1. Spirit Fanfics >
  2. Park Jimin - O Popular >
  3. Reencontro

História Park Jimin - O Popular - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Oie meus amores

Como vcs estão?

S/b - Seu sobrenome

Boa leitura para vcs ❤

Capítulo 25 - Reencontro


Fanfic / Fanfiction Park Jimin - O Popular - Capítulo 25 - Reencontro

2 anos depois 

S/n On 

Eu estava no final das minhas férias de verão. Eu acabei a faculdade,finalmente. Um dos meus sonhos realizados,eu estou muito feliz e orgulhosa de mim mesma. Aposto que minha mãe também ficaria orgulhosa de mim. Nessas férias eu não pude viajar,fiquei muito ocupada preparando a minha mudança para Nova York,eu vendi o meu apartamento atual de Seul. Me mudo amanhã mesmo,dia 29 de fevereiro. Eu quis me apresar mais quando eu recebi um e-mail de uma das melhores empresas de Nova York. Uma grande oportunidade surgiu na minha vida. Eu fiz uma entrevista de emprego on-line no começo de fevereiro,e eu passei para a segunda fase. Estou tão feliz e tão ansiosa,que nem dormi direito esses dias. 


••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••

E-mail 

De: Empresa Host 

Data:29 de fevereiro de 2020 06:40 

Para: Senhorita S/b

Assunto:Entrevista de emprego


Olá

A Empresa Host principal de Nova York lhe envia esse e-mail para comunicar que você é uma das pessoas escolhidas para a segunda fase da entrevista de emprego que acontecerá no dia 15 de março de 2020,às 06:30 da manhã. Espero sua presença senhorita S/b. 

Ps: Boa Sorte! 

••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••


Na manhã seguinte eu terminei de arrumar   minhas coisas    que faltavam. Antes de ir para o aeroporto,eu teria que ir à minha última consulta com o Doutor Drew. 


Drew: Eu estou orgulhoso de você S/n! Um ano de terapia,parabéns. - Ele me deu um abraço caloroso

S/n:Muito obrigada doutor! - Me separei do abraço dele. - Hoje é a minha deixa.

Drew:Vai para Nova York hoje,né? - Ele sorriu fraco 

S/n:Sim,e eu gostaria de saber,se você não conhece nenhum terapeuta que more por lá..sabe,eu não quero parar de fazer terapia. - Sorri 

Drew:Claro que conheço! Será um prazer te indicar ele,o nome dele é Ben,ele vai amar atender você. - Ele disse enquanto anotava o endereço e o número do Ben.  

S/n:Que alívio..muito obrigada doutor Drew! - Sorri aliviada 

Drew :Que isso,é sempre um prazer ajudar. - Ele riu - Fico feliz que esteja realizando os seus sonhos 

S/n:Eu também doutor,esperei muito por isso! - Suspirei 

Drew:Espero que tenha uma vida feliz em Nova York. - Se ajeitou na cadeira

S/n:Muito obrigada por tudo doutor! Não tem dinheiro que lhe pague tudo o que você fez por mim. - Me levantei e apertamos as mãos 

Drew: Faça uma boa viagem. - Ele me acompanhou até a porta e nos despedimos com um "tchau" rapidamente. 


  Fui para o aeroporto  com  toda  a  ansioedade do mundo no bolso e com um sorriso enorme no rosto. 


Jimin On 

O Gen estava no meu escritório,estávamos fechando a compra de mais uma pequena empresa,que em pouco tempo se tornaria grande em apenas receber o meu sobrenome. 


