História Pecados sem perdão. - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Kurama (Kyuubi), Naruto Uzumaki
Visualizações 138
Palavras 1.799
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção Científica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 32 - ...




- Isso é mentira ! - O moreno gritou irado, empurrando todos os objetos que via pela frente.

Os ninjas se encolheram. 

- Sasuke-sama ...

- Mentira ! Mentira! Ele nunca faria isso ! Vocês estão errados ! 

- Mas ninguém fica igual para sempre.- Uma voz chamou a atenção, e quando virou-se deparou com Ino .

- Não comece com suas intrigas! Sua companhia é igual ao sol ! Quero a milhões de km longe!

- Sasuke-kun... sabe que tenho razão. Ele são monstros ...- A loira adentrou a sala, fazendo sinais para que os ninjas saíssem. - Por que se preocupar tanto ?

Eles hesitaram, mas com um olhar todos sumiram, o deixando as sós. Sorrateira ela foi atrás do corpo imóvel dele, que borbulhava em irá.

- Você não sabe o que fala, Ino ! 

- Sei o suficiente para te falar que eles apenas causarão mais desgosto a você. Pegue-os, mate-os .

- Nunca ! - Ele se afastou, mas insistente ela o seguiu. - Eles são irmãos para mim !

- Mas veja o que fizeram com seu verdadeiro irmão.  O que acontecerá com você Sasukezinho?- Ela colocou suas mãos suavemente sobre o ombro dele, fazendo uma leve massagem.- Me escute, eles nunca deram alguma alegria a aldeia . São perdedores. Você é o mais forte . Aquele que nasceu para trazer a paz ao mundo.- Suas mãos foram descendo pelo pescoço, chegando ao peitoral.

Ele ficou em silêncio. Sua mente associava as coisas .

Ele foi abrindo os botões de sua camisa social, agora o deixando exposto . Suas grandes unhas o arranhavam levemente. 

- Eles ...  mataram o meu irmão? - Sussurou.

- Sim .- Ela o respondeu com sua voz sensual.- Não deve deixa-los impune . Você é o Hogake de Konoha. 

- Eu...

- Shhi....não se preocupe.  Eu irei tirar todo o seu estresse...

Ela o empurrou para trás, o fazendo sentar na cadeira .

Sorriu maliciosa, e suas mãos foram aos feixes de suas roupas, que deslizaram por sua pele até caírem no chão, sendo acompanhada pelos olhos do Uchiha .

Nua agora frente a si, ela caminhou manhosamente até ele, sentando em seu colo.

- Venha Sasuke-kun ... seja meu.

Ela roubou os lábios de Sasuke, que a correspondeu agora de olhos nublados, a agarrando pela bunda e a puxando para si ...

- Vamos acabar com eles .



                      💩💩



A notícia espalhou rapidamente.  As grandes nações ficaram compreensivas. 

O boato era verdade. 

Sasuke Uchiha, Hogake de Konoha anunciou guerra perante as nukennins Rank SS; Menma, Naruto, e Raiden .

Manipulando os ninjas, ele mandou cartas as aldeias vizinhas, procurando fazer uma aliança contra os nukennins. 

Com boas palavras, facilmente as outras cederam .

O corpo dos três, vivos ou mortos era dada uma quantia suficientemente para sustentar-se até os netos dos seus netos netos dos outros netos .

Mais do que rápido, já haviam ninjas correndo velozmente entre as aldeias, em busca de informações que poderiam ajuda-los.

Apenas não sabiam o perigo que estavam enfrentando. 

Ainda não. 



💩💩



- Eles estão nos procurando. - Raiden disse enquanto jogava algo em seu celular, chupando um pirulito com os pés em cima da mesa .

- Não só eles como todo o mundo ninja.- Menma o respondeu enquanto treinava com espadas .

- Não vamos enfrenta-los.- Naruto afirmou simplesmente, fazendo os dois pararem o que estavam fazendo e o olhassem. 

- Como ?

- Não haverá guerra. 

- Eles criaram a guerra! 

- É nos . Não.  Vamos . Acaba-la. 

- Vamos sim .- Uma voz feminina se fez presente .

