1. Spirit Fanfics >
  2. Patrulha Canina e uma aventura... Humana?! >
  3. É Hora do Show

História Patrulha Canina e uma aventura... Humana?! - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Capa feita por mim!

Boa leitura!

Capítulo 8 - É Hora do Show


Fanfic / Fanfiction Patrulha Canina e uma aventura... Humana?! - Capítulo 8 - É Hora do Show

CAPÍTULO 8

 

É Hora do Show.

 

Q-quem são vocês? - Perguntou Zuma com sua voz meio falha.

Os dois estranhos ainda caminhavam em sua direção, mas quanto mais eles se aproximavam, mais era possível visualiza-los, e uma dessas observações foi de perceber que um deles era mais baixo que o outro, mas ainda assim eram altos o suficiente para ultrapassar Zuma, isso o fez pensar se deveria atacar ou permanecer parado e esperar que eles aparecessem por completo na luz.

Mas o moreno acabou visualizando um pedaço de cabelo sendo exposta pela luz do poste mais próximo dali, e aquela cor de cabelo era bastante familiar, então sem nada a perder decidiu seduzir quem era o suspeito dizendo:

 

R-Rocky? -- Perguntou o navegador com sua voz extremamente baixa, idêntica a de um sussurro já que estava torcendo mentalmente para que sua hipótese estivesse certa.

 

Zuma? -- Indagou seu melhor amigo de cabeleira cinza, agora finalmente sendo expondo perante a luz do poste, juntamente com alguém ao qual o menor dentre os três não conhecia. -- É você! Finalmente te encontrei, tem ideia de quanto tempo eu gastei só para achar você?!

 

Zuma dá um longo suspiro de alívio, não só por saber que era seu amigo Rocky, mas também agradeceu mentalmente por suas orelhas não terem se levantado durante este pequeno evento de segundos atrás caso contrário isso poderia acabar com sua vida, afinal ele não queria ser chamado de monstro pelas pessoas que o moreno sente tanto carinho...

 

-- Me procurando? Para que exatamente?

 

Zuma, olha! Vou te perguntar uma coisa e quero que seja sincero comigo, ok? -- Fala Rocky que segurava os ombros do menor.

 

Cara, eu sempre sou sincero. -- Zuma diz com uma face de confusão. - Mas, antes de mais nada, eu quero saber quem é o adolescente que está com você.

 

Esse é Ryder. -- Responde o mecânico com certa relutância. -- Nosso amigo e... Dono.

 

Olá Ryder! Prazer em... Como é?!?!?! -- Grita Zuma em plena surpresa. -- Dono?!?!

 

-- Zuma presta atenção! Preciso te fazer uma pergunta.

 

-- E qual seria?

 

-- Você tem um colar mais parecido com há de um bicho de estimação?

 

Oh... Está falando deste aqui? -- Zuma pega o objeto que possuía cores alaranjadas junto do pingente com um desenho de âncora no mesmo.

 

É ele mesmo Rocky! -- Diz Ryder empolgado. -- Eu sei que isso vai soar estranho, mas vocês não são realmente humanos são filhotes que ajudam outras pessoas com seus problemas e...

 

-- Rocky, seu amigo está bem?

 

Zuma, eu não estou brincando. Vocês só estão assim porque acabamos entrando em uma máquina do tempo para salvar a Skye e agora estamos presos em um tempo distante e sem suas memórias. -- Tenta explicar Ryder.

 

Se isso é realmente verdade, então pode me explicar o porquê de eu ser um humano e não um filhote? -- Fala Zuma desconfiado.

 

-- Não é uma afirmação, mas sim uma hipótese de que Marshall tenha batido em um frasco do laboratório onde estávamos e assim transformando vocês em humanos.

 

"Como ele conhece o Marshall?... Será que é verdade mesmo?" Pensou o pequeno aventureiro.

 

-- E se eu disser que...

 

Que você não acredita na gente? -- Rocky complementa sua fala. -- Simples, é só colocar essa coleira que está em sua mão no seu pescoço.

 

Como é? -- Fala Zuma desacreditado. -- Sério mesmo?

 

O que houve Zuma? Por acaso você está com medo? -- Diz Ryder de maneira desafiadora. -- Se estiver com me..

 

-- Eu não estou com medo!!! 

 

Então vá em frente, o que você irá perder? Absolutamente nada. -- Rocky cruza os braços esperando pela sua decisão. -- E então?

 

Tá bom! Vou provar que estão errados. -- Zuma começa a colocar o colar no pescoço. -- Eu não tenho medo!

Finalmente Zuma termina de colocar a coleira, ele olha para os lados reparando nas faces em sua frente que expressavam serenidade, como se estivessem refletindo sobre o que fazer.

 

-- Viram? Não aconteceu na..d..a... 

 

O menor dentre todos ali presentes, de repente acaba sentindo suas pálpebras ficarem pesadas e seu corpo começar a relaxar de imediato, sentia-se extremamente cansado, como se suas forças tivessem ido embora... Seu corpo só não caiu no chão gélido, pois Rocky e Ryder haviam o pegado.
 

Mas antes de adormecer por completo, acaba que por escutar um pouco da conversa dos dois indivíduos ao qual estava apoiado.

 

-- Isso por acaso é normal?

 

-- Não se preocupe Ryder, aconteceu à mesma coisa comigo quando a menina colocou o colar em mim....

 

E sem mais delongas seus olhos se fecham, apenas conseguindo enxergar há escuridão...

 

A entrada para o mundo dos sonhos.





