História Pelos caminhos da vida.. (SasuSaku) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Visualizações 198
Palavras 1.491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii Galera, desculpe a demora, tive alguns imprevistos aqui, as vezes fico com um bloqueio de escrever essa fic, mas segue mais um capítulo. Beijos de tomates

Capítulo 11 - O segredo de Sasuke.


Fanfic / Fanfiction Pelos caminhos da vida.. (SasuSaku) - Capítulo 11 - O segredo de Sasuke.

Povs Naruto**-**

Acordei bastante cansado depois do que aconteceu ontem, todos foram embora e só sobrou para eu e Hina limparmos tudo, tomamos o café da manhã e me lembrei na Sakura-chan, tomara que o teme tenha cuidado bem dela, fiquei preocupado, ela precisa de ajuda, já faz muitos anos...

- Hina?

- Hun? Naruto-kun!

- O que acha de irmos na casa da Sakura-chan ver como ela está?

- Não sei se é uma boa ideia agora Naruto-kun, ela estava com o Sasuke-kun, quem sabe até estejam juntos ainda.

- Você acha?

- Não acho que o Sasuke deixaria a noite sozinha depois daquele episódio, melhor irmos amanhã à noite depois do trabalho, podemos combinar de assistir um filme nos quatro no cinema, o que acha?

- Hinaaaaaa-chan você é a melhor, estava pensando em irmos mesmo para o cinema, então vou ligar para o teme e convidar.

- hun, tudo bem Naruto-kun. Falou Hinata envergonhada.

Ligação ON

- Alô, teme? Você ta aiii??

- Fala baixo seu Baka, o que você quer?

- Estava conversando com a Hina e ela sugeriu de irmos amanhã à noite ao cinema, nós quarto!

- Não sei Naruto, preciso falar com a Sakura, depois de ontem não sei se ela quer sair. Espera.

Sakura?

Oi Sasuke-kun

O baka sugeriu de irmos nós quatro, amanhã para o cinema, mas entendo se não quiser ir, acho até melhor ficarmos em casa mesmo.

Tudo bem Sasuke-kun, acho melhor mesmo, não quero sair por agora.

- Vocês estão juntos temeeeee???

- Para de gritar seu Baka, não preciso te dar satisfação de nada.

- Hummmm teme, sei viu? Já sabe o que eu penso sobre isso. Cuidado para não a magoar.

- Você escutou o que ela disse? Disse Sasuke.

- Ouvi sim, tudo bem não sairmos, mas amanhã passaremos aí para ver vocês, então até amanhã!

- Hun.

Ligação OFF

A Hina-chan estava certa eles estão juntos, tomara que se entendam e se ajudem, não quero ter que brigar com o teme por isso, quero que eles se apoiem, algo me diz que ele é a luz da escuridão dela, basta só ele se perdoar por aquilo, para conseguir oferecer o que a Saky precisa.

 

Povs Sakura *--*

Aquilo realmente me abalou, a Sasuke-kun tem razão, eu preciso me tratar, já faz bastante tempo e ainda sofro como se tivesse sido hoje, amanhã eu não vou trabalhar na empresa a tarde e vou em busca de um profissional para iniciar uma psicoterapia, mas por enquanto vou viver o hoje e organizar meus pensamentos.

O casal preparou o almoço por um período curto de tempo e continuaram na casa de Sasuke, a rosada por sua vez foi na sua casa trocar de roupa, mas logo voltou, resolveu curtir aquele domingo ao lado de quem se sente bem, não adiantaria fugir do que sente, enxerga nele sua salvação, precisa deixa-lo entrar, mas não aguentaria vê-lo sofrer por causa dela.

- Sasuke kun?

- Oi Rosada!

- Amanhã eu não vou trabalhar a tarde para ir em busca de um psicólogo, depois vou lá para as crianças, me sinto bem quando estou com elas, principalmente quando estou mimando a Yumi, ela não tem família e me sinto conectada a ela.

- Gostaria que me esperasse, estarei saindo da empresa as 13:00 e te acompanho, quero ir com você no psicólogo e quero que me apresente essa menininha.

Sakura brilhou os olhos, ninguém nunca se ofereceu para ir junto sem segundas intenções e sabia que Sasuke queria estar perto dela para cuidar e lhe oferecer o sentimento que nutria por ela, não só para usá-la como a maioria dos caras que se aproximaram dela. Alargou um sorriso e respondeu:

- Vou amar sua companhia e Yumi com certeza gostará muito de você!

- hun, tudo bem! Se você diz....

Continuaram o que estavam fazendo, Sasuke estava mexendo em alguns papéis da empresa que trabalha e Sakura estava lendo um livro, sentiam-se confortáveis fazendo coisas juntos, quem olhassem pensariam que moravam juntos e era um casal, sintonia tinha de sobra, mas além de sintonia, também tinha problemas de sobra.

