História Parque das Ilusões (Imagines BTS GOT7) - Capítulo 27


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Got7, Imagines Bts, Imagines Got7, Tag Bts, Tag Imagines Bts
Visualizações 712
Palavras 1.374
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nhaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaw!! Olá? Cara....... eu gostei muito desse imagine ( n sei pq). Ultimamente ando tendo um penhasco muito grande com os membros do BTS sendo empresários ou chefes de empresas! (MEU DEUS, EU MORRO EM IMAGINA-LOS COM TERNOS CAROS E AQUELE OLHAR DE DONO DO MUNDO).
Enfim!! XARAAAAAAAAAAAAAAAAAAAÃ, fiquem com ele aê.


Boa leitura!!

Capítulo 27 - Jeon Jungkook


Fanfic / Fanfiction Parque das Ilusões (Imagines BTS GOT7) - Capítulo 27 - Jeon Jungkook

          [A Primavera que te conheci....] (A:Esse título daria uma fanfic , maaaaaaaaan)

 

Era Primavera. Época das flores se desabrocharem, dos pássaros cantarem, do perfume agradável das flores invadirem o ar da cidade grande. Apesar da bela paisagem das árvores carregadas de botões maduros, Jeon Jungkook tinha que trabalhar.

  O rapaz belo, astuto, alto de ombros largos e cabelos negros atravessava a rua para dentro de uma cafeteria aconchegante. Na mesma, servia o seu café preferido: O famoso Café Macchiato, que lhe dava energia para seguir o começo do seu dia em seu trabalho, naquele seu escritório entediante.

- Bom dia senhor, o que vai querer hoje? - A balconista lhe lançou um sorriso doce.

- O de sempre! - Risonho, sem olhar para o cardápio oferecido pela funcionária, Jungkook já estava convicto do que queria.

Logo, o mesmo observou ao seu redor percebendo que era o primeiro da fila, e isso nunca havia ocorrido antes. Até agora.

- Aqui está! - Retirou sua carteira separando algumas poucas notas de dinheiro, entregou para a balconista pegando seu café fumegante logo em seguida.

Antes de desocupar a fila (que já havia aumentado), depositou uma nota de grande valor no pote de "Arrecadação para o abrigo de animais". Recebeu um "Obrigada" da moça que o atendeu, e partiu feliz para fora da cafeteria. Com sua maleta de couro preto e o copo de café em mãos, caminhou tranquilamente em direção a empresa onde prestava serviço.

   No caminho para sua empresa, uma moça atraente que vinha de outra direção da calçada as pressas, sem querer esbarrou em Jungkook deixando suas coisas (incluindo o café) cair no chão.

- Me desculpe, senhor! - A voz melódica e delicada como uma rosa fez o rapaz a observar.

- Não precisa se desculpar. - Se abaixou para pegar seus pertences que estavam esparramados no chão.

- Deixe-me ajuda-lo. - Se aproximou de Jungkook o ajudando a recolher seus objetos.

Suas mãos se encontraram em cima do copo de café já amaçado no chão. Envergonhados, se afastaram rapidamente os deixando corados.

- Sinto muito pelo café - Sorriu desconcertada para o jovem.

- Está tudo bem! - Sua gentileza era admirável, o que o tornava mais atraente.

- Eu posso lhe pagar outro café.

- Não precisa.

- Por favor, é o mínimo que posso lhe oferecer - Insistiu.

Jungkook sorriu um pouco tímido, mais aceitou o convite.

   O mais velho trajava um social preto e sapatos social, devidamente bem engraxados. Não era rico, porém, bom de vida.

Olhou seu relógio de pulso ( que por sinal era bem extravagante) e se assustou. Estava três minutos atrasado.

- Preciso ir - Ajeitou sua gravata e sua maleta, e logo arrumou alguns fios rebeldes que teimavam em desorganizar o penteado formal.

- A que horas podemos marcar o café?

- Pode ser às oito em ponto? - Coçou a nuca.

- Claro! Na mesma cafeteria?

- Sim

- Então até mais tarde.

Deram um breve aperto de mãos. A jovem já estava prestes a virar a esquina, quando Jungkook se tocou.

- Ei, espere! - Correu em direção a moça, que se voltou para trás. O olhou um pouco confusa. - Não sei seu nome - Sorriu envergonhado.

- Me chamo S/N - Sorriu ladina ao ver o rapaz recuperar o fôlego.

- Me chamo Jungkook, muito prazer - Coçou a nuca um pouco inseguro. - Então...até mais tarde - Estava prestes a se retirar, quando se virou novamente sorrindo. - De novo.

Arrancou um riso abafado de S/N que logo se despediu novamente.

 

[...] (A: Aprendi a usar isso ksksks >.<)

- O jantar com o Sr.Morgan, está marcado para às oito e meia. - A secretária pessoal de Jungkook adentrou seu escritório muito bem decorado, com seu ipad em mãos se ponde afrente de sua enorme mesa de vidro.

