História Pecado 121 - se apaixonar pelo seu escolhido - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Anjos, Bangtan Boys, Bts, Demonios, Jeon, Jimin
Visualizações 17
Palavras 1.231
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Jimin finalmente é apresentado


Jeon estava finalmente decidido , ele ia apresentar Jimin a seus pais , não como namorado mais como um amigo .

Faria essa “Surpresa” a Jimin , falaria para os seus pais que Jimin tinha feito uma viagem logo após de ligar a sua mãe naquele dia e que  ia fazer uma festa de boas vindas a ele , ia chamar seus amigos , estava animado para isso .

- Aigoo Jeon ! pare de me encarar ! – Jimin empurra Jeon de leve

- ã ? – Jeon balança a cabeça e sorri – Desculpa não avia percebido .

O sorriso de Jimin morre e ele faz uma feição de assustado .

- O que foi ?

- O Tae ! vamos Jeon , ele não está bem !

Os meninos saem do quarto de Jeon em disparada.

- aonde vai com essa pressa meu filho ?

- Mãe , depois de explico ! to indo no Tae !

Dito isso os meninos vão correndo para casa Tae .

Jimin sabendo o que aconteceu e Jeon boiando .

...

- AI ! – Tae exclama

- Por favor Tae agüente ! não podemos levar você ao hospital – Jimin exclama e mais uma vez coloca o pano morno por cima das queimaduras .

- Como eu vou explicar para minha mãe dois pares de braço quebraram o piso da nossa casa ?

- Dois pares de braços que fizeram queimaduras feias em seu tornozelo !  Porque eles fizeram isso ? – Jeon pergunta curioso

Tae engole a seco – Jin te falara ! vai até o  porão e o chame ele vai falar - Jeon concorda – Já volto .

Ele coloca a mão no ombro de Jimin que concorda e volta a fazer o curativo em Tae .

Enquanto isso Jeon descia ao porão , fora ali o lugar em que conheceu Jimin .

Sorriu ao lembrar .

Ele se senta na cadeira e facha os olhos – estou aqui meu Deus .

Jeon começa a sentir o nada , ele não sentia seus pés no chão muito menos sua bunda sentada na cadeira  .

- Não abra os olhos , confie ! – alguém disse isso a Jeon , mesmo com curiosidade Jeon se negou a abrir os olhos

- pode abrir ! – Diferente da voz anterior esta estava alegre como se estivesse sorrindo enquanto falava

Quando ele abriu se viu em um grande quarto , um quarto extremamente grande , talvez fosse pela falta de cama mais mesmo assim bem grande .

- Gostou ? é que eu tenho bom gosto ! daqui a alguns anos você conhece o resto .

Jeon prende o olho em uma pessoa , se vestia de trajes antigos , olhos castanhos assim como o cabelo , lábios grossos e um sorriso no rosto

- Perdoe-me você é ?

- Deus, Jin , o Criador , Rei , Kim ... tenho vários nomes !

Jeon arregala os olhos e engole a seco ... ele estava no Céu ?

-  Não fique assustado – ele se senta ao lado de Jeon – sabe esse era o quarto do Jimin , eu nunca tive coragem de tirar as coisinhas dele de lugar .

Jeon olha em volta e percebe alguns objetos que deviriam ser de Jimin .

- Isso ...

Jeon caminha a escrivaninha

- Sim , é sua chupeta e ursinho , a isso é sua roupinha que saiu do hospital , cheire ! tem o seu cheiro de quando era apenas um bebe .

Jeon coloca o pequeno macacão no nariz – porque ele guardou isso ?

Jin coloca a mão no ombro de Jeon – está na hora de falarmos de coisa séria , venha sente-se

Jeon senta na cama ao lado de Jin – Já deve saber o porque que Jimin saiu daqui .

Jeon nega – sei que cometeu pecados mais não sei qual .

- ele cometeu o pecado 121 , se apaixonar pelo seu escolhido .

Jeon arregala os olhos – ele é apaixonado por mim ?

Jin concorda – mais não é tão simples assim , se não ele não teria sido expulso – Jin engole a seco – Vocês em ipotese alguma podem se beijar ou ter alguma relação .

Jeon concorda minimamente – porque ? logo agora ...

- Eu sei pequeno , eu sei – ele acaricia os cabelos de Jeon – se vocês se beijarem ... você morre , Eu nunca falei nada para o Jimin porque .... porque pensei que ele não iria querer beijar alguém ! por favor ... Namjoon não gosta nem um pouco de você e não quero ter que te dar a ele .

Jeon concorda – pode deixar ... eu não vou beijar o Jimin .

- obrigada Jeon , sei o quanto isso dói em você ... pode deixar que eu falo com o Jimin .

Jeon concorda

- Oh não fique assim pequeno , Deus vai te dar a hora certa .

Jeon o olha torto

- Ah sim ! eu sou Deus ! – ele ri sem graça  - Bom nem o criador sabe de tudo ... te mandarei de volta .

Jeon concorda .

Então Jin fecha os olhos de Jeon com os polegares e novamente Jeon sente aquela sensação de estar voando .

- Finalmente pensei que ficaria assim para sempre ! – Yoongi exclama

Quando Jeon abre os olhos todos os seus amigos estavam a sua volta

- eu ... demorei ?

- Ficou Um dia e meio ai ...

Jeon arregala os olhos – Como ?!

- No céu as horas parecem minutos .- Jimin exclama

- percebi ...

Jimin parecia triste ao olhar de Jeon

- um anjo ! já falou comigo ...

- ah ... está explicado

- Eai ! – Hoseok me olha e aponta para o relógio .

- Claro ! – avia me esquecido totalmente – eu tenho que ligar para minha mãe um estante só !

(...)

- Tem certeza que seus pais não vão estar em casa ?

- Claro Jimin , se não , não pediria para aparecer aos olhos de todos .

- tudo bem ...

Jeon avia levado Jimin para uma sorveteria para o pessoal arrumar tudo .

- Olha Jimin , não importa que a gente não possa se tocar ... nada vai mudar , meu sentimento por você vai continuar o mesmo .

- o Tae disse para mãe que ele só pisou e o chão cedeu ... não foi que ela acreditou ?

- que ? – Jeon Segura a mão de Jimin – Não mude de assunto Park !

- Deixa eu processar para podermos conversar sobre ?

Jeon concorda , além do mais não tinha mais tempo , ele destranca a porta como se não tivesse ninguém lá dentro .

- Acende as luzes para mim ? – Jeon pede

Jimin concorda e liga a luz

- SEJA BEM-VINDO JIMIN ! – Todos gritam fazendo Jimin se assustar

- é muito bom conhecer o garoto da voz doce pessoalmente – a mãe de Jeon abraça Jimin

Jimin meio sem acreditar ainda abraça ela e olha para Jeon

- Achou mesmo que eu ia te esconder por todo esse tempo ?

Jimin sorri e abraça Jeon fortemente .

Além do mais não era uma simples apresentação , Jimin se sentia em família o que não sentia a muito tempo , e Jeon ... a ele se apaixonava mais e mais pelo seu escolhido ... tão errado mais tão belo .



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...