1. Spirit Fanfics >
  2. Pequeno Jonnie - NamMin >
  3. Único

História Pequeno Jonnie - NamMin - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eae pias..
Desculpa

Ai lovi iuu

Boa leitura e esses blablablas
Desculpe qualquer e...é isso ai

Capítulo 1 - Único


Fanfic / Fanfiction Pequeno Jonnie - NamMin - Capítulo 1 - Único

 


Namjoon não sabia como isso aconteceu. Apenas fez.


Ok, talvez ele sabe como. Talvez .


Mas, primeiro, é necessária alguma história por trás. Namjoon tinha 21 anos e em seu terceiro ano de colagem. Ele estava planejando se tornar um rapper profissional e, por isso, foi para uma faculdade de artes pré-formadas. Embora, é claro, ele também tivesse aulas normais, usando-as como plano de backup para o caso de seus sonhos não acontecerem.


Namjoon não era solteiro, nem hetero. Ele conheceu Park Jimin, seu namorado, quando tinha dezenove anos. Namjoon era um ano mais velho que ele. No entanto, com sinceridade , isso não incomodou nenhum deles.


O relacionamento deles era muito parecido com um Dom e um sub. Jimin tendia a cuidar de Namjoon, que tendia a ser muito dependente. Não incomodou nenhum deles e se encaixou em sua vida com muita facilidade. Jimin adorava a sensação de ter alguém para cuidar, ele gostava de cuidar de Namjoon e Namjoon desfrutava da segurança que Jimin lhe trouxe e da maneira como ele estava tão atento. Eles, é claro, tinham regras, mas nunca eram coisas mesquinhas ou bobas. As regras, meramente ajudadas, eram para o bem-estar de Namjoon e para melhorá-lo como pessoa. E, sim, eles gostavam do garotinho e papai Dom, mas não era algo sexual para eles. Estava longe disso.


Claro, Namjoon não estava em pequeno espaço o tempo todo. Ele era adulto e tinha trabalho a fazer e coisas para lidar, mas, às vezes, se entregava e se permitia entrar nessa mentalidade, se tornar despreocupado.


Então, no início do dia, ele havia terminado todo o trabalho do curso e feito o jantar. Bem, ele fez parte do jantar. Para acompanhar o frango que estava cozinhando em uma panela no fogão, ele colocou no microondas alguns palitos de queijo congelado apenas porque os ansiava e estava se sentindo estressado, e com preguiça, para cozinhar um prato.
Ele colocou o excesso na geladeira, sabendo que seu amante não ficaria em casa por um tempo, considerando que era sexta-feira e Jimin normalmente trabalhava até tarde neste dia para poder tirar o fim de semana. Então Namjoon levou o prato para a sala de estar, colocando-o na mesa de café antes de seguir pelo corredor até o quarto deles, vestindo um confortável par de calças de moletom e camiseta.


Antes de sair da sala, ele olhou para trás, os olhos ainda em uma das gavetas da mesa que ele e  Jimin compartilhavam. Ele deu de ombros distraidamente para si mesmo, voltando e abrindo a gaveta superior esquerda. 


-Não doeu.- Ele murmurou, pegando três coisas por dentro; um livro de colorir, um maço de lápis de cor e um bicho de pelúcia de ryan.


No entanto, ele não estava em pequeno espaço quando pegou essas coisas e as trouxe para a sala de estar, nem o colocaram em pequeno espaço. O que o colocou em pequeno espaço foi um filme.


 Ele estava jantando sentado com os joelhos encostados ao peito junto à mesa de café, o controle remoto na outra mão enquanto procurava nos canais por algo interessante para assistir. Na verdade, não havia muito. Sem dramas que ele gostaria de assistir e ele não queria assistir as notícias nem programas de variedades. No entanto, quando ele encontrou um filme favorito da Disney que estava sendo exibido, ele ficou intrigado.


À medida que avançava no filme, foi quando sentiu sua mentalidade começar a mudar. Ele agarrou seu ryan, segurando-o perto com um braço, logo dois quando terminou o jantar. Ele podia sentir seu estresse desaparecendo enquanto ele descia para pequeno espaço, permitindo que ele esquecesse suas preocupações adultas.


Então, ele continuou assistindo o filme, ocasionalmente mordendo a unha do polegar ou a articulação do dedo indicador. Eventualmente, ele mudou para o sofá, descansando perto do lado mais próximo da TV, seu torso apoiado no braço do sofá e as pernas dobradas nos joelhos enquanto ele estava deitado de lado.


