História Pelo Bem Do Reino De Jiga (Jikook) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 18
Palavras 1.536
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ecchi, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Luta, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Slash, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii amoras!

Quem é vivo sempre aparece não é mesmo?

Bom, como eu disse antes no aviso eu reescrevi essa a fanfic. Eu realmente não sei se o capítulo está ao agrado de vocês, por isso peço que me digam o que acharam huh?

Enfim, queria informar também que eu alterei algumas coisas.

Eu estou com esse capítulo pronto faz um tempinho, porém a coragem para postar era bem pouca. Eu estou bastante atarefada também, por isso não sei quando irei poder atualizar a fanfic novamente.

Tentarei também fazer capítulos grandes e com bastante detalhes huh?

Me desculpa erros ortográficos, eu estou caindo de sono mas amanhã irei revisar o capítulo.

Espero que gostem ^•^

Boa leitura!!!

Capítulo 1 - Prólogo - Foi bom fazer negócios contigo.


Fanfic / Fanfiction Pelo Bem Do Reino De Jiga (Jikook) - Capítulo 1 - Prólogo - Foi bom fazer negócios contigo.

O reino de Jiga

Um reino que está ficando cade vez mais pobre, perdendo suas riquezas, habitantes, gado, colheita e as fontes de renda dos habitantes. Namjoon, por outro lado, jamais imaginou que seu reino poderia ser vítima de uma crise econômica. Jiga era considerado uns dos reinos mais ricos do século XX.

 Era difícil para um rei ver que seu reino estava ficando cada vez mais pobre a cada dia que se passará. De tantas minas de ouro que Jiga possuía, apenas duas funcionavam, porém era extremamente difícil de se achar algum tipo de ouro escondido entre as terras. 

Namjoon não parava de perguntar a si mesmo como isso começou, quando a crise começou a se espelhar pelo reino desta forma tão drástica e claramente ele iria descobrir mais tarde, pois sua maior preocupação agora era tentar achar alguma forma para poder reerguer seu reino, para assim poder passar a coroa para o seu sucessor. 

O príncipe Jeongguk era considerado o alfa lúpus mais lindo de todo o reino, sendo também desejado por todos. Mas o que ele tinha de beleza, não tinha de bondade e muito menos caráter, sendo um alfa interesseiro e soberba. 

Claro que teria um motivo para o alfa mais novo ter se tornado um ser repugnante, porém já faz anos desde que sua mãe falecera. Namjoon entende - ou entendia - o porquê de seu filho ter se fechado para todos após a morte de sua mãe, porém jamais imaginou que o alfa se tornaria isso: um ser humano cheio de ironias e insuportável.

Além de Jeongguk, Namjoon tinha mais um filho, Kim Taehyung, este era um ômega, o filho mais velho no caso. 

- Majestade, sinto muito lhe informar que mais uma família acabou de deixar o reino. - Um guarda disse, não deixando de fazer sua reverência antes de falar com tal. Mais uma família se foi e assim o desespero do alfa aumentava. 

- Obrigado por me informar, agora se retire e deixe-me só. - O alfa respondeu ao guarda, logo depois sentando em sua cama. 

Por mais que pensasse de todas as formas possíveis para tentar resolver o seu grande problema, nenhum iria funcionar, afinal para reeguer um reino era preciso de uma aliança com outro, casando o seu herdeiro.

- Oh, sim, o príncipe Jimin. - Uma das servas dissera sorrindo. Andavam em direção aos aposentos reais para guardar as roupas que estavam devidamente limpas e bem passadas. - Ele é um lindo ômega, bondoso e muito alegre. Acredita que ele já até escolheu o seu alfa? - A serva novamente dissera, olhando para a outra que estava ao seu lado e que ainda permanicia abismada com a tamanha fofoca. 

- Não. E quem seria esse alfa sortudo? - Perguntou a serva que ouvia tudo, ainda não acreditando como que sua amiga havia descobrido essas coisas. As duas pararam em frente ao quarto do rei, continuando o diálogo. 

- O príncipe Jeongguk. - Naquele momento, já se preparando para se deitar um pouco, Namjoon arregala os olhos ao ouvir tal frase proferida. - É, o filho do nosso rei. - A essa altura o castelo intero havia escutado a conversa das amigas fofoqueiras, afinal elas falavam alto em frente a porta dos aposentos do rei e como Namjoon era um alfa lúpus obviamente iria escutar tudo graças a sua audição apurada.

- Oh! Não creio, tantos alfas pelo mundo e ele foi escolher o mais repugnante e interesseiro?

- Bom, neste caso creio que vossa majestade não saiba sobre os podres de "seu" alfa. - A serva que contava a fofoca disse, fazendo aspas ao dizer "seu". 

- Diga-me, Ângela, como sabes de tudo isso?

- Oras! Esqueceu que meu filho é amigo do príncipe Jimin? Taemin conta tudo para mim, por isso sempre estou informada. - Ângela, citada por sua amiga, a respondeu.

De repente Namjoon teve a brilhante ideia, vendo que essa seria sua última tentativa para salvar seu reino. Abriu a porta de seu quarto, dando de cara com as servas fofoqueiras. 

- Você! - Apontou para Ângela, vendo a velha beta arregalar os olhos. - Venha cá, conte-me mais sobre esse príncipe Jimin. E você... - Apontou para a outra serva - Volte já a seus afazeres. 

- C-claro s-senhor... - Respondeu a serva, engolindo em seco e assim entrou nos aposentos do rei. 

