1. Spirit Fanfics >
  2. Perda De Sangue >
  3. Grandes surpresas- Colar Mistico-

História Perda De Sangue - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


gente me perdoem pelo erros,vlw flw

Capítulo 7 - Grandes surpresas- Colar Mistico-


Fanfic / Fanfiction Perda De Sangue - Capítulo 7 - Grandes surpresas- Colar Mistico-

Bejamin e Thomas chegaram até a casa de Benjamin,todos ainda estavam dormindo,Tim ainda estava apagado na mesa de seu pai,Thomas e Benjamin foram rapidamente para o quarto,Thomas esava com as roupas cheias de sangue e com a blusa rasgada então Benjamin se ofereceu para limpar seu ferimento,e Thomas aceitou o pedido,Thomas retirou sua sua blusa expondo o seu fisico,Benjamin ficou nervoso,estava acostumado a ver o amigo sem camisa,eram melhores amigos faziam tudo juntos,até banho tomavam juntos quando tinham 7 anos,mas algo,um sentimento além do nomal tomava seu coração,Benjamin paralisou-se,ficou olhando fixamente para o fisico do amigo que estava de pé a sua frente.....

Thomas- Bom,eu vou sentar um pouco ta legal?- Thomas estava com sono e cansado,queria apenas dormir

Benjamin- É....c-cláro,pode sim..-Benjamin saiu do transe sentimental que estava apos o amigo sair de sua frente,Benjamin pegou os quite de primeiros-socorros embaixo de sua cama,olho atentamente ao arranhão no peito de Thomas,parecia doloroso,parecia arder,Benjamin se sentia culpado,por não ter protegido o amigo na hora do ataque...

Benjamin- Thom...isso....doi? A ferida doi?- Benjamin estava com medo de passar o remédio e Thomas sentir dor,não queria que o amigo sofresse..

Thomas-Na verdade Ben,não,até que...não doi não,pode passar o remédio e se doer eu te aviso- Benjamin acentiu com a cabeça e passou o remédio,Thomas não mostrou nem uma reação,mas consegui ver que Benjamin estava triste,não sabia bem o porque da espressão do amigo e o questionou.

Thomas- Por que essa cara?...eu ja disse,não esta doendo!- Thomas queria que o amigo entendesse que estava bem,mas,não era só a dor que preocupava benjamin.

Benjamin-Não...eu...eu sei que não esta doendo eu só.....só queria ter te protegido antes,se eu tivesse prestado mais atenção antes,eu deveria ter lembrado da palavra antes de você ter se ferido- Benjamin sentia uma pressão,algo que queria sair,um sentimento doce e amargo ao mesmo tempo,algo que queimava dentro dele como um sol antigo,queria se expressar mais,mas não tinha coragem,ele sabia que o que queria sair dele,o que ele queria falar para Thomas é que ele estava sentindo amor,um amor estranho e novo pelo próprio melhor amigo,Mas ele temia que isso pudesse destroir sua amizade...então não disse nada.

Thomas- Oque? Como assim?você me protegeu amigo e eu sou grato por isso,mano,você transformou a fera em pó,eu te amo mano- Thomas estava animado e completamente agradecido pelo amigo ter protegido ele,mas Benjamin aimda se sentia triste por não ter ajudado mais cedo..

Benjamin- Pronto,eu já terminei,ahm,você precisa de roupas novas,eu vou per umas minhas para você- Benjamin observou as roupas do amigo estavam ensanguemtadas e sujas,pra mudar de assunto pegou umas roupas suas e emprestou para o amigo.

Thomas- Ah é verdade,roupas hahaha,as minhas estão lascadas,Ahm,você pode me emprestar uma cueca também?- Thomas estava a se vestir,tirou sua calça e sua cueca,ficou pelado dentro do quarto,Benjamin se virou,ficou de costas para o amigo,dando a ele liberdade e um pouco de privacidade,Benjamin estava corado e quente,mas logo voltou ao normal,pois tinha pensado nos seus sentimentos e no que eles estavam causando com ele...

Thomas- Você não tem um colchão extra tem?- Thomas queria um colchão para poder dormir no chão,mas não tinha nem um extra na casa de Benjamin.

