1. Spirit Fanfics >
  2. Path To The Light >
  3. Dia 25-03-1984

História Path To The Light - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Mudança de planos! Minhas aulas foram suspenças, vou ter mais tempo pra postar mais conteúdo pra vocês!

Por um lado isso é ruim, as coisas estão difíceis, Mas! Não vou parar de postar pra vocês.

Aproveitem!

Capítulo 2 - Dia 25-03-1984


~ "Dois dias se passaram, Eu , Demon, ainda não consegui me aproximar do tal "Anjo", Eu tentava falar com ela pelo vidro, Eu apresentei o meu nome a ela, porém , ela permanecia no mesmo ligar, Imóvel, no canto da parede, se protegendo com as próprias asas, apenas me olhava, fixamente pra mim, como se desconfiasse de mim" ~

~ "Eu contei quanto tempo "eles" nos deixavam conversar, cerca de 20 minutos, e deixavam a gente se ver de 4 em 4 horas, Suspeitei disso. Querem muito saber mais sobre ela, Mais pelo que Wallis me disse, Ela continua tento interrogatórios, Mais ela sempre se mantem calada, como se tivesse medo de responder, e que as ameaças não a afetavam, oque ela teme e maior que essas ameaças, Isso me assusta." ~

               - Dia 27-03-1984 -

~ "Acabo por passar mais uma coisa que eu chamo de "Tortura", Eles estão se aproveitando de mim, enquanto ainda estiver saudável, com forças pra me erguer, vão quer mais.. E MAIS. Quando não consegue oque querem.. Matam sem dó.. Os mais poderosos vão passar mas tempo aqui, e sofrer pelo resto de suas vidas, que sorte eu tenho." ~

Demon- " Eu.. Não aguento mais.." - De joelhos no chão, com a cabeça abaixada, se lamentava.

Demon- " Eu não tenho mais escolha a não ser.. " - Suspira pesadamente. Não iria dizer isso em voz alta, por Mais que quase tenha dito.

- Demon olha para o vidro, dava pra ver o outro lado. Naquele momento, pela primeira vez pode ver o Rosto do Anjo, Ela ainda permanecia longe do vidro, Estava ajoelhada, olhando com a cabeça inclinada com um pouco de preocupação para Demon. -

- Seus olhos eram verdes, como a floresta mais verde. Cabelo longo, castanho e cacheado, Tinha chifres pretos no alto da cabeça, usava as vestimentas brancas do local, Mais parecia usar algo abaixo e suas grandes e belas asas pretas como carvao. - 

~ "Ela.. Está preocupada comigo? Mas isso importa?! Ela finalmente se mostrou!! Ela parece ser incrível.. Não perca o controle Demon! Não pode falhar agora! Qualquer movimento suspeito ela vai recuar, precisa fazer com que ela confie em você!" ~

- Demon se aproxima um pouco do vidro, Mesmo com dor ainda queria falar com ela. Começou a escrever no vidro, Fazendo com que fizesse embassado e escrevesse "Meu nome e Demon, e o seu?". Ela olha com receio pra demon, abaixou a cabeça e olhou pro lado, Pensando. -

Demon- " SEU BURRO! BURRO! Olha oque você fez!!! Ela agora não vai querer responder, você é um Gênio Demon!! "- Mentaliza Demon, desesperado.

- Ela se aproxima do Vidro, em um movimento inesperado, E escreve no vidro "Mary".-

- Demon mais aliviado por não ter assustado ela, e feliz por finalmente saber seu nome, "Mary que nome bonito!" mentalidade ele. Em alguns segundos, Mary escreve novamente no vidro, "E você que fica fazendo barulho com aquela bolinha?" perguntou ela. Demon fica um pouco vermelho ao ler aquilo, que arranca um sorriso e até uma risada de Mary. -

- Demon pede desculpas por incomodar ela com o barulho de seu brinquedo. Ela nada responde. Demon pensa um pouco antes de escrever no vidro, e escreve "Confie em mim, vou tirar a gente dessa. " . Mary fica sem entender pouco, Mas concorda com a cabeça para Demon, Porém, dava pra saber que ela ainda estava desconfiada de Demon, Ela não tinha medo dele, muito menos dos caras que os prendiam ali, dava pra sentir que ela não é de desistir facil. - 

- O tempo acabou. O vidro estava novamente se fechando, ambos queriam ainda se conhecer, Mary ficou um pouco desesperada e se afastou do vidro, Demon fez o mesmo. Se separaram novamente, isso fez demon pensar em antecipar seu plano de fuga, Mais teria que ter mais informações sobre a rotina dos caras, isso era trabalho pro Wallis. - 

