1. Spirit Fanfics >
  2. Perda De Sangue >
  3. Praça do Tronco

História Perda De Sangue - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente,tipo,Eu nem sempre sou muito detalhista nos textos que eu escrevo,porem serei apartir de hoje,por que sempre que eu posso continuar a escrever sobre essa historia que estou fazendo já é tarde da noite ai fico com muito sono e escrevo de qualquer modo,mas,serei mais expressivo dessa vez,perdoe os erros,escro por celular....gente,opinem sobre o que eu escrevo,ajuda muito,comentem eu prometo responder,eu irei lança 1 ou 2 capitulos por dia,entt opinem por que isso me ajuda a mudar os pensamentos...
Entt é isso,enjoy you sellf e eu love vcs

Capítulo 4 - Praça do Tronco


Fanfic / Fanfiction Perda De Sangue - Capítulo 4 - Praça do Tronco

A mãe de Thomas bateu na porta de seu quarto chamando por ele,pedindo para ele levanta e ir tomar café da manhã,Thomas acordou,estava quebrado,não havia dormido direito a noite,estava com medo do que ele e Benjamin tinham visto no vale,Thomas sentou na beira da cama,respirou um pouco e levantou,escovou seus dentes e saiu de seu quarto em rumo a mesa da cozinha,nela estavam seu pai,sua mãe e seu irmão mais velho Tod,todos estavam tomando café da manhã,só faltava Thomas,ele sentou-se,deu um "BOM DIA GENTE" e começou a comer sua refeição,todos bem silenciosos,só se ouvia os barulhos dos garfos e facas cortando os alimentos,até que Tod disse a eles o que ficou sabendo pela manhã.

Tod- vocês sabiam que ontem a noite no Vale sul,umas pessoas foram atacadas?.

Mãe- Oque? Como assim atacadas?alguém se feriu?- A mãe de Tod e Thomas estava preocupada,a cidade era conhecida por eventos estranhos acontecerem nela,então ela perguntou com muita seriedade,já Thomas,Se engasgou com a comida,por que não sabia que o ocorrido ja estava se expalhando pela cidade,ele tomou um pouco do suco que estava em seu copo,se desengasgou,respirou fundo e perguntou ao seu irmão.

Thomas- Como que você soube disso?-Thomas estava muito preocupado,pois algumas pessoas que estavam na quela festa no vale coonheciam Tod,e essas pessoas poderiam ter falado  que Thomas estava la,Thomas perguntou com tanta seriedade que até seu pai estranhou.

Tod-Bom,meu Brother me ligou hoje pela manhã,ele estava la na festa,disse que algumas pessoas se machucaram sim mãe,mas que não foi nada serio não...mas que o que aconteceu foi bem estranho,foiviu- Tod respondeu a mãe e ao irmão,ele estranhou o ocorrido e disse com tanta estranhidade na voz,quase como se tentasse desvendar o que havia acontecido no vale,com a resoosta de Tod,veio os resmungos do pai.

Pai- Ahr,eu disse a vocês,esses jovens de hoje não sabem como se divertir,comer pizza e beber refri em casa é uma tatica de diversão muito boa sabiam?- O pais dos meninos estava com esteria na voz,quase como se estivesse brigando com eles.

Mãe- Ora vamos Argos,essas suas taticas de diversão são uma porcaria,meninos,eu não quero saber de vocês saindo para esses eventos no tardar da noite,eu fui clara?- A mãe dos meninos estava seria e revoltada,queria seus filhos seguros e protegidos,uma tipoca mamãe ursa,os meninos consentiram com a cabeça,Thomas pegou seu celular que estva no bolso do short e mandou uma mensagem para Benjamin-"BEN,TA ACORDADO?"-...ser resposta..-"AFF,BEN ME ENCONTRA NA PRAÇA DO TRONCO"-Thomas tinha que sair de la,queria conversar sobre o que tinham presenciado juntos no vale,então pediu permissão para sair.

Thomas-Mãe...eu posso ir na casa do Ben?...tipo,a gente estava pensando em ir no fliperama na rua 7 ?.....posso ir?- Thomas queria sair de la o mais rapido possivel.

Mãe- Pode Thom,mas,venha para casa cedo,não quero você na rua a té tarde- Sua mãe estava realmente preocupada com os acontecimentos na quela cidade...Thomas se levantou saiu da mesa e foi até seu quarto,se arrumou e quando iria sair do quarto,seu irmão Tod adentrou.

Tod-Vamos conversar!?- Tod parecia serio,ele entrou e fechou a porta,Tod era mais alto que Thomas,e tinha um corpo atletico,porem Thomas era Branco e Tod Moreno,quase negro,um Pardo por assim dizer.

