História Pecado capital - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gajeel Redfox, Grandeeney, Gray Fullbuster, Igneel, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Ur, Virgo, Wendy Marvell
Tags Auto-mutilação, Depressão, Gale, Mutilação, Naju, Nalu, Pecado, Pecado Capital, Stincy
Visualizações 318
Palavras 1.649
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OVOS GRAÚDOS!!! 19,90 A DÚZIA!!!!! FRESQUINHOS!!! NA PORTA DA SUA CASA!!!!

QUE SAUDADES QUE EU TAVA DE DIZER ISSO!!!! E SAUDADE DE VOCÊS!!!!!! EU ESTOU DE VOLTA!!!! Tá. Já deu de escândalo.

Bem como a maioria de vocês leu no aviso que eu mandei quinta feira, eu vou voltar a postar. E como presente de fim de hiatus, vou dar uma sessão spoiler pra vocês, vocês podem me perguntar coisas que eu tenho planejado para esta fic e até perguntar sobre futuros projetos.

É isso! Boa leitura!

Capítulo 9 - Não quero ficar lá sozinho


Fanfic / Fanfiction Pecado capital - Capítulo 9 - Não quero ficar lá sozinho

Leiam as notas iniciais


O sol já estava nascendo, e não um sol qualquer, o sol que vai simbolizar o início do verão, e também a última semana de aula dos alunos antes das férias de verão.

Na mansão Heartfilia, Natsu levanta da cama com dificuldade, pois seus pulsos ainda estão doloridos, ele deve ter perdido uma grande quantidade de sangue naquele dia, começava a se perguntar como não foi pro hospital por isso.

Lutou para ignorar a dor que sentia, Natsu se dirige ao banheiro, e se despindo logo em seguida, e entrando na banheira que já estava cheia.

Natsu: Deve ter sido a Virgo. _Sorriu e entrou na banheira, sentindo a água quente da mesma relaxar seus músculos, e fazendo com que a dor de seus pulsos suma completamente._

O rosado começa a pensar em como sua vida começou a mudar do nada, de um dia pro outro. Antes, ele era sozinho, apenas tinha Virgo como pessoa que se importava com ele, hoje ele tem Juvia, será que ele poderia fazer novos amigos?

Depois de muitos minutos na banheira, Natsu saí com e começa a se arrumar para a escola, em pouco tempo, estava com o uniforme de verão da escola, que tinha poucas diferenças pro uniforme normal, o blazer não estava incluso no conjunto e agora as camisas são de manga curta e a gravata é opcional. Mesmo com o calor, Natsu põe o cachecol de sua antiga família, e além disso algumas pulseiras para esconder seus pulsos, não iria usar ataduras, pois só iriam chamar ainda mais atenção.

O rosado desce as escadas e vai direto para a cozinha, vendo os funcionários prepararem os pratos da família naquela manhã.

Aquarios: EU QUERO VER ESSES PRATOS PERFEITOS SE NÃO IREI DEMITIR VOCÊS!!!! _A cozinheira da mansão grita e todos aumentam a velocidade que fazem os pratos, mostrando como a mulher de cabelos azuis tem autoridade dentro do ambiente da mansão._

Natsu: Como sempre gentil com os funcionários não é Aquarios-san. _O rosado diz entrando na cozinha._

Aquarios, a cozinheira da mansão, a primeira empregada da mansão na verdade, trabalha lá desde que a vó de Lucy, Anna Heartfilia construiu a mansão, quem olha a mulher que cozinha todos os dias, não diz que tem mais de 50 anos.

Aquarios: Natsu? _A azulada diz surpresa ao ver Natsu, que apenas se aproxima dela e abraça, sendo retribuído pela mesma._ Quanto tempo, parece que seu quarto te levava para outra dimensão.

