História Path Without Light (REVISÃO) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kaguya Ootsutsuki, Karin, Konan, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Pain, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Apocalipse Zumbi, Gaaino, Konanxpain, Naruhina, Nejiten, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 20
Palavras 1.404
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Luta, Shoujo (Romântico), Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - A noite dos Mortos



A juventude está sozinha
Não há ninguém para ajudar
A explicar por que é que o mundo
É este desastre que aí está

- Renato Russo
.


Konan Pov On
Ruas


Estávamos numa rua cheia de carros na nossa frente, e um policial falando algumas coisas no megafone

Não Saiam dos carros é perigoso aqui fora! - Dizia o policial - Não Saiam do carro em nenhuma circunstâncias!

No Ônibus...

Nos movemos no máximo 1km/h. - Disse Sasuke

Nem sei se chegaremos á ponte antes do amanhecer. - Disse Konan

Cale-se! Tampe essa boca! - Disse Sasuke ao ouvir Sakura Roncando

Tampar a boca? Mas eu estou com fome... - Disse ela

Ouvíamos tiros na parte de fora do Ônibus, e as meninas que estavam com o professor Shido só gritavam

Tudo bem. - Disse o professor para elas com uma cara maliciosa - Estamos Salvos aqui. - abraçou elas

Professor... - Disse uma delas

Não há nada com o que se preocupar. Está tudo bem. - Disse ele

Que nojo. - Disse Gaara 



Hinata Pov On
Estrada


Estávamos ainda na moto e fiquei olhando para as casas,lojas etc. E vi como tudo estava destruído na noite

Não há ninguém aqui. - Disse enquanto ele parava a moto

Ou eles fugiram ou morreram. - Disse Naruto

Se tivessem morrido,estariam vagando por aqui! - Disse

Ou então foram atrás de humanos. - falou Naruto

Veja Naruto! - Disse Apontando para um carro de polícia na outra rua

Sem licença,sem capacetes e com moto roubada,eles nos prenderá. - Disse rindo

Não me diga que está com medo de uma viatura após destruir tantas. - Disse sorrindo

Claro que não. - Disse e fomos com a moto até o carro

Quando chegamos perto vimos que um caminhão bateu no carro com dois policias mortos, eu não esperava por isso

Fala sério. - Disse Naruto - Hinata tem gasolina vazando do carro. - Disse ao ver que ela estava se aproximando - Não se aproxime.

Podemos acha algo útil. - Disse ela - O que está olhando? Devia ajudar!

Sai da moto esperando ela ver o que tinha de útil no carro

Sabe usar uma arma? - Disse colocando ela em cima da garupa da moto

Já assisti a alguns programas policiais. - Respondi - Só coloque o dedo no gatilho quando for atirar, certo?

O que foi? - perguntou ela

Ela é pesada. - Disse pegando na mão

É claro que é, isso não é brinquedo. - Disse ela

Só tem cinco tiros? - Disse Abrindo a parte das balas

Aqui Naruto-Kun. - Disse me entregando mais balas - É do outro policial. A empunhadura estava quebrada, mas parece que as balas ainda estão boas.

Estou impressionado. - Disse

Já vi a arma do meu pai. - Disse ela limpando a mão com um paninho - E acha que eu teria medo de sangue depois do que passamos? - guardamos as armas nos nossos bolsos e voltamos na moto - Quer jogar isso fora? - Disse mostrando o Taco e o Bastão

Armas não são confiáveis se você não sabe mirar. - Disse olhando para ela

Mas você se sente um pouco mais protegido, não é mesmo? - Perguntou ela me provocando

Paramos em um posto pois a gasolina estava acabando

Será Que eles ainda tem gasolina? - Perguntou ela

Todo posto tem combustivel suficiente para abastecer ao menos mil carros. - Disse - Com certeza tem. - Disse me aproximando do tanque - Droga.

O que foi? - Perguntou ela

É um posto de auto-serviço. Precisamos passar um cartão ou colocar dinheiro. - Disse

Então faça isso. - Disse ela

Comprei um suco,só tenho mais trinta ienes. - Disse

Imprestável. - Disse ela emburrada

Sinto muito por não ser o Sasori. - Disse gritando

Qual É o Seu problema? Quando o comparei com o Sasori? - Disse nervosa

Você me chamou de imprestável. - Disse ainda gritando - Isso significa que alguém é incrível se comparado a mim! Com certeza pensou no Sasori!

