História Penumbra - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Madara Uchiha, Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Akatsuki, Drama, Itasasu, Lemon, Romance
Visualizações 73
Palavras 2.002
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Slash, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Volteiiiii.

Capítulo 13 - Dez


Fanfic / Fanfiction Penumbra - Capítulo 13 - Dez

Quando finalmente desperto estava em sua cama, em seu quarto. Olhou em volta notando que tudo estava escuro, um filete de dor passou pelas suas costas indicando que aquilo não foi um sonho é sim realidade . Lágrimas transbordaram de seus olhos. Olhou o seu relógio que marcava 5:40 da manhã, tinha que se levantar não queria dar de cara com seu pai e sua madrasta. Se levantou tremendo de dor e se vestiu, deveria tomar um banho mais não queria que eles ouvissem seu grito quando a água batesse pelos cortes recém feitos. Não entendia o que seu pai tinha lhe dizido ou que fez de errado por ter apanhado tanto, bom mais não tinha tempo para pensar a respeito. Desceu as escadas silenciosamente notando que nenhum dos empregados tinha, sequer começado a trabalhar, pegou uma maçã e começou a comer. Às vezes pensava do porque tinha nascido, do porque não foi ele que morreu no lugar da mãe, perguntas como essa ecoavam em seu cérebro. Chegou ao portão de sua casa e abriu a mesma, por um segundo olhou a mansão atrás de si, é um filete de lágrima desceu mais logo a limpou, não deixaria que ninguém o visse chorando. Já tinha chorado demais noite passada. Sem ela essa casa era oca, sem ela sua vida era oca e sem sentido.

- Porque será que algumas pessoas nascem apenas para sofrer ?- sussurrou já tomando o caminho para a escola.

~

Naori apagou um de seus inúmeros cigarros e olhou para a janela avistando seu enteado saindo de fininho, não precisou nem adivinhar que era para não encontrar seu pai. Às vezes sentia pena do garoto, mais às vezes não. A verdade era que ele era um incômodo, mais às vezes servia para alguma utilidade. Sabia que ele a odiava mais o que poderia fazer sobre esse assunto, não podia trazer a mãe já morta dele para a vida. Acendeu mais um cigarro e tragou sentindo a nicotina entrar em seu sistema.

- Se você continuar assim vai ter câncer de pulmão.

Naori riu com gosto.

- Precisava disso para relaxar, a noite passada foi demais para mim.

Fugaku apenas respondeu com um hump.

- Porque fez aquilo ?.- perguntou chegando perto dele e sentando ao seu lado.

O patriarca da família uchiha a olhou com frieza.

- Desde de quando você se importa com aquele embuste.?

A roxeada rolou os olhos com impaciência.

- Não me importo fugaku mais o porque daquilo ? Não precisava ter feito o garoto cair em cima do caco de vidro. As costas dele deve estar cheio de fiapo de cacos.

Fugaku se levantou da cama não dando a mínima para a roxeada.

- Como você quer ser salvo se você está destruindo a sua salvação.!

- Já deixamos claro naori que a minha salvação não e ele. Não mais.

Naori bufou e saiu de perto dele apagando o cigarro no meio do caminho e se dirigindo a suíte para tomar seu banho, mais antes de virou e falou, ainda na porta do banheiro.

- As vezes você é muito mente fechada fugaku. O que será que seu irmão pensaria sobre isso ?

~~~~~

Suspirou derrotado com o que aconteceu mais cedo, talvez fosse como Kisame disse, a morte de shisui o mudou tanto assim?. Suspirou e afundou o seu corpo na banheira sentindo aquele calor que não o aquecia.

- você era a única coisa que me fazia humano shisui, mais agora sou apenas um monstro quebrado.

~~~~

Quando chegou no portao da escola ele estava fechado como o esperado restava apenas esperar, afinal só abria as 7:00 agora eram 6:20 não tinha como entrar agora, olhou em volta e decidiu ir para a praça é desenhar um pouco. Quando enfim chegou na praça ,não muito longe da sua escola, se sentou em um banco de pedra e começou a tirar seus materiais de desenho e começou a fazer um esboço qualquer, não tinha nada em mente mais logo o esboço começou a tomar forma deixando de ser apenas linhas e sim um rosto inacabado. Primeiro fez os olhos e as sombrancelhas, depois o nariz franzido. Estava tão concentrado que não notava os alunos passando por ele. Estava sombreando o rosto quando alguém pós as mãos em seu ombro e chaqualando ele no qual voltou seu olhar para o mesmo.

