1. Spirit Fanfics >
  2. Pelúcias >
  3. Único

História Pelúcias - Capítulo 1


Escrita por: e Kim_Kwan97_


Notas do Autor


°•°

→boa leitura←

Capítulo 1 - Único


Fanfic / Fanfiction Pelúcias - Capítulo 1 - Único

-Chan, você precisa dar um à ele! Não aguento mais, foi um presente do Hyunjin poxa!

Já havia uma semana desde que Jisung se aposara da pelúcia que Félix ganhara de presente de 1 mês de namoro.  Um ursinho, pequenino e fofo. Tão macio, parecia um bebê de tão gostosinho de abraçar. 

Que mal tinha afinal? Félix nem usava o ursinho, apenas o deixava lá, em cima da cama, como de enfeite! O pequeno rapper ao menos fazia bom uso do brinquedo. O colocando em seu meio e de Chan, enquanto o maior os abraçava e se derretia todo com a cena de seu bebê cuidando do ursinho como se fosse seu filhotinho. Filhotinho deles.

- ah Felix! Jisung já se apegou demais à aquele ursinho! Deixa com ele,  pede outro pro Hyunjin!

Ok, pelúcias eram o que não faltavam no quarto de Felix, mas acontece que o ruivinho era apegado demais às suas coisas, por menores e mais e insignificantes que elas fossem, ele simplesmente tinha ciúmes demais dos seus objetos. E ver Han andando com seu ursinho pra cima e pra baixo lhe dava nos nervos. 

- Não importa Christopher! Eu quero meu ursinho de volta! - Félix olhou ao seu redor, dando de cara com um Jisung no sofá abraçadinho com seu ursinho e o enchendo de beijinhos, Félix teria zoado a infantilidade do outro se não estivesse com tanto ciúmes. - quero ainda hoje!. 

Completou a frase com um bico e com pose de birra.

Christopher soltou um suspiro cansado, qual era o problena de seu irmão? O que tinha aquele urso de tão precioso assim?

Olhou a cena do sofá, se entristeceu ao saber que seu tesouro teria que largar seu tão amado filhotinho.

- eu vou falar com ele, ok? Apenas espero um pouco.

- acho bom Christopher!- e Félix saiu pisando duro até o seu quarto.

Chan precisava falar com Han, lhe dizer para se desapegar ao urso, mas não tinha coragem, só a imagem de um Jisung todo choroso e tristinho na sua frente o batia uma dor no coração. Por que Félix tinha que ser tão duro? 

Hyunjin que observava a briga interna do mais velho da ilha da cozinha resolveu se aproximar.

- no que tanto pensas hyung?- Christopher se assutou ao sentir a mão gelada sobre seu ombro tão de repente. 

- na tristeza do meu esquilinho. Desde que ele perdeu nosso filhote ele adotou o urso do Félix como a criança dele. E agora meu irmão me obrigou à tirà-lo dele.

- e porque simplesmente não compra outro hyung? 

- ele se apegou à ESSE ursinho Hyunjin, tenho medo de que ele não aceite outro.

- o Félix ama demais as coisas dele, pode parecer egoísmo, mas é o Félix!  Aquele baixinho é muito sentimental demais com suas coisas. Mas olhe, se Jisung não aceitar um novo eu tento falar com Félix pra entender, por mais que eu saiba que vou apanhar depois.

- obrigado Hyunjin, vou agora mesmo achar outro urso para o meu pequeno. - Christopher estava tão entusiasmado. 

- vai lá hyung

Chan foi em direção ao pequeno garoto que falava sozinho com o brinquedo no sofá, uma cena tão fofa.

- oi meu bebê,  oque estavam conversando?- Christopher se sentou ao lado do esquilinho o trazendo para seu colo, começando um carinho gostoso na cinturinha magra do pequeno "mamãe".

-oi hyung! Nada demais, apenas contando umas histórias para o nosso filinho.

Chritopher sentiu um amargo lhe subir pela garganta. Um aperto ao lembrar da depressão que seu amadinho teve depois de descobrir a perda da primeira tentativa de ter filhotes deles.

-hmmmm oque você acha de fazermos mais um então meu amor?

- porque mais um channie, não está contente com o nosso filinho?- perguntou com curiosidade. 

- não é isto meu bebê, é que Changbin já está grandinho, não quer mais ouvir suas histórias, sabe como são os adolescentes. - Chris brincou ao final.

Os olhos do pequeno Han se iluminaram de anciedade.

- nós podemos ter mais um channie  hyung? Mais um bebezinho? Eu vou poder contar todas as historinhas que eu quiser pra ele? 

- sim meu precioso, podemos ter mais um e quantos mais você quiser, apenas deixe o crescido Changbin seguir com a vida dele ok?

-hummm - Jisung soltou um resmungo ao mesmo tempo em que encostava sua cabeça no peitoral do seu maridinho.- mas ele não vai se esquecer da omma dele, vai? 

-claro que não meu bem, agora vamos, levanta, vamos escolher o nosso novo filhotinho.

- ebaaaa.

Saíram de mãos dadas, Christopher conseguiu convencer Han à deixar o pqueno ursinho em casa.

°•

°•

°•

°•

- hyung vem logo!- Han praticamente arrastava Christopher por toda à loja de ursos, se encantava por todos que via, porém não se decidia. 

- que tal esse aqui anjo? Certeza que ele vai ser uma ótima criança. 

- grande demais Chris! Você não vai aguentar carregar ele quando ele quiser colo seu bobinho!- Jisung sorriu inocente ao pronunciar tais palavras,  Chan não pode deixar de se sentir culpado. Sabia que seu pequeno sofria, mas não podia fazer nada, o útero de Han, por ser mais frágil que os outros, na perda do bebê acabou sofrendo uma grande diminuição de nutrientes, liquidos e tudo mais que seria suficiente para gerar uma outra criança saudável, e levaria muito tempo para o corpinho pequeno de Han começar trabalhar na cura e para poder gerar outra, então até lá Christopher teria que sentir essa culpa e amargura até que eles possam tentar de novo.

- eu sou forte meu bebê- falou em uma voz falha, não queria deixar seu pequeno mais tristinho. - o papai Christopher é o mais forte que tem- sorriu erguendo os braços e mostrando os grandes biceps em uma tentativa de arrancar um sorriso em seu esquilinho. 

- tá bom, tá bom- jisung soltou uma risada gostosa ao ser abraçado fortemente e ter seu rosto cheio de beijinhos. Ao ser solto dos grandes braços do homen, foi até a prateleira e pegou o grande urso da qual Chan havia falado de lá.- escutou bebê? O papai Chan é o mais forte, aposto que ele consegue carregar nós dois ao mesmo tempo - Han sussurrava baixinho para o urso enquanto iam ao caixa pagar pelo filho deles.

- pode apostar que sim meu anjo-Christopher também sussurrou bem baixo para que só ele escutasse, enquanto seu amado ia na frente conversando animadamente com o grande urso. Christopher não podia estar mais feliz,  apesar das circunstâncias, ver seu pequeno alegre novamente o enchia de felicidade.  

Podia dizer que apesar de não convencional, sua família era perfeita. 

°•

°•

°•

°•

°•





Notas Finais


Sim, o nome do filinho deles era Changbin. Jisung ainda vai conseguir ter uma criança, escuta oque eu tô dizendo.
Essa é a primeira fic fluffy sem um final sad que eu faço, quee dizer... ah vcs entenderão.
Enfim digam oque acharam, se flopar eu juro que apago e finjo demência.




Essa fic me deixou soft, desculpem os erros ortográficos, já estou corrigindo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...