1. Spirit Fanfics >
  2. Pela paz (Villain Deku) >
  3. Eu só quero que me ame

História Pela paz (Villain Deku) - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 11 - Eu só quero que me ame


Fanfic / Fanfiction Pela paz (Villain Deku) - Capítulo 11 - Eu só quero que me ame

Era de madrugada. Toga estava deitada, porém ela acordou com um barulho de passos. S loira abre seus olhos percebe que o causador do barulho é o seu amado Deku que tinha saído do quarto vestindo um sobre tudo. Toga estranhou a saída de Deku e então resolveu ir atrás do mesmo. Ela se levanta da cama e coloca seu uniforme colegial que sempre costumava usar. Ela saiu do quarto apressadamente e olhou para os corredores, porém só pode ver a silhueta dele subindo as escadas em direção a saída da base

Toga : droga! Ele é rápido...

Toga caminha até as escadas e percebe que o mesmo já tinha saído. A loira decide apressar o passo e sobe rápido as escadas

Toga : por que tinha que ter tantas escadas?

Depois de uma longa e cansativa subida de escadas Toga chega ao seu destino. Mas não vê ninguém, apenas um barulho de passos e água se mexendo. Ela caminha um pouco para dentro daquela vasta floresta e ouvi mais barulhos de água se mexendo. Seus olhos se arrepiam ao ver uma cena que era um pouco assustadora

Toga : o..oque...

La estava Deku agachado olhando a água. Porem uma coisa era estranha, ele tocava a água como se fosse acariciar alguém. E as sombras estavam acariciando seu rosto de forma carinhosa

Deku : Izumi....

Era estranho para Toga ver aquilo

Deku : sei que está aí...Toga

Toga : você está fazendo oque?

Deku : nada de importante...oque você está fazendo aqui?

Toga : eu acordei quando voce saiu do quarto e então te segui até aqui

Deku : ah, desculpe lhe acordar

Toga : por que não volta e vamos dormir?

Deku : não..eu...não posso dormir

Deku se levanta e vai em direção da entrada da base

Toga : não pode ou nos consegue dormir?

Deku para de costas para Toga

Deku : oque você quer dizer com isso?

Toga : eu sei que você não consegue dormir. So não sei o por que

Deku : não seja idiota, eu já lhe disse tudo oque precisa saber

Toga : falou tudo oque eu preciso, mas não disse que ainda não superou ela

Deku : ela?

Toga : Izumi...sua irmã. Você ainda não superou a morte dela e não consegue dormir com a culpa lhe consumindo

Deku se vira para Toga e caminha até ela

Deku : oque você disse garota? Disse que não superei a morte de minha irmã?

Toga : exatamente, você só fingi para si próprio que não se afetou pelo ocorrido com ela. Mas eu sei, você não consegue dormir pela culpa que sente. Acha que você matou ela, acha que poderia ter feito alguma coisa...mas saiba. Você não poderia ter feito nada mesmo que quisesse, mesmo que desse seu máximo não mudaria nada

Deku : esta dizendo que se eu fizesse algo, que se eu me mexesse quando ela pediu minha ajuda nada teria acontecido?! 

Toga : estou dizendo que você precisa aceitar o fato que ela morreu. Izumi Midoryia morreu anos atrás! Aceita logo isso! Você só vai se machucar mais se não aceitar esse fato. Eu vi você antes no lago, acha que essa sombra é sua irmã? Acha mesmo que essa sombra é sua irmã? Pois não é! Essa sombra só tem a vontade de proteger o dono da individualidade e nada mais. Não quero que se machuque e se afunde aonde não poderá se levantar

Deku : oque você sabe sobre dor?! Até agora oque você fez foi matar e me perseguir dizendo que me ama! 

Toga : não zombe do meu amor por você...não vou aceitar que zombe dos meus sentimentos! Eu amo Izuku Midoryia e não Deku! Eu amo seu outro lado! Foi por Izuku Midoryia que me apaixonei! Um garoto que era alegre e confiante e que não se abalava por nada pois acreditava em si mesmo!

Deku : Izuku Midoryia está morto a muito tempo...ele é a minha versão falha com uma vida falha. E como você sabe de tudo isso?! Como sabe quem eu era?! Como sabe que eu era aquele garoto?! Como se apaixonou por Izuku Midoryia sem conhecê-lo?!!!