Você é muito imprestável. - Disse ela triste e na hora ele estendeu a mão - O que foi?

Dinheiro! Me empresta? - perguntou ele

Bem, minha carteira ficou na minha bolsa. - Disse ela envergonhada

E eu sou o imprestável? - Disse ele, e em seguida foi em uma lanchonete do posto - Espere por mim, grite se acontecer algo. - Disse e entrou - Tem alguém aqui? - Ninguém respondeu então arrombei a caixa registradora

Parece que alguém está se divertindo! - Disse Hinata na parte de fora - Eu devia parar de importuná-lo. - Disse se encostando na parede e sorrindo - Parece que alguém está me observando... - Disse olhando para os lados

Hinata? - Disse para mim mesmo ouvindo um grito na parte de fora, sai correndo e vi que um cara alto estava segurando ela e com a outra mão apontava uma faca em seu pescoço - Hinata, solte ela! - Disse gritando

Ei fique quieto! - Disse o homem - Ei, irmão! Sua namorada é bem bonita!

Solte ela! - Disse gritando

Idiota! Com se eu fosse fazer isso. - Disse ele - Para sobreviver neste mundo cheio de monstro, preciso de uma mulher - Falou apalpando os seios dela e Rindo

Você enlouqueceu? - perguntei porque ele ria estranho

Se enlouqueci?! Claro que sim! Toda a minha família se transformou naquelas coisas bem na minha frente! Eu... Eu tive que esmagar a cabeça de cada um deles! Meu pai, minha mãe, meu avô e meu irmão mais novo... Até a minha irmã que ainda está na escola! Como eu não enlouqueceria? - Disse se acabando de rir e enquanto ele ria Hinata empurrou ele e tentou ir na direção do Naruto mais ele pega ela pelos seios e a puxa de volta - Onde pensa que você vai? - Ela gemia de dor porque ele apertava muito forte

Hinata! - Disse

Sua voz e seus peitos são incríveis! - Disse apalpando de novo, ela estava vermelha - E eles são bem grandes. Ei, você come ela, não é mesmo? - ele perguntou para mim, mas não respondi nada estava muito furioso - Toda noite,certo? Ou... espere... Não come? - Ele começou a rir - Você é idiota? - ele apertava tanto que sua blusa que estava usando começou a sair

Naruto-Kun! - Disse entre gemidos

Ei,mande esse bastão para cá! - Disse o homem - Do contrário, ela morre. E... Levarei sua moto.

Ela está sem gasolina. - Única coisa que consegui dizer

Você arrombou a caixa registradora! Tem muito dinheiro! - Disse ele

Nesse momento joguei o Taco no chão causando um eco muito grande. E comecei a colocar o dinheiro e enchi a moto.

Ei, pode solta-la? - perguntei - Vamos ver se nossos pais estão bem.

Não ouviu nada do que eu disse? Se estão nesta cidade, seus pais tiveram o mesmo destino da minha família! - Disse ele

Pronto. - Falei tirando Bomba de gasolina da moto

Então saia. - pausou - Saia logo!

Ei você pode- _ tentava me aproximar deles

Cale-se! Quer que eu te mate? - Disse ele

Recuei mas na hora senti um negócio no meu bolso... A arma verdade! - pensei

Ei por favor- _ tentei dizer de novo

CALA A BOCA OU ENTÃO O MATAREI MESMO! - Disse ele apontando agora a faca para mim

Na mesma hora saquei a arma para ele e corri em direção dos dois e apontei a arma no seu ombro.

Nunca atirei antes, mas não posso errar á queima-roupa - Disse seco

E se a gasolina pegar fogo? - Disse ele engolindo seco

Então é bem melhor entregar a minha namorada. - Disse frio mas percebi que ela abriu um sorriso de orelha em orelha, em seguida atirei nele que caiu para trás

Não! Sangue... Sangue!! - Disse ele se contorcendo no chão

Como ousa? - Dizia Hinata com desprezo

Não faça isso,Hinata! - Disse Naruto calmo pegando a moto

Mas... - tentou dizer

Não temos tempo para lidar com ele. - Disse - Afinal... O barulho que fizemos foi alto - Disse apontando para rua, tinha vários zumbis

Ei, vai embora assim? - Disse ele gritando e segurando com a mão no ferimento - Vai me deixar aqui sozinho? Por favor! Ajuda-me! - Disse ele com muito medo - Ei! Ei! - Gritou vendo que tínhamos saído dali



Continua...


































Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...