História Park Jimin! (JiKook) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 70
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - D


|Jimin|

Eu acho que Jeon Jungkook está brincando com o meu belo corpinho, pessoas, e vocês? O que acham? Mas, puta que pariu, eu nem chego a me importar. Já olharam pra esse garoto? Sério.

O seu físico, o seu jeito de falar as coisas tão naturalmente, o jeito de me encarar, o jeito que os seus olhos brilham do nada, a sua pegada. Meu Deus do céu. Pensem numa pegada. Aquelas pegadas que você sente o impacto das mãos com a sua pele, sentindo o pequeno ardor por ser uma pegada com força.

É aquele tipo de pegada que você super pede por mais.

- Porque eu quero você, nu, e gemendo alto, enquanto eu te fodo forte e fundo.

Vou nem mentir.

Arrepiei todinho, mundo.

A voz mais pornográfica que ele já usou comigo até agora, mas eu arrepiei legal. Imaginem um Jungkook dizendo isso a vocês.

Mesmo assim, eu arqueio uma sobrancelha, como se o que ele tivesse dito não me atingisse dessa forma, apenas me irritasse.

- O que disse?

- Você escutou, Park.

- Como tem tanta certeza de que eu escutei?

Jungkook apenas aponta para o meu rosto e eu imagino que ele esteja vermelho.

Essa porra só serve para transparecer os meus sentimentos, puta que pariu.

- Aish...- Resmungo baixo, virando o meu rosto.

- É, pois é.- Ele se vira de costas.

Suas costas são um pouco largas mas a sua cintura...

Ô delícia de cintura.

Espera, vamos corrigir essa frase.

Ô delícia de garoto.

- O que quer para o café da manhã?- Ele pergunta novamente enquanto pega uma frigideira.

- Ainda tem bolo?- Pergunto, caminhando até a geladeira ao seu lado.

- Não sei...- Ele faz uma pausa.- Espera! Como que sabe que tem bolo?

Fodeu, fodeu, fodeu.

- Sei de nada não. Sou inocente.

- Inocente?- Me olha.

- Sim, eu não fiz nada.

Ele apenas me observa por um tempo, com uma cara de tédio.

- AI, TÁ BOM. TALVEZ EU TENHA VINDO AQUI, DE MADRUGADA, ENQUANTO TODOS DORMIAM TRANQUILAMENTE.- Confesso.

- Veio assaltar a minha geladeira?

- Eu estava com fome! Eu quase não havia comido no jantar.

- A minha geladeira?- Arqueia uma sobrancelha.

Que palhaçada é essa?

- Foda-se.

- Olha a boca, honey!- Dá um tapa fraco em meus lábios, mas eu tenho a leve impressão que ele tentou ser o mais erótico possível.

- Olha a boca, honey!- Repito o que ele diz, fazendo uma voz fina, totalmente diferente da dele.

Ele apenas gargalha, como se fosse realmente engraçado e ele estivesse gostado da minha imitação.

- A minha voz não é assim!- Exclama, fazendo um bico.

Eu apenas rio vendo que ele me olhou de uma forma estranha, quase como se rir não fosse uma boa alternativa.

Saia de fininho, Jimin.

Saindo de fininho.

Saio de perto dele, deixando ele fazer o que bem queria ali no fogão.

ⓟⓐⓡⓚ ⓙⓘⓜⓘⓝ

Já é tarde. O céu já está escuro, mesmo com a lua brilhando maravilhosamente, ainda estava muito escuro. 

Era de se esperar, até porque, são exatamente meia-noite.

"Ah, e o que a coisa mais linda, gostosa e tesuda do planeta Terra está fazendo acordado a essa hora?"

Não sei.

Apenas não sinto sono, o que é algo normal.

Jungkook também está acordado mas anda pelas ruas de Busan. Eu nem sei onde ele se encontra exatamente. Isso me faz querer sair, não para ir à sua busca, apenas para sair mesmo, como quem não quer nada com a vida.

E eu vou sair, claro.

Chat de Hoseokão ♡, on.

Eu: HOSEOK

Eu: HOSEOK ME RESPONDE PORQUE EU SEI QUE VOCE TA ACORDADO

Eu: HOSEOK PARA DE TRANSAR COM O TAEHYUNG POR UM MINUTO, POR FAVOR

Hoseokão ♡: eU NAO ESTAVA TRANSANDO COM O TAE

mulek transante: ele nem está aqui :'))

Eu: isoladO

Eu: isoLAAAAAAADO

Eu: UUUUUUUUH

isolado do mundo ta licado?: vai tomar no cu

Eu: ain

Eu: bisha agressivan

bishan (agressiva): falA LOGO O QUE TU QUER, DISGRAÇA

Eu: oLHA O JEITO QUE TU FALA COMIGO, PIRANHA MAL COMIDA

bishan (agressiva): PELO MENOS EU TENHO ALGUÉM PRA ME COMER, E VOCÊ?

Eu: orran

Eu: precisa jogar na cara, fela da minha tia?

Eu: enfim!

Eu: bo sair?

joga mais, peranha: bo?

Eu: coisa burra do caralho

Eu: BOra sair?

joga mais, peranha: BO

burrinho (hoseok): mas pra ondeeeee???

Eu: bo num bar?

burrinho (hoseok): nós não podemos entrar

Eu: bo comprar bebidas e ficar chapada1?

inteligência: BO

Eu: BO

Eu: já vou aí

cachaceiro: peleza ;3;

Chat de cachaceiro, off.

Apago a tela do meu celular, sorrindo levemente.

É HOJE QUE PARK JIMIN SAI DE CASA SÓBRIO E VOLTA PARA O COMA ALCOÓLICO.


Notas Finais


capítulo bosta, i know :'))


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...