- Sakura, eu sei que disse que não gostaria de sair amanhã à noite com o baka e a Hinata, mas o que acha de irmos nós dois para o monte de cerejeiras, li no jornal que o pôr do sol lá é muito bonito.

- hun, se você quer eu vou com você Sasuke-kun, só não quero estar em aglomerações por enquanto.

Ele se levantou de onde estava e foi até ela, tirou o livro de sua mão e pegou-as com as suas:

- Sakura, eu prometo que quero melhorar com você, mas meus problemas não me deixam ser completo contigo, tenho tanto medo de te fazer mal...

- Se você soubesse o bem que me faz, nunca mais pensaria assim.

- Me entende, por favor?

- Mas para te entender preciso saber o que aconteceu para te deixar tão confuso.

Sasuke baixou a cabeça, saberia que uma hora tinha que contar para ela, respirou fundo e relembrou de toda aquela história.

- Sakura, a 10 anos atrás eu era um jovem imaturo, muito ríspido e fechado, tinham várias meninas que se interessavam por mim, mas sempre era frio com todas, me chamavam de Sasuke o pegador, fiz o feito de sair com quase todas as meninas da escola, saía e depois as rejeitava, não me olhe assim por favor, hoje com a cabeça que eu tenho sinto muita vergonha de quem fui, falar para você está sendo difícil para mim. Nunca tive uma namorada séria, ficava com várias, algumas somente uma vez, outras repetia. Nesse tempo eu e Naruto estudávamos na mesma sala, ele já era apaixonado pela Hinata, mas ela não percebia isso, era muito tímida para desvendar que um tagarela como Naruto tinha se apaixonado por uma moça meiga como ela. Certo dia, chegou uma menina novata na escola, seu nome era Harumi, era bonita, tinha cabelos longos pretos e olhos avermelhados, não dei muita trela para ela, algo me cheirava a confusão, já me metia em muitas, então comecei a repelí-la, ela por sua vez se apaixonou por mim, ficava toda hora no meu pé, não conseguia mais ficar com nenhuma outra menina devido ao seu excesso em cima de mim, sempre deixei claro que não queria nada com ela, já cheguei até trata-la mal, mas nem isso resolveu, ela insistia que namorava comigo, achava ela louca. Eu e
Naruto fomos em uma calourada do 3º ano e resolvemos que íamos beber até cair, coisa que fazíamos em quase todas as festas que íamos, nessa especificamente ela estava, quando me viu pulou em cima de mim, tentei me livrar a todo custo, mas não consegui, já estava muito bêbado e resolvi ceder a tamanha insistência. Acabei ficando com ela, estava muito tonto, ela não deixava eu ficar com ninguém, espantava todas as garotas, depois fiquei sabendo que até ameaçar ela já tinha feito. Ficamos a festa toda, o que fez ela reforçar ainda mais a teoria dela de que somos namorados, no final da noite ela que estava lúcida disse que me levaria para minha casa, morávamos eu e Naruto na época e ele ainda não havia chego em casa, ela subiu para o apartamento comigo e tirou ao abrir a porta foi logo tirando a roupa, eu como um adolescente idiota que era e louco por sexo, dividi minha cama com ela. Passamos a resto da madrugada juntos, até que amanheceu e percebi que tinha um corpo sobre mim, era ela, estava nua em cima de mim tentando me acordar. Me desculpe te dizer essas coisas Sakura, mas para chegar onde é o foco você precisa saber como começou tudo. Fiquei louco quando a vi em cima de mim, sabia que tinha me metido em uma fria grande de ter dado trela para aquela louca, a expulsei da minha casa e ela saiu chorando, dizendo para eu me acalmar pois um casal de namorados sempre...

- Saí de cima de mim sua louca, você aproveitou que eu estava bêbado para ficar comigo, só bebendo mesmo para te querer.

- Calma Sasukinho, tivemos nossa primeira noite juntos e foi incrível, quem sabe não aumentamos nossa família agora não é meu namorado?

- Você só pode estar mesmo louca, saía da minha casa agora.

- Vamos conversar amor...

- Não sou seu amor, não tenho namorada

- Você não pode terminar comigo, não depois de ontem...

- Nada foi real, estava bêbado, some da minha frente.

- Calma sasukinho, mas tarde conversamos novamente, sei que um casal sempre briga, essa foi a nossa primeira que vamos superar juntos.

A empurrei para fora de casa e bati a porta na cara ela, me senti em paz depois daquilo, não tinha mais ela no meu pé...

Mas mal sabia eu que o inferno na minha vida tinha acabado de começar...

 

 


Notas Finais


Gente, começamos a saber sobre a história que Sasuke esconde, será o que estar por vir hein?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...