História Pela Primeira Vista - Fanfic Taeyong - - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias EXO, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Jisung, Kai, Lucas, Mark, Taeyong, Yuta
Visualizações 173
Palavras 4.518
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem chuchus fiz com muito carinho e agora vai ficar um pouco difícil de postar pois tenho escola mas ....vou fazer o possível e mais uma coisa 3.000 VISUALIZAÇÕES GENTEEEE
isso é muito mas tipo ...MUITOOOOOO
Fico tão feliz que tanta gente conhece essa história não sabem como amo vocês ❤❤❤❤
Boa leitura perdoem os erros

Capítulo 20 - Namorado ?


Fanfic / Fanfiction Pela Primeira Vista - Fanfic Taeyong - - Capítulo 20 - Namorado ?

S/n on



                                                                      

------------no outro dia-----                                                      

Acordo e vou direto para o banheiro . Faço minhas higienes matinais depois vou para a cozinha comer algo.

Desço as escadas e paro no meio delas pensando ... Eu não dormi no sofá ontem? Por que estava no meu quarto quando acordei? A minha mãe não iria aguentar me levar lá pra cima ela iria me arrastar mas não estou com nenhuma dor ou algo do tipo para ser isso....estranho.

Término de descer as escadas e avisto a cozinha . Vou até ela e abro a geladeira . Pego uma bolacha e um Danone de Coco.  Me sento na mesa e como o que peguei e subo para meu quarto .

Abro meu closet e pego meu uniforme . O visto e me olho no espelho e ....NOSSA quanta olheira . Meus olhos estavam inchados e minhas olheiras duplicaram . Acho que vou passar uma base...ou um corretivo .

S/n: Não eu vou natural, não sou de passar maquiagem ai eu começo a gostar e não paro mais . Tenho que ser eu mesma de corpo e alma ...-olho para a maquiagem... ela olha pra min...ela começa a me seduzir e eu vou indo até ela-  NÃO -grito e me jogo na cama - NÃO VOU CAIR NO SEUS ENCANTOS MAQUIAGEM - grito e me olho no espelho novamente - não está tão ruim assim -                                                     

Saio dali e pego a minha mochila Indo para a escola . Vou andando calmamente e vendo as pessoas nas ruas passando . Depois de andar mais um pouco avisto a escola de longe. Vou até ela e vejo meus amigos na entrada.

Vou até eles que me olhavam alegres e com sorrisos enormes e eu lá...tristinha e cabisbaixa.               

S/n: oi gente - falo cabisbaixa - 

Tt: OI MIGAA- pula em cima de min que apenas fico parada a olhando - nossa nao vai segurar seu elefante nao ? - assinto e a pego - hehe - ri a ponho no chão -

Lc: o que você tem ? - fala com voz fofa vindo até min - NOSSA - pega em meu rosto - quanta olheira -

S/n: estou bem - ele me encara - é sério estou bem - falo levantando meus braços e ele me abraça - 

Lc: não tá não s/n fala o que você tem, dormiu bem? - o encaro e ele coloca a mão na boca surpreso - já sei ... você está de T.P.M nao é? - nego - aish então não sei .                  

S/n: cade o meu bebê Jisung ? - pergunto olhando para o Chenle - 

Cl: já está vindo ele se atrasou - assinto -    

O sinal bate e fomos pra nossas salas . Chego na minha sala e me sento na minha cadeira . O professor entra na sala e passa os exercícios. Término todos e abaixo a minha cabeça na mesa e cochilo um "pouquinho".

As aulas foram seguindo até chegar na hora do Recreio . Vejo o Ten e o Tae andando na frente ,o Tae com as mãos no bolso e o Ten com um braço apoiado nos ombro do Tae a Harumi corria logo atrás e a Tati estava na mesa comendo .                                                                                     

Saio correndo e pulo nas costas do Tae que segura em minhas pernas e me olha. O abraço e ele continua andando .

Ty: está carente ? - assinto - você parece um coala assim - sorriu -

S/n: para - fala e deito minha cabeça em suas costas - 

Ty: aigoo - fala e continua andando e conversando com o Ten-

Acabo dormindo em suas costas que era muito quentes e confortáveis . Não vi o caminho que ele estava fazendo mas quando ele parou de andar abro meus olhos tentando reconhecer o local .                             

Olho em volta e não vejo nenhum aluno . Olho para baixo e o Tae estava olhando para frente e depois passou a me olhar .                 

