1. Spirit Fanfics >
  2. Paulicia:Eu não consigo te entender mas posso tentar >
  3. Ele é um idiota

História Paulicia:Eu não consigo te entender mas posso tentar - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 10 - Ele é um idiota


Pov Alícia

Fui pra casa o mais rápido possível, será que ela já ouviu falar de mim? Bom não sei, acho que agora irei me concentrar no plano com o Dan, mandei mensagem pra ele, pra saber como ele tinha se saído

Ele disse que foi na casa dela e ela negou que estava traindo ele,eles se abraçaram e ele a beijou,o clima ia esquentar mas o Dudu (irmão mais novo dela) chegou e Dan teve que ir embora,ele combinou de sair com ela esse domingo, porém de manhã ele não pode pois ela tinha um "compromisso", então ele disse que combinou as duas da tarde e que vai chegar mais cedo e ver o "compromisso dela", eu concordei com essa solução, logo Val me mandou mensagem dizendo que iria vir na minha casa AGORA, fiquei com medo,mas eu n fiz nada e tava precisando conversar com ela mesmo

5 minutos depois

Bateram na porta e Mário abriu enquanto eu descia as escadas, quando a porta se abriu liberou uma Valéria totalmente irritada e possessa

"Oi Valéria" Mário disse e fechou a porta enquanto ela foi entrando, Val se jogou no sofá suspirando

"Oi Mário" ela pegou a bolsa e bateu em seu rosto

"Credo menina que loucura toda é essa?" Mário disse sentando na ponta do sofá,a abracei e acariciei seus cabelos

"Cala boca Bross" falei e ele se fez de ofendido mas ficou ali

"Val oq houve?" Ela se levantou e começou a caminhar de um lado para outro,eu e Mário a acompanhávamos com o olhar

"O que houve? O que houve? " A olhei como 'exato,oq houve?' 

"Eu e o Davi brigamos feio,é o nosso quinto tempo" arregalei os olhos, me levantei e a abracei

"Sobre oq brigaram?" Disse e Mário foi até a geladeira pegando um chocolate e alcançou para Val que pegou abriu e deu uma mordida, Mário sempre foi muito presente na nossa amizade,ele e Val sempre se deram bem

"Eu o acusei de traição e que ele tinha negado sexo e eu queria sexo" ela falou mordendo o chocolate 

"Espera ele negou sexo?" Mário perguntou 

"Sim" 

"Acho que a pergunta é você virou gay" Mário disse e nós rimos muito até Val fechar a cara e nós paramos de rir

"Será que ele virou gay? Não ele ta me traíndo e eu vou ter certeza,a primeira que ele pegar é a causa do meu chifre" Val disse e eu ri

"Por que não vamos numa festa sexta que vem e você beija um monte de bocas,em em" falei e ela abriu um sorriso e me abraçou

"Você é a melhor amiga do mundo" falou enquanto me abraçava

"Já irmã" Mário disse se levantando, lancei o dedo do meio pra ele que só riu

"Eu preciso de um conselho" Mário disse olhando para seus pés,eu e Val nos olhamos e sorrimos igual o coringa,meu maninho quer um conselho, pulamos de alegria

"Sobre?" Dissemos juntas e ele revirou os olhos

"Marcelina" nos olhamos com dúvida

"O que aconteceu com ela?" Val perguntou 

"Eu tenho que terminar com ela e não sei como" revirei os olhos e Val o encarou

"Pq vai terminar com ela?" Val perguntou inocente,antes dele responder eu abri a boca

"Pq ele é um idiota" eles me olharam com os olhos arregalados

"Sim, você é um idiota, você ama ela e vai terminar com ela pq seus amigos querem" 

"Isso é sério Mário, pq se for não vale a pena"

"Não é isso Valéria,e cala a sua boca 'maninha' você não sabe de nada"ele subiu as escadas alterado

"Ah eu não sei,te conheço Mário, você a ama, não vale a pena,ela é perfeita"

"Esse é o problema,ela é perfeita demais pra mim,acha que vou terminar com ela por 'moda' se fosse por isso jamais ia ter completado um ano de namoro com ela ontem" eu abri a boca em um perfeito 'O'   " Isso mesmo eu contei,eu lembrei de um aniversário de namoro,eu nunca fiz isso,eu nunca amei alguém como eu amo ela, e esse é o problema,eu não sei se quero amar agora, eu não to pronto e ela não merece a minha indecisão,ela não merece isso, será que eu posso ter a minha irmã pra me entender e me aconselhar" ele subiu e bateu a porta do quarto,eu fiquei quieta sentando no sofá novamente

Eu realmente não sabia oq dizer

1 hora depois

Val foi embora, conversamos sobre Davi mais um pouco, falei sobre Paulo também, Val ficou do meu lado e ficou brava com Paulo,subi as escadas e bati na porta do Mário

"Bross?"

....

"Bross?" 

......

"BROSS?!"

"Que é?" Ele abriu a porta e eu dei um sorriso fraco

"Tem que sempre me irritar né" me joguei em sua cama e ele bufou

"Nem um pouco folgada né" eu ri

"Eu to do seu lado ta?" Ele sentou do meu lado sem nem olhar para mim e eu suspirei

"Se você a ama, não tenha medo,se terminar com ela e ela seguir em frente,vai se sentir mal por tê-la perdido,por pura .. indecisão" disse e me levantei,fui em direção a porta

"Espera" Mário disse e quando me virei ele me abraçou forte,eu demorei para ceder mas logo eu o abracei de volta

Eu to aqui,eu sempre estarei aqui

Sempre dizíamos isso um pro outro é um dos nossos lemas o outro é com os Gusmans Ayalas ninguém se mete

Sorri ao lembrar, depois de longos minutos nos separamos e eu fui em direção do meu quarto,eu simplesmente amo o meu irmão,mais do que a existência do sol






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...