- Não vamos não, Kurama. - Naruto retrucou.

A ruiva estava de braços cruzados, a sua frente. 

- Por que esconder-se  ? 

- Eles são humanos ! - Seus músculos ficaram  rígidos, o fazendo erguer-se ainda mais com um pose de alfa. 

- Nós também éramos! - Ela não se intimidou-se, ficando rígida também o encarando nos olhos. 

- Isso é diferente! 

- Por que !? Só por que eles não sentiram na pele o que é sofrer !?

- Já chega, Okaa-sama, Otou-chan .- Himiko apareceu, se colocando entre os dois.

- Não se intrometa, Himiko ! 

- Não fale assim com minha filha !

Raiden se aproximou, puxando Himiko delicadamente, e a colocando perto do peito.

-  Vocês estão loucos ? Estão a assustando !

Os dois ficaram em silêncio. 

Kurama suspirou. 

- Escute, Naruto.  Se não lutarmos agora, nunca viveremos em paz . Você quer ser livre, não quer ?

- ...Hai..

A ruiva colocou a mão em sua bochecha.

- Seja sincero a si mesmo. Você não quer lutar com o traste do Uchiha, mas quer da-lo uma surra por ser tão estúpido. 

Menma se aproximou. 

-  Nós lutaremos. Depois sumiremos dos olhos dos humanos. 

Naruto olhou hesitante a sua família.

- Kurama você não vai lutar .

Ela o olhou de olhos arregalados .

- Por que !? Eu vou sim ! 

Naruto segurou sua mãos, dando um leve aperto. 

- Kura-chan ... Você é o bem mais precioso  que eu tenho nessa vida . Eu não quero te perder, de forma alguma.  Ainda mais que agora eu sei que eles tem uma arma que pode me atingir.  Eu lhe peço, por favor. Eu não conseguirei me focar na luta sabendo que você estará longe de mim .

- Eu sou forte ! 

- É claro que é, minha flor. Não duvido da sua capacidade. Mas lembra da promessa que eu lhe fiz ?



FlashBack on;


Me contorci, berrando,sentindo meus ossos se deslocarem.

Em um golpe de descuido, Kurama me atingiu em nosso treinamento, e isso acabou me dando uma sentença de morte .

Eu estava morrendo. 

Então...do que adiantou eu sair da vila ?

Doce ilusão .

Então... tudo acaba aqui ?

Agarrei a terra entre meus dedos , gritando novamente. 

Vi Kurama ao meu lado, desesperada e chorando, tentando fazer alguma coisa .

- Ele irá morrer. Isso tudo é inútil.- Uma voz assombrosa falou, e Kurama virou alarmada. 

Mesmo com a visão embaçada, eu pude ver uma silhueta.... esbugalhei os olhos, e antes de berrar novamente de dor um gosto metálico me veio a boca, e eu cuspi sangue, quase me engasgando. 

- Isso não é da sua conta ! Saia !- Kurama rosnou, abrindo a boca, mostrando seus dentes em forma de ameaça. 

- Eu posso ajuda-lo ... venho o observando  desde pequeno . Esse garoto é interessante. 

A ruiva o olhou desconfiado .

 Por que ajudaria?

- Uma alma tão... magnífica, seria desperdício ir ao inferno tão cedo. Eu, como Shinigami, o darei uma segunda chance por livre e espontânea... curiosidade. 

Ele ergueu sua foice, apontando para mim.

- Faça-o logo !

- Terá consequências, garoto . Acho melhor estar ciente que perderá sua fonte de sentimentos.  Será morto por dentro, e apenas nutrira um sentimento.... eu lhe darei minha alma e poderes.  Estou apostando em você, não de decepcione, gaki .

A partir daquele dia, eu vivo sem coração.

Não sinto nada .

Apenas...amor .

Amor por Kurama, Himiko ...

Pela minha família. 

E naquele dia ... eu apostei ainda mais alto em mim mesmo .

- Kurama.... eu irei protegê-la a tudo custo. Eu te amo, e não deixarei você sair da minha vida tão fácil... e o fácil é o nunca .


FlashBack off;


 A olhei nos olhos. 