Ty: acordou ? - assinto e coço meus olhos depois bocejo vejo ele sorrir e em um passe rápido me pegar estilo no noiva e me encarar - 

S/n: oi - falo o olhando e ele ri - me põe no chão?  - ele assente e me coloca no chão - obrigada - me deito em um banco que avia ali suspirando e ele se abaixa ficando agaixado em minha frente me encarando .

Ty: esta doente ? - nego - passando mal? - nego - cansaço? - nego - falta  de um namorado - riu e penso depois nego - carente ? - assinto - mais alguma coisa senhora ? - riu e assinto - você tá diferente - se senta no chão - o que você tem ? Me fala - suspiro depois assinto -                                      

S/n: estou com saudade - me sento e abraço meus joelhos - 

Ty: de quem ? - o encaro depois desvio meu olhar encarando o chão  -

S/n: do meu pai e meus irmãos - ele abre um pouco a boca e depois se senta ao meu lado - eu só os via as vezes e sinto muito a falta deles por que aquele meu pai lá é um idiota meu pai de verdade é o Thiago e eu sei disso - assinto descidida -                                                                                

Ty: sabe ....Eu não tenho meus pais ou irmãos aqui comigo - fala com as mãos entrelaçadas em seu colo olhando para o chão - eles me abandonaram quando tinha 4 meses e fui para um orfanato ,  quando completei meus 2 anos uma família me adotou e cuidou de min só que....eles me mandaram para a Coreia para estudar aqui e viver uma vida melhor e faz tempo que não vejo eles....- fala e o encaro suspresa e triste -                                    

S/n: desculpa Tae eu não sabia que você era adotado me perdoua mesmo - falo preocupada e ele sorri me encarando -      

Ty: por alguns anos eu era triste e depressivo mas uma coisa mudou a minha vida .....uma coisa que amo e que só me trouxe felicidade...- o encaro e ele me encara sorrindo -                                              

S/n: que coisa? - pergunto e ele beija minha bochecha - 

Ty: você - engulo seco depois me engasgo com minha própria saliva fazendo ele rir - desde que você chegou me sinto bem e feliz como se todos meus problemas tivessem sumido um por um - fala me olhando que apenas o encarava sem algum movimento -                           

S/n: .....- engulo seco . Eu achei que estava sofrendo mas olhando assim o Tae sempre esteve sofrendo e nunca sequer quiz demostrar isso ...ele é tão perfeito admiro muito isso nele . Demonstrando ser forte a todo momento e mostrando que me ama..eu sou uma idiota de não ter dado uma resposta a ele ainda...-                                     

Ty: você só me faz sorrir e eu sou um idiota por te fazer chorar ...- para de me encarar - sinto que não sou bom o suficiente para ser algo a mais seu....sinto que...se você estivesse com outro seria melhor ...mas saiba que não vou desistir - se levanta e eu abaixo minha cabeça - Yah não fica assim - uma lágrima sai dos meus olhos caindo em meu colo -               

Ele é como um anjo inocente e esperto . Pode parecer bobo mas ele é mais inteligente do que pensa...Me fazendo pensar nele a cada segundo . Me fazendo quebrar promessas ...Me fazendo feliz ou me fazendo triste.... já tenho minha escolha .                                                                                  

S/n: Tae - me levanto e encaro seus olhos castanhos - Eu te amo - falo ficando na posta do pé e segurando em sua nuca selando seus lábios .-

Ele reagi na hora segurando na minha cintura e se abaixando um pouco para poder me beijar mais intensamente. Seguro com uma mão em sua nuca e a outra pouso em seu peito . Suas mãos entavam em minha cintura a abraçando .                                                                 

Ele pedi passagem e cedo acrescentando nossas línguas naquele beijo Salgado . Algumas lágrimas saíram dos meus olhos e deixamos escapar alguns sorrisos bobos durante o beijo . O deixando mais apaixonante ainda .

Nos separamos com selinhos e ele fita meus olhos ainda com seus braços abraçados a minha cintura .                  