                                     [...]

Namjoon mais uma vez estava em seu escritório, terminando de escrever um comunicado para o rei da província vizinha, Dak-Ho. O alfa pensou e pensou diversas vezes antes de escrever o comunicado e mandar o mensageiro real encaminhar para Kanghi. 

O alfa decidiu marcar um encontro com o outro rei aqui em seu palácio, onde iria lhe proporcionar o que fora escrito no papel. Na mente do alfa já estava na hora de seu querido herdeiro tomar atitudes sensatas e pensar como um devido rei pensará. 

- Appa, tem certeza que quer casar Jeongguk com esse tal príncipe Jimin? Sabes que este ômega irá sofrer nas mãos de meu irmão. - Kim Taehyung, o filho mais velho disse tentando entender o porquê de ser Jeongguk a se casar e não o próprio.

- Porque ele é o meu sucessor, estou ficando velho e já está na hora de seu irmãozinho ter responsabilidade. Acredite, eu não o queria como meu herdeiro. - Namjoon olhou para o filho gestante, sorrindo bobo ao ver o quão lindo seu bebê estava com aquela barrigona de apenas seis meses. 

- Appa, desde quando 42 anos é velho? Estais louco se pensas desta forma. - O ômega disse rindo, logo alisando sua barriga. - A cada dia que se passa essas meninas pesam mais, eu não consigo nem mesmo andar mais! 

- Isso que dá se relacionar e não se cuidar depois, agora terá que assumir sua responsabilidade como omma e Hoseok como appa. Falando em Hoseok, onde ele está? - Namjoon se sentará ao lado do filho, ainda um tanto pensativo. 

- Como o senhor mandou ele ficar de guarda costas do meu irmãozinho querido...- O ômega respirou fundo, sentindo uma de suas filhas chutarem. - Meu querido irmão saiu e não voltou até agora, confesso estar preocupado com aqueles idiotas.  

- Não se preocupe filho, logo eles chegarão. 

                                      [...] 

Se passava das três da madrugada. Jeongguk e Hoseok ainda não retornaram para casa e com isso deixava o ômega gestante bastante aflito, com bastante medo e com uma enorme negatividade em seus pensamentos. Suas filhas estavam bem agitadas, não deixando seu omma nem ao menos tirar um cochilo.

- Aigoo! Por favor meus amores, poderia deixar o omma descansar um pouquinho? Sei que sente falta do papai de vocês mas ele está com o cabeça oca do tio de vocês, então faça o favor de colaborar comigo. - Taehyung suspirou pela milésima vez naquele dia, sentindo um chute mais forte em resposta. 

Jeongguk sairá de casa desde manhã e até agora nada, por mais que ele não merecesse seu irmão estava sim muito preocupado com ele. 

Jung Hoseok, noivo do filho mais velho de Namjoon e também seu conselheiro real que atualmente está com status de guarda-costas, estava cansado de ficar seguindo o cunhado mal agradecido. Jeongguk passará o dia todo dentro de um bordel que tinha na aldeia. 

O Jung passará a noite debaixo de uma árvore esperando Jeongguk sair pela porta de entrada. Não quisera entrar pelo forte cheiro de bebida e sem falar dos alfas, que a cada momento permanecia mais naquele estabelecimento, mais excitados ficavam ao ver aquelas ômegas (os) rebolando a bunda e quase nuos. 

Estava sentindo falta de seu ômega e de suas filhas, pois o alfa sabia que elas estariam bem agitadas a essa hora, porém seu dever era seguir as ordens do rei e também dar conselhos.

- Espero que o Tae e as meninas estejam bem...- Após proferir a frase, o alfa cairá no sono profundo. 

                         [...]

Dois dias depois...

O rei Dak-Ho finalmente chegará em Jiga, junto de si estava sua esposa e seu filho. Namjoon aguardava o outro rei em sua sala de reuniões, esperando que este aceite sua proposta. 

Jimin estava maravilhado com a beleza do castelo, não deixando de reparar em nenhum detalhe com seus olhinhos pequenos e curiosos. Dak-Ho apenas aceitará ir até Jiga por insistência da parte de seu filho,  que acabará convencendo seu progenitor. 

- Majestade, o rei Dak-Ho e sua família acabaram de chegar. - Kwang, um servo entrou no recinto onde Namjoon se encontra. 

- Deixe-os entrar... - O alfa se sentará em uma das cadeiras, logo vendo uma cabeleira rosa passar pela porta. 

Adorável. 

Foi o que o alfa pensou assim que viu o futuro noivo de seu filho entrar na sala. 

                   [...] 

- Foi bom fazer negócios contigo, Namjoon. - Dak-Ho dissera sorrindo. 

- Digo o mesmo. 

- Espero que conte logo para Jeongguk sobre o nosso acordo, quando pretende contar para ele? 

- No dia de seu aniversário, será daqui há uma semana. Farei um baile em comemoração e na frente de todos irei anunciar sobre o noivado de nossos herdeiros.

- Ótimo. 


E foi reparando em Jimin naquele instante, vendo o quão lindo e adorável o ômega era, Namjoon teve a certeza que aquela foi a melhor escolha de sua vida.


Continuo?...


Notas Finais


Jimin ômega puro - 21 anos
Jeongguk alfa lúpus - 20 anos
Taehyung ômega - 24 anos
Hoseok alfa - 24 anos
Yoongi ômega - 25 anos
Jin ômega - 36 anos
Namjoon alfa lúpus - 42 anos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...