Benjamin-Não,mas você pode dormir comigo na minha cama é só um dormir pra cima e o outro pra baixo-Na cama,deitados um para um lado e um para o outro,eles estavam olhando para o teto,Thomas estava curioso,queria saber como foi que Benjamin sabia como lançar o feitiço.

Thomas- Como que....você sabia recitar o feitiço?- Thomas queria respostas,concretas.

Benjamin- Eu ja tinha lido sobre feitiçosda antiga Vidrália,e no livro de mitologias os deuses simplismete estendem seus braços e dizem os feitços,então eu imitei,só,imitei- Benjamin explicou,calmo e sereno.

Thomas- E o que você sentiu?...tipo...como foi?- Thomas estava curioso e atencioso.

Benjamin- Ah,tipo,foi meio estranho eu senti como se um fogo me cobrice,me senti calmo e ao mesmo tempo assustado,não sabia se iria funcionar ou se....seu eu iria morrer ou não...parando pra pensar agora,o que eu fiz foi meio suicida mas....estou feliz por ter dado certo- Benjamin estava com um tom de desconfiança na voz,mas esse tom passou.

Thomas- Ah só,bom...eu quero saber o que o Oráculo vai nos ensinar amanhã- Thomas estava curioso e bem animado...

Benjamin sentia aquela sensação estranha almentar a cada segundo que estava perto de Thomas,queria poder dizer ao amigo mas tinha receio.

Ja era 08:30,Emma acordou,estava quebrada,nunca teve uma noite tão mal dormida na vida,passou a noite acordada pansando no que tinha visto na noite passada, a fera,estava em seus pensamentos a cada minuto,mas ela se sentia menos preocupada ao saber que Benjamin tinha matado a Besta,Emma acordou Eva cutucando ela.

Emma- Evi,Evi,acorda amiga,vamos tomar café-Emma chamou pela amiga,que acordou com a cara mais inchada de sono do nunca.

Eva- Aaaahhmmm,só mais 6 horas de sono,ai eu levanto- Eva estava acabada,morta de sono.

Emma-Eva Danist trainor,levanta...vai Evi,a gente tem que ir para a arena mais tarde lembra?- Emma relembrou a amiga,pra tentar faze-la acordar e se levantar..e funconou.

Eva-Ta eu levanto,mas só por que eu quero ir ver a arena- Eva retirou forças do além sono.

Elas se arrumaram tomaram café e foram em rumo a praça do troco para aguardarem Thomas e Beijamin,a rua estava movimentada,Emma estava inqueta.

Eva- Amiga? O que foi? Você ta bem?- Eva estava preocupada com a agitação da amiga.

Emma- Não EVA,a gente....sabe,vimos uma BESTA na nossa frente,tipo,e todo mundo ta ai calmos e serenos no meio ds ruas,sem saberem que há um caos ao redor delas,meu deus- Emma estava exaltada.

Eva-MIGA você ta surtando,vamos ali na casa de doces,pra...você sabe,te acalmar- Eva estava querendo que amiga se ajeitasse para não perder a cabeça.

Emma- A gente não pode sair daqui,mas e os meninos?- Emma queria ir com eles até o vale,mas a prioridade de Eva era ajudar sua amiga.

Eva- Relaxa,o Oráculo precisa de nos 4,então,querendo ou não eles precisam da gente,mas vamos te acalmar primeiro- Eva foi levando Emma até a loja de doces, a loja mais visitada de Vidrália.

Lesle-Benjamin,Acorda,mamãe está te chamando para vir tomar café- A irmã de tomas bateu na porta de seu quarto clamando pelo irmão,mas Thomas e Benjamin estava em um sono bom e pleno,sem respostas ela abre a porta do quarto em busca do irmão e se depara com Thomas e Benjamin dormindo..

Lesle- BEEEENNNJAAMMIIINNNN ACORDDAAAAA- Lesle gritou fazendo com que os dois jovens acordassem om muito medo e exteria..

Benjamin-WWHHAAARR,nossa que susto LESLE,pra que esse grito todo? Ta loca é?- Benjamin estava assustado,podia sentir seu coração palpitar na garganta.