S/n: Tae .... Eu aceito ser sua namorada - falo o fazendo sorrir e me abraçar forte me rodando no ar - TAE EU VOU CAIR - grito mas ele não para e continua rindo depois de um tempo o mesmo me coloca no chão - 

Ty: agora você é só minha - fala me abraçando e depois cheira meus cabelos -          

S/n: sim e você é só meu - falo e ele sorri, desfazemos o abraço e eu o encaro - e mais uma coisa senhorito Taeyong - aponto para o mesmo - você nunca me fez só chorar.  Pelo contrário você me fez voltar a quem eu era antes, a quem eu sempre fui - falo e ele assenti - meu bobo - falo sorrindo e ele ri -

Ty: vamos que eu quero aproveitar o tempo com minha namorada - fala andando na frente me fazendo correr atrás dele -    


Namorada.....finalmente começamos a namorar . Não que eu estivesse desesperada pra isso mas ( ESTAVA SIM )....sempre quiz que o Tae fosse algo a mais comigo . Que eu pudesse o beijar e o abraçar toda hora . Dizer que ele é meu namorado era algo que me fazia sorrir automaticamente. 

Saber que agora seus lábios e seus sorrisos são apenas meus é como ganhar um tesouro enorme que não cabe em nenhum lugar. Algo que só eu tenho e que se outra quiser roubar ...morre .

Eu não sou ciumenta ...mas mexe com meu namorado agora pra você ver . Arrebento a sua cara xanainas de plantão . Avisadas então podemos continuar ...

                                                       

Fomos para o refeitório e os meninos estavam comendo na mesma mesa . Nos sentamos sorrindo entre eles que nos olharam confusos mas depois voltaram a comer nos ignorando .

Olho para o Jisung que estava ao meu lado e penso em o abraçar e é o que faço . O abraço de lado e ele sorri fechado comendo . Sinto alguém me olhar e olho ao redor procurando-o mas não o acho . Volto a olhar para o Jisung comendo que parecia um pintinho com aquelas bochechas fofas.

Sorriu e coloco Minha cabeça em seu ombro. Fico assim por um tempo mas o sinal bate me fazendo levantar . Sigo até minha sala e o professor começa a aula.                                                    

A Tati me cutuca me chamando e me aproximo dela . Ela se aproxima no rumo do meu ouvido e sussurra.                                

Tt: hoje vou sair com os meninos tudo bem? - assinto - só volto amanhã depois da escola - assinto -         

Depois que as aulas acabam vou andando até minha casa . Sinto alguém bater em meu ombro. Sabia que não era a Tati por que ela disse que não viria e sua mão não era tão grande daquele jeito . Parecia um tijolo em meu ombro.

Olha para a pessoa e sorriu                                

S/n: oie - falo e ele sorri parando de andar e me abraçando - 

Ty: oie - ele me solta e me encara ia dar um selinho no mesmo mas ele cruza seus braços encarando o céu - 

S/n: o que foi? - pergunto o olhando, o abraço mas ele fica parado batendo o pé no chão.- Tae - ele suspira - Tae - falo manhosa o abraçando - Ty - ele suspira e me encara - Te te foi? - pergunto com voz fofa -

Ty: você ficou abraçando o Pirralho - fala encarando o céu com um bico riu pelo seu ciúmes fofo e o abraço -

S/n: eu posso abraça-lo por que ele é meu bebê - falo e ele Bufa me encarando -     

Ty: mas você é MINHA namorada - fala e riu - não é mais para ficar abraçando ele assim ...você poderia ter me abraçado também - fala de braços cruzados -     

S/n: ta bom meu ciumento mas eu vou continuar o abraçando sim só não tanto igual irei te abraçar ... e além do mais - falo ficando de frente pra ele - só em você eu posso fazer isso - ele me encara com uma sobrancelha levantada e beijo seus lábios -                    

Ele sorri depois dou um selinho nele que me encara .

Ty: sua chata não dá pra brigar assim chega - fala andando na frente corro até ele e seguimos caminho -

Paramos na porta da minha casa e o olho .

S/n: quer conhecer melhor minha mãe? - pergunto e ele me olha pensativo -    

Ty: como? - penso um pouco -

S/n: como meu melhor amigo ou namorado? - ele sorri mas continuo - sei que quer ser como meu namorado mas acho que está muito sedo vamos ver se ira dar certo primeiro ok? - ele faz um bico triste e assenti - 

Entramos na minha casa e avisto minha mãe na cozinha dançando feito uma largaticha os funks que tocavam. 