Jm:Qual é o nome da empresa mesmo Gen? - Estava sentado em minha cadeira com os olhos vidrados em meu computador 

Gen:Host! É uma empresa famosa,e não pequena como as outras. Se você comprar,irá se dar muito bem. O dono não venderia para qualquer um.. - Pigarreou 

Jm: Eu pensei  que  era  uma pequena  empresa  como  as  outras que nós   costumamos comprar,mas, eu  já ouvi esse nome,ou li em algum lugar  - Suspirei 

Gen:Só sei que ela vai ficar ainda mais famosa quando você se tornar o dono. - Sorriu 

Jm:Não tenho dúvidas. - Revirei os olhos  

Gen:Agora eu tenho que ir,tenho que ir ao médico com a minha mulher,ela tem que terminar o pré-natal,ela está no oitavo mês,com os pés inchados,a barriga maior que uma bola e com desejos estranhos..E nem me lembre do excesso de estresse! - Ele parecia cansado 

Jm: Eu não vejo a hora de ser pai também. - Ironizei 

Gen:Vai brincando.. - Sorriu. 

Jm:Pode fechar o negócio com a empresa Host. - Disse decidido 

Gen:Iria fazer isso mesmo sem a sua autorização. - Ele riu 

Jm:Tchau Gen. - Nós apertamos as mãos 

Gen:Tchau Jimin. - Ele sorriu e se retirou. 


Recebi um e-mail do dono da Host,ou,ex-dono da Host,o Maxy. Eu o conheço à dois anos,por frequentar várias festas e reuniões de empresas.  Ele me avisou que o Gen já entrou em contato com ele,e confirmou a compra por mim. Ele me passou os dados de sua conta,irei depositar o valor em três vezes. É muito dinheiro,eu tenho que confessar. 

O dia passou rápido hoje,e foi muito produtivo. Depois do trabalho eu me troquei e fui para a academia. Treinei meia hora antes de ir pra casa descansar. 


S/n On 

1 semana depois... 

Eu arrumei tudo em meu apartamento. Tem um quarto de hóspedes,um quarto de casal  com um banheiro,que é o meu quarto óbvio. Tem um banheiro no corredor, uma cozinha média,uma sala confortável,uma área de serviço e um espaço vazio que vai ser a minha biblioteca. Tudo o que eu queria. Me instalei rapidamente,deixei tudo do meu jeito. 


Dia 15 de março

Levantei às cinco da manhã,tomei banho e fiquei meia hora escolhendo uma maquiagem que ficasse boa em mim,a roupa eu havia separado na noite anterior. Era uma saia justa cor grafite,uma blusa de seda preta e um salto preto. Tomei café da manhã,escovei os dentes e deixei o cabelo solto mesmo,com uns cachos nas pontas. Descidi passar lápis de olho,rímel,um pouco de blush e um batom marrom matte,era claro,não queria exagerar. Passei um pouco de perfume, peguei minha bolsa e pedi um táxi em seguida. 

Durante o percurso eu não pude evitar de ficar deslumbrada com a visão de Nova York,era incrivelmente  linda essa cidade. Agitada,cheia de luzes logo pela manhã,eu já estava amando. 

Eu paguei o motorista e entrei na grande empresa Host. Fui até o elevador e subi até o quinto andar,assim que cheguei lá, a recepcionista do quinto andar mandou eu bater na terceira sala do corredor à direita. Ela foi super gentil comigo aliás. Assim que eu bati duas vezes naquela sala,ouvi uma voz masculina mandar eu entrar. 


X: Pode entrar. - Aquela voz me fez estremecer por dentro 

S/n: Licença senhor. - Entrei e fechei a porta em seguida.  

X: Meu nome é Maxy,me dê o seu currículo por favor senhorita? - Me olhou atentamente 

S/n: Meu nome é S/n,muito prazer. - Sorri gentilmente e entreguei o documento 

Mx: Seu currículo é perfeito,quase completo,mas,vejo que nunca trabalhou.. então supostamente esse seria o seu primeiro emprego,certo? -  Maxy direcionou seus lindos olhos verdes em minha direção. Ele aparentava ter uns vinte e oito anos. 

S/n:Certo. Eu nunca trabalhei e quando eu recebi um e-mail dessa empresa,que é uma das melhores,eu fiquei super feliz! Só de eu chegar até a segunda fase da entrevista já me deixa super grata. - Sorri,mas,estava muito nervosa. 

