História Partnes In Crime ( imagine V ) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Fugitivos, Imagine, Imagine Bts, Imagine Kpop, Imagine V, Parceiros No Crime, Policial, Romance, Suspense
Visualizações 48
Palavras 1.120
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drabs, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Literatura Feminina, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, essa Fic aqui pessoas so vai conter 2 ou 3 capítulos.
É estou muito feliz em fazer uma Fic do meu lindo, e mais do que lindo um deus grego isso sim♡
Espero que gostem♡
Então apreciem com moderação..ou não!
Bjs♡♡
É uma boa leitura.

Capítulo 1 - Uma pena de morte.


Fanfic / Fanfiction Partnes In Crime ( imagine V ) - Capítulo 1 - Uma pena de morte.

                 Partnes In Crime   ~ uma pena de morte.



_ senhor Kim taehyung! - o jovem juiz chamou o nome do moreno,para que ele viesse para frente do tribunal.

Assim o maior fez , com as algemas em seus pulsos os policias o deixaram em frente do juiz , que estava sentado em frente a grande mesa de madeira.

Eles se encaravam com um semblante sério, e um olhar de "desprezo" por ele.

Pelo o menos para o juiz.

Pois taehyung o olhava com uma expressão calma.

Uma expressão..

Brincalhona?

O homem no qual iria o julgar permanecia com a mesma expressão de antes.

E Quem não?

Se Você estivesse em frente de um criminoso estaria com a mesma expressão no rosto.

ops!

Digo..

Um Serial killer mas preocupado de toda EUA , de tudo e todos!

O silêncio habitava o local dos julgamentos.

Taehyung estava apenas olhando os seus pés enquanto o juiz o encarava.

_bom..- ecoou a voz do juiz o pelo tribunal, o homem desviou seus olhos do Moreno a procurava nas papeladas de tae.

De suas fichas, para ver os seus crimes cometidos nesses anos.

_ você matou quantas pessoas senhor Kim? - o homem perguntou com sua voz um tanto grave.

_bom..- tae ainda fitava seus pés pensando em sua resposta - acho que cinquenta, sessenta ou setenta talvez ! Não me lembro ao certo senhor juiz!

Falou o jovem com uma calmaria em suas palavras.

Tanta que ate deu um sorriso não tão grande, mas com um olhar um tanto inocente vindo dele.

Mas inocente esse não tinha nada.

Nada mesmo.

_então não se lembra de quantas pessoas você tirou a vida? - o algemado a sua frente assentiu freneticamente.

_não! Poderia ate falar que sou um cara puro e inocente! E que não faz esses atos um tanto vergonhosos para minha família! Mais saiba de uma coisa senhor..

_Park!

_isso! Park! - ele sorriu em direção ao juiz - poderia eu falar isso! Mas como todos aqui presentes sabem! - olhou ao redor rindo para as pessoas ali no local - eu sou o culpado por todas as mortes das garotas em que um dia pude as ver chorando pedindo que eu "por favor pare".

Ele começou a rir ali no local.

Sua risada ecoava pela sala, deixando um clima um tanto "tenso" la.

Sua risada foi impedida de continuar quando o juiz se levantou ficando de pé batendo fortemente na mesa de madeira.

_você acha que estamos aqui para brincadeiras? Isso aqui e um local de respeito! Eu Sou a lei! Então me responda com um pingo de vergonha na cara! Porque quem está se prejudicando e você!

A risada de taehyung foi parada.

_oque te faz pensar isso? - ele prendeu sua cabeça para o lado - oque te faz pensar que um dia vou respeitar a lei como se deve? Deu uma pausa olhando para o juiz- Você acha que sou um garoto bonzinho que respeita seus pais em quanto eles acabam de te da uma bronca? - ele negou com a cabeça sorrindo - pois saiba que não! - ele riu Largo e ajeitou sua postura olhando para o juiz - e Você ? - ele perguntou a si mesmo apontando para o juiz - e a lei como mesmo diz! E eu? Sou totalmente o oposto!