- Por favor, adie para a próxima semana - Sem retirar o rosto de seu Notebook, o mesmo se via cercado por papeladas prontas para serem assinadas e analisadas. Era a pior parte de seu trabalho.

- Mas Sr.Jeon, se não fechar o contrato com ele, correrá o risco de ser demitido!

- Srt.Patterson, as empresas do Sr.Morgan não terá nenhum lucro sem a nossa ajuda. - Sua secretária fez uma careta.

- O seu Chefe já sabe do cancelamento?

- Ainda não - Suspirou - Mas deixe que eu mesmo resolvo isso.

- Está bem, senhor. - A Srt.Patterson  fez uma curta reverência, e sai do escritório.

Em sua mesa, Jeon Jungkook apertou o Interfone.

- Pois não, Sr.Jeon? - Sua recepcionista estava do outro lado da linha.

- Sra.Li, avise ao meu Chefe que sairei mais cedo, e que o jantar de negócios de hoje foi cancelado.

- Sim, senhor.

Depois de seis longas horas de trabalho, o rapaz pegou seu paletó que estava estendido sobre a poltrona de couro marrom em frente a uma grande estante de livros, caminhou em direção a saída de sua sala. Olhou seu relógio de pulso enquanto adentrava o elevador para o piso inferior.

 

[...] (A: Ninguém me segura mais U.U )

Eram oito e dez, Jungkook havia ficado preso por conta de um cliente que o reconhecera na saída do prédio. Já estava no meio do caminho se xingando mentalmente por fazer uma moça o esperar, e mais, não gostava de se atrasar.

Avistou a cafeteria já a frente ajeitando sua gravata e paletó. Sorriu para S/n ao vê-la ainda ali.

- Sinto muito pelo atraso - Sorriu sem graça se sentando afrente da mesma.

- Está tudo bem. O senhor deve ser um homem bem importante - S/N observou disfarçadamente o seu traje que aparentava ser muito caro.

- Por que deduz isso? - Jungkook sorriu ladino observando S/N, que corava lentamente com suas encaradas repentinas.

- Está trajado de maneira formal.

O rapaz soltou um riso nasal.

- Meu chefe. Ele gosta muito de esnobar sua formalidade a todos, ou seja, todos os funcionários devem se vestir assim - Indicou seu terno.

- E no que trabalha?

- Podemos dizer que eu sou um "caçador de contratos", e você?

- Eu sou fotógrafa - Retirou a câmera de sua bolsa.

Passaram-se algumas horas. Jungkook e S/N conversaram sobre várias coisas, se conheceram melhor e até trocaram contatos. Pediram suas bebidas, sorriram, deram boas risadas. Estavam se divertindo muito. Mas, já estava tarde.

A noite surgiu alertando a hora de se despedirem. Os dois estavam na frente da cafeteria esperando seu motorista trazer seu carro.

- Gostei de te conhecer, S/N - Jungkook sorriu doce para a moça que sorria também.

- Digo o mesmo, Sr.Jeon - Riu divertida sendo acompanhada logo em seguida do rapaz.

Seu carro havia chegado. O homem que o trouxera buzina alertando sua chegada. Era um carro preto brilhoso que de longe dava para o enxergar, Jungkook se gabou para a jovem dizendo que havia acabado de sair do lava-jato.

- Eu tenho que ir - O mesmo já estava com sua afeição séria.

- A gente podia se encontrar novamente? - Sorriu tímida.

- Eu adoraria. - O maior se aproximou da moça depositando um beijo em seu rosto.

S/N um pouco corada não pode conter um sorriso inesperado.

- Até breve. - Disse a moça o abraçando repentinamente.

Jungkook tomou um susto no começo pois não era acostumado a receber afeto, mais logo retribuiu o abraço. S/N observou Jungkook caminhar com seu paletó nos ombros e uma de suas mãos no bolso de sua calça social de marca em direção ao carro.

Parou em meio a porta do veículo e se virou para a mulher.

- Você....- Mexeu em seus cabelos nervosamente - Aceita uma carona no meu humilde carro?

S/N não conteve um riso nasal e concordou se aproximando do carro "Humilde" de Jungkook.

- Onde mora? - Se sentou ao lado da moça , já dentro do veículo.

- Em SpringCity.

- É um bairro muito conhecido, me lembro de ter fechado um contrato em uma das empresas locais. - Fez uma cara de pensativo. - Julius - Chamou a atenção do seu motorista. - Para SpringCity, por favor.

- É pra já, Sr.Jeon. - O homem de pele bronzeada deu partida.

 

Continua?.....

 


Notas Finais


Man!! Me sinto uma escritora Profissional!! já até sei usar o [...] lssksdsldksld

ESPERO QUE TENHAM GOSTADO!!! Querem continuação?? quero ver !

Te encontro nos comentários?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...