Mx:Eu fico feliz em saber que que existem pessoas que dão tanto valor a uma entrevista de emprego assim. - Ele sorriu,mostrando aqueles lindos dentes brancos. - Mas na minha opinião,você já está contratada. 

S/n:Sério? - Sorri ao ouvir aquilo 

Mx:Seríssimo! Eu vou te dar essa oportunidade senhorita S/n,já que é o seu primeiro emprego,eu gostaria de ouvir você dizer um dia com orgulho que o seu primeiro emprego foi aqui na empresa Host. Mas é claro que..você vai ter que se esforçar,e muito. - Ele disse enquanto analisava o meu currículo 

S/n:Muito obrigada senhor Max! Vou poupar as minhas palavras e vou demonstrar para o senhor o quanto eu serei útil na sua empresa. - Eu disse com entusiasmo 

Mx:Eu acredito! Mas essa não é a minha empresa  senhorita. -Sorriu fraco. - Eu a vendi para o senhor Park. Eu continuarei a trabalhar aqui porque ele me contratou para ser o chefe desse departamento,ele disse que era mais fácil deixar que uma pessoa que trabalha aqui à tanto tempo,continue trabalhando aqui em vez de contratar outra pessoa. 

S/n:Que bom que o senhor ainda irá continuar a trabalhar aqui.  - Eu sorri de uma forma sutil 

Mx:Que bom que a ideia te agrada,porque você irá ser minha secretária. - Ele se levantou. - E eu vou lhe mostrar a sua sala. 

Quando saímos da sala,pude ver que não havia ninguém na recepção para ser entrevistado,será que eu era a primeira ou a última? Ou eles chamavam uma pessoa por dia? 

Ele me levou até uma sala de tamanho médio,com uma mesa de madeira escura,havia um computador preto e um telefone da mesma cor em cima da mesa,uma agenda e canetas. 


Mx:Essa é a sua sala,a minha fica ao lado. - Disse suave

S/n:Uau..não acredito. - Disse boquiaberta 

Mx:Parabéns,por ora. - Sorriu nasalado - Seu primeiro dia será amanhã,esteja bonita como hoje. 

S/n:Estarei..- Sorri sem graça 

Mx:Fique à vontade. Até amanhã. - Se aproximou de mim e me deu um beijinho no rosto que estava corado. 

S/n:Até amanhã senhor Maxy. - Sorri e observei o mesmo se retirar da sala. 


Não creio que eu consegui um emprego..Depois de tantas coisas que aconteceram na minha vida,finalmente uma coisa boa! E mais um dos meus sonhos realizados. Uma lágrima solitária escorreu pelo meu rosto. 


Duas semana depois...

Estou à uma semana no meu novo e primeiro emprego,e estou me saindo muito bem! Esses anos todos de faculdade valeram à pena,meu Deus do céu. Valeu cada noite mal dormida. 

Estava enviando alguns e-mails para algumas empresas,comunicando sobre uma festa que teria na semana que vem. Seria uma festa grande por sinal. O motivo da festa,era para comunicar o mais novo dono da empresa Host. Eu estava muito ansiosa,nunca fui em uma festa de gala. Sorri com os meus pensamentos,até que alguém bateu na porta me tirando dos mesmos.


S/n:Entre. - Disse suave 

Mx:Está ocupada S/n? - Disse rapidamente 

S/n:Eu já acabei o que eu estava fazendo. Precisa de algo senhor?  - Olhei atentamente para ele. 

Mx:Não,eu só queria te convidar para almoçar. - Sorriu 

S/n:Ah sim. Eu adoraria. - Sorri gentilmente 


Estávamos no carro dele,que é muito confortável,ouvindo o rádio que tocava uma música calma,estava quase ficando com sono,ainda bem que ele puxou assunto. 