Logo, o som de uma batida de tecla do lado de fora e a porta destrancada fez ele perceber que seu amante finalmente estava em casa. Ele virou a cabeça bem a tempo de ver o Park entrando e  tirando os sapatos.
-Papai - Namjoon disse alegremente, dizendo o apelido que eles usavam de vez em quando, escorregando do sofá e correndo para dar um grande abraço no mais novo.


-Alguém está em pequeno espaço.- Jimin murmurou, sorrindo enquanto pegava Namjoon em seus braços ( ele ainda é mais baixo, mas eu não consegui evitar -W-) e o carregava de volta para o sofá.


 -Como está Jonnie?- Jimin perguntou no tom de alguém que estava conversando com uma criança pequena. Ele colocou Namjoon no sofá, curvando-se um pouco à sua frente, as mãos de Jimin descansando em suas próprias coxas ao fazê-lo.
-Boa.- Namjoon respondeu, inclinando-se para dar um beijo em Jimin na ponta do nariz, perguntando: Como está jiminie?-


-Boa.- Jimin respondeu, beijando as duas bochechas de Namjoon. -O que você tem feito, bebê?- Jimin perguntou.


 -Assistindo Cinderela.- Namjoon respondeu. Jimin jurou que parecia muito mais jovem quando falou com aquela voz. Não apenas isso, mas Jimin achou que ele parecia tão malditamente adorável.


-Que tal você colorir enquanto eu vou jantar?-  Jimin sugeriu, apontando para a mesa de café onde estavam os lápis e o livro de Namjoon.


- Ok ~ - O mais velho respondeu, sorrindo e praticamente pulando do sofá, colocando-se de pernas cruzadas no chão.


Ele examinou o livro de colorir cheio de diferentes imagens fofas de animais, algumas coloridas e muitas não. Lentamente, um beicinho começou a se formar em seu rosto. Ele pousou, olhando entre dois - um sendo um sapo e outro dois coelhos - antes de se virar e olhar para o Park, que estava prestes a sair da sala. 


-Eu não sei qual colorir-  fez beicinho enquanto olhava para o livro aberto à sua frente. Jimin inclinou-se por cima do ombro, examinando as fotos antes de apontar para a da direita.


- Colore os coelhos.-  Ele disse, dando um beijo nos cabelos de Namjoon e um beijo no rosto inchado antes de ele estar de pé e sair da sala para jantar.
Namjoon passou a vasculhar seus lápis, escolhendo as cores de que precisava e ignorando as que não fazia. Ele se contentou com cinco cores; verde, dois azuis diferentes, amarelo e vermelho.


De repente, Yongguk espiou pela esquina da cozinha. -Você tomou sobremesa?- Ele perguntou, para o qual Namjoon balançou a cabeça  um 'não' como resposta.


-Você foi um bom garoto?-


Namjoon assentiu ansiosamente.


-Estudou?-


Novamente, Namjoon assentiu.


Então Jimin desapareceu de volta à cozinha, o som dele procurando nos armários por alguns minutos antes de retornar, segurando um prato de comida para si e um pequeno pacote de gomas para Jonnie.
"Obrigado papai." Jonnie disse, sorrindo, inclinando a cabeça para beijar sua amante nos lábios.


-Você é bem vindo, bebê.- Jimin respondeu assim que eles se separaram, permitindo que o mais novo retirasse a bolsa de suas mãos. Ele os colocou sobre a mesa, de pé e colocando seu coelho no lugar em que estava sentado quando percebeu que precisava de algo da gaveta na mesa deles no quarto deles.
Jimin engoliu rapidamente a mordida que estava mastigando, perguntando: aonde você está indo?


-Eu esqueci algo.- Namjoon respondeu de forma simples e distraída, sem realmente responder à pergunta. Ele caminhou até o quarto deles, pegando um pequeno item da mesma gaveta da mesa antes de voltar para a sala. Ele largou o marcador preto na mesa ao lado de seus lápis. Ele colocou o coelho de volta no colo, posicionando-se bem na frente das pernas de Jimin e virou-se levemente em direção à TV, para poder assistir enquanto coloria e comia as gomas.


Ele tornou a grama e os arbustos verdes, o céu de um azul pálido, as flores e o sol amarelo, e o coelho da esquerda vermelha enquanto o da direita estava colorido de um azul brilhante.