S/n: MÃE CHEGUEI - grito e ela sai correndo da cozinha me encarando -

S/m: oi filha - beija minha bochecha - vai se trocar pra poder comer ta tocando Rabetão corre.... - ela para de falar quando ve o Tae e me olha confusa mas depois faz um olhar malicioso -

S/n: mãe esse é meu MELHOR AMIGO o Taeyong - grito o melhor amigo e ela desfaz seu olhar malicioso e fica triste -

S/m: affs achei que você tava namorando - vai até ele - mas pelo menos você tem esse menino lindo como seu amigo não é? - assinto e ele sorri - nossa que sorriso colgate em - ele cora e assenti riu por ele ter ficado com vergonha -                                                

S/n: mãe o menino vai explodir daqui a pouco - falo e ela ri vindo até min - vou subir pro meu quarto daqui a pouco volto ta bom ? - pergunto ao Tae que assenti -                                         

Subo até meu quarto e já vou tirando minha roupa rápido e colocando um shorts e uma blusa soltinha . Depois guardo minha mochila e desço para a sala .

Avisto eles na cozinha comendo e me sento na mesa .

S/m: filha você é muito louca não é - a olho sem entender e ela ri - o tamanho do seu shorts seu namorado está aqui esqueceu ? - olho o Tae que me olhava de cima a baixo mas volta a comer então descido provocar -

S/n: a mãe eu gosto tanto desse short e não é tão curto - falo e me levanto mostrando o short fazendo o Tae engasgar com a comida riu e me sento -                            

S/m: desse jeito você vai ficar grávida sedo acredite eu era igual você - fala bebendo suco e me engasgo com a comida e o Tae assenti discretamente rindo-      

Continuamos comendo e quando termino lavo a louça com minha mãe ouvindo funk até começar tocar Tic Tac começo a rebolar com minha mãe e ficamoa rindo da cara do Tae era muito engraçado o provocar .

S/m: filha vou subir pra fazer o quilo bye pra vocês - fala e toca meu ombro e pisca pra min subindo as escadas correndo.-

Olho para o Tae que se levanta e vem até min e tira sua jaqueta e coloca sobre meu quadril tampando minhas nádegas.               

S/n: não está não curto - falo e devolvo sua jaqueta - 

Ele ri e segura em minha cintura me encarando .

Ty: ok então  mas o que foi aquilo? Que música era aquela? - pergunta e riu de sua cara -

S/n: umas músicas brasileiras - falo e ele assenti ignorando -

Ty: entendi . Tchau baixinha tenho que ir - fala e me dá um selinho depois pega sua mochila e sai de Minha casa , me jogo no sofá e minha mãe desce as escadas correndo sorrindo .             

S/n: meu Deus - falo a vendo e rindo dela quase se matando naquela escada.                               

S/m: AAAA QUE MENINO MARAVILHOSO - grita e me abraça me fazendo rir - 

S/n: MÃE PARA DE GRITAR - grito e ela se separa -

S/m: EU JA PAREI - grita e rimos-

A campainha toca e saio para atender . Quando abro a porta sorriu.

S/n: sim senhor? - pergunto e ele ri -                              

Ty: estava pensando se você não quer sair um pouco - fala e olho para trás vendo a minha mãe roendo suas unhas e assentindo - 

S/n: tudo bem se quiser entrar vou lá me trocar ja volto - ele assenti e entra se sentando no sofa e minha mãe vai logo conversar com ele -

Subo para meu quarto e vou até meu closet . Lembro que não sei aonde vamos então descido mandar mensagem mesmo. Pergunto o que seria bom e ele disse nada extravagante alguma coisa simples e confortável . Escolho um shorts Branco, uma blusa cinza solta e coloco um tênis da Adidas . 

Desço as escadas e minha mãe me olha e toca no ombro do Tae o fazendo me olhar . Ele me encara e pedi para me aproximar . Vou até ele e fico em sua frente. Ele pede para girar e giro o olhando depois.             

Ty: Muito curto esse short - fala e minha mãe me encara concordando - 

S/n: ok - vou ate meu quarto e troco colocando um maior volto e fico em sua frente girando -                                            

Ty: ótimo vamos - se levanta - foi ótimo conversar com a senhora s/m - ele sorri pra ela que aperta sua bochecha -

S/m: também achei você muito fofo Genro - fala e ele cora vindo até min -

S/n: tchau mamãe - vou até ela e beijo sua bochecha o Tae a abraça e saímos de casa - 


Taeyong on

A s/n subiu para seu quarto e voltou com uma roupa  ais confortável . Que tinha  que ser um short curto . Ela ficava muito linda com suas pernas a mostra . Eu não conseguia tirar meus olhos, era como uma luz radiante que chamava a minha atenção .