Mx:Eu não te falei,mas,nós vamos almoçar com o atual dono da empresa hoje! - Ele disse animado.

S/n:Nossa,que demais. - Eu disse empolgada. - Eu queria conhecê-lo mesmo. 

Mx:Ele é muito sério. - Arregalou os olhos - Até me assusta  as vezes. 

S/n:Vocês se conhecem à muito tempo? - Perguntei cautelosamente

Mx:Sim,à dois anos,mas,não somos muito próximos. - Disse suavemente. - Ele é um cara legal,não tenho o que reclamar sobre a pessoa dele, ele só preserva muito a privacidade,sabe? 

S/n:Eu entendo.. e ele faz bem! - Sorri 

Mx:Verdade,não deve ser fácil cuidar de tantas empresas. - Disse com os olhos vidrados no trânsito

S/n:Ele deve ser muito importante.  -Coloquei os meus óculos de armação preta e simples,minha cabeça  já estava começando a doer. 

Mx:É,e como! - Indagou 

S/n:Tenho que me preocupar? -Perguntei nervosa 

Mx:Só um pouco. - Tirou sarro de mim. - Aliás,você fica linda de óculos. - Seu comentário me fez corar. Eu apenas sorri em resposta.


Quando chegamos,o restaurante estava cheio,ele era grande..enorme na verdade e era muito bonito. A recepcionista nos levou até a nossa mesa onde tinha um homem com um terno de três peças da cor azul marinho,usava os cabelos pretos penteados para trás,ele estava sozinho bebendo uma taça de vinho. A beleza daquele homem era de tirar o fôlego!


Mx:Relaxa.. - Sussurrou para mim antes de chegarmos até a mesa. 

S/n:Vou tentar. - Sussurrei 

Mx:Boa tarde senhor Park! - O homem se levantou e estendeu a mão para o Maxy

Jm:Boa tarde Maxy! - Lançou um sorriso breve 

Mx:Quero te apresentar a minha secretária,senhorita S/b. - O homem direcionou os olhos para mim 

Jm:Boa tarde senhorita S/b. - Me cumprimentou com um sorriso gentil 

S/n:Boa tarde senhor Park. - Sorri de volta 

Jm:Por favor,sente-se. - Ele contornou a mesa e puxou a cadeira para mim

S/n:Muito obrigada senhor. - Me sentei cautelosamente 

Jm:De nada. - Me lançou uma piscadela e um sorriso breve e se sentou em seu lugar,assim como o Maxy

Mx:Espero que não se importe por eu ter convidado minha secretária - Meu chefe parecia meio nervoso 

Jm: De jeito nenhum. - Sorriu 


O almoço ocorreu super bem. O senhor Park era mais gentil do que eu imaginava ou esperava. O meu chefe parecia nervoso no começo,ainda bem que ele relaxou depois de algumas taças de vinho tinto. 


S/n:Com licença,eu vou ao toalhete - Acenei com a cabeça de leve e me levantei. 

Jm:Fica à vontade. - Sorriu e assentiu. O Maxy apenas assentiu e deu um gole em seu vinho. 


Deixei os dois homens na mesa conversando sobre negócios. Eu  subi um lance escadas virei o longo corredor que indicava os toalhetes,mas,derrepente eu senti uma mão me puxando pelo pulso direito,o pulso dos cortes...nesse momento eu senti um calafrio percorrer por meu corpo inteiro. A pessoa me prensou na parede gelada daquele corredor. 


S/n:Senhor Park? O que houve? - Perguntei espantada por sua ação 

Jm:Rosas.. você cheira rosas. - Disse suavemente 

S/n:O que está...dizendo? - Minha voz foi sumindo 

Jm:Posso ver os seus seios? - Perguntou com a voz rouca 

S/n:Como é que é? - Arqueei as sobrancelhas 




••CONTINUA••




Notas Finais


Por quê vcs acham que o Jimin quer ver os seios da S/n?

Me desculpem pelos erros

Até mais amores,beijos❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...