1. Spirit Fanfics >
  2. Pearly Eyes >
  3. Prólogo - Chapter 0

História Pearly Eyes - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


🍂| Boa leitura!

– Aurya é de minha autoria, seus cabelos são negros ( como os dos Uchihas) e seus olhos perolados.

Capítulo 1 - Prólogo - Chapter 0


Fanfic / Fanfiction Pearly Eyes - Capítulo 1 - Prólogo - Chapter 0

Pearly eyes, soft and sweet and

I will go down like the Titanic

Olhos perolados se encontravam com cabelos escuros e azulados no meio de uma sala principal, na qual pertencia a mansão Hyuuga.

- Hinata-chan! Eu vou ficar bem, não pertenço mais aos Hyuugas. Eles me criaram e sou grata a isso, mas não sou filha deles, não por sangue. Quero descobrir minha família biológica, e vou ficar bem.

Diz a garota mais nova, desde que descobriu a verdade sobre sua família e clã estava disposta a procurar sua família biológica. Era um momento difícil para Aurya, muitas coisas haviam acontecido nos últimos dias, Hiashi havia falado sobre sua família, seu clã, como eles lhe adotaram e aquilo era novo para a garota.

- Me prometa manter contato, vou ficar preocupada com você. Porque tem que partir agora? Não quer continuar aqui?

Dizia a Hyuuga mais velha, uma lágrima solitária desceu de seus olhos perolados.

- Não é isso Nii-chan, eu gostaria de ficar, sabe que amo vocês muito! Mas, é minha família biológica, quero saber o porquê daquilo, conhecê-los e descobrir porque nunca foram falar comigo. E eu vou ficar bem, vou ficar com a Karin e Suigetsu.

A mais nova da um sorriso fraco, tentando confortar Hinata, o que foi uma missão sem sucesso. Aos olhos de Hinata aquilo não era bom, Aurya estava arriscando demais em ir procurar sua família biológica, mas ela sabia que nada mudaria a cabeça de sua irmã.

- Ah… eu sei, você sabe se cuidar mas ainda tem aquela dor aguda em meu peito… Mas assim que chegar em Tóquio me avise. Aliás, acho que tem outra pessoa na qual você tem que conversar.

A mais nova das três aparece descendo as escadas principais para seguir caminho até as irmãs. Essa é Hanabi Hyuuga, a mais nova de nós.

- Aurya nii-chan? Como assim?

Pergunta ainda confusa e desce as escadas até elas.

- Vou viajar, conhecer minha família de sangue, Hanabi…

Diz a do meio e em seguida bagunça a cabelo de Hanabi.

- Ah… Tem certeza disso? Porque não fica? Quem vai me maquiar? Comprar roupas estilosa comigo? Desenhar manequins? Me ajudar nos deveres de casa? Lavar a louça no meu lugar, mesmo que seja a minha vez de lavar? Me levar até a-

Hanabi é interrompida de suas perguntas pela buzina do carro prateado, que esperava em frente á casa.

*pov* Aurya.

Aos poucos o sorriso que estava formado em meu rosto vai acabando com o passar das perguntas de Hanabi, ela era minha irmã mais nova e sentia muito por ir partir e deixá-la aqui, nos três tínhamos uma incrível conexão, sempre juntas. Sinto que esse caminho pode ser doloroso, ficar sem elas já é o começo da dor. Escuto a buzina e me levanto, agora era minha vez de partir, vou sair de Konoha. Vou até Hanabi e seguro suas mãos.

- Fique bem e estude, mocinha! Eu te amo muito, mas tenho que ir, vou voltar! Vou voltar para vocês!

Sorrio e assim Hinata vem até nós, último abraço coletivo.

- Hai, nii-chan!

A mais nova responde a assim aceno para elas, pego minhas malas com ajuda de Hinata e assim começa minha viagem.

[ Japão, Konoha.

7:52 da manhã. ]

- ACORDA AURYA, VOCÊ ESTÁ ATRASADA PARA A VIAGEM!

Grita a garota de cabelos avermelhados, Karin. Assim a garota abre as cortinas e sinto os raios de sol entrarem em meu quarto, iluminando cada local. Aquilo foi apenas um sonho? Sentia muita saudades de Hinata, Hanabi e Hiashi. Mesmo assim no posso voltar atrás. Depois da minha vinda a Tóquio descobri que um parente meu morava aqui, o que só me deixou com mais ansiedade do que antes.

- Calma, estou acordada, cabeça de tomate.

Me sento na cama, hoje eu partiria para a Universidade de Tóquio, que ficava mais ou menos á 3 horas de onde eu estava morando. De onde nós partiriamos.

- Acordou de mau humor foi, comadre florzinha?

A ruiva retruca e reviro os olhos saindo da cama.

- Já está pronta, Karin? Que horas são? Você se arrumou cedo hoje…

Digo olhando a ruiva que estava toda produzida. Utilizava um vestido xadrez nas cores cinza, preto e branco, e por baixo do vestido uma blusa preta com algumas rendas, que ficava amostra apenas na parte do pescoço e dos braços. Usava uma bota cano alto preta é sua maquiagem consistia no simples; um gloss avermelhado e um esfumado leve cinza. Seus cabelos como sempre, soltos.

- Me arrumei cedo? SÃO 8:02 DA MANHÃ!

Berrou Karin, eu amava tanto meus ouvidos, agora estou surda com toda certeza, obrigada Karin! Eu te amo por isso.

- QUE? Porque não me acordou antes palito de fósforo?

Respondo num tom mais alto, porém ainda sim não chegava aos pés do berro que Karin deu a uns instantes atrás.

- Porque a madame que você é tem sono pesado e nem os despertadores acordaram, e nem o Suigetsu te acordou. Mesmo que tenha berrado até altas horas.

Rebate ela e eu apenas saio, encerrando a conversa. Faço minhas higienes, coloco uma saia que leva as cores; azul, vermelho e preto. Uma blusa qualuqer preta que tinha achado e uma bota cano baixo da mesma cor que a blusa. Enrolo as mechas do meu cabelo, e assim saí um simples coque despojado com duas mechas soltas na frente.

- Terminou Aurya?

Pergunta Suigetsu gritando.

- Sim! Já colocou as malas no carro?

Afirmo e em seguida faço a pergunta, já que era um internato, ou seja, dormitório em duplas. Ouço Suigetsu afirmar com um "uhum" e assim desço do meu quarto para a frente da casa.

- São três horas de viagem, somos três então cada um faz 1 hora da viagem, ok?

Pergunta e eles concordam. O caminho inteiro conversamos sobre a escola, nossas expectativas, Karin ficou falando que se eu tiver um irmão na idade dela ela iria dar uns pegas nele, e assim foi nossa conversa. Assuntos aleatórios em geral.

[ Japão, Tóquio.

11:27 ]

Chegamos na escola um pouco tarde, haviam vários carros chiques lá, alguns mais básicos e algumas motos, em geral o estacionamento estava bem diversicado. Suigetsu estaciona nossa BMW i8 prateada em um dos locais e assim saímos apenas com algumas malas, outras ficaram no carro para pegarmos na volta.

⟦…⟧

A escola era gigante, entramos já perdidos, não sabendo onde era cada local.

- Karin e Suigetsu, vocês falaram que conheciam a escola!

Dou um grito para eles, eles disseram tanto nas férias, que conheciam, que era grande mas que eles tinham memória ótima e coisas deste tipo, resumindo:

Me encheram o saco as férias inteiras.

- Ah, agora explica tudo Karin. Vimos as fotos antes da reforma.

Diz Suigetsu olhando cada detalhe da escola, tão impressionado quanto eu pela imensidão.

- Tá. Vamos falar com eles, talvez saibam.

Sugeri Karin com um sorriso mínimo em seu rosto. Assim seguimos até eles, e como sempre eu tinha que falar com as pessoas, já que os dois recusaram.

- Vocês poderiam nos ajudar? É que essa ruiva falsificada e esse cabeça de tubarão não sabem de nada, nem da escola e nem da-

Me própria interrompo ao ver os olhos perolados de Hinata.

- Hinata-chan!

Salto em cima da garota sorrindo e meus olhos lacrimejam de alegria. Nunca pensei que iria encontrar ela novamente, mas cá estamos! Calma, desde quando ela veio para Tóquio? Seu cabelo agora cresceu muito, ela está muito bonita! Quem são seus amigos? Ah.. Eram muitas perguntas.

- Aurya-chan!

Ela envolve suas mãos em minhas costas, assim devolvendo o abraço.

- Oh bela adormecida! Não sei se você sabe, mas todos estão te olhando. Não só esse amigos da Hinata mas a escola inteira.

Diz Karin me chamando atenção e saio do abraço.

- Cala boca, cenourinha.

Retruco contra ela e me viro assim vendo várias outras pessoas ali com Hinata.

*pov* Hinata.

Sinto os braços de Aurya, e vai uma lágrima dos meus olhos, que saudades dela... Eu não á vi a 2 anos, era impossível que ela não tenha mudado nada. Minha felicidade no momento era inexplicável, fiquei tão alegre de a ver, meus braços se envolvem em seu abraço e dou um sorriso de lado. Assim que Aurya saí do abraço vejo seus amigos, Karin e Suigetsu, eu não era muito amiga deles dois, mas lembro que Aurya sempre brincava com eles quando éramos menores. Eu apenas a acompanhava nas brincadeiras, quase nunca falando com os dois.

- Olá Karin e Suigetsu!

Comprimento eles calmamente.

- Você disse Aurya?

Pergunta Sasuke em seu tom de voz típico.

- Ah.. Sim, Sasuke.

Afirmo para o maior que apenas desvia o olhar.

Sasuke.

Ao ouvir Hinata afirmar me congelou por dentro, lembro detalhadamente de cada palavra que minha mãe, Dona Mikoto falou para mim e Itachi.

⟦ Flashback on ⟧

- Querem ver a irmãzinha de vocês?

Dizia Mikoto segurando delicadamente uma garotinha, ela tinha apenas 3 meses e estava embrulhada em uma coberta roxa listrada.

- Qual o nome dela?

Pergunto Itachi.

- Aurya.

Respondeu com uma voz suave.

- Au-ry-a! Aur-ya... Aurya-a

Sasuke repetia o nome de sua irmã tentando aprender, claro com pausas e dificuldades.

⟦ Flashback off ⟧

- Aurya de que?


Notas Finais


🍂| E então, o que acharam?

Relevem se tiver algum erro de escrita.

| Roupas:

Aurya - https://pin.it/3Pbw5ZB
Karin - https://pin.it/1C2sP0e
Hinata - https://pin.it/u0kONny
Sakura - https://pin.it/2bTVGkC
Ino - https://pin.it/5xVQY8Y
Tenten - https://pin.it/3lNEeRC
Suigetsu - https://pin.it/131ILSt
Sasuke - https://pin.it/4Ujsyzr
Naruto - https://pin.it/tajHEyz
Sai - https://pin.it/6YXWAuw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...