Ela fizeram o almoço e enquanto comíamos a s/n e a sua mãe conversavam sobre seus shorts curtos que estavam chamando minha atenção acho que a mãe dela leu meus pensamentos por que não paravam de me provocar até me engasgar com a comida as fazendo rir .

Depois elas foram lavar a louça e colocaram aquelas músicas estranhas pra tocar . Até tocar uma e a s/n e a sua mãe começarem a mexer seus quadris . Fico surpreso e sua mãe fala que iria subir . Ela sobe correndo e me levanto indo até a s/n. 

Coloco meu casaco sobre ela mas a mesma o tira . Depois Seguro em sua cintura a encarando perguntando da música e ela diz que era do seu país .... meu Deus .                                                          

Saio de sua casa mas depois lembro que tinha um plano em mente . Toco a campainha e ela atende . Entro em sua casa e falo se ela queria sair . A mesma assenti e sobe para seu quarto .

Me sento no sofá e a s/m vem até min se sentando ao meu lado e começa a sorrir.

S/m: minha filha tem sorte - fala me olhando -

Ty: obrigado - falo e acabo sorrindo - 

S/m: sabe eu sei que vocês estão namorando não precisa esconder não - abro minha boca um pouco por ela ser esperta demais .-

Ty: ela quer ver se vai dar certo pra depois assumir o namoro - ela assente -                      

S/m: você é muito bonito na minha época os garotos não eram tão lindos assim - sorriu - espero que cuide bem da minha filha em - aponta pra min e assinto - a que bom .....e sobre meus netos quero ter uns 4 e...- a interrompe -

Ty: s/m eu amo muito a sua filha e irei cuidar muito bem dela pode deixar - ela sorri e bate em meu ombro -        

S/m: ok meu genro - sorriu pelo nome -

Ty: amei a minha sogra melhor pessoua - ela cora e sorri - a s/n tem o mesmo abito de sorrir enquanto está corada - ela ri e bate em meu ombro me fazendo lembrar mais ainda da s/n .-

S/m: quando a s/n era pequena Ela....- a s/m me conta a história inteira da vida da s/n até ela chegar.-

Ty: Ela chegou. - falo olhando pra s/n -

Que estava muito linda . Mas o seu short estava muito curto então a mandei trocar e ela voltou com um maior. Por que se ela andasse com aquilo na rua todos começariam a encarala e não estou afim de pagar caixão hoje .

                                                                                

Fora de casa.....

S/n on

Ty: nossa a sua mãe é a melhor pessou s/n me contou sua vida interia - fala sorrindo -     

S/n: meu Deus tinha que ser a minha mãe - falo batendo a mão na testa - aonde vamos que eu ainda não sei ? - pergunto e ele sorri -

Ty: não sei quem sabe não é mesmo? - saio correndo na frente e ele me segue-                                                           

Depois de um tempo andando resolvemos parar para comer . Pedimos alguns salgados que tinham ali e fomos saindo da loja . Olho de longe e avisto um garoto virado de costas .

Achei ele muito familiar e fui até o mesmo . O cutuquei e quando ele se virou acabamos sorrindo. Ele me abraçou e eu retribui depois dei um beijo em sua bochecha nos afastando . Enquanto o Tae ficava do meu lado olhando tudo .                                                 

S/n: não acredito - falo em português o encarando - É você mesmo, não mudou nada - falo e ele ri - que saudades Dudu ( Eduardo ) - ele sorri e assente -                 

Ed: também estava morrendo de saudades Pequena - fala ( português ) e sorriu - cadê a Tati ? - a procura -

S/n: ela está na casa de uma amiga - ele assente - nossa não faz tanto tempo que brincávamos na rua não é? - ele assente -

Ed: bons tempos ...                    

Flash Black on                             


S/n no Brasil com 10 anos

S/n: TE PRENDI DUDU - grito e o Seguro o levando até um portão que era a cadeia - 

Ed: anão s/n eu estava descansando não vale - nego -

S/n: claro que vale ..e olha mais um - falo vendo a Tati trazer uma menina para ser presa -                             

Tt: PRENDI - grita feliz e pula , a menina sai correndo fazendo a Tati bufar- SUA FALSA FALOU QUE IRIA VIR COMIGO - sai correndo atrás dela de novo - 

Ed: AGORA EU SOU POLÍCIA - todos concordam e outro round da brincadeira começa -                                                               

Flash Black off


S/n: tchau primo depois agente se vê - falo e o abraço me despedindo -

Ele segue seu caminho e sorriu o vendo ir . Eu e o Dudu sempre fomos muito felizes com a Tati . Voltávamos tarde da noite por ficar brincando na Rua o dia inteiro e depois íamos jantar em sua casa com sua irmã que era um amor.                                  

