História Pelo acaso - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Imagine Bts, Taehyung
Visualizações 78
Palavras 656
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meu god.
Pelo senpai

Capítulo 35 - O que fazer?


Capítulo 35
Md: bom...ela está com um tumor
Tae: o que? mas é muito grave?
Md: sim. Mas pode ser retirado com uma cirurgia. Ela tem 1 dia se não operar ela pode morrer.
Tae: então faça a cirurgia doutor. Faça de tudo pra salva-lá.
Md: mas preciso que um membro da família assine um termo.
Tae: como assim?
Md: precisamos que seja ou pai,mãe, avós, tios ou o marido dela. voce é marido dela?
Tae:ainda não, estamos noivos.
Md: mas e os pais dela?
Tae: já morreram.-triste-mas tem o primo dela. -Apontei pro hoseok. Pode ser?
Md: infelizmente não pode. Porque não tem nenhuma ligação sanguínea entre eles. -recepcionista chama o médico- me de licença decidam e depois me avisem, mas procurem não demorar muito.
Tae: ok. Mas ela está acordada?
Md: sim, pode ir lá vê lá.
O médico vai e ficamos lá Naomi abraçada com hoseok chorando. até...
N: pera aí. Ele disse que o marido dela pode assinar.
H: sim. Mas ela não tem marido. Ainda.
Tae: o que quer fazer?-olha sem entender nada.
N:aí vocês ainda não se tocaram?  Ela precisa casar. Bom..vocês precisam casar.
Tae: até que faz sentido. Mas não tem como arrumar todos os documentos necessários tão em cima da hora
N: minha mãe é advogada esqueceu? Ela pode ajudar.
Tae: você se encarrega disso pra mim?
N: não se preocupe.
Hobi nos olhava sem entender nada.
N: vamos Hobi.
Eles se dispedem de todos e vão.
E eu fui ver a s/n
Vir ela deitada na cama. Me contive pra não chorar.
Pensamentos tae.
Acho que ela tá dormindo. Vou ficar aqui.
Meu amor não se preocupe. Você vai melhorar e nos vamos pra casa.
Pensamentos off
Segurei em sua mão e deitei a cabeça Na cama. Então sinto ela apertando de leve minha mão.
S/n: A-amor?-voz fraca.
Tae: amor.-olhei pra ela surpreso.
Escutar ela falar já me dava um alivio.
S/n: o que aconteceu?
Tae: você desmaiou. E eu trouxe você pro hospital.
S/n: mas e os seus pais?-pergunta eufórica.
Tae: calma!! Eles estão aí fora.
S/n: justamente hoje eu fui ficar assim!-chora.
Tae: ei não chora. Você não teve culpa.-abracei e dei um beijo em sua testa.
S/n: mas o que o médico disse que eu tenho.
Quando ela me perguntou meu corpo esfriou eu não sabia se contava ou não. Quer saber vou contar. Afinal ela vai ter que saber.
Tae: amor, se acalme vai ficar tudo certo.
S/n: desembucha tae!
Tae: você tem um tumor.
S/n: o que? Eu vou morrer?
Tae: se acalme o médico disse que pode fazer uma cirurgia pra retirar. Mas...
S/n: mas... o que?
Tae: mas precisava da autorização de um  parente.
S/n: mas e o hoseok?
Tae: ele não pode. Mas o médico disse que podia ser o seu marido.
S/n: tae nos não somos casados?-não entendeu.
Tae: você precisa fazer essa cirurgia se não você corre risco de morte. Por isso eu vou assinar como seu marido.
S/n: não tem como, vão pedir a certidão
Comprovando que somos casados.
Tae: mas vamos ter certidão.
S/n: você tá me confundindo Taehyung.
Tae: Naomi teve uma ideia.
S/n: e o que é?
Tae:-coça a cabeca- vamos nos casar aqui.
S/n: como assim?
Tae: não vai ser o casamento dos sonhos mas prometo que você tera o casamento dos sonhos.
S/n:-pegou minha mão me fazendo olhar pra ela- tae me casaria com você até se fosse em um manicômio.-eu ri aliviado.
Depositei um beijo em sua testa e sair do quarto. Fui à procura do médico pra perguntar se podia realizar o casamento lá.
Tae: doutor.-chamo o médico.
Md: então já decidiram?
Tae: é sobre isso que quero falar com o senhor.
Contei pra ele,e expliquei a situação.
Md:meu jovem nunca fizemos isso aqui.
Tae: mas é literalmente caso de vida ou morte.
Md: não sei não.
Tae: porfavorrrr. É o único jeito que tem de salvar ela.
Md:.....








Notas Finais


O que acham ela deve ou não casar no hospital?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...