Lesle- Louca? Eu não,mas você também esta bem surdo né Ben? Eu te chamei varias vezes e nada de você responder e como foi que o Thomas chegou aqui em casa?- Lesle queria respostas sobre a presença de Thomas e Benjamin deu a ela uma boa mentira...

Benjamin- Bom,ele chegou comigo da rua,você estava tão ocupada com as coisas de casa que nem prestou atenção- Benjamin juntou o util com o agradavel e fez uma bela mentira,Lesle caiu como uma Pata.

Lesle- A é?nossa...hum mas que seja,se arrumem e venham tomar café,Ben,a mamãe e o papai já chegaram e eles querem falar com você,eu não sei o que é e pra ser bem honesta eu nem ligo para o que seja só,vai logo falar com eles ta bom- Lesle estava exausta,fez muitas tarefas dentro de casa no dia anterior que agora ele só queria paz..

Benjamin e Thomas se arrumaram e desceram para tomar café da manhã,chegando a mesa depararam-se com o pai de Benjamin sentado lendo um jornal e com uma xicara de café na mesa,os meninos se sentaram,a mãe de Benjamin estava terminando um sanduiche em um prato a mais para Thomas tomar café junto a eles,chegando na mesa a mãe de Benjamin lhe deu um beijo bem demorado na bochecha,Benjamin ficou corado de vergonha-"BOM DIA MÃE"- disse Benjamin com vergonha,sua mãe colocou o prato na mesa para Thomas comer e em seguida deu um beijo na bochecha de Thomas também -" Bom dia senhor e senhora connor"- disse Thomas com alegria de estar ali, -"Por favor Thomas,você já é mais que da familia,me chame de TIANA esta bem?"- a mãe de Benjamin foi plena e direta co Thomas...-"É verdade Thomas,pare de ser formal,me chame de Eric e eu agradecerei a você"- Disse o pai de Benjamin com seriedade e em bom tom....-"Tudo bem"- Thomas acentiu com a cabeça,em seguida chegou a mesa Tim,o irmão mais velho de Benjamin,ele sacudiu e bagunçou os cabelos super lisos e castanho claro da cabeça de Benjamin,depois deu um beijo em sua bochecha e lhe deu um bom dia,Benjamin estava da ccor de um morango,completamentee vermelho de vergonha,Tim bagunçou os cabelos de Thomas também -" Bom dia Thomas"- Disse Tim a Thomas sentando-se na cadeira abrindo um grande soriso,Tim era uma pessoa muito boa,desejado por muitos e odiado por poucos,tinha um bom coração alem do cabelo e do soriso perfeito,ele era uma pessoa calmamente perfeita,alguns segundos depois chegou Lesle até a mesa,deu um bom dia a todos e se juntou a eles,Lesle também era muito bonita,diferente de todos ali,ela tinha o cabelo meio loiro,quase castanho claro,olhos verde claro,uma pele linda e branca,e um soriso magnifico,da para se perceber que essa familia é perfeita pelo simples fato de que os pais deles são perfeitos,Eric o pai de Benjamin é loiro de olhos verdes,uma barba perfeitamente loira e linda,um soriso perfeito e correto alem de ser um homem bem alto já a mãe de Benjamin,tem cabelos castanho madeira,olhos castanho mel,uma pele linda e branca e um soriso divino...que familia perfeita,Thomas estava feliz pelo seu amigo,era uma familia linda e unida,diferente da dele,seus pais brigavam muito,ele tinha um irmão que provavelmente odiava ele e nem sempre eles demonstravam sentimentos por ele...mas,ele se sentia feliz e seguro ali com aquela familia com a familia de Benjamin...

Enquanto todos estavam comendo,a Tiana a mãe de Benjamin deu um presente a ele.

Tiana- Filho,veja,eu quero te dar uma coisa,um presente,este é o colar da sua tataravó,ele vem de gerações,minha mãe disse para eu entregar para o meu terceiro filho quando ele tivesse 16 anos,e bom eu estava com medo de você não aceitar,hoje em dia esses jovens se revoltam com tudo - Tiana queria surpreender o filho e conseguiu.


Notas Finais


Gente,perdão pelos erros bjs vlw flw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...