Me perdi em seus escarlates. 

Por fim, suspirou e deu um pequeno sorriso, abrindo os braços, aonde todos se aproximaram dando um grande abraço.

- Somos a família Demon....e nosso lema é claro . Se você não consegue encontrar algo pelo qual valha a pena viver, encontre algo pela qual valha morrer.



        💩💩💩💩💩💩💩💩💩💩



Autora on; 




O grande exército marchava por cima do longo campo plano.  Suas batidas ao chão sintonizadas davam um leve tremor na terra. Os ninjas bem armados, sérios, abriam espaço entre as árvores a sua frente . Os Kages vinham um pouco atrás, guiando os soldados .

O Kazekage, Gaara Sabaku, estava com as mãos levantadas, enquanto as grandes linhas de areias espalhavam-se por aí. 

- Não os encontro com minha areia ..- Sua areia foi voltando .

- Tente novamente! Eu não descansarei até matar aquele desgraçado!- Sasuke rosnou. Seu Mangekyou Sharigan estava ativado, olhando os mínimos detalhes ao seu redor. 

- Se acalme, Uchiha . Logo o encontraremos .... ele também pode virar um problema futuro para nos .- Mei Terumi lhe falou, passando a língua de forma erótica em seus  lábios. 

Pararam de falar quando todos seus ninjas da frente caíram mortos no chão, com seus corpos divididos ao meio .

Todos se abaixaram e logo sacaram suas armas, deixando suas guardas atentas ao máximo. 

- Uau.  Não imaginei que você iria trazer tantos suicidas apenas para ver eu aniquila-los ....- Todos dirigiram seu olhar para frente, e tremeram .

Raiden montava em uma grande loba cinzenta, que rosnava e era coberta por raios.

Menma estava sobre uma raposa preta, de nove caudas .

Himiko estava sentada sobre um grande leão, dourado e branco, que tinha o olhar esmagador. 

Naruto...bem...

Naruto estava no meio, a frente dos três, montado em um cavalo que soltava chamas vermelho sangue ao redor de seu corpo.  Por baixo das chamas, seu pelo era preto, um preto profundo. O que impressionava era que o cavalo era  o dobro de tamanho do que o comum.

Parecia que todos vieram do inferno.

Os ninjas o olharam de boca aberta, e começaram a rever seus conceitos para descobrir que se lutar era a única saída. 

Era suicídio! 

Muitos começaram a rezar . 

- Você irá pagar, Uzumaki ! 

- Sasuke ... Você está de cabeça quente. Eu não matei seu irmão. 

- Sim, você o matou ! Para de criar desculpas! 

- Eu sou seu irmão, Teme ! - O cavalo relinchou, mas Naruto o segurou pelas rédeas. - Não de sangue, mas eu sou ! Quantas vezes eu te tirei da merda, seu estrume !? Acha mesmo que eu iria matar algum companheiro meu !? Ainda mais Itachi!?

- Eu usei o sharigan para ver na mente dos meus ninjas o que aconteceu, e tudo que vi foi você o puxando direção a morte, seu bastardo! 

Himiko deu um passo a frente com seu leão, ficando ao lado de Naruto, que ergueu a mão. 

- Não quer resolver isso na conversa mesmo, Teme?

- Não! 

Naruto inspirou o ar. 

- Raiden, me prometa que vai cuidar de minha filha.  Jure .

O arroxeado confirmou, indo com sua loba até o lado de Himiko, pegando sua mão e dando um aperto. 

- Mulher se eu sobreviver a isso eu juro que te seguirei ate o quinto dos infernos, e você não irá me escapar.

- Raiden ... eu te amo. - Os dois se deram um rápido beijo .

- Eliminem eles a todo custo ! - Os Kages gritaram. 

- Hai! - Todos disseram em uníssono . 

- Sasuke .... Você ameaçou minha família. Me desculpe por isso .

Naruto Sussurou, e logo tinha um muro de jutsus vindo em sua direção. 

- NARUTOOO!

- SASUKE!- Os dois correram, dando o sinal para que a guerra começasse...


A Quarta Grande Guerra Ninja .

Ou talvez... massacre ?




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...