História Pela luz dos olhos teus - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Haechan, Jeno
Tags Ficlet, Mpb Week, Nohyuck
Visualizações 56
Palavras 510
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fluffy
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - A fórmula de composição de Lee Jeno


Donhyuck se considerava observador, ele acabava por acidente perceber coisas alheias e guardava para si. Mas não que utilizasse para algo as manias de seus amigos, eram só meras coisas que seu cérebro guardaria para sempre ao invés do conteúdo da sua próxima prova final.

Porém Lee não negava ao admitir que havia decorado hábitos de Jeno por vontade própria, gostava de sentar no sofá e admirar-se com a raiva que Jeno às vezes passava com o fato de estar frio demais e seus dedos ficavam muito gelados para digitar algum trabalho no computador — e se negava a ligar o aquecedor e gastar eletricidade.

Porque sua outra mania era guardar algum dinheiro a mais por alguns meses e sair pra comer fora, e Donghyuck culpava-se por acidentalmente criar um namorado meio viciado em comida japonesa, mas não admitiria, afinal gostava do mesmo jeito.

Também gostava da mania de Jeno por volta das três da manhã se contrabandear para o ladinho de Hyuck, colocando o nariz gelado contra seu pescoço e murmurava algo como "essa época do ano é muito fria para não nos abraçamos." E tudo que fazia era esquentar seu namorado teimoso.

— Para com isso, eu estou tentando me concentrar.

— Eu literalmente fiz nada, só estou bebendo minha água na soleira da porta — Jeno suspirou levantando o olhar, encontrando seu namorado fingindo beber algo de uma garrafinha vazia.

— Você é um péssimo mentiroso, Hyuck — e o maldito ainda ousou abrir aquele sorriso que o desconcertava. Hyuck sabia o que vinha a seguir, iriam acabar assistindo algum filme pela sétima vez seguida enquanto Jeno reclamava de ser culpa do mais novo o motivo pelo qual procrastinava demais.

— Talvez seja isso que eu queira que você pense, think about it.

E no final da tarde o casal Lee acabou num sofá cheio de edredons, uma neve começando a cair enquanto o mais novo cantava junto de Jack alguma música sobre o natal. E Jeno se perguntava como havia se metido na bagunça que Lee Donghyuck abrigava em seus braços, mas não reclamava, ama o cheiro e o calor dalí.

Amava quando o ruivo descoloria os cabelos de alguma cor que obviamente combinaria, ou quando mandava alguns snaps com zoom em seu rosto falando algo completamente clichê. Mas sua mania favorita era quando cantava, sem perceber, no meio do banho ou quando saíam pra comprar pão. 

A voz harmoniosa que murmuravam os versos de alguma música dos anos 80 ou então de The Killers, quando era praticamente obrigado a cantar enquanto Jeno tocava violão.

E Donghyuck se encontrava nos fios loiros — que conseguiu convencê-lo a descolorir — bagunçados de Jeno Lee. Na capacidade de falar outro idioma facilmente, ou nas mãos que até nos dias mais quentes estavam geladas e que não reclamava em aquecê-las. Ou no rosto sempre tão sério, mas com qualquer palavra cafona do mais novo se desmanchava na sua oitava maravilha do mundo, com direito a um eye smile.

Porque Lee Jeno é composto por manias, sorrisos e um Lee Donghyuck apaixonado do seu lado o observando



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...