História Percabeth: A filha do chefe. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Bianca di Angelo, Calipso, Charles "Charlie" Beckendorf, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Cronos, Dionísio, East, Éolo, Eros (Cupid), Febe, Frank Zhang, Frederick Chase, Grover Underwood, Hades, Hazel Levesque, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Hiperíon, Hylla Ramírez-Arellano, Íris, Jason Grace, Júniper, Leo Valdez, Luke Castellan, Malcolm, Nico di Angelo, Niké (Nice), Oceano, Octavian, Paul Blofis, Percy Jackson, Personagens Originais, Piper McLean, Poseidon, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Sally Jackson, Thalia Grace, Travis Stoll, Tyson, Will Solace, Zoë Nightshade
Tags Annabeth Chase, Percabeth, Percy Jackson
Visualizações 414
Palavras 561
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, espero que gostem!

Capítulo 1 - Capítulo I


Fanfic / Fanfiction Percabeth: A filha do chefe. - Capítulo 1 - Capítulo I

Meu nome é Percy Jackson, tenho 22 anos, moro em São Francisco com minha minha mãe, meu padrasto e minha irmãzinha, trabalho para pagar meus estudos já que não temos uma boa condição financeira, mas isso nunca foi problema somos felizes e isso que importa. Faço faculdade de administração, mas não é o que eu queria, minha mãe trabalha em uma doceria e está escrevendo um livro, meu padastro é professor e minha irmã tem apenas seis anos e é a coisa mais fofa que existe, eles se chamam Sally, Paul e Estelle, são tudo para mim.

Estava andando para meu trabalho torcendo para que a filha do meu chefe esteja de bom humor, as vezes ela parece uma professora que não transa faz tempo e desconta em seus alunos ( com todo o respeito é claro).

Quando chego passo na cafeteria que tem dentro da empresa pego meu café e o café da Sabidona e vou em direção ao elevador, o escritório dela é no trigésimo segundo andar então não rola subir pelas escadas, quando coloco o pé para fora do elevador dou de cara com ela, não posso negar ela é linda, loira com uns olhos cinzas tempestade e um corpo escultural.

- Está atrasado!- Ela disse pegando seu copo. - Se dependesse de mim você estaria na rua!- Falou enquanto ia para sua sala, fingir que nem tinha escutado.

Antes eu criava as propagandas da empresa, mas quando Annabeth voltou para cá seu pai achou que seria melhor trabalhar com ela, pois ela poderia me ensinar muito já que ela fez a mesma faculdade porém terminou antes já que é uma super gênia e não posso negar ela é realmente uma gênia. Eu sempre mostro o meus trabalhos para ela e é sempre a mesma resposta:"Está horrível, vai refazer!" e me mandava sair de seu escritório

- Jackson, estou saindo e volto perto do horário da reunião.- Ela disse indo em direção ao elevador. 

Pelo menos hoje eu vou poder estudar um pouco sem ter ninguém gritando comigo, estudei até a hora do almoço, estava na praça de alimentação comendo vejo ela passar correndo para o elevador e o acabo fingindo que nem vi. 

Acabou meu horário de almoço e voltou para o escritório, quando saio do elevador encontro ela de braços cruzados me olhando como se fosse me matar. 

- Por que minha família gosta tanto de você?- Eu sabia que era uma pergunta retórica, então simplesmente dei de ombros. - Meu pai tem fé que você será um grande empresário no futuro e a única coisa que consigo ver é você como um pescador. - Revirei os olhos e fui em direção a mesa.

- Já imprimiu os contratos?- Ela perguntou passando por mim e parando na minha frente. - Se você prestasse atenção e olhasse em sua mesa acharia uma pasta azul com tudo preparado para reunião.- Ela me fucilou com o olhar. - Olha como fala comigo.- Ah, já chega! - Não, olha como você fala comigo, eu sei que não estou a sua altura e sei muito bem meu lugar, já faz um ano que eu aguento você e já faz um ano que você sabe que sempre deixo tudo pronto. Então, qual é o motivo de você sempre querer me humilhar?- Perguntei e ela simplesmente foi para sua sala, hoje o dia vai ser longo.



Notas Finais


O que acharam? Alguma sugestão?
Resolvi colocar Annabeth assim para mudar um pouco, sempre é o homem que é o todo poderoso...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...