História Pelo Corredor da Escola - Capítulo 9


Escrita por:

Visualizações 15
Palavras 1.131
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente tou de volta estive muito mal por problemas pessoais tipo:
Auto-aceitação e amor né mais tou aqui vivo (por enquanto)
Ah! Só peço uma coisa , comenta aí embaixo o que achou

Capítulo 9 - Bêbados de Solidão


Fanfic / Fanfiction Pelo Corredor da Escola - Capítulo 9 - Bêbados de Solidão

Dias depois//

Hoje com a mesma rotina da manhã acordei,me arrumei e fui para a escola

Hoje é um dia antes da apresentação da música então hoje era o último ensaio , enquanto andava aproximando-me da escola por coincidência encontrei Raquel , e já falei com direto pra não rolar papo:

-raquel?

-oi

-avisa o seu primo que vá hoje lá na minha casa , okay?

-okay

Acelerei o passo fugindo da conversa para não alongar , chegando na escola encurtei os passos, parei e pensei , esqueci meu caderno e de trocar os livros , olhei em meu celular 6:20 , cheguei muito cedo então da tempo de voltar 

Fui rapidamente ,corri e peguei os livros e cadernos daí me olhei no espelho , olhei bem e pensei: eu posso ir diferente hoje .Abri meu guarda roupa e peguei uma calça jeans colada (tenho que estar atraente né, vai que tem alguém interessante) e uma jaqueta jeans e outra de couro, não.e decidi qual levar aí coloquei as duas na mochila e fui pro colégio . No meio do caminho pensei e decidi,  vou usar a jeans pois combina com a farda branca .

Chegando novamente no colégio andei pelo corredor meio que me sentindo muito bem, eu não andava eu desfilava quando cheguei na sala todos olharam para mim , devia ser por causa da roupa ,más quando sentei ao lado da Kailane ela me falou:

-que roupa é essa

-gostou?

-obvio(abri um sorriso) que não!

-noussa 

-migo tá péssimo , não combinou viu

-serio?

- sim 

Daí começa a chover e poucos minutos depois o professor chega todo encharcado e com os sapatos com Lama e ficou com uma Pocinha de água na porta daí ele disse:

-desculpem alunos a chuva me pegou, mais vamos ao que interessa 

No decorrer da aula eu perguntei a Lavínia:

-fala verdade Lavínia , tá feia né essa roupa

- pra falar a verdade, tá sim 

- Droga 

Olhei em direção ao professor e disse :

- Professor posso ir no banheiro 

- pode ir sim 

Quando vou caminhando pela porta , pisando na poça d'água o professor fala inesperadamente:

- só nãooo de.....!!!!!- automáticamente eu viro pra ouvir o que ele disse num Tom tão alto e pelo nervosismo eu acabo escorregando e ralo o joelho no chão rasgando a calça , logo após toda a sala rir de mim e o professor diz :

- cuidado, você tá bem

- acho 

-okay senhor me assustou 

- só ia dizer pra não demorar muito

- não precisava me assustar , Kailane?

-sim - ela responde rindo

-me passa a minha mochila

-okay- você é muito desastrado

E alguém lá do fundo diz : 

-Agora parece que foi pra guerra sozinho

- Foda-se   - respondo-lhe rapidamente, e pego a mochila e vou pro banheiro.

No banheiro//

Por que hoje tinha que dar tudo errado hoje, logo hoje , não posso sair daqui assim , tenho que dar um jeito

Fiquei no banheiro até a hora do intervalo sem coragem de sair e tive a brilhante ideia , o buraco na calça era no joelho e não tão grande , peguei me estilete e core reto a minha calça e depois o outro lado , desfiei com os dedos e deixei mais estilosa possível , troquei a jaqueta e disse a mim mesmo:

- eu vou vencer , eu consigo

Sair assim que o intervalo acabou cheguei na sala e todos olharam e logo a Kailane disse :

-noussa tá muito foda essa calça , esse tempo todo vc foi comprar outra?

- não eu desfiei os dois lados

- nossa desde quando vc sabe fazer isso?

- Desde hoje!

- é essa jaqueta

- já chega vamos voltar a aula - diz o professor

- ok professor

Termina a aula e vou saindo ao lado de kailane e pergunto :

- Gostou dessa roupa agora 

-claro !

- que pena , pq eu odiei a sua , sua roupa e sua amizade, pois você riu de mim e não me ajudou . Agora foda-se

Vou embora .

Chegando em casa ,nossa hoje foi o dia D ! Vou dormir pra desestressar 

Atarde//

Mamãe chega, me conta como foi seu trabalho enquanto não dou a mínima e só aguardo o primo da Raquel chegar.

16:29 o primo da Raquel chega batendo na porta ,corro para abrir . Olho para ele e falo:

- vamos?

- sim

Subimos e ensaiamos , depois de ensaiarmos nós comentamos : 

-poderiamos sair - falo

- é ....

-sair para comemorar ou distrair a mente é o que preciso

-Okay então ,vamos aonde ?

- você bebe?

- sim

-okay vou só avisar minha mãe e tomar um banho

logo após avisar e tudo mais nós decemos e vamos.

- mais vamos de que ? - pergunto

- eu vim de moto 

- tá legal 

Quando saímos vejo sua moto e é uma XJ (moto daquelas grandes e velozes)

- Nossa que moto- digo

- ah obrigado! Mais onde você quer ir 

- vamos naquela" boate bar "

- ok , vamos 

Percebo agora andando em sua moto que com ele pode ser tão legal comigo , ele nem me conhece direito e ja diz sim para tudo que falo, será que ele pode ser o garoto perfeito.... Não esquecer ele é hetero

Chegando no bar peço a bebida mais forte pq quero esquecer os problemas e começamos a conversar. Conversa vai conversa vem e já estava loucão e ele mais ou menos 

- Você já amou alguém- ele me pergunta 

- não Pedro Henrique-ja estava bêbado

- é Gustavo- ele rir 

Terminamos os dois bêbado, ele foi cavalheiro e não deixou eu pagar a conta (lindo ❤️-❤️)

E ele me levou pra casa , quase não chegamos , e perguntei :

- Você não está em condições de ir pra casa , não quer dormir aqui?

- não precisa eu consigo

- não. Essa é a única forma de lhe retribuir por me trazer até em casa

- tá bom 

subimos silênciosamente para o quarto e ele senta na ponta da cama e joga direito :

- você já amou alguém e esse alguém nem percebe 

Faço um silêncio e respondo :

- sim , e você

- bom nesse exato momento....sim

-ahh nois vamos superar, espera vou só tomar um banho

Tomo meu banho , quando termino lembro que esqueci a roupa e só trouxe a cueca então saio de cueca e sem perceber ele olha fixamente para mim e quando percebi a roupa estava ao seu lado na cama , peguei e e virei de costas e dei o primeiro passo quando ele puxa pelo meu braço e me joga na Cama e beija - me , essa ação foi inesperada

Seus beijos eram longos e intensos , tão delicados . Logo depois tiro sua blusa e vai rolando, ele tira minha única peça minhas cueca e puxa-me e encaixa seu ...( 18) 

Enquanto penetra-me ele me beija , e tudo vai rolando.

 é a melhor noite da minha vida

"Ele é a pessoa ideal e mais especial para perder a minha virgindade, é alguém inesperado mais o cara ideal".













Notas Finais


Gente eu vou tentar postar todo dia ok espero que gostem e comentem aqui nesse capítulo o que acharam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...