- Itachi?

A surpresa tomou conta de si, aquele deflorador era a última pessoa que queria ver no mundo.

- Eai Pirralho. Belo desenho, mais eu não tenho cabelo curto .

Sasuke ainda estava chocado com a repentina aparição de Itachi que nem notou o que ele falava. Quando em fim voltou notou que ele olhava o desenho, seu olhar foi de imediato para Itachi o comparando com o desenho, suas bochechas coraram e se sentiu quente, não estava acreditando que estava desenhando o deflorador de virgens.

- Porque não está na escola?- perguntou com as sombrancelhas franzidas.

“ Escola? Escola ???? “

- Puta que pariu a escola.!

O desespero estava estampando em seu rosto, se levantou em um pulo sentindo uma fisgada nas suas costas , que não deixou passar desapercebido por Itachi. Pegou seu celular da mochila e olhou as horas, 10:00 hrs, estava muito fudido. Saiu do parque como um relâmpago fazendo Itachi quase cair quando esbarrou nele. Quando chegou no portão da escola ele estava fechado, pelo seu total desespero.

- Seu idiota- xingou a si próprio- Mais que porra eu tinha prova hoje. Mais que merda. – Começou a chutar o portão da escola sem parar.

Itachi chegou perto dele e segurou sua mão, fazendo ele parar e olhar para si.

- Isso não vai adiantar.

- Me solta seu merda deflorador de virgens.- puxou sua mão com brutalidade fazendo Itachi soltar um suspiro.

- Só pra esclarecer as coisas, eu não queria tirar a sua virgindade e nada do tipo. Foi so um beijo. Não chegou nem a ser um beijo, foi um selinho.

O menor bufou.

- Você é um completo babaca.

Itachi revirou os olhos.

“ Há pai celestial me de paciência ou uma katana.”

Sasuke se voltou para o portão se amaldiçoando mentalmente. Agora é que ferrou Tudo. Abaixou a cabeça de modo triste, sua vida realmente era um inferno. Sentiu uma mão em seus ombros e sabia que era Itachi, se virou com brutalidade pronto para soca-lo ainda estava puto com o Moreno. Quando levantou os punhos para soca-lo ele os segurou facilmente.

- Creio que me dar um soco não vai resolver o seu problema mais recente.

- Não mais vai ser muito satisfatório soca-lo por ontem seu deflorador.

Não sabia descrever mais por um momento os olhos dele ficaram de um vermelho indescritível, mais logo passou.

- Então vá em frente.- Disse de modo debochado- isto é se você conseguir.

O menor levantou seu braço esquerdo para soca-lo no rosto mais o maior segurou seu punho sem pressa, sasuke ergueu seu joelho na altura das costelas do moreno afim de golpeá-lo mais com a outra mão ele segurou sua perna com facilidade. Sem muita mobilidade na mão direita tentou golpeá-lo mais recebeu uma cabeçada que o deixou tonto, Itachi então o largou e ele tombou, fazendo com que Itachi o segurasse pelas costas. Afinal era benevolente. Seus olhares se encontraram e Itachi se viu perdido em seus olhos por alguns segundos até que alguém atrás de si chamou a atenção dos dois.

A cena até que estava engraçada, ele o segurava como se fosse uma princesa o que o deixava vermelho.

- Vejo que você está se divertindo muito Sasuke.

Sasuke o olhou, ainda com as bochechas coradas é deu um pulo saindo de perto de itachi.

- Ka-kakashi! . – Chegou perto dele e fez uma referência.

Kakashi o olhou com olhos frios e depois se dirigiu para Itachi também olhando com olhos frios

- Pensei que estavam estudando.

Sasuke queimou de vergonha pelo que o mais velho tinha visto.

- B-Bo-mmm e que....