Bons tempos....

Ty: quem era - pergunta sem me encarar comendo seu sorvete -

S/n: o Dudu fazei um tempão que nós não nos víamos - sorriu -

Ty: hum....- ele encara o céu - o que ele é seu ? Por que você ficou abraçando ele é até beijou sua bochecha sabe ... Eu sou seu namorado e...- interrompido -                                 

S/n: era meu primo - ele para de falar o encaro e beijo sua bochecha - pronto ciumento - falo e ele ri -

Ty: desculpa é que você praticamente me esqueceu ali - nego -

S/n:  desculpa eu por ter te deixado confuso - Acarício seus cabelos e ele se levanta -

Ty: vamos que estamos quase chegando - assinto e me levanto -

Bate um vento gelado e bato meus dentes olhando para o céu.  As nuvens estavam escuras e estava um vento muito gelado . Tento me esquentar mas ainda estava com frio .

Olho pra frente e não vejo o Tae . 

S/n: aish perdi ele de vista e agora? - pergunto e sinto alguém me abraçar por trás me esquentando com seu casaco -

Ty: esta com frio não é? - nego e fico reta mostrando ser forte - você não me engana s/n vamos - ele pega em minha mão e entrelaça nossos dedos andando mais rápido -                                 

Meu coração se acelerou por ele ter feito tal ato mas finjo ser uma coisa normal e que não estava surpresa . Mas por dentro estava arrancando todos meus cabelos de felicidade .

Acabo deixando um sorriso bobo sair e bem na hora ele se vira parando de andar e me encarando .

Ty: se você queria que eu segurasse sua mão era só pedir amor - fala e Morro por dentro .-

Amor.....

Morta estou . Agora sim estou empressionada e não consigo esconder . Tudo bem , ele está demostrando afeto então não vou ser diferente ... aliás.  Sou difícil ..... ( MENTIRA )                                        

s/n: tudo bem irei falar da próxima - dou um selinho nele - amor - continuo andando e ele vem atrás -

Sua mão era grande e quente . Era como uma luva com o efeito duplo de calor. Sua mão acariciava a minha enquanto andávamos o que me fez sorrir mais ainda . Aish esse menino me deixa tão boba e feliz .

Ele para em um lugar que avia um banco e algumas árvores e arbustos em volta . Ele fica em pé ali e sai um pouco de perto de min me mandando ficar ali .                                  

Apenas fis o que ele pediu e fiquei ali em pé . 

O vento soprava para o meu lado fazendo meus cabelos voarem com o vento me dando um gelo nas orelhas. Começo a achar estranho por que ele apenas ficava ali me olhando .                                       

A árvore que o Tae estava perto se balança fazendo cair algumas folhas e ouco algumas risadas. Fico ali apenas esperando algo , até começar a ficar mais frio ainda.                                          

S/n: ta frio - falo baixo - TÁ FRIO - grito e o Tae ri vindo até min e me dando seu casaco depois volta a seu lugar e se senta na grama rindo um pouco - obrigada - falo baixo para min mesma e me abraço para esquentar .

Começou a dar alguns raios mas não sai do meu lugar . Estava ficando sem paciência . Estavam me fazendo um trote? Se estiverem não vão sair vivos depois por que estou aqui nesse frio . Affs eles vão ver.

O que o Tae veio fazer aqui? Por que fica rindo? E por que aquela árvore se mexeu e saiu risadas dela? Isso está me cheirando mal .... deveria ficar aqui? Sim ou não. ...                                                             

Só vou ficar mais um pouco por que estou curiosa se não eu não ficava ....mentira ficava sim só pra ver o que irá acontecer ... 

Cruzo meus braços impaciente batendo o pé no chão .... descido sair dali mas quando dou um passo . Alguém me abraça por trás me impossibilitando de andar .                                                       

Paro no mesmo momento e olho para a pessoa ...

Não.....

Não podia ser....

Como?.....

Quando?.....

Por que?......









Continua?..,....


Notas Finais


Espero que tenham gostado fiz esse capítulo com muito amor então espero que gostem e....FINALMENTE NAMORADOS
já não aguentava mais esperar isso meu Deus do céu ,amo vocês e até o próximo chuchus ❤❤✋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...