História Park Jimin:Uma Proposta de Vingança. - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), BLANC7, Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Taichi, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts
Visualizações 149
Palavras 1.857
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Foi mal pelo atraso,começou as aulas e tá um saco,mas a burra aqui tinha feito o capítulo ontem,juro por deus QUE TAVA FODA mais eu apaguei sem querer,por burrice,quis me matar na hora mas passou,fiz de novo,e não ta tão legal eu acho,mas espero que gostem💞

Capítulo 31 - - Só meu pai pode me dizer!


Fanfic / Fanfiction Park Jimin:Uma Proposta de Vingança. - Capítulo 31 - - Só meu pai pode me dizer!

{ Antes }

Jm: - Não importe o que você fale,eu ainda vou conseguir te ter! -

{ Agora }

{ S/n On }

S/n: - Preciso falar com Jimin,e perdir desculpas à ele de qualquer maneira! - Pego minhas chaves e saio,indo direto para casa da senhora Park. Mas durante o caminho lembro de minha conversa com Chull nessa manhã.

{ Durante à manhã }

Eu não prestava atenção no que chull falava, mas eu notava seu jeito esquisito comigo,ele parecia estar mais possessivo do que o normal.

Ch: - Quando se formamos vamos viajar para vários lugares,onde nós poderíamos ficar juntinhos,e sem ninguém para nós atrapalhar! - Põe seu braço em volta de minha cintura.

S/n: - Hmm..legal! - Forço um sorriso em que ele parece acreditar. Então ele me pega de surpresa,e me enche de beijos. Como foi totalmente inesperado para mim,não pude negar o beijo,mas ele para assim que nos falta ar. - Por que de tudo isso? -

Ch: - Nada,só estou beijando MINHA namorada! - Ele sorrir e eu novamente forço mais um sorriso. Então aproxima sua boca em meu ouvido e fala algo muito baixo que não consigo identificar suas palavras.

Ch: - Você vai ver meu amor,eu irei eliminar tudo e todos que tentar nós separar! - Após isso ele sela seus lábios em meu pescoço.

S/n: - O que disse? - Realmente não tinha escutado,então pergunto à ele,que solta um sorriso convencido.

Ch: - Eu apenas tinha falado que te amo muito! - Sela meus lábios com os seus.

{ Agora }

S/n: - É,ele estava estranho demais e eu só vim perceber agora! - Chego na casa da senhora Park e os seguranças me olham,e um deles se aproxima.

Segurança1: - Oi S/n,a senhorita por acaso veio sozinha? - O olho confusa.

S/n: - Sim,por que à pergunta? - O outro segurança se aproxima.

Segurança2: - Então quem era àquela pessoa de preto vindo logo atrás de você? - Me espanto e olho para atrás para olhá-lo,mas não havia nada além de mim e os seguranças.

S/n: - Mas não tem ninguém! Espera..vocês falaram..pessoa de preto? - Meu coração acelera.

Segurança1: - Sim! -

S/n: - Não é a primeira vez que essa pessoa me segue! - Eles se olham entre si preucupados.

Segurança2: - Creio que veio para falar com a senhora Park,pois bem,ela está no quarto dela,pode entrar mas..evite contar para ela sobre isso! -

Segurança1: - É só para evitar pânico,então não conte,por que nós vamos ver quem é essa pessoa certo? - Aceno e eles abrem o grande portão. - Agora,entre! - Eu ando lentamente,ainda com um pouco de medo,mas um deles me empurra levemente para mim entrar inteiramente na casa da senhora Park. Eu entro e subo para o andar de cima à procura de Jimin nos corredores.

S/n: - Jimin? - O chamo,mas me assusto pois quem apareceu foi a senhora Park.

Srª.Park: - Uh,S/n? O que está fazendo aqui? - Se assusta.

S/n: - Aii senhora Park,que susto! - Ponho a mão em meu peito por conta do susto e ela rir.

Srª.Park: - Desculpe,mas o que veio fazer aqui minha querida? - Me recupero do susto e me aproximo à ela.

S/n: - Eu vim me desculpar com Jimin! -

Srª.Park: - Ahh..estranho,os seguranças não lhe avisou? - Se aproxima da janela para tentar vê-los.