Toga : POR QUE EU ESTAVA LA TAMBÉM!!! Eu esta la...bem ao seu lado, só você nunca me viu. Lembra do Saito? um aluno que foi encontrado muito machucado com parte de seu sangue drenado? Fui eu que fiz aquilo

Deku : você era a garota que depois de atacar Saito fugiu e nunca mais foi vista? Não tem como ser você...

Toga : tem e era eu...eu estava lá Izuku-kun. eu me apaixonei por você depois de um tempo. Eu amo você Izuku-kun! Amo com todas minhas forças! Se você aceitar meus sentimentos eu juro que te farei esquecer tudo! Me deixa cuidar de você! Me deixe te amar!

Deku : não, nao irei corresponder seus sentimentos. Simplesmente não posso fazer isso. Eu não te amo Toga. Tambem não entendo do por que disso tudo, afinal oque você quer de mim?

A loira fica de cabeça baixa e aperta suas mãos. Primeiro veio uma sensação de tristeza, mas ela logo foi consumida por raiva. Ela olha para Deku com raiva e lágrimas aos olhos

Toga : EU SO QUERO QUE ME AME!!!! So quero que você olhe para mim e diga que me ama da mesma intensidade que eu!!! Por que você não me ama?!!! Eu fiz de tudo por você!!! Eu faço oque voce quiser!! Eu sofro toda dor que você sentiu! Eu posso roubar essa dor de você para que você não sinta mais nenhum sentimento ruim!!! Eu faço os seus fetiches e desejos mais sujos que você tiver mas por favor!! Me ame!!! Me ame Izuku-kun!!!

Deku : não.....

Deku se vira de novo para Toga e vai até a porta. Mas antes de alcançá-la uma faca passa de raspão pela sua bochecha. Ele rapidamente se vira mas não vê ninguém, até sentir uma pontada em suas costas. Toga havia esfaqueado o esverdeado que gemeu de dor. Deku tenta acertar Toga mas a mesma não estava mais atrás dele

Deku : Droga! 

Deku senti uma presença na suas costas e se vira rapidamente. O esverdeado desvia de uma das facas de Toga e segura seus braços acima da cabeça enquanto encostava o corpo dela em uma árvore

Deku : oque deu em você?!

Toga estava de cabeça baixa apenas chorando de soluçar

Toga : você é igual a ele no fim das contas...me vê como louca...igual a ele me via.....igual ele....

 

Flasback, colegial

 

Eu repreendia quem eu realmente era...por medo do que os outros iriam achar de mim. Tinha medo de ser eu mesma por que não queria ser julgada e taxada de louca piscicopata. Mas estava cada vez mais difícil de segurar essa vontade de me libertar disso tudo. Desse mundo de faz de conta que não havia sentido em eu estar. Aquele não era o meu lugar....eu não tinha nada para amar. Somente uma coisa me fazia ficar naquela realidade....Saito. Ele era popular na escola, era admirado por muitos e amado por várias, e eu era mais uma dessas varias. Ele era meu pilar para me manter nesse mundo de ilusões em que eu vivia. Até um certo dia....em que tudo..mudou

Toga : é hoje! Eu irei dizer tudo oque sinto para Saito! Eu sei que ele vai aceitar meus sentimentos!

Eu caminhei até a escola. Me molhei um pouco pois estava chovendo. Entrei na escola e fiz minhas atividades, eu estava ansiosa para hoje. Seria um grande dia...eu tinha certeza. Horas se passaram e o intervalo começou, fui a procura de Saito mas não o encontrei. Até que cheguei em um lugar pouco movimentado e vi ele brigando com outro aluno. Não me surpreendeu ver aquilo, pois Saito era popular e sempre tinha alguém que acabava querendo briga. E como sempre Saito venceu a briga. Porem sua boca está sangrando

Sangue....não sei como explicar mas era...lindo. Aquela cor era vibrante e me deixava de alguma maneira feliz em vela. Eu realmente gostava de sangue. Mas aquilo era algo que somente eu e meus pais sabiam, e os mesmos me fizeram jurar suf nunca revelaria quem eu realmente era. Saito estava parado limpando o sangue, já o outro aluno fugiu

Toga : S..Saito?