Thomas-O que foi Tod?...seja o que for eu não peguei,não entrei no seu quarto!- Thomas achava que o irmão só queria algo que ele tivesse perdido dentro de casa,mas Tod sabia do segredo do irmão,de ter fugido noite passada.

Tod- Não Thomas,não é isso,eu sei do seu segredo-Tod crusou os braços e olhou para o irmão levantando a sobrancelha direita.

Thomas- Segredo?...oshe,que segredo ?- Thomas ja sabia que o irmão tinha conhecimento de sua fuga na noite passada,mas estava fingindo para ver se ele reamlente sabia ou não.

Tod- Eu ouvi você saindo ontem a noite,bom,por mim você pode sair e nunca mais voltar...mas eu recebi essa ligação hoje pela manhã e meu amigo disso que você estava lá no vale,então me diga o que realmente aconteceu la?- Tod foi bem serio e frio com o irmão,ele queria respostas,mas Thomas não pedia diser a verdade,por que o imão jamais acreditaria nele,então ele tinha que mentir,e ser um belo mentiroso.

Thomas- Ta bom,na verdade um casal estava brigando lá,ai deu mó treta,eu sai de la,antes das coisas ficarem pior,um tempo depois eu vi umas pessoas correndo de la,dai eu sair correndo também,não vi o que aconteceu,mas ouvi muitos gritos-Thomas se esforçou para fazer o irmão acreditar nas mentiras,mas parecia que Tod não acreditou muito no que Thomas tinha dito a ele.

Tod-Pois bem,me escuta escrotinho,sendo verdade ou não o que você acabou de falar,eu irei atras de respostas mais concretas,ah e se você sair e eu receber outra ligação de algum amigo meu,eu conto tudo pro pai e pra mãe- Tod saiu com uma espressão de ódio no rosto,Thomas respirou fundo,e saiu de casa em ruma a Praça do Tronco.

Benjamin estav dormindo pleno e calmo,ja era 08:30,sua irmã Lesle entrou no seu quarto e o chaqualhou tentando acorda-lo.

Lesle-Ben....Ben....Benjamin Axes Connor,lecante-se agora- Nas primeiras duas tentativas de acordar Benjamin,Lesle estava calma,Mas percebeu que ele não estava a cordando,então o berrou pelo nome completo,e então,Benjamin acordou.

Benjamin-Meu deus do céu,o que foi?.....cade a mamãe?-Benjamin acordou muito sonolento,pois assim como o amigo,não havia dormido muito bem a noite.

Lesle-A mamãe e o papai foram para "laugus" resolver uns problemas e eles...me deixaram no comando,então levanta e venha tomar café,ah....e o Thomas te ligou mais cedo,só que como você parece uma ROCHA dormindo por isso não ouviu, e se for estiver pensando que vai sair cedo para a rua,vai tirando o seu cavalinho da tempestada,só vai sair depois de limpar o Desastre nuclear que esta esse quarto....nossa como qui ta fedendo- Lesle estava seria,seus pais foram para Laugus a cidade vizinha e deixaram as tarefas de casa para ela fazer,ela foi bem seria com Venjamin e nossa,o quarto realmente estava fedendo,Benjamin se levatou escovou seus dentes e arrumou o quarto,depois foi tomar café,ao terminar o café,foi para o banheiro da casa para tomar um banho,pos banho viu a mensagem de Thomas no seu celular, a mensagem havia sido mandada a quase 30 minutos e então ele correu,se arrumou e foi para  a praça Do tronco,ao chegar encontrou Thomas,meio irritado com a demora do amigo.

Thomas-Ben,onde você estava?...estou aqui faz meia hora- resmungou Thomas ao amigo.

Benjamin- Perdão Thom,eu acordeu tarde- explicou Benjamin a Thomas.

Thomas- É,eu também...Ben,você ficou sabendo,muita gente ja sabe do que aconteceu ontem no vale sul- disse Thomas com um tom de seriedade na voz.

Benjamin-Nossa,serio?....e agora?....se bem que,na verdade eu nem entendi muito o que que aconteceu ontem- Benjamin parecia meio sem interesse no assunto,mas Thomas queria saber mais,ir a fundo..

 Thomas- Deveriamos voltar lá,e procurar algumas pistas sabe,ir mais a fundo,eu quero saber se o que a Besta falou era verdade,ou pelo menos vela direito na Luz- Thomas estava dislosto a tudo,estava curioso e frenetico ao desconhecido.