_e isso que eu estou vendo! - o juiz colocou a mão no queixo pensativo - que tal uma pena de morte perpétua , e desacato a juiz? - ele perguntou ao tae que o olhava ainda com um sorriso no rosto.

_ótima escolha!

_ sua pena vai para 100 anos de cadeia! Por 93 mortes em so apenas dois anos , e desacato a autoridade! - ele bateu seu martelo na mesa que fez um barulho no local - o levem daqui agora!

Falou o juiz sem um pingo de paciência para os polícias que vieram, e o pegaram com brutalidade pelos braços.

_foi bom conversa com você senhor Park Chanyeol!! - falou tae um pouco alto enquanto os policias o levavam para longe da sala.

[€]

Os passos dos polícias que levavam taehyung ate a cela eram bem ouvidos de longe.

Por um silêncio tremendo no local onde andavam.

Só estavam os três no pequeno corredor, um policial de cada lado do preso.

_você não presta mesmo taehyung! - falou a policial ao seu lado, que rapidamente tirou sua arma da cintura e disparou contra o policial ao seu lado.

Taehyung arregalou bem os seus olhos com o ato da mulher a seu lado.

_mas que porra..- ele não terminou de falta porque quando a mulher tirou o chapéu que usava a reconheceu rapidamente - MAYSSA!!!

ele sorriu de orelha a orelha quando viu a melhor amiga dele a sua frente, rapidamente foi a abraçar.

_aish me larga coisa! - ela falava o tirando de seu pescoço.

_e..- pemsou- você e louca!? - ele perguntou quando saiu de seu abraço

_louca!? Você que e louco! Você se entregou porque tae! Mesmo sabendo que iria morrer na cadeia!

_não sei ! - ele falou olhando para o lado pensativo - sei lá estava entediado de ficar solto sem "aventuras"

_e para você é uma "incrível" aventura vir se entregar para a policia, e morrer na cadeia?

_e sim! - sorriu

_você certamente é retardado mesmo!

_e você! veio me buscar porque? - o Moreno perguntou inocente

_ham? Aish so vamos logo taehyung! - ela falou pagando seus pulsos para tirar as algemas de ferro.

_aí! Vai com calma mulher! - ele falou

_calma? Daqui a uns minutos vão vim atrás de nós a procura de você! E de quem matou esse cara! - apontou para o cara morto que estava jogado no chão.

_por isso que te amo! - ele me abraçou novamente

_para com isso! E vamos logo!

Ela puxou o garoto para uma sala, na qual era o Dr os policiais se arrumaram para o trabalho.

Mas claro que tinha os vestiários para homens e mulheres.

Entraram no local e ainda bem que não tinha ninguém no local.

_vai ver nos armários um uniforme enquanto Ivo aqui na porta de vigia! - falou ela com os braços cruzados.

_Ta bom mãe! - ele disse irônico

Ela apenas revirou os olhos e ficou la na porta até que tae viesse.

E Se passa um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete minutos que o garoto não vem ainda pronto!

_Já tae!? - ela perguntou para ele já irritada com sua demora.

Na mesma hora o moreno veio já pronto, com a roupa azul de polícia.

_ai você ficou muito gostosa assim! - ela falou toda brincalhona.

_eu sei! Sou uma garota MUITO linda! - ela foi ate ele o batendo no ombro.

_vamos logo ! - ela falou , e o puxou para porta.

Mas é claro que colocaram os chapéus para não serem reconhecidos.

Quando abriram a porta foram surpreendidos por algo.

_AJUDEM !! TEM UM POLICIAL MORTO AQUI!!! - gritou uma voz masculina do corredor.

Os dois apenas se olharam e..

_fudeu...- falaram eles juntos.



Notas Finais


Bjs é obrigada por ler♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...