1. Spirit Fanfics >
  2. Pequeno diamante (tonehina) >
  3. A fúria duma onça parida

História Pequeno diamante (tonehina) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Cap não revisado

Feito com amor e "karin" ksksks

Capítulo 4 - A fúria duma onça parida


°Toneri on

Acordei eram quase 12:00 me levantei correndo e só me arrumei pois havia tomado banho ontem a noite, ouvi três batidas na porta e disse "Entre"

Camareira- senhor vim trocar os lençóis e avisar que todos estão a sua espera para comer e ajudar a controlar as crianças.

Toneri- A lady Hinata não está lá?

Camareira- ela está na cozinha terminando de arrumar umas coisas.

Toneri- tudo bem vou até ela - sorri e sai do quarto indo para a cozinha.

Hinata estava linda, vestida com um belo vestido verde esmeralda claro de veludo eu amava aquele vestido ficava lindo nela, a vi em uma ligação de vídeo com uma mulher de cabelos rosados cheguei perto e abaixei a cabeça atrás de Hinata que não me percebeu mas a mulher rosada sim.

???-Hinata quem é esse homem atrás de você? - ela perguntou arqueando as sobrancelhas.

Hinata- Que?!

Toneri- Sou Toneri otsutsuki sr.rosada - disse sorrindo para a mesma que retribuiu.

Hinata se assustou ao me ouvir e se arrepiou corando por completa.

Toneri- Duquesa hyuuga precisamos da sua habilidade de mãe mais conhecida como "Na volta agente compra" na mesa do café, as crianças estão tacando comida em tudo.

Só vi as duas darem risadas altas e Hinata me deixar com o celular dela e sair andando.

Sakura- Sou Sakura Haruno prazer em te conhecer - ela sorrio.

Toneri- prazer, vamos ver Hinata botar seus poderes em ação.

Virei a câmera do celulare e a guidei correndo até Hinata que havia acabado de pisar os pés no local do café da manhã e já fez a barulheira sessar e as crianças voltaram a seus lugares.

Toneri- nem eu sendo o futuro rei deles consigo fazer isso que ela faz.

Sakura- você é príncipe da Inglaterra? bem que lembrava do seu nome skksks, bom avise a Hinata que preciso ir e que nos falamos a noite. - ela desligou e eu devolvi o celular a hinata.

°Hinata on

-A próxima vez que eu ver souber ou ouvir que vocês estão tacando comida uns nós outros e gritando horrores eu vou deixar vocês durante um ano sem sobremesa! - disse com altoridade.

Crianças- Sim senhora!!

Hinata- Ágora vamos comer meus bebezinhos.

Me sentei e no mesmo instante Ino se levantou.

Hinata- Lá vem - sussurrei para mim mesma revirando os olhos.

Ino- Porque trata eles assim?!

Hinata- Só estou os ensinando a não gastar comida desta forma e nem de outra.

Ino- haha você acha que tem algum poder sobre a gente e essas crianças isso sim!

Hinata- não eu sei que não tenho poder sobre elas mas a maioria são órfãs e não devem ter uma figura boa de uma mãe, então eu me tornarei essa figura se for preciso. - aquele foi o maior conjunto de palavras que já disse.

Ino- Escuta aqui sua putinha, você só quer o toneri isso sim mas vê se você se toca querida ele é meu só meu.

Hinata- Quem tu tá chamando de putinha sua piranha loira?!

Ino- você sua putinha de baixa classe.

Não me segurei me levantei e fui até ela.

Hinata- Escute aqui sua piranha de laboratório, você não sabe minha história, não sabe oque eu sofri e muito menos doque eu sou capaz, não quero poder algum já estou bem com os títulos herdados do meu pai, e além do mais o fato de eles me obdecerem e que eu não sou como você e sei tratar eles como se fossem meus filhos!

Ino- Sua vagabundo com - eu a interrompi dando um tapa em sua cara com força fazendo ela me olhar com ódio.

Hinata- você pode tá grávida mas eu ainda te sento o cassete se você ousar dizer algo contra mim sua ordinária, e aí se você mexer em uma dessas crianças porque eu te promete que eu vou pular em você como uma onça parida!

Ino- Eles são só órfãos inúteis não deveriam exis - pulei em cima dela com toda minha força e comecei a dar tapas em sua cara e a arrancar seus cebelos.

Hinata- VIRE SUA BOCA PARA O OUTRO LADO ANTES DE FALAR DE MEU FILHOS SUA PIRANHA DE BAIXA RENDA! - dei um soco na sua face e ela veio para cima de mim mas eu desviei e a puxei pelo cabelo a arrastando e balançando ela pra tudo quanto é lado. - VOCÊ ME ESCUTOU?!

Ouvi Ino gemendo um "Sim" e a soltei ela estava grávida de um mês assim como eu.