Em algum momento no meio disso, Jimin havia terminado de comer e levado seu prato e o prato de Jonnie - que ainda estava sentado na mesa de café mais cedo - para a cozinha. Depois disso, ele voltou para a sala, assistindo o pequeno continuar colorindo até que ele fez beicinho e disse  em um gemido: Não olhe, é uma surpresa.


Então, em vez disso, Jimin virou-se para assistir ao filme, esperando pacientemente até estar pronto para mostrá-lo.


E foi logo, apenas tendo que adicionar o toque final; usando o marcador preto, ele escreveu 'Jiminie' acima do coelho vermelho e 'Jonnie' acima do azul.

Sorrindo, Namjoon se virou e levantou o livro para Jimin olhar. 


Jimin sorriu instantaneamente quando olhou por cima da página, fechando o livro antes de se inclinar e bicar os lábios de Namjoon. 


-Você fez um bom serviço.- Ele elogiou o mais novo, colocando o livro sobre a mesa atrás deles, -é tão adorável ... como você-.


Jonnie corou com isso, passando os braços em volta do pescoço de enquanto ele pronunciava um feliz: Obrigado!


Então Park levantou o no ar, fazendo o mais alto gritar de surpresa e envolver as pernas ao redor da cintura para se manter em pé. O mais baixo riu baixinho ao som fofo, sentando-se no sofá, com o pequeno no colo. Ele estava movendo um dos travesseiros para ficar apoiado no braço do sofá - o lado mais próximo da TV. Depois disso, ele se sentou de lado, deitado no sofá. Jonnie estava seguindo o exemplo não muito tempo depois disso, movendo-se até suas costas pressionarem o peito de Jimin.


Ele moveu os braços, segurando o coelho no peito e abrindo espaço para os braços de Jimin serpentearem pela cintura.


Então eles continuaram assistindo o filme até chegar ao fim, fazendo o mais velho ficar com sono no processo.


-Por que ela é tão má, papai?- Namjoon questionou, fazendo beicinho em sua voz, referindo-se à madrasta de Cinderela.


-Porque ela é uma vilã, Jonnie, é isso que os vilões fazem.- o mais novo respondeu, passando a mão para cima e para baixo no braço de Jonnie, suas palavras murmuraram perto do ouvido da jovem: Mas Cinderela é salva e logo se levanta; ela pega seu príncipe.


-Você é meu príncipe, papai?- perguntou, piscando os olhos sonolento. Ele se virou nos braços de seu appa, aconchegando-se mais perto do peito do homem mais novo.


-Claro que sim, Jonnie.- respondeu, esfregando a mão nas costas de Jonnie  beijando sua testa.


-Eu amo você, papai.- Ele murmurou, deixando os olhos fechados.


-Eu também te amo, bebê.- respondeu, assistindo o adormecer como se fosse mais interessante que o próprio filme.


Jimin ficou realmente aliviado quando Namjoon adormeceu, sabendo que se não o fizesse, poderia resultar em alguns problemas. A mudança de pouco espaço de volta para o espaço normal da cabeça era estranha. Ele sabia que era delicado e poderia fazer com que Namjoon se sentisse repentinamente triste e deprimido se não fosse tratado corretamente ou se acontecesse muito rápido, por isso era melhor se ele apenas adormecesse enquanto estava em pouco espaço e acordasse em seu modo normal.


Cuidadosamente, Jimin saiu de trás do pequeno adormecido e saiu do sofá, certificando-se de não empurrar o jovem . Ele pegou o em seus braços, que fez com que Namjoon, imediatamente, o abraçasse como um coala (sei que provavelmente o Jimin quebraria a coluna, mas EU NÃO CONSIGO EVITAR TWT).


 Carregando-o de volta para o quarto deles, deitando-o gentilmente na cama deles. 


-Bons sonhos, Jonnie.- sussurrou, puxando as cobertas sobre seu amado namorado

.
Ele saiu do quarto, com a intenção de desligar a TV e guardar tudo antes de se arrumar para dormir e voltar a abraçar. Ele ouvia atentamente, certificando-se de que, se Namjoon acordasse, voltaria ao seu lado, caso o mais velho precisasse de algo.


E, como o bom Dom que ele era,  Jimin garantiria que seu bebe escovasse os dentes completamente pela manhã.

 


 


Notas Finais


Algo bobinho e chato, mas eu queria escrever NamMin entao CA estou

Espero que tenha gostado
Tchau pias...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...