 

 

[•••]






 

 

O sol se foi e a lua surgiu perante aquele céu estrelado, os postes começaram a se ascender, as ruas estavam quase desertas, pois os comerciantes de suas respectivas lojas estavam as fechando, outras ainda permaneciam abertas por serem de horário noturno e dentre todas elas a que mais se destacava encontrava-se num local muito movimentado e lotado de pessoas que estão no momento se divertindo com sua família ou amigos, eram servidos por garçons ou garçonetes, as empregadas corriam de um lado para o outro para que o buteco estivesse sempre limpo e impecavelmente perfeito, principalmente para sua atração principal...
 

Em um corredor que dava para os aposentos dos apresentadores, uma das salas em especial possuía algumas empregadas divididas em duas fileiras enquanto uma pessoa andava tranquilamente no meio delas, como se estivesse em um tapete vermelho.
 

As moças enfileiradas após verem sua estrela caminhar até seu aposento, abaixaram um pouco suas cabeças como uma maneira de mostrar respeito perante a mesma e iniciaram pequenos diálogos de elogios e avisos com leves sorrisos nos rosto.
 

Elas falavam coisas como:
 

-- Pequena dama! Faltam apenas 5 minutos para se apresentar.

 

-- Pequena dama, por favor, se arrume logo, está quase na hora de se apresentar!

 

-- Minha dama, a senhorita está muito bonita esta noite.

 

-- Espero ansiosamente pela sua apresentação no palco minha dama.


 

Muito obrigada a todas! -- Disse a garota com um sorriso sincero no rosto. Antes que a mesma fechasse a porta de seu cômodo, uma voz familiar soou pelo pequeno corredor.

 

Ei, você não vai se arrumar sem mim! -- Diz uma menina de cabelos lilás.

 

-- Everest! Achei que não fosse aparecer hoje.

 

Sem tempo para conversas Skye! Vamos, Eu vou te arrumar. -- Everest agarra o braço da amiga de um jeito meio desesperado e a leva, ou melhor, a arrasta para dentro da sala. -- Obrigada por avisarem, podem voltar a trabalhar sem se preocuparem.
 

As mulheres se curvaram e foram embora fazer seus deveres apressadamente.

 

Everest havia conduzido a garota de cabelos ruivos a se sentar em uma cadeira de frente para um espelho, pois queria pentear o cabelo da menor, depois de ter terminado com a cabeleira, Everest manda sua amiga colocar um vestido longo e quase rosado com assas decorativas nas costas e quando terminasse de vesti-lo a maior iria fazer alguns ajustes na roupa. 

Enquanto ajustava a roupa de sua amiga, a mesma pensou em puxar uma conversa para tirar o silêncio da sala e também passar o tempo.

 

-- E... Então? Como está indo com o trabalho?

 

Ah, o de sempre, eu subo no palco, canto uma música e recebo aplausos. -- Responde Skye com certa simplicidade.

 

-- Você já está se sentindo melhor?

 

-- Estou sim, mas por que a pergunta? Eu não estive doente em nenhum momento até agora e...

 

Eu não estava me referindo a sua saúde porque sei que você sabe se cuidar muito bem. -- Interrompe Everest. -- Eu quis dizer se você ainda... Ainda se sente perdida.

 

Skye ficou quieta por um tempo, o que acabou preocupando Everest.

 

"Será que eu devia ter perguntado?" -- Pensou Everest.

 

-- Não precisa responder se não quiser é...

 

Um pouco. -- Fala Skye meio cabisbaixa. -- Algo me diz que nós duas não pertencemos á este lugar, como se nossa vida não fosse esta.

 

-- Skye...

 

E para me deixar mais confusa, sinto que estou sentindo falta de algo ou alguém que é muito importante para mim... -- A menina de cabelos ruivos dizia tudo isso com sua voz já meio triste.

 

Ei, ei, ei! Não vamos ficar tristes com algo que ainda não temos total certeza está bem? -- Everest tenta tranquiliza-la. -- Olha você vai conseguir desvendar esse mistério, só precisa ter paciência.

 

-- Acho que você tem razão.


 

Mais é claro que tenho, amigos servem para isso. -- A maior se levanta da cadeira onde estava para analisar seu trabalho. -- E está pronta para arrasar corações.

 

Nem me fale. -- Skye dá um leve suspiro, mas ri da frase de sua amiga.

 

A porta do aposento de Skye se abre e lá uma senhora se faz presente na pequena sala, não por completo, somente metade do corpo da mulher apareceu pela fresta da porta.


 

-- Perdoe-me pela interrupção de sua conversa pequena dama, mas já está na hora da apresentação.

 

Vai lá, seus fãs estão te esperando! -- Everest fala enquanto empurrava de leve a jovem cantora em direção a saída. -- Se não, eles podem acabar ficando irritados pela sua demora.

Skye nada disse, apenas deu um aceno com a cabeça e começou a ir para de trás do palco que estava coberto por uma cortina vermelha, para evitar ser vista pelos visitantes do cabaré.

O funcionário narrava uma apresentação, para anunciar a chegada da mais famosa pequena dama, com sua aparência e belíssima voz.

As pessoas do outro lado aplaudiram, significando que as cortinas seriam apertas.

 

Com isso em mente, Skye suspirou de olhos fechados tentando organizar seus pensamentos e quando estava reabrindo seus olhos cor magenta brilhantes, ela já estava de frente para sua plateia agora silenciosa.

 

Suas últimas palavras antes da canção começar soaram como sussurros ao vento.

 

 

-- É hora do show...





Continua...


Notas Finais


Oieeee! Tudo bem? Espero que sim!
Bom mais um capitulo novinho! e com a aparição de mais um personagem:

Skye! Sim, eu fiz ela aparecer primeiro porque ela foi um dos personagens que chamou a atenção dos leitores ( a profissão dela).

E um recadinho para aqueles que estão esperando pela chegada de Chase:
O capitulo está muito próximo!
É isso! Bye bye!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...