Hinata- obrigado - me recompus a o normal eu nunca faria aquilo mas ela tocou em algo que virou precioso para mim, cada órfã daquela casa era um filho para mim e eu conhecia todos, voltei ao meu assento e escutei todos aplaudirem inclusive toneri e roku que até assobiava.

Temari- ela merecia mais ksksk.

Hinata- ela está grávida temari, tive que pegar leve - sorri para elaas fechei a face vendo ela subindo as escadas com ódio- eu realmente queria ser amiga dela, não me orgulho doque fiz aqui mas ela mexeu com minhas pequenas esmeraldas e pagou caro.

Todos terminaram o café da manhã, as crianças foram brincar e toneri foi para o trabalho, subi para o quarto e troquei de roupa, eu tinha poucas então toneri me deu um closet lotado de jóias roupas bolsas e calsados, mas oque me atraiu ali foi um vestido um tanto vitoriano leve e belo da cor verde com detalhes de flores nele, eu tomei banho me vesti arrumei o cabelo colocando uma tiara peguei meu celular o fone a bateria portátil e o livro que eu acabaria naquele dia, desci para o jardim aonde as crianças brincavam e fiquei sentada ouvindo vmz e lendo o livro na sombra de uma árvore com a brisa batendo em minha face pálida natural.

Eu realmente amava viver ali.

°Toneri on

Estava no castelo pois meu pai queria me ver, ao chegar lá percebi que ele estava feliz mais doque o normal.

Hamura- Por que não me avisou?! - disse ele sorrindo.

Toneri- Sobre oque meu pai?

Hamura- Ora, sobre a famosa duquesa hyuuga, soube que ela vira uma onça parida quando falam mal dos órfãos.

Toneri- Sim e meu amor por ela cresce a cada dia.

Hamura- então case com ela ué.

Toneri- Não posso, ela foi estrupada mês passado e está grávida, acho que está traumatizada.

Hamura- Meu deus! Como alguém ousa tocar no anjo da Inglaterra?!

Toneri- eu não sei, ela achou o anel dos antigos duques Hyuugas e pareceu amar ele, ah e ela não desgruda do roku e nem o roku dela ksksks parece o patinho atrás da mãe pata.

Hamura- ksksksk que fofo, ela era muito próxima da viscondessa kazuma era como uma mãe para ela, você sabe se ela está pronta pra assumir os afazeres de uma Duquesa rainha do submundo da Inglaterra...ela está pronta para ser o cão de guarda do rei?

Toneri- deixe ela fazer 21 anos meu pai.

Hamura- a hina deve estar com 19 anos, tente cortejala meu filho.

Toneri- eu a beijei no por do sol no lago da família dela ksksks.

Hamura- Uis que casal fofo ksksks, oque ela acha sobre a gravidez? Ela tem ódio da criança?

Toneri- não eu a vejo toda hora tocando a barriga e sorrindo, acho que ela sabe que a criança não pediu para vir ao mundo desta forma e que a culpa é toda do muleke que fez isso.

Hamura- era um muleke?!

Toneri- não sei pai mas qualquer homem que acha que pode fazer isso com uma mulher não é homem mas sim muleke - respirei - qualquer homem que bota a mulher atrás de si ou abaixo de si deve ser chamado de moleke.

Hamura- gosto da sua linha de pensamento me diga mais.

Toneri- Nós homens esquecemos que a mulher é o pescoço da família e que ela tem o poder de rodar a cabeça para o lado que ela quiser.

Hamura- hmmm envolveu a bíblia...

Toneri- claro que na bíblia as mulheres são retratadas como submissas mas veja só, não precisamos ser escrotos e a mulher não precisa estar a baixo de nós mas sim ao nosso lado porque sem elas nós só fazemos merda.

Hamura- ficamos como cego em tiroteio sem uma mulher na nossa vida para nós guiar certo?

Toneri- Sim, nossa sociedade é muito machista e querem a todo custo tirar o direito das mulheres.

Hamura- continue...

Toneri- sim gostamos de uma mulher dedicada em casa mas quem não quer?! Todos querem, mas os escrotos dos homens não entendem que mulher não é brinquedo e sim uma das nossas razões de viver sem elas estaríamos perdidos sem ter pra onde ir.

Meu pai ficou calado enquanto eu falava.

Toneri- tipo olhe as grandes rainhas que tivemos na história, dês das grandes as meras empregadas, é triste ver o estado de calamidade que nós encontramos hoje.

Hamura- Foi assim que eu criei meu filho, para ser um rei sábio. - ele sorrio, ficamos conversando por mais um pouco até eu ir embora.

°Hinata on

Toneri chegou tarde e já foi dormir dizia estar sem "fome" e eu também não tinha fome, fiquei lendo por mais algumas horas o livro na varanda e depois o guardei em cima da penteadeira, botei meu celular para carregar e me arrumei coloquei uma langehie me deitei na cama e capotei após me cobrir.

Que o dia amanhã seja legal assim espero.


Notas Finais


Ksksks Hinata e suas tretas ksks.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...