             - Dia 29-03-1984 -

~ "Alguns dias se passaram é esta indo tudo bem! Mary e eu estamos nos entendendo melhor! Ela a cada dia me conta do que gosta e eu também, estou evoluindo com ela, sinto que ela e uma peça chave para a fuga. Para que não so eu, Mais todos nós nessa base tenham liberdade! E lutar contra eles se for preciso. Com a Habilidade do Ruan posso saber onde cada cara está, Ele tem um tipo de Eco-localização muito útil, mas a distância dele de mim complica um pouco, contudo, ele vem anotando as rotinas e turnos dos caras, ajudando no plano, está indo muito bem. Wallis de alguma forma secreta consegue convencer os caras a falar informações valiosas, desde armamentos para nós conter, como todas as portas e trancas do local. Por enquanto, está indo tudo be, vou continuar mantendo contado com os dois. "~ 

            -  Dia 30-03-1984 -

- Demon estava em um corredor, com dois guardas a sua frente e dois atrás. Algo havia acontecido para aumentar essa segurança, Mais oque? Viram eles conversando pelo vidro? Era uma possibilidade. Demon estava aflito, com medo do que estava por vir. Chegaram finalmente em uma Sala, onde deixaram demon lá, Ele olhou em volta, avaliando a situação. Uma por tá se abre, e Demon passa por ela, Devagar... -

Demon- " Mais oque.. " - Olha para um ponto da sala, Era a Mary! Novamente se protegendo com suas grandes asas.

Demon- " Me dão acesso a falar clm a Mary, e agora me deixam falar pessoalmente com ela? Isso.. Não está acontecendo, oque eles estão pensando?! Que eu sou idiota pra cair nessa?! " - Mentalizou demon. 

Demon- " O Wallis não mentira pra mim.. Sobre ela, NÃO!... Ela realmente foi capturada certo?! Se ela não tem medo de falar.. Assim seja. " - Mentalizou demon. 

Demon- " Err.. Oi.. " - Falou calmamente com Mary, para que ela pudesse ver que era ele, seu "amigo". 

- Mary mesmo desconfiada olha pra Demon, Logo sai de sua zona de proteção é olha pra Demon, Não acreditando muito no que estava vendo, ainda desconfiada. -

Demon- " Você tambem está achando isso estranho né..? " - Demon tenta se aproximar um pouco de Mary, Logo ela se afasta.

Demon- " Oh.. Está bem " - Demon se senta no chão assim como Mary. 

Demon- " Posso.. Fazer algumas perguntas pra você? " - Fala em um tom amigável.

Mary- " Depende.. " - Fala um pouco rouca, Mais ainda sim, era a primeira vez que demon escuta sua voz.

Demon- " Não quero te causar desconforto, está bem? Sei que desconfia de mim, e da pra ver que ainda desconfia de mim.. " 

Demon- " Mais aqui.. E melhor você confiar nos da sua espécie no que neles.. "-Complementou Demon.

- Mary, mesmo com medo daquela situação, concordou em responder demon. -

Demon- " Não devemos ter muito tempo, mas vou se breve " 

Demon- " Como veio parar aqui? Eles realmente te capturaram? conhecia eles? " - Pergunta demon. 

Mary- " Estava voando em uma tempestade de neve.. Não via nada na minha frente, até ver que armadilhas voram jogadas contra mim, desviei da primeira.. Mas a segunda me pegou de surpresa.. Como estava perto do chão não tive muito impacto, ai eu acordei aqui.. " 

Demon- " Mais por que estava-- " - Algo o imterrompe.

Mary- " Não vou falar mais que isso. " 

Mary- " E não, não conhecia eles.. "

Mary- " So sei que de qualquer forma eu iria dar em algum lugar, Minhas asas estavam congelando, por pouco não quebraram.. " 

Demon- " Entendi.. "

~ Ela não parece está mentindo, da pra ver nos olhos dela o medo que ela passou, e que vai passar.. Wallis não mentiu pra mim, Mas e melhor suspeitar, nunca se sabe.. Vou continuar conversando com a Mary e tirar informações dela, claro que vou segurar ela que "Eles" não iram saber.. Mas a fuga está próxima. 

.

.

.

.

{~CONTINUA~ }




Notas Finais


Denovo um capítulo curto, maaaais pra primeira vez aqui eu acho que está suave ;u;

Vou avisar que esses capítulos sao feitos de cabeça, não são planejados de cabo a rabo, por que pra mim os feitos na hora são os melhores! Então me perdoem os Erros.

Até o Próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...