Natsu: Sério? _Ele diz sorrindo brincalhão._ Desculpe. Então, eu tava procurando a Virgo, íamos tomar café juntos, mas não tô achando ela. _Diz olhando envolta do ambiente, procurando pelos cabelos rosas e curtos da empregada._

Aquarios: Ela está no jardim com a Lucy. _Pôs a mão no queixo e logo quando lembrou onde estavam apontou para a porta que dava para a área da casa aberta._

Natsu: Lucy.... _Ficou quieto, começou a pensar no que dizer a loira._

Natsu ficou muitos anos de sua vida de culpando pelo coma de sua mãe adotiva, e não só ele, Jude e Lucy, praticamente todos os funcionários da mansão pensavam assim, tanto que chegou em um ponto que Jude teve que trocar todos os funcionários do grande imóvel para garantir a segurança de Natsu, óbvio que o rosado não reparou nisso, estava ocupado demais remoendo suas mágoas em cortes e remédios anti-depressivos. Queria falar com Lucy, pedir desculpas a loira, por mais que não tivesse feito nada.

Aquarios: Tudo bem? _A azulada diz preocupada com Natsu._

Natsu: Claro. Vou lá, obrigado Aquarios-san. _Saí dalí em passos largos e segue em direção do jardim da mansão Heartfilia._

Quando saí pela porta, vê o grande ambiente cheio de flores, a área mais bonita da mais bonita da casa, na opinião de todos que passavam pela mansão.

Ele vê Lucy e Virgo regando as flores do lugar, assim como Natsu, Lucy trajava o uniforme de verão.

Virgo: Sabe que eu tenho muito orgulho de você não é Lucy? _A rosada dizia enquanto regava as rosas._

Lucy: Por quê? _A loira responde a pergunta de Virgo com outra pergunta._

Virgo: Por ter tanto carinho com esse jardim, tanto a Layla-san, tanto a Anna-san davam muito amor pra esse lugar, é a maior herança que vocês pode passar pros seus filhos. _Disse sorrindo e Lucy cora, mais também está com um grande sorriso no rosto._

Natsu: Desculpa interromper. _O rosado diz chamando a atenção das duas mulheres e Virgo sorri, enquanto Lucy apenas fica surpresa, o rosado nunca tinha aparecido no jardim, nem mesmo antes do acidente._

Lucy: Sem problema. _A face de surpresa de Lucy vira um sorriso sincero._

Natsu: Virgo, poderia me deixar sozinho com a Lucy, quero falar com ela a sós. _Disse entrando no jardim e Virgo apenas saí, deixando sua resposta implícita na sua ação. Natsu apenas se aproxima de Lucy, que agora olha para as flores azuis e com leves brilhos brancos, que não eram água que estavam a sua frente._ Oi. Qual o seu nome? _Disse, se referenciando ao momento que os dois se conheceram._

Lucy: Lucy. _Ela sorri olhando para Natsu, mas logo depois voltando a olhar para as flores._

Natsu e Lucy: Desculpa. _Os dois dizem ao mesmo tempo, e depois se encaram surpresos._

Natsu: Eu que preciso pedir desculpas, se eu não tivesse sido um idiota apressado, a mamãe estaria aqui, olhando para as Uranos.

Urano, a flor da família Heartfilia, ela de dia, parecia apenas uma flor normal, na luz do sol, mostrava um leve brilho, mas de noite, ela brilhava como as estrelas, a maior herança dos Heartfilias eram essas flores, nunca teve uma única geração da família que alguém não teve que cuidar das flores.

Lucy: Não... eu que preciso, por ser uma imatura e idiota, por te culpar por uma coisa que eu devia ter lidado de forma diferente. Me perdoa? _Olhou para Natsu, os encarando no fundo de seus olhos ônix._

Natsu: Sua idiota. Claro que eu te perdoo. _Agora os dois se abraçam, um abraço necessitado, a única coisa que faltava para que a história dos dois se resolvesse, era um alívio para ambos, era como se nunca tivessem "brigado"._ É ótimo saber que agora isso acabou. Agora vamos que temos que ir pra escola. _Levanta junto com a loira e tomam rapidamente café e em seguida vão para a escola._

QUEBRA DE TEMPO

Já na escola. Todos os alunos estavam conversando animados sobre o que fariam nas férias, praias, alguns vão viajar para lugares frios e também tem as pessoas que vão ficar em casa encalhados presos na Netflix. (Autor: Oi, fui mencionado cof cof)

Juvia: Vai fazer o que nas férias? _Juvia chamando a atenção de Natsu, que encarava as pessoas do lado de fora da escola pela janela._

Natsu: Até o momento nada. Mas eu tenho certeza que o meu pai vai fazer alguma viagem pra nossa casa na praia. _Disse simples e reparou que Juvia se encontrava com dois espetos com carne._ Deixa eu adivinhar, um desses é pra mim. _Apontou pro espeto na mão esquerda de Juvia, que apenas sorri e entrega a comida para Natsu._ E você? Tem planos? _Pergunta comendo as carnes do espeto._

Juvia: Nada. Só vou afundar minhas mágoas na Netflix e Drama Fever. _Disse soltando um longo suspiro._

Natsu: Vou te mandar muitas fotos de lá. _Sorriu e recebeu um leve tapa no ombro de Juvia._

Juvia: Isso... humilha. _Disse e vê uma mão tocar o ombro de Natsu e o rosado olha para o dono da mão, Gajeel, que tinha Levy ao seu lado._

Natsu: Ah. Oi Levy e... _Olhou para o moreno tentando lembrar seu nome._ Gajeel.

Levy: Oi. _Sorriu sem mostrar os dentes._

Gajeel: Nesqui de morango, você tá melhor? _Perguntou e Juvia segura a risada._

Natsu: Melhor do que, caixa de pregos? _Agora foi a vez de Levy segurar a risada. Gajeel solta uma risada e encara Natsu com um sorriso debochado._

Gajeel: Dos seus machucados. _Disse e Natsu se lembra do que Levy disse._

Natsu: "Aé, foi ele quem me levou pro hospital." _Pensou consigo mesmo._

Natsu: Estou. Obrigado por me levar pro hospital. _Sorriu e estendeu a mão para Gajeel que aperta a mão do rosado._

Gajeel: A baixinha ficou muito preocupada com você. _Disse e Juvia encara Levy que adquiriu um grande rubor em sua pele._

Levy: Não fiquei... só um pouco. _Disse e agora, os quarto começam a conversar como se fossem amigos a muito tempo._

QUEBRA DE TEMPO

Um novo professor entra na escola, sendo professor da classe de Natsu, Gildartz, ele vai ser professor de todas as matérias, passando o dia todo com a turma, ele não passou muita coisa, apenas algumas fórmulas de matemática e recolheu o trabalho passado pelo antigo professor.

Quando o sinal toca, todos saem correndo das salas a caminho do lado de fora da escola, para começar oficialmente as férias de verão. Natsu, Gajeel, Levy e Juvia saem juntos por último da sala, aproveitando que não teriam que tomar cuidado para não serem pisotiados na saída. O rosado e a azulada maior se despedem de Gajeel e Levy que seguem um caminho diferente dos dois.

Natsu: Quer ficar lá em casa um pouco? _O rosado pergunta enquanto andam juntos._

Juvia: Por quê a pergunta? Não dizendo que eu estou negando. _Responde o rosado e os dois começam a chutar uma latinha que se encontrava no chão._

Natsu: O ca.. digo, Sting tá lá em casa com a Lucy, e sinceramente, eu não quero ficar sozinho. _Disse e quando viram uma lixeira, Natsu pega a lata que anteriormente estavam chutando e joga no lixo._ Claro, se seus pais deixaram._

Juvia: Ah.. _A azulada abaixa a cabeça, como se algo que Natsu disse a deixasse triste._ Claro, eles deixam eu ir, eles querem que eu saia um pouco de casa. _Levanta a cabeça e sorri para Natsu, mas sua atenção muda do rosto de Natsu para o céu, que fica escuro e as gotas de chuva começam a cair do céu._

Natsu: Vem! _Pega na mão de Juvia e eles correm para a mansão Heartfilia._


Notas Finais


E aí? O que acharam? A partir de agora a fic vai deixar de ser tão triste, vai ser mais feliz, essa depressão já tava me deixando mal. MAS AINDA TEREMOS DRAMA E DEPRESSÃO!!!

O próximo capítulo saí na próxima sexta ou sábado, e vou fazer de tudo pra que saia neste prazo.

Apenas lembrando, que nos comentários vocês podem me perguntar coisas sobre a fic, sobre o futuro dela também, claro vou responder na medida do possível, o que não posso responder, vou responder com "Documento Confidencial".

Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...