Benjamin- Oque? Você enloqueceu?ta viajando na maionese é?....Thom,nós quase fomos mortos ontem a noite,sabe-se lá o que aquela criatura queria realmente com a gente,se é que aquilo é alguma criatura mesmo,vai que era sei lá,algo mais....amigo eu não gostei dessa ideia-Benjamin estava recioso e com medo de voltar ao local.

Thomas-Que isso Ben,cade aquele seu espirito de bravura que eu vi ontem?- Benjamin ficou corado,mas fechou a cara,não queria mesmo entrar no vale de novo,mas também não podia deixar a pessoa que ele mais amava na mão,nem deixalo entrar la sozinho.

Benjamin- Ta bom,mas vamos e voltamos rapido,minha irmã esta completamente doida comigo....e se alguma coisa acontecer,sairemos correndo de la certo?- Benjamin impos rergras para se previnir...

Thomas- Certo,então vamos logo então-Thomas estava animado,mas enquanto estavam descendo em rumo ao vale foram surpreendido com o chamado de Emma.

Emma,-Thomas,Benjamin esperem,onde vão?- Emma estava junto a Eva,ambas arrumadas e lindas.

Thomas-Ah,olá meninas,estamos indo ao vale,vamos investigar o que aconteceu ontem- Thomas disse com uma voz animada.

Eva- waw,vamos com vocês- Eva disse com uma voz preguiçosa porem animada,Emma,consentiu com a cabeça afirmando que ela também iria,então eles desceram ao vale,o sol estava forte,Thomas contou a elas tudo o que aconteceu com eles dois quando todos haviam fugido,Emma e Eva acreditaram,eram bem fãs de historias macabras e se isso era verdade,elas iriam tirar a prova na quela mesma hora.

Ao chegarem no local,estava uma bagunça,começaram a procurar por pistas,mas nada de estranho estava ali.

Eva-Bom,se o tal Oráculo veio aqui ontem,hoje ele esta de folga- Disse eva com sua voz lenta e sarcastica.

Thomas- Calma,eu acho que ele aimda esta aqui é só a gente procurar direito- Thomas estava curioso e preensivo

Emma- Chama ele,tenta gritar por ele,os oráculos na mitologia Grega por exemplo,eram visitados por seus adoradores,mas,esse oráculo veio atras de vocês então,chamem por ele,se ele reamlente estiver aqui,irá atender-Emma disse com um ar de seriedade e conhecimento ,mas Benjamin não achava isso uma boa ideia

Benjamin- Ahm,talvez isso não seja uma boa ideia Thom,se aquele monstro realmente for algo pior? Tipo,como a bruxa de joão e maria?- Benjamin estava meio recioso novamente.

Thomas- Relaxa Ben,lembra? Qualquer coisa a gente corre.....ORACULOOOOOOOOOOO,ORACULO DE TAUUUBIIIISSSS- Thomas acalmou o amigo e em seguida berrou.

Eva- Isso hahahahaha,grita...gostei- Eva estava estranhamente alegre,nunca tinha visto um homem gritar da quele jeito.

Em pouco tempo,os matos começaram a se balanças,os passaros a voar,as arvores a ranger e o chão a tremer a cada 3 segundos,algo se aproximava,Benjamin pegou um pedaço de pal,mas Thomas o fez abaixar o joga no chão "Não somos ameaças" disse Thomas a Benjamin,Emma se escondeu atras de Eva que estava apavorada porem curiosa,ela também queria ver o que estava chegando...os ventos sopravam,um barulho de fera vinha para frente deles,e do meio da mata saiu a criatura enorme,andando lentamente em reta a eles,Emma,estava petrificada,jamas tinha visto algo como aquilo,era um ser sem rosto,apenas cabeça,pernas e braços lomgos e uma capa e capuz negro,a criatura andava em circulos ao redor deles,Eva estava maravilhada,todas as historias e contos não se comparavam a o que ela estava vedo..Thomas e Ben estavam Calados e atentos,então a criatura emanou o seu som,conversando com eles...

Oráculo- Ah,vejo que retornaram,mas que ainda não se encontraram....e que troxeram visitas...- O Oraculo os saudou com uma voz grossa e lenta,fez com que os corpos de Emma e Eva se arrepiassem dos pés a Cabeça,Thomas e Benjamin não entenderam o que ele quis dizer com "se encontraram"...CONTINUA....


Notas Finais


Gente,eu pensei que daria pra colocar mais coisas,mas provavelmente hoje ou amanhã eu irei postar o proximo capitulo,vai ser muito legal o resto da história,continuem lendo,e eu quero que vocês opinem,por favor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...