Saito : há? Himiko? O que faz aqui?

Toga : eu vim te ver mas acabei chegando durante a briga, você esta bem?

Saito : estou, oque você queria comigo?

Toga : sabe S..Saito eu...eu. Faz algum tempo que eu tenho me sentindo estranha em relação a você. Quero dizer, você é tão legal, sincero e bonito e seu sangue é...lindo. por isso que eu quero dizer! TE AMO!! 

Saito olhou para ela incrédulo e soltou uma risada debochada

Saito : hahaha olha Himiko. Não é por mau não mas, você realmente achou que teria alguma chance comigo? 

Toga : err...

Saito : ai ai Himko Himiko, como é inocente. Você achou mesmo que se declararia para assim e eu iria corresponder? E você disse que meu sangue é bonito? É sério isso? Você é pirada Himiko, completamente pirada

Toga : m..mas.. eu t..te ajudo com suas tarefas escolares. E v..você disse ontem que eu era b..bonita. eu achei que...

Saito : achou oque? Que seríamos o típico casal de clichê de filmes românticos. O popular e a nerd? Era isso? Hahaha eu só te elogiei para que você continue a fazer as coisas para mim. Eu não te amo Toga, nunca te amei e também nunca vou te amar!

E naquele dia, minha realidade mudou. Minha vida mudou. Era como se um espelho se quebrasse e tudo oque eu fiz até agora fosse apenas uma mentira. E realmente aquilo era uma mentira.

Toga : há.. há..ha...hahaha Hahaha hahaha!!!!! Ahhhh hahaha!!!! 

Saito : o..oque?

Toga : EU TE ODEIO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO SAITO!!!!!

Eu não tinha mais do por que fingir ser quem não era...a única pessoa que me prendia a aquilo era Saito, mas o mesmo me humilhou. Então resolvi começar minha nova realidade terminando com quem iniciou a antiga. Eu corri até ele derrubei o mesmo com toda força que tinha

Saito : esta fazendo oque sua psicopata?!

Toga : estou terminando com quem me manteve minha falsa realidade todo esse tempo!! Hahaha Hahaha!!! Seu sangue é lindo!! Sera que também é gostoso?!!

Eu então arranhei e mordi tudo oque dava e com todas as minhas forças sem ao menos parar para ver como Saito estava

Toga : seu sangue é uma merda Saito!! Igualzinho a você!! Você não vale mais apena brincar!! Vamos terminar logo com isso!!! Ahahahaha!!! 

Miko: T..Toga!!! Oque você está fazendo?!!!

Toga : hihihihi!!! Brincando um pouquinho!!! Mas agora que você estragou tudo eu não tenho razão para continuar aqui!!! By by!!

Eu saí correndo no meio da chuva. Não sabia para aonde ir, não tinha para onde ir. Estava perdida no mundo!!! Nao tinha lugar no mundo. Então eu só corre e corre o máximo que puder. Cheguei até um bosque e ouvi choros. Fui até o barulho e vi ele...aquele que iria mudar a minha vida para sempre.

Toga : Izuku-kun.....

 

Flasback of

 

Toga : você é igual a ele!!! Nunca me amou!! So me usou igual ele me usou!! E agora vai me abondonar igual ele me abandonou!!! Você é um mentiroso!!! Eu te ode..

Sua frase foi cortando por um beijo calmo e lento. Onde um explorava a boca do outro

Deku : não sou como ele, não abandono ninguém que permito entrar na minha vida. Olha, não posso corresponder seus sentimentos agora. Mas prometo que quando eu sentir o mesmo que você, irei corresponder com suas expectativas

Toga : eu realmente te amo Izuku Midoryia...

Deku : e eu realmente posso te amar Toga Himiko...

E por fim finalizam seu diálogo com um beijo

 

Continua...


Notas Finais


Então esse foi o ep de hj
Espero que tenham gostado

Não esqueçam de comentar oque acharam do ep

Ideias, opiniões ou até mesmo teorias são muito bem vindas

Eu estou desenvolvendo o casal aos poucos pq muitas coisas estão por vir

Até o próximo ep tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...