Itachi tomou a frente, vendo que do tanto que o menor gaguejava não ia chegar a lugar nenhum.

- Eu e ele chegamos atrasados .- esclareceu.

Kakashi soltou um risinho sob a máscara, fazendo sasuke ficar um pouco apavorado. Depois de seu pai , kakashi era o segundo que mais lhe metia medo.

- Creio que como está vestido como bad-boy- referiu a itachi- escola é que não estava nos seus planos.....

- Itachi – completou o moreno.

O moreno menor olhou para o outro notando que ele não estava vestido com o uniforme escolar, estava mais parecido com um gótico. Todo de preto e com os cabelos soltos. Estava bonito.

- E você sasuke? Qual a desculpa ?

- Eu fiquei desenhando e não me dei conta do tempo.- foi sincero.

- Hm.

O Albino olhou dele para Itachi, cada vez com um olhar nada bom.

- Porque estava agarrado com ele.?

O moreno revirou os olhos.

“ coroa chato”

- Eu ia cair e ele me segurou.

- Meus instintos não dizem so isso.

Não aguentando mais Itachi interviu.

- Que perguntar pergunte irei responder tudo. Não precisa fazer esse questionário para o sask. Eu estou aqui, estou escutando então  fale comigo também afinal existo . Fazer isso que está fazendo e chato, isso cansa! 

-Sask?? Não sabia que estavam tão íntimos assim. Há deixa pra lá. Sasuke quero conversar com você. – segurou-o pelo braço fazendo ele acompanha-lo. Kakashi quase nunca o chamava para conversar mais quando chamava sempre dava merda. Seu dia estava de ruim para pior.

Quando ficaram uma certa distância de Itachi Kakashi se virou e perguntou.

- Da onde você conhece ele.- referiu a Itachi.

- E o aluno que foi transferido.

-hm.

- Era só isso.? - Estava doido para ir embora e se lamentar mentalmente.

- Não. Porque você não está indo nas consultas.?

E de novo estava naquele mesmo barco. Sasuke rolou os olhos.

- Eu não tenho tempo.- não era uma total mentira.

- Eu e que não tenho tempo pirralho, de hoje em diante eu que vou levá-lo.

- conversou com o meu pai ?

- Sim ele concordou.

“Sei”

- Tudo bem. Já posso ir ?

- Volte para casa se não vai estudar.

- Não posso.

Kakashi não falou nada, sabia do porque não poderia voltar.

- Quer ficar comigo na delegacia até dar a hora. ?

Bom não tinha para onde ir, sua casa não podia ir se aparecesse lá antes do término o das aulas seria espancado vivo, a casa de Naruto também não podia e não queria ficar na rua. Então porque não? Pelo menos tinha a certeza que ele não o deflorará. Fez sinal que sim com a cabeça e voltou para onde estava e pegou sua mochila não dando a mínima para Itachi que o olhava.

- Vamos – chamou Kakashi , ele assentiu e os dois caminharam para onde o carro de Kakashi estava estacionado.

~

Enquanto o carro se distanciava da escola Itachi pensava no que iria fazer daqui para frente. Madara chegaria daqui 4 dias e precisava das informações. Quando chegou em casa viu kabuto sentado em seu sofa, sem se dar ao trabalho de cumprimentá-lo se sentou no outro sofá e segurou o caderno de desenho que Sasuke tinha esquecido em cima do banco, admirou o seu rosto retratado naquele pedaço de papel sulfite, ele desenhava bem . Um verdadeiro artista.

- E entao, conseguiu algo?- Kabuto perguntou já perto dele.

- Tem um ex-agente que parece que é bem próximo do pirralho. Não posso seguir a diante , ele pode me descobrir.

Kabuto arregalou os olhos.

- Tem certeza?

- Absoluta. O seu nome é Kakashi . Vi ele hoje, estava me avaliando cuidadosamente e fez um questionário enorme para o pirralho. A postura era rígida, esperava qualquer coisa vindo de mim. Gente assim teve treinamento.

Kabuto ficou quieto por um tempo e depois falou.

- Avisarei Madara.

Itachi olhou para Kabuto e depois se afastou dele.

- Agora e que as coisas irão ficar interessantes.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...