1. Spirit Fanfics >
  2. PARK JIMIN - Meu Professor >
  3. Héctor,o boca aberta que ajudou a Sn a descobrir tudo.

História PARK JIMIN - Meu Professor - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 30 - Héctor,o boca aberta que ajudou a Sn a descobrir tudo.


Fanfic / Fanfiction PARK JIMIN - Meu Professor - Capítulo 30 - Héctor,o boca aberta que ajudou a Sn a descobrir tudo.


S/n: Alô? - ela diz desanimada, aquela não era a voz do Jimin -

Héctor: Você é S/n?

S/n: Sim, sou eu ,quem fala?

Héctor: Prazer S/n, sou Héctor.

S/n: Héctor..Oque deseja?

Héctor: Sou um amigo do Jimin, e preciso lhe contar algo - ele enguliu a seco -

S/n: Amigo do Jimin..? O-oque...oque você quer me contar? - ela perguntou confusa -

Héctor: Sim, sou um amigo do Jimin.. e, então..o jimin não está viajando não. - ele soltou,fazendo S/n suspirar -

S/n: Como não, ele,ele me ligou...eu não compreendo, oque você quer dizer?


Héctor: S/n, Jimin está doente.ele tem uma doença, ele nunca contou a você por achar que ela havia sumido. Mas acontece que ele estava errado,não sumiu droga nenhuma. Contudo, peço que me ajude.

Eu estava abismada. Como assim o Jimin estava doente e não me avisou nada?

Ele parecia tão saudável, porque ele mentiu?

Aigoo, estou tão preocupada.

S/n: Que tipo de doença ele tem? - ela murmurou -

Héctor puxou o ar com os lábios do outro lado da linha.

Héctor: Desculpe, mas Jimin não queria que você soubesse,isso você pergunte a ele.me desculpe. So quero que me ajude. 

S/n: Ele é inacreditável, qual é o problema? Porque eu não posso saber? - ela esbravejou -

Héctor: Vai me ajudar ou não? - ele perguntou esperançoso -

S/n: Eu posso fazer isso. - ela disse baixinho -

Héctor: Você está bem?  - ele perguntou preocupado -

S/n: Me desculpe - ela fungou - eu não entendo. Ele estáva bem, e...porque não quis me contar...ele não confia em mim? 

Héctor: Aigoo, você está chorando? - ele resmungou algo inaudível  - Não chore, ele está em tratamento. Vai ficar bem - ele suspirou - olhe só, beba uma água e descanse ,não irei conversar com você nesse estado.mais tarde eu ligo de volta. - ele iria desligar,mas S/n o impediu -

S/n: Espere..ele vai ficar bem não é? - perguntou aflita -

Héctor: É o que queremos S/n.Boa noite. - ele desligou -

O Celular escorregou de sua orelha lentamente enquanto lágrimas insistiam em cair

Ela o amava, e tinha certeza de que era recíproco. 

Amar significa confiar, então porque Ele não me disse a verdade.

Não confiou em mim. Isso é tão frustrante. 

Desliguei a luz e me deitei em minha cama, ainda tentando processar a informação.

Me virei de lado e agarrei o celular

Esperando ansiosamente a ligação do tal Héctor. 

S/n: Estou tão preocupada  - ela murmurou a si mesma apertando os lábios -

Tentei dormir, mas como o esperado,não consegui, meus pensamentos estavam cheios de Jimin..

[...]


Encarei aquele quarto ,vendo os primeiros raios de sol entrar pela janela.

Não irei a escola hoje. É, eu não  vou.tenho certeza que meu rosto no momento não é um dos melhores. E eu não to pra isso hoje.

Me levantei da cama sem nenhum pingo de vontade e me arrastei até o banheiro. 

Liguei o registro e juntei as mãos levando a água corrente até meu rosto,fechei a em seguida e me encarei no espelho.

Suspirei irritada 

Olheiras visíveis ,como eu previa.

Ouço batidas na porta e saio do banheiro indo atender quem quer que seja.

Omma: Filh..Oque houve com o seu belo rosto? - ela disse dando um gritinho, suas mãos caminharam até o meu rosto e seu polegar alisou as olheiras -

Desviei o olhar e pigarriei 

S/n: Não é nada.So não tive uma boa noite de sono.

Ela me olhou preocupada 

Omma: Você não vai pra escola hoje querida, venha, vamos tomar café - ela me guiou para fora do quarto pelos ombros -

S/n: É. Eu não iria mesmo - ela deu de ombros dando um meio sorriso - Não estou com fome.

Omma: Claro que está, venha,tenho que lhe  dar uma notícia ruim.

S/n: aigoo, mas uma? - ela susurrou irritada -

Elas desceram as escadas e se encaminharam para a mesa.

Taemin: Bom dia minha filha, e...oque houve com o seu rosto?

S/n revirou os olhos e murmurou um " Bom dia "

Omma: Taemin, conte a S/n..- ela murmurou tomando um pouco de seu chá -

Taemin: Acho melhor você contar querida.

Omma: Não  e..- S/n os interrompeu  -

S/n: Falem logo, Apenas falem huh? - ela murmurou segurando a xícara -

Taemin: Filha - ele coçou a nuca - você tem que voltar pro Brasil .

S/n se engasgou e o olhou incrédula, em seguida passou seu olhar para sua omma, que estava com um sorriso amarelo. 

S/n: OMMA! - ela gritou -

















Notas Finais


Perdoem a demora, e os erros..
Oque acharam?

https://www.spiritfanfiction.com/historia/filho-adotivo--jeonjungkook-17185605
Deem uma olhada,vocês iram gostar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...