História Pequena Pitt - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Mistério, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Orfanato


 Pamu Pitterson, mais conhecida como Pitt, viveu em um orfanato por boa parte de sua infância. Isso aconteceu pois sua mãe Stella, morreu em seu nascimento, e o seu pai Hyan, morreu em um acidente de carro à caminho do hospital, então, com praticamente uma semana de vida, Pitt foi levada à um orfanato. 

Ela cresceu lá, até que chegou um novo integrante do orfanato. Pitt tinha 4 anos, e David 2. Eles viraram amigos rapidamente.

Pitt, tinha a pele meio bronzeada e meio rosada, com sardas, cabelos avermelhados, e olhos negros.

David, tinha a pele no mesmo tom que a da Pitt, levemente bronzeada, meio rosada, mas ele não tinha sardas, seus cabelos eram loiros meio bagunçados, e seus olhos azuis, mas não um simples azul de uma caixa de lápis de cor. Não, para Pitt, os olhos de David sempre foram difíceis de dizer qual cor era, mesmo que fosse um simples azul. Tinha todo um sentimento através do olhar azulado, cor de céu, do garoto loiro. 

Um ano depois de conhecer David, com 5 anos, Pitt descobriu ser míope, ou seja, precisava de óculos. Isso não a afetou de modo nenhum, eles moravam em um orfanato na Coréia, país onde Pitt nasceu, e lá, estava na moda usar os típicos óculos arredondados. Além de que as lentes eram de um grau fraco.

Até que em um dia, estava indo junto com David, Merry e Zack para o Jardim de Infância, ela parou e pensou.

Pensou que tinha ótimos amigos, e que nunca iria perdê-los. Ela podia não ser a criança mais bonita do Jardim de Infância, já que sempre teve preferência por usar cortes masculinos do que femininos, mas, tinha amigos. Isso era o que importava.

Merry era uma garota de pele perfeita, seus cabelos azulados sempre eram presos em maria-chiquinhas, e seus olhos, assim como os de Pitt, eram negros.

Zack era o irmão gêmeo de Merry, também tinha aquela pele perfeita, seus cabelos azulados normalmente penteados para apenas um lado só, e seus olhos, assim como os da irmã, negros.

Zack e Merry tinham a mesma idade de Pitt, David era dois anos mais novo.

Ao chegarem no Jardim de Infância, receberam um aluno novo. Oliver, o seu nome. O garoto tinha cabelos curtos, pretos e espetados, e seus olhos eram negros. 

Pitt logo se tornou amiga de Oliver. Pitt tinha muitos amigos.

Em um dia, na hora da soneca, quando o professor do Jardim de Infância deixou a sala, Pitt se levantou e se sentou em uma cadeira. Todos os alunos estavam em colchonetes. Ela observou eles dormirem... e aquilo, apesar de ser idiota, significou muito para Pitt. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...