1. Spirit Fanfics >
  2. Partes da Lua >
  3. Primeiro encontro.

História Partes da Lua - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Primeiro encontro.


Fanfic / Fanfiction Partes da Lua - Capítulo 1 - Primeiro encontro.

Mesmo a vestir seus pijamas brancos como nuvens, acordaram de seus sonhos cheios de significado, cujo não entendiam. Acordaram todas, com partes de quebras-cabeças em mãos, e tiveram suas almas guiadas por algo sobrenatural à um elevador do cósmico hotel; e de lá, uma garota de lindas vestes azuladas e florais segurava um livro tão cintilante quanto suas vestes, as de simples roupas esbranquiçadas, se aproximaram, e colocaram cada uma suas peças na capa delicada capa livro, que deste uma áurea tão pura quanto o próprio anjo saía, fez que da parede fosse revelada uma enorme passagem, que dava em uma bela montanha, que em seu topo havia uma árvore tão perfeita, parecia de outro mundo. Todas de branco confusas estavam, e procuravam respostas com a de vestes azuis, que assim como o vento, apenas sua presença podiam sentir, mas não a ver. A mais velha dentre todas, deu um passo a frente, ergeu sua mão pós a se apresentar, curvando-se em frente às outras, fechou seus olhos e então ditou:

— Miyauchi Haruka é meu nome. Nasci em Shizuoka, Japão, no ano de 1993, e estarei aqui para guiar vocês, assim como minha alma está a me guiar. — Em alto e bom som falou para todas da sala, abriu seus olhos e pôde-se ver uma jóia brilhante, mais brilhante que as próprias estrelas pelo visto, surgiu na sua frente, Miya estendeu sua mão com cuidado, e a jóia neste instante fez com que sentisse como se toda sua vida passasse em seus olhos, e que seu corpo ficasse mais leve que a menor pena existente no mundo, e realmente isto ocorreu. Suas vestimentas mudaram para as de um ascensorista, cujas cores eram roxeadas com detalhes rosados, seus cabelos assumiram uma cor preteada, que faziam seus fios brilharem sob a luz lunar. Esta olhou para todas, e todas pudaram ver um brilho em seu olhar, um brilho profundo e verdadeiro, a japonesa deu um simpático sorriso e viu que apareceu em suas mãos, uma bela câmera, provavelmente dos anos 80. A segunda mais velha, ao ver aquilo tudo, pensou estar em um sonho, um sonho muito, muito confuso, não conhecia nenhuma garota dali, se sentia insegura. Miya, ao sentir a insegurança que a alma da segunda mais velha transmitia, se aproximou lentamente da mesma e acariciou suas bochechas, e olhou seus olhos de maneira intensa. Por um momento, parecia que suas almas haviam se conectado apenas com este contato visual, e suas áureas se tornaram mais fortes, parecia que haviam se conhecido em algum momento esquecido em suas memórias, mas que marcou suas vidas. Miya se afastou e acariciou novamente a bochecha da garota, dando um leve sorriso confiante.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...