1. Spirit Fanfics >
  2. Partidas No Amor >
  3. Não Conte A Ele.

História Partidas No Amor - Capítulo 56


Escrita por:


Notas do Autor


Eliot na capaaa

Capítulo 56 - Não Conte A Ele.


Fanfic / Fanfiction Partidas No Amor - Capítulo 56 - Não Conte A Ele.

Jacob- Ah ele está morando com vocês?!


Eduardo- Está, porque ele é meu filho! Já que você não soube cuidar, ele achou alguém que ama e cuida dele de verdade.


Isabel- Exato....você não tem o direito de mexer com ele. Ele tem 16 anos e é nosso filho.


Jacob- Óbvio né, pegar depois de grande é fácil demais.


Eduardo- Eu pegaria ele recém nascido, uma pena eu não o conhecer.


Miguel- Você sabe dar não é?! Foi bom né?! Agora ter que lidar com as responsabilidades, mas nem pra isso você serve!


Pai narrando——



Pai- Miguel Castro Fernandez García! Não fale assim!


Miguel- Tanto faz, vem Kevin...você não tem mais que leia-se com gente idiota!


Pai- Desculpe o meu filho, mas ele não está errado...


Jacob- Insultar um oficial da polícia não é errado?!


Pai- Pra mim você só pode ser respeitado se for um homem de respeito, tenha um b dia./ eu abri a porta pra ele sair.


Jacob- A mãe do Kevin está atrás dele.


Isabel- Ele não quer vê-la!


Jacob- Será mesmo?! Ela quer falar com ele, avise-o.


Pai- Se essa mulher aparecer aqui, eu mesmo tomo conta dela.


Isabel- Tenha um bom dia!/ ele saiu.


Pai- Não conte a ele.


Isabel- Mas ele não vai ficar chateado?


Pai- Não quero que ele fique ferido de novo.


///


Kevin narrando————


Kevin- Obrigado por me defender..... eu amo vocês.


Miguel- Eu com certeza te amo mais.


Kevin- O que podemos fazer?


Miguel- Eu nada, você tem um teste direção....


Kevin- Puta verdade, eu vou com o seu pai não é?!


Pai- Isso mesmo. / falou entrando.


Miguel- Tchau meus amores, vou relaxar um pouco, beijos.



Quando estávamos indo pra pista, o pai do Miguel parecia meio tenso.


Kevin- Aconteceu alguma coisa?


Pai- Não gosto do Miguel tratando as pessoas desse jeito.


Kevin- Normal.... mas ele faz isso porque gosta de defender a quem ele ama.


Pai- Então ele te ama muito, pra enfrentar um oficial....


Kevin-É, eu também amo ele.


Pai- Como foi a noite de vocês? Quero saber de tudo.


Kevin- Ah não, muito vergonhoso..../ corri.


Pai- Vocês cruzaram?


Kevin- Não..... mas a gente avançou um pouco. Eu me sinto perdido perto do seu filho.


Pai- Imagino, espero que tenham se divertido.


Kevin- A gente brigou feio ontem, ele estourou e eu entrei na onda junto.


Pai- O que aconteceu no baile?/ ele falou estacionando.


Kevin- A menina com quem eu fui me agarrou e todos descobriram que estávamos juntos./ falei tirando o cinto.


Pai- Nossa, e o Miguel fez o que com a menina?


Kevin- Jogou bebida na cara dela, e depois quebrou a cara de um homofóbico.


Pai- Nossa, a cara dele, mas ele precisa aprender a se controlar. Vou chamar a atenção dele sobre isso. Vocês se resolveram?


Kevin-Sim, já estamos melhor.


Pai- Eu quero que vocês enfrentem o medo de vocês amanhã, mas se alguém mexer com vocês, me avisem por favor. O Miguel é valentão, mas essas pessoas são muito malvadas.


Kevin- É eu sei.....


Pai- Bom, então vamos começar?


Kevin- Com toda certeza, estou animado!/ foi uma tarde muito gostosa. A gente conseguiu fazer bastante coisa e eu aprendi muito rápido. O pai do Miguel ficou me contando de quando ele dirigiu pela primeira vez, ele quase matou um ciclista.  Foi divertido, depois a gente foi tomar sorvete e ficamos andando pelo shopping juntos. A gente comprou alguns jogos e alguns doces pra gente comer enquanto jogasse.


/// Dia Seguinte


Miguel narrando———


Era uma segunda feira, a escola toda estava sabendo da briga. Eu fiquei com tanta raiva desde daquele dia que se alguém falasse uma palavra que me irritasse eu já meteria um murro!