S/n: - Não avisaram o que? -

Srª.Park: - Jimin viajou essa manhã! -

S/n: - Viajou? - Ela acena ainda olhando para a janela. - E-então por que ele não me avisou? -

Srª.Park: - Eu não sei minha querida,não fique assim uh! Ele deve ter esquecido. - Me olha. - Estranho não estou vendo os seguranças ali na frente. -

S/n: - É que..eles..foram olhar ao redor da casa para ver se estava tudo bem com a segurança da casa! - Minto e provavelmente ela tenha acreditado.

Srª.Park: - Ok,mas agora,me diga por que veio se desculpar com Jimin,o que fizeram dessa vez? - Me convida para entrar em seu quarto e eu entro junto à ela.

S/n: - Eu não sei como falar,e também não sei se a senhora irá me entender! -

Srª.Park: - Bobagens,você já se abriu para mim uma vez,então não tem problema nenhum de fazer isto de novo,você sabe que pode confiar em mim! - Ela acaricia meu rosto enquanto eu suspiro fundo,pensando a melhor maneira de me abrir com ela.

S/n: - É que ultimamente estou muito confusa,eu acho que estou gostando de duas pessoas ao mesmo tempo..- Sentamos.

Srª.Park: - Continue minha querida. -

S/n: - Ontem chamei Jimin para passar uma tarde comigo,só pra me acompanhar e me ajudar esquecer esses pensamentos confusos,mas quando falei à ele que queria esquecer esses problemas, ele se revoltou,por que...ele sabia o que eu queria esquecer,e foi aí que começamos a discutir. Ele dizia que não conseguia entender como eu podia amar uma pessoa que só me machucou esse tempo todo,ao invés dele. -

Srª.Park: - Ele se preucupa bastante com você,mais do que nele mesmo! - Ela parece não entender que eu estava falando de Chull também,mas é melhor assim,se ela souber que ainda gosto de Chull mesmo depois de tudo que ele fez, ela me mataria.

S/n: - Ele dizia várias vezes que me amava e que eu amava ele,mas o meu orgulho falou mais alto,e acabei por dizer que não amava ele! - Mordo os lábios tentando conter o choro.

Srª.Park: - Ôh minha querida não fique assim! - Põe suas mãos em cima das minhas. - Eu sei que está sendo difícil para você tomar decisões assim,mas tente se esforçar mais,tente ser forte,pois tudo nessa vida é recompensado no final,só precisa ter paciência e força,eu sei que você consegue! - Segura e aperta de leve minhas mãos como motivação de força.

S/n: - Eu estou fazendo o meu possível,mas é tão..tão confuso! - Uma lágrima inusitada desce.

Srª.Park: - Eu sei meu bem,mas você vai tomar a decisão certa. Você pode não perceber agora mas logo,logo irá perceber que a pessoa que você tanto ama e procura está logo à sua frente,sabe por que sei disso? - Nego. - Por que já passei pela mesma coisa que você! -

S/n: - E como a senhora tomou a decisão certa? -

Srª.Park: - Simples,segui meu coração,demorei um pouco pra saber quem eu amava mas,quando eu parei para montar esse quebra cabeça,eu vi que meu grande amor sempre estava ao meu lado,não importa onde ou quando,ele estava lá,sempre me fazendo sorrir como nunca! E hoje em dia, estou muito feliz em ter escolhido ele para ficar ao meu lado. - Dou um pequeno sorriso de lado.

S/n: - Está falando do senhor Park? - Ela limpa minha lágrima e da um sorriso,mesmo ela dando um sorriso sem mostrar seus dentes,eu senti que ela estava sendo sincera.

Srª.Park: - Exatamente,então farei de tudo para ajudá-la! -

S/n: - Então me diga o que fazer,só lhe peço isso! - Aperto sua mão e ela percebe meu nervosismo.

Srª.Park: - Nesse caso eu não posso lhe ajudar,você tem que abrir seus olhos e seu coração para que eles possam enxergar a verdade meu bem. -

S/n: - E se eu não conseguir? -

Srª.Park: - Tente ser paciente,as coisas acontecem ao passar do tempo,e tenha responsabilidade com suas decisões,vai ter vários obstáculos para você quebrar. As coisas só estão por vir,você não imagina o tanto de coisas ruins que pode acontecer só para lhe enfraquecer... -

{ Jimin On }

Eu havia acabado de sair do avião,e logo na saída do aeroporto recebo uma mensagem de Hyun.

{ Mensagem On }

@Hyun: Que bom que já chegou meu amor,estou louquinha para matar a minha saudade em você,espero você em minha cama.💋

      @Jimin: Vai continuar esperando,nem que eu durma na rua mas eu não fico ao seu lado!

@Hyun: Não venha bancar de durão não,você sabe muito bem o que eu posso fazer,então é melhor fazer o que eu mandar ou então aquelas fotos serão enviadas para todos! Entendeu meu príncipe!

         @Jimin: Espero que você morra!

@Hyun: Também te amo!💋

              Jimin offline

          { Mensagem Off }

Jm: - Só quero que isso tudo acabe logo,para que eu volte e possa ver minha S/n o mais rápido possível,não posso nem imaginar ver ela ao lado de Chull novamente! - Falo para mim mesmo enquanto chamo um taxi para mim e assim que ele chega eu entro no carro. - Quanto mais tempo passo longe dela,é mais uma vantagem pro Chull conquistá-la de novo..- Abro meu celular com a última ligação,justamente a ligação de S/n,antes mesmo de nossa discussão. - Não posso te perder S/n! -

             { S/n On }

A senhora Park pediu várias vezes para que eu ficasse e fizesse companhia à ela,então decidi ficar,pois ela era uma ótima companhia à mim e eu era a melhor companhia à ela. Estávamos almoçando e conversando ao mesmo tempo para nos distrair um pouco.

Srª.Park: - Queria conhecer seus pais S/n! -

S/n: - Por que? -

Srª.Park: - Por curiosidade mesmo! - Sorrir.

S/n: - Tudo bem,eu falarei com eles sobre a senhora,vai que podemos nos encontrar né?! -

Srª.Park: - Isso,assim podemos marcar um dia para nos encontrarmos em um local para conversar apropriadamente. -

S/n: - Ahh..mas..acabei esquecendo de um detalhe. -

Srª.Park: - Qual? -

S/n: - Meu pai trabalha demais,quase nunca eu o vejo,sempre está ocupado com o emprego,e nunca tem tempo para nos vermos! -

Srª.Park: - Parece um de meus funcionários da minha empresa. - Riu.

S/n: - Sério? -

Srª.Park: - Sim,ele se dedica demais com emprego,ele diz que faz isso para dar tudo que as duas filhas dele precisa. Ele às vezes se culpa por não ter tempo para as filhas,ele disse uma vez que se arrepende de ser assim,pois uma das filhas dele já se revoltou contra ele uma vez. -

S/n: - Por que ela fez isso com o pai? -

Srª.Park: - Por que ele tirou a irmã da companhia da outra irmã,só para colocá-la em uma escola em outro país. - Encaro ela,pois ela parecia estar falando de mim,eu me revoltei com meu pai por que ele havia afastado Gisele de mim por causa da escola dela. - Só não estou lembrando o nome das filhas dele! -

S/n: - Qual o nome dele? -

Srª.Park: - S/p - Me levanto.

S/n: - Esse é o meu pai! - Ela se engasga.

Srª.Park: - Seu pai? - Aceno.

{ Lembrança On} (capítulo 19)

S/p: - Eles compraram? -

Gi: - Foi Jimin que quis dar à ela de presente uma roupas daquela loja. -

S/m: - Gostei desse garoto. - Reviro os olhos. 

S/p: - Essas roupas são caras,eu trabalho lá e acho que já ouvi esse nome. -

{ Lembrança Off }

S/n: - Meu pai trabalha para a senhora! - Ela faz cara de assustada mas não entendo.

 Srª.Park: - Pois é né,que coincidência! -

S/n: - Se ninguém me diz por que Jimin viaja no lugar do Senhor Park,irei perguntar ao meu pai,só meu pai pode me dizer! - Penso vitoriosa.

Continua?💕💕💕💕


Notas Finais


Espero que tenham gostado,e mais uma vez,desculpa pela a demora e pelo os erros💗
Deixem nos FAVORITOS💕COMENTÁRIOS💗 e ME SIGAM isso ajuda muito💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...