos ficássemos longe um do outro, iríamos nos encontrar, um dia, de qualquer jeito.

Meses e anos foram se passando, e nesse tempo, descobri que minha mãe estava com câncer, em estado avançado, e por isso, teríamos de viajar, para outro país, para ela poder se tratar.

(Eles tinham 16)

🍁 Jimin-on 🍁

A s/n irá viajar, eu estou tão triste, pois vamos ficar longe, um do outro.

Suspirei, entrando no carro, e observando o motorista dar partida no mesmo em direção ao aeroporto, eu iria me despedir de minha amiga, isso é doloroso.

Chegando lá, vejo a mesma vindo correndo em minha direção, pulando em cima de mim, me abraçando

🍒 S/n-on🍒

S/n- eu vou ter que ir, digo o abraçando mais forte.

Jm- eu não quero isso, s/n.

S/n-eu também não, mais é preciso. Adeus.

Jm- me prometa, que voltará, voltará para mim, para podermos ficar juntos novamente, por favor.

S/n- Jimin....

Jm- eu te amo, *sussura beijando minha testa*

S/n- eu prometo.








°• Continua •°



Notas Finais


Espero que tenha gostado, e me desculpe se estiver ruim.
Tchauuu ><


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...