Pai- Me avisem se mexerem com vocês.


Miguel- Ninguém vai pai.


Kevin- Tchau.


Pai- Tenham um bom dia./ ele falou beijando nossas cabeças.



Assim que eu e o Kevin pisamos no corredor, a gente ficou de mãos dadas. O corredor inteiro parou pra nos olhar, o Tyler me viu e ficou andando do meu lado.  O Lucas estava no corredor com a cara toda roxa e eu parei de frente pra ele.


Miguel- Nossa Lucas, quem fez isso com você?!/ ele me mostrou o dedo do meio./- Se você se meter comigo e o Kevin de novo, não vai ser só sua cara que eu vou quebrar!/ voltei a andar. 

Assim que chegamos no armário do Kevin, eu parei e vi o Nick, a Lisa e o grupinho deles me encarando. Eu puxei o Kevin pra um beijo na hora, o Tyler ficou nos zoando. O pessoal do terceiro veio em bando em nossa direção. 

Eu andei até eles sozinho, parei de frente pra eles.


Miguel- Algum problema?!


-Não....a gente só veio te avisar que não estamos do lado do Lucas.


Lucas- Seus traidores filho da puta!


Miguel- Que bom! Assim vocês me poupem de quebrar a cara de vocês também.


Tyler- Vem Kevin, vamos. / a gente desfilou com o terceiro pelo corredor inteiro. 



////Na sala


Chegou um garoto novo de na sala. Ele era bem bonitinho, parecia tímido.


Professor- Pessoal, temos um aluno novo aqui, se apresente por favor.


-Oi, meu nome é Eliot Adam e eu acabei de chegar de Chicago. Tenho 16 anos e 1,78 de altura, sou tímido e gosto de desenhar.


Professor- Obrigado Eliot, sente se do lado do Nicholas.


Miguel- Gente uma pergunta, Eliot não era daquele elefante da Era do Gelo?!


Kevin- É Elli o nome dela sua anta.


Miguel- Então só pode ser do esquilo....


Kevin- García cala a boca!/ falou rindo.


Miguel- Ah Keke, para de ser azedinho.../ falei sorrindo.


Kevin- Miguel, não me chama de Keke porra!/ a sala ficou rindo.


Tyler- Nunca pensei que o Kevin iria parar de ser grosso.


Kevin- Eu vou te mostrar o que é grosso.


Miguel- Tyler é grosso mesmo!/ a sala começou a dar risada.


Kevin- Miguel!


Professor- Alunos.... eu não quero saber de nada grosso aqui.


Tyler- Miguel, mostrou o seu brinde pra ele já?!/ a gente começou a rir.


Miguel- Nem aguentou quando viu!/ a gente começou a rir.


Professor- Miguel e Tyler! Querem sair da sala?!


Tyler- Não, agora o Miguel eu já não sei, ele adora sair no meio da aula pra relaxar....


Miguel- Gostava né, até conhecer um grosso caipira.../ falei cutucando o Kevin.


Kevin- Caipira é teu cu!


Miguel- Latino Kevin!


Professor- Já chega! Miguel, Kevin e Tyler, saem da sala.


Miguel- Ok. Kevin, to te esperando......



/// Intervalo 


Kevin narrando———


Eu estava na biblioteca cutucando o Miguel por debaixo da mesa, encostei o pé nele. Ele pegou o meu pé e colocou no meio das pernas dele.


Miguel- Aaah desse jeito eu não me concentro./ ele falou fazendo carinho no meu tornozelo./- Vou ir no banheiro, quer vir?


Kevin- Não, obrigado./ ele saiu e um garoto veio e derrubou um livro perto de mim.


-Desculpa...


Kevin- De boa.


-Kevin o seu nome, não?!


Kevin- Sim, você é o Eliot não é ?


Eliot- Sim, prazer.


Kevin- Já fez algum amigo?


Eliot- Não.... a não ser que nós podemos ser.


Kevin- Tá né....


Eliot- Nossa que desenho foda!/ ele falou pegando nos meus desenhos.


Kevin- Tira a mão./ ele me olhou nos olhos.


Eliot- Você é engraçado...aquele garoto bonito é o seu namorado?


Kevin- É, mas não fala que ele é bonitinho perto de mim, não gosto.


Eliot- Não estou secando ele, apenas um elogio.


Kevin- Eu já vou indo.


Eliot- Tá, obrigado Kevin. Você foi o único garoto que foi legal comigo, você deve ter vários amigos./ sai andando.


Notas Finais


Gente sério, vocês vão querer me matar, mas as mudanças dessas